Revista Food Service News #43

1.114 visualizações

Publicada em

Revista Food Service News

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista Food Service News #43

  1. 1. GESTÃO Por Joyce Carla Pequenas franquias, grandes redes Uma concepção necessária para quem quer aliar bom gosto ao paladar S egundo a Associação Bra- em 2007 pelo empresário mineiro cidas é o Café Jardim. De acordo com sileira de Franchising - Wallace Tonon, a franquia já pos- a gerente de expansão, Maura Leal, a ABF -, o setor de franquias sui 22 lojas em diversas cidades rede está comercializando há apenas representa cerca de 1,7% do PIB brasileiras e gerou a Chocolônia, 1 ano e já tem 10 unidades vendidas nacional e fechou 2008 com fatu- o maior parque temático itine- em fase de instalação. “Já temos em ramento 17% maior que no ano rante de chocolate da América funcionamento duas unidades. Uma passado, em torno dos R$ 53 bi- Latina, em São Paulo, e que deve na Avenida Paulista e outra no mer- lhões. O segmento que mais cres- viajar todas as principais cidades cado municipal de São Paulo”, afir- ce é o da alimentação, que fechou do país. ma. A marca Café Jardim já existe há o último ano com 14% a mais de A rede possui mais de 40 lojas mais de 100 anos como indústria de franquias que em 2007. O setor comercializadas, com inaugurações café. A gerente explica que a criação também é responsável pela cria- previstas até dezembro de 2009. “A da rede de franquias é uma nova for- ção de, aproximadamente, 30 mil Planet Chokolate dará um salto em ma de distribuição do produto. novos estabelecimentos num pe- seu faturamento de mais de R$ 7 “Com as franquias, potenciali- ríodo de 12 meses e 594 mil em- milhões: de R$ 1,8 milhão em 2008 zamos as vendas e geramos visibi- pregos diretos. Ainda de acordo para R$ 9 milhões até o final deste lidade para a marca. Assim, temos com dados da ABF, no setor de ano”, declara Gerson Oliva, supe- novos canais de vendas em pronta alimentação, o grupo que mais rintendente da Planet Chokolate. A entrega”, declara. Outra fatia do cresceu foi o das cafeterias, com meta da Planet Chokolate é a abertu- mercado capitada pelo Café Jardim expansão de 33,91%. ra de 450 lojas no país e um fatura- é o mercado corporativo. “Nos- Analisando o mercado mais mento de R$ 72 milhões em 5 anos. so franqueado tem liberdade para de perto, percebemos que há as Com as novas lojas, a previsão de vender para vários mercados. Ele grandes marcas, como Starbucks crescimento nas vendas é de 400% potencializa o retorno do capital e Frans Café, e outras marcas este ano para uma rede que já vende investido e aumenta o faturamento menores, regionais, também com 5 toneladas de chocolate por mês. como um todo. Com as franquias espantoso crescimento. Como é o Outra rede que também está cres- vendendo para o mercado corporati- caso da Planet Chokolate. Criada cendo entre as marcas menos conhe- vo, aumentamos em 20% a produção de café”. Na maioria dos shoppings centers, Diferencial 75% da praça de alimentação De acordo com Marcos Hirai, pertence a marcas nacionais diretor de real state da Franchi- 8 foodservicenews / 2009
  2. 2. O setor de franquias representa DESTAQUES cerca de 1,7% do PIB nacional e • As franquias de fechou 2008 com faturamento alimentação são responsáveis pela criação em torno dos R$ 53 bilhões de, aproximadamente, 30 mil novos sing Store, as pessoas interessadas les, não há a presença de marcas estabelecimentos num em adquirir uma franquia devem consagradas”, explica. O diretor período de 12 meses e observar bastante o mercado e as lembra ainda que é importante 594 mil empregos diretos. possibilidades de negócio. “Por ter uma operação diferenciada. • Planet Chokolate. Em exemplo, sabemos que, na maio- “É importante criar caracterís- cinco anos, a meta é a ria dos shoppings centers, 75% da ticas próprias, para não concor- abertura de 450 lojas no praça de alimentação pertence a rer diretamente com as marcas país e um faturamento de marcas nacionais”, afirma. conhecidas nacionalmente. Com R$ 72 milhões. Com as Contudo, Hirai mostra que o um mix de tipos de produtos, novas lojas, a previsão de diferencial é uma grande opor- apresentação da loja e atendi- crescimento nas vendas tunidade. “Mesmo com essa difi- mento, é possível ter crescimen- é de 400% este ano. A culdade, temos casos como o de to nesse mercado, mesmo com rede vende 5 toneladas de comidas mexicanas, que certa- marcas regionais. Um exemplo é chocolate por mês. mente encontrarão abertura em a QG Pastéis, uma fast-food com shoppings, pois, na maioria de- gosto de comida caseira, que já tem foodservicenews / 2009 9
  3. 3. GESTÃO PEQUENAS FRANQUIAS, GRANDES REDES Camarão & Cia. Especialista em fast-food de frutos do mar. Existe há 10 anos, possui 30 lo- jas. O faturamento médio por loja é de R$ 100 mil/mês. O diferencial: produz seu principal insumo, o camarão. O vi- veiro instalado no Piauí tem capacida- de de produzir mais de 90 toneladas/ mês do crustáceo. O camarão é exportado para vá- rios países da Europa e também abastece as lojas da rede. A curto prazo: planeja ter 100 unidades até 2014. 18 deverão ser abertas nos próximos 12 meses. Essa expansão representa a criação de 500 novas vagas de emprego e investimentos da ordem de R$ 5 milhões. 10 lojas no Centro-Oeste e no Nor- planeja ter 100 unidades até 2014. deste”, afirma Marcos Hirai. Dessas, 18 deverão ser abertas nos VANTAGENS DE Um exemplo de novidade no seg- próximos 12 meses, o que represen- INVESTIR EM UMA mento de alimentação é a franquia ta a criação de 500 novas vagas de PEQUENA FRANQUIA Camarão & Cia. A rede especialis- emprego e investimentos da ordem ta em fast-food de frutos do mar de R$ 5 milhões. 1. Possibilidade de crescer existe há 10 anos, possui 30 lojas, com a rede. “Em uma rede faturamento médio por loja é de R$ Vantagens e desvantagens grande, há pouco espaço para 100 mil/mês e produz seu principal crescer. Nas redes menores, insumo, o camarão. “No viveiro Uma das vantagens de uma fran- tem todo um mercado para instalado no Piauí, a empresa tem quia de marca menos conhecida é desbravar”, explica Marcos capacidade de produzir mais de 90 a possibilidade de crescer junto Hirai, diretor de real state da toneladas mês do crustáceo. O mes- com a rede. “Em uma rede gran- Franchising Store. mo camarão que é exportado para de, há pouco espaço para crescer. vários países da Europa abastece Nas redes menores, tem todo um 2. O acesso direto aos donos também as lojas da rede”, explica mercado para desbravar”, expli- da rede é facilitado quando o negócio é menor. Waldner Maribondo, gerente de Ma- ca Hirai. Outras questões são o rketing da Camarão & Cia. A rede acesso direto aos donos da rede, 3. Mais espaço para opinar e sugerir mudanças no Percebemos que há as grandes cardápio, permitindo adaptações favoráveis à marcas, como Starbucks e Frans Café, região em que você atua. e outras marcas menores, regionais, 4. Flexibilidade para também com espantoso crescimento negociar taxas. 10 foodservicenews / 2009
  4. 4. DESVANTAGENS DE fora do mix controlado. Além que forma a mão-de-obra que vai disso, temos as menoras taxas de atuar nas lojas da rede”, declara INVESTIR EM UMA franquia do segmento”, afirma Waldner Maribondo. PEQUENA FRANQUIA “O interesse pela franquia vem Maura Leal. O Planet Chokolate apresenta aumentando muito nos últimos 1. A grande concorrência. a lucratividade como uma das anos. Temos recebido cerca de 12 maiores vantagens. “Nossa lu- candidatos por semana queren- 2. Possível falta de cratividade gira em torno de 23% do investir na operação. O fato experiência que pode existir para o franqueado e o ticket mé- de já estarmos estruturados e de em redes muito novas. dio de R$ 18,00. Assim, a fran- sermos, nesta área, a única rede quia tem atraído investidores que que produz seu próprio insumo, desejam abrir um negócio no se- que é o camarão, nos coloca em tor das franquias de chocolate”, uma posição privilegiada”, expli- mais espaço para opinar e sugerir pontua Gerson Oliva. ca o diretor da Camarão & Cia, mudanças no cardápio, e a flexibi- A Camarão & Cia apresenta Sylvio Drummond. • lidade para negociar taxas. “Já as outra vantagem: assistência to- desvantagens são a concorrência tal. “Estamos presentes desde o e a possível falta de experiência, treinamento do franqueado, a ne- que pode existir em redes muito gociação com os fornecedores até Camarão & Cia www.camaraocia.com.br novas”, enumera Hirai. o sistema de informática que fa- Planet Chokolate No Café Jardim, as vantagens cilita a administração do negócio. www.planetchokolate.com.br englobam a flexibilidade da ope- A rede Camarão & Cia também Café Jardim ração. “O franqueado tem a liber- se difere das demais por ter o seu Franchise Store dade de agregar outros produtos próprio centro de treinamento www.franchisestore.com.br foodservicenews / 2009 11

×