SlideShare uma empresa Scribd logo

Governo militar

Governo militar no Brasil

1 de 27
Baixar para ler offline
GOVERNO MILITAR NO BRASIL
Lucas Ferreira
Antecedentes: o Brasil da década de 60Antecedentes: o Brasil da década de 60
• Após o mandato de
JK, Jânio Quadros é
eleito presidente,
prometendo varrer a
corrupção do país.
• Com forte moralismo
e preocupado com
medidas secundárias,
Jânio sofre pressões
de setores e em plena
Guerra Fria condecorou
Che Guevara.
• Visão esquerdistaVisão esquerdista
da sociedade emda sociedade em
relação a seurelação a seu
governo.governo.
• OposiçãoOposição
insustentável apósinsustentável após
a condecoração aoa condecoração ao
Che.Che.
• Renúncia de JânioRenúncia de Jânio
e crise políticae crise política
grave.grave.
• O perigo de o vice não
assumir.
• Sua rápida volta ao Brasil
e a posse diante de muita
hostilidade.
• Parlamentarismo às pressas.
• Greves e reformas
prometidas.
• Nacionalização das empresas
Multinacionais.
• As ideias de grupos armados para
consolidar conquistas populares.
• João Goulart tentava agradar a ambos
os setores e aproximou-se dos
sindicatos.
• No comício de 250 mil pessoas
prometendo reformas básicas, Jango dá
o combustível para o golpe.
• Uma passeata de 500 mil apoia a
intervenção militar.
• Os militares movimentam as tropas e
mobilizam o país.
• Expulsam o governo legítimo e se
instalam no poder, declarando vaga a
presidência da república, que se exila no
Uruguai.
• Não concorda? Cadeia, tortura...

Recomendados

BRASIL REPÚBLICA - de Dutra ao Brother Sam
BRASIL REPÚBLICA - de Dutra ao Brother SamBRASIL REPÚBLICA - de Dutra ao Brother Sam
BRASIL REPÚBLICA - de Dutra ao Brother SamGisele Finatti Baraglio
 
O pós guerra no Brasil
O pós guerra no BrasilO pós guerra no Brasil
O pós guerra no BrasilJanayna Lira
 
República Populista (1945 - 1964)
República Populista (1945 - 1964)República Populista (1945 - 1964)
República Populista (1945 - 1964)Daniel Florence
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Fatima Freitas
 
O brasil após 1945 redemocratização
O brasil após 1945   redemocratizaçãoO brasil após 1945   redemocratização
O brasil após 1945 redemocratizaçãovaldeck1
 
O brasil no pós guerra (1945-1961).
O brasil no pós guerra (1945-1961).O brasil no pós guerra (1945-1961).
O brasil no pós guerra (1945-1961).Giovaniribeiro1
 
Experiência democrática brasileira (1945-1964)
Experiência democrática brasileira (1945-1964)Experiência democrática brasileira (1945-1964)
Experiência democrática brasileira (1945-1964)Anderson Torres
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 09 republica populista 1
Aula 09  republica populista 1Aula 09  republica populista 1
Aula 09 republica populista 1Fabiana Tonsis
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistaseiprofessor
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasilhomago
 
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?Jéssica Simões
 
Brasil RepúBlica Ii
Brasil RepúBlica IiBrasil RepúBlica Ii
Brasil RepúBlica Iiecsette
 
Período Ditatorial (1964 1985)
Período Ditatorial (1964 1985)Período Ditatorial (1964 1985)
Período Ditatorial (1964 1985)Daniel Florence
 
Brasil república populista 1945 1964
Brasil república populista 1945 1964Brasil república populista 1945 1964
Brasil república populista 1945 1964dmflores21
 
Período democrático
Período democráticoPeríodo democrático
Período democráticoElizabeth
 
Governo j anio. jango. golpe 64 disma
Governo j anio. jango. golpe 64  dismaGoverno j anio. jango. golpe 64  disma
Governo j anio. jango. golpe 64 dismaDismael Sagás
 
O populismo; a república liberal, período democrático 1946 - 1964
O populismo; a república liberal, período democrático   1946 - 1964O populismo; a república liberal, período democrático   1946 - 1964
O populismo; a república liberal, período democrático 1946 - 1964Claudio Apolinário
 
Republica Populista Brasil 1945 64
Republica Populista Brasil 1945 64Republica Populista Brasil 1945 64
Republica Populista Brasil 1945 64Thiago Bro
 
Período Democrático (1945-1964)
Período Democrático (1945-1964)Período Democrático (1945-1964)
Período Democrático (1945-1964)Janaína Tavares
 
Brasil 1945 a 1964
Brasil 1945 a 1964Brasil 1945 a 1964
Brasil 1945 a 1964histicasa
 
Revolução Cubana e Regimes Militares na América Latina
Revolução Cubana e Regimes Militares na América LatinaRevolução Cubana e Regimes Militares na América Latina
Revolução Cubana e Regimes Militares na América LatinaMarcos Mamute
 

Mais procurados (20)

Aula 09 republica populista 1
Aula 09  republica populista 1Aula 09  republica populista 1
Aula 09 republica populista 1
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasil
 
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?
Brasil: de 1945 a 1964, uma experiência democrática?
 
13 república populista
13  república populista13  república populista
13 república populista
 
Brasil RepúBlica Ii
Brasil RepúBlica IiBrasil RepúBlica Ii
Brasil RepúBlica Ii
 
A república liberal
A república liberalA república liberal
A república liberal
 
A República Populista
A República PopulistaA República Populista
A República Populista
 
Período Ditatorial (1964 1985)
Período Ditatorial (1964 1985)Período Ditatorial (1964 1985)
Período Ditatorial (1964 1985)
 
Brasil república populista 1945 1964
Brasil república populista 1945 1964Brasil república populista 1945 1964
Brasil república populista 1945 1964
 
Período democrático
Período democráticoPeríodo democrático
Período democrático
 
Governo j anio. jango. golpe 64 disma
Governo j anio. jango. golpe 64  dismaGoverno j anio. jango. golpe 64  disma
Governo j anio. jango. golpe 64 disma
 
O populismo; a república liberal, período democrático 1946 - 1964
O populismo; a república liberal, período democrático   1946 - 1964O populismo; a república liberal, período democrático   1946 - 1964
O populismo; a república liberal, período democrático 1946 - 1964
 
Republica Populista Brasil 1945 64
Republica Populista Brasil 1945 64Republica Populista Brasil 1945 64
Republica Populista Brasil 1945 64
 
República liberal
República liberalRepública liberal
República liberal
 
Período Democrático (1945-1964)
Período Democrático (1945-1964)Período Democrático (1945-1964)
Período Democrático (1945-1964)
 
Brasil 1945 a 1964
Brasil 1945 a 1964Brasil 1945 a 1964
Brasil 1945 a 1964
 
JoãO Goulart
JoãO GoulartJoãO Goulart
JoãO Goulart
 
Revolução Cubana e Regimes Militares na América Latina
Revolução Cubana e Regimes Militares na América LatinaRevolução Cubana e Regimes Militares na América Latina
Revolução Cubana e Regimes Militares na América Latina
 
O período democrático
O período democráticoO período democrático
O período democrático
 

Destaque

Digi-Fridge Marketing Plan
Digi-Fridge Marketing PlanDigi-Fridge Marketing Plan
Digi-Fridge Marketing PlanMatthew Frappier
 
Giornata internazionale per i diritti dell'infanzia
Giornata internazionale per i diritti dell'infanziaGiornata internazionale per i diritti dell'infanzia
Giornata internazionale per i diritti dell'infanziarosasala
 
Classification and Characteristics of All Banks - Unitedworld School of Busi...
Classification and Characteristics of All Banks  - Unitedworld School of Busi...Classification and Characteristics of All Banks  - Unitedworld School of Busi...
Classification and Characteristics of All Banks - Unitedworld School of Busi...Arnab Roy Chowdhury
 
Risk assessment
Risk assessmentRisk assessment
Risk assessmentDG160859
 
presentation-skuhn-infoday2015
presentation-skuhn-infoday2015presentation-skuhn-infoday2015
presentation-skuhn-infoday2015Sara K. Kuhn
 
Telefórmula 18octubre2016
Telefórmula   18octubre2016Telefórmula   18octubre2016
Telefórmula 18octubre2016srtrendingtopic
 
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...Site Blindado S.A.
 
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...Private Consultants
 
Civil & Construction Eng. Curtin University Certificate
Civil & Construction Eng. Curtin University CertificateCivil & Construction Eng. Curtin University Certificate
Civil & Construction Eng. Curtin University CertificateKundai Dennis Musuka
 
Resume of Josh Cannon
Resume of Josh CannonResume of Josh Cannon
Resume of Josh CannonJosh Cannon
 
Pitch Presentation
Pitch PresentationPitch Presentation
Pitch PresentationJackBastow1
 

Destaque (14)

Un mondo da favola
Un mondo da favolaUn mondo da favola
Un mondo da favola
 
Digi-Fridge Marketing Plan
Digi-Fridge Marketing PlanDigi-Fridge Marketing Plan
Digi-Fridge Marketing Plan
 
Giornata internazionale per i diritti dell'infanzia
Giornata internazionale per i diritti dell'infanziaGiornata internazionale per i diritti dell'infanzia
Giornata internazionale per i diritti dell'infanzia
 
Classification and Characteristics of All Banks - Unitedworld School of Busi...
Classification and Characteristics of All Banks  - Unitedworld School of Busi...Classification and Characteristics of All Banks  - Unitedworld School of Busi...
Classification and Characteristics of All Banks - Unitedworld School of Busi...
 
Risk assessment
Risk assessmentRisk assessment
Risk assessment
 
The Cover Letter 2015
The Cover Letter 2015The Cover Letter 2015
The Cover Letter 2015
 
presentation-skuhn-infoday2015
presentation-skuhn-infoday2015presentation-skuhn-infoday2015
presentation-skuhn-infoday2015
 
Telefórmula 18octubre2016
Telefórmula   18octubre2016Telefórmula   18octubre2016
Telefórmula 18octubre2016
 
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...
Webinar - Como deixar seu consumidor mais confortável para comprar no seu e-c...
 
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...
Conversion of Seawater and Carbon Dioxide into Biofuel/Food and Sweet Water, ...
 
Civil & Construction Eng. Curtin University Certificate
Civil & Construction Eng. Curtin University CertificateCivil & Construction Eng. Curtin University Certificate
Civil & Construction Eng. Curtin University Certificate
 
nATACION
nATACIONnATACION
nATACION
 
Resume of Josh Cannon
Resume of Josh CannonResume of Josh Cannon
Resume of Josh Cannon
 
Pitch Presentation
Pitch PresentationPitch Presentation
Pitch Presentation
 

Semelhante a Governo militar

3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasilDaniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.Daniel Alves Bronstrup
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e RedemocratizaçãoDaniel Alves Bronstrup
 
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptxRobsonAbreuProfessor
 
Golpe civil militar no Brasil
Golpe civil militar no BrasilGolpe civil militar no Brasil
Golpe civil militar no BrasilWander barreto
 
Academia enem república populista ditadura
Academia enem república populista ditaduraAcademia enem república populista ditadura
Academia enem república populista ditaduraMARIANO C7S
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoEdenilson Morais
 
Os militares no poder & Da Guerrilha à abertura
Os militares no poder & Da Guerrilha à aberturaOs militares no poder & Da Guerrilha à abertura
Os militares no poder & Da Guerrilha à aberturaBruna Carolina
 

Semelhante a Governo militar (20)

DE JK A LULA-LÁ
DE JK A LULA-LÁDE JK A LULA-LÁ
DE JK A LULA-LÁ
 
3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil3ºano ditadura e democracia no brasil
3ºano ditadura e democracia no brasil
 
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
3º ano - Ditadura Militar e República Nova.
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
A república populista
A república populistaA república populista
A república populista
 
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx
3ano-ditaduraedemocracianobrasil-210929030546.pptx
 
Golpe civil militar no Brasil
Golpe civil militar no BrasilGolpe civil militar no Brasil
Golpe civil militar no Brasil
 
A partir de Vargas
A partir de VargasA partir de Vargas
A partir de Vargas
 
Ditadura Civil Miliar
Ditadura Civil MiliarDitadura Civil Miliar
Ditadura Civil Miliar
 
Governo jk
Governo jkGoverno jk
Governo jk
 
Brasil Finaleira
Brasil  FinaleiraBrasil  Finaleira
Brasil Finaleira
 
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
3º ano - Brasil de 1945 a 1964.
 
Ditadura Militar
Ditadura Militar Ditadura Militar
Ditadura Militar
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Academia enem república populista ditadura
Academia enem república populista ditaduraAcademia enem república populista ditadura
Academia enem república populista ditadura
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
A rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismoA rotinização do autoritarismo
A rotinização do autoritarismo
 
Populismo 1945 1964
Populismo 1945   1964Populismo 1945   1964
Populismo 1945 1964
 
Os militares no poder & Da Guerrilha à abertura
Os militares no poder & Da Guerrilha à aberturaOs militares no poder & Da Guerrilha à abertura
Os militares no poder & Da Guerrilha à abertura
 

Último

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 

Último (20)

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 

Governo militar

  • 1. GOVERNO MILITAR NO BRASIL Lucas Ferreira
  • 2. Antecedentes: o Brasil da década de 60Antecedentes: o Brasil da década de 60 • Após o mandato de JK, Jânio Quadros é eleito presidente, prometendo varrer a corrupção do país. • Com forte moralismo e preocupado com medidas secundárias, Jânio sofre pressões de setores e em plena Guerra Fria condecorou Che Guevara.
  • 3. • Visão esquerdistaVisão esquerdista da sociedade emda sociedade em relação a seurelação a seu governo.governo. • OposiçãoOposição insustentável apósinsustentável após a condecoração aoa condecoração ao Che.Che. • Renúncia de JânioRenúncia de Jânio e crise políticae crise política grave.grave.
  • 4. • O perigo de o vice não assumir. • Sua rápida volta ao Brasil e a posse diante de muita hostilidade. • Parlamentarismo às pressas. • Greves e reformas prometidas. • Nacionalização das empresas Multinacionais.
  • 5. • As ideias de grupos armados para consolidar conquistas populares. • João Goulart tentava agradar a ambos os setores e aproximou-se dos sindicatos. • No comício de 250 mil pessoas prometendo reformas básicas, Jango dá o combustível para o golpe. • Uma passeata de 500 mil apoia a intervenção militar.
  • 6. • Os militares movimentam as tropas e mobilizam o país. • Expulsam o governo legítimo e se instalam no poder, declarando vaga a presidência da república, que se exila no Uruguai. • Não concorda? Cadeia, tortura...
  • 7. O FECHAMENTO DO REGIME Para consolidar o regime os militares governaram por decreto, os ATOS INSTITUCIONAIS ou AI’s.
  • 8. AI 1 Eleição indireta para presidente Fim da estabilidade do serviço público Poder presidencial de suspender direitos políticos e dos cidadãos por até 10 anos.
  • 9. AI 2 O legislativo pode ser fechado em todas as instâncias.  Extinção dos partidos políticos  Criação da ARENA e MDB
  • 11. AI 4 Reabertura do Congresso para aprovar uma nova Constituição.. Nesta, os poderes foram concentrados no executivo.
  • 12. AI 5 A brutalização da ditadura, sem data para terminar. Poder para fechar o Congresso e intervir em todas as instâncias de governo. Cassação de direitos políticos e do habeas corpus. Institucionalização da tortura praticada pelo Estado. Censura violenta aos meios de comunicação
  • 14. Reportagem do SBT Repórter
  • 15. ECONOMIA Alto índice de crescimento do país na década de 70, chamado Milagre Econômico. Arrocho salarial com aumentos abaixo da inflação. Fluxo de capital estrangeiro. Implantação de multinacionais com produtos de exportação. Obras faraônicas em mega empresas estatais estratégicas. Ampliação de créditos para consumo
  • 16. AS DESIGUALDADES Ampliação da má distribuição de renda nacional com o crescimento por controles salariais. Crescimento da classe média que apoiava o regime. Endividamento externo e uma cara conta a ser paga. 1973 – crise do petróleo, diminuição dos investimentos estrangeiros. Fim do milagre
  • 18. A OPOSIÇÃO Perda de madato de vários opositores. Perseguição aos sindicatos e sindicalistas. Repressão aos artistas (cinema, literatura, teatro, música, etc)
  • 20. Os estudantes, através da UNE se mobilizam e se tornam uma grande força contra a repressão. Sua estrutura é desmantelada.
  • 21. Cenas do Filme BATISMO DE SANGUE
  • 22. LUTA ARMADA Mobilização no campo e em pontos estratégicos Mobilização urbana com organização de partidos e organizações clandestinas Guerrilhas com bombas e atentados a lugares de grande repercussão, como representações diplomáticas. Sequestros e assaltos (desapropriações)
  • 23. LUTA E ARTE Série de cantores e artistas de cinema e teatro são censurados e reprimidos.  Canções de protesto e com ideias de liberdade e democracia.
  • 25. A ABERTURA Idas e vindas dos militares O fim do milagre econômico A intensa mobilização das DIRETAS JÁ.
  • 26. ULTIMOS SUSPIROS Proibição de debates e censura aos polítcos. As greves de 1978 do ABC Paulista com o surgimento de líderes operários como Lula. Abertura lenta e gradual com o retorno dos exilados e de grandes lideranças políticas, além do fim do AI-5 Reforma partidária com a liberdade de partidos e associações políticas. A ditadura se rende e Tancredo Neves, civil é eleito presidente do Brasil, voltando a democracia, mesmo que ainda de forma indireta.
  • 27. QUEM NÃO CONSTRÓI SUA HISTÓRIA ESTÁ CONDENADA A REPETÍ-LA.