SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
PESQUISA: ÂNIONS
1) Explique o porquê da necessidade da precipitação do ânion cloreto ser
gota à gota, com intervalos de tempo moderados entre esses
gotejamentos.
Sabe-se que é necessário que a precipitação do ânion cloreto seja gota à gota,
com intervalos de tempos moderados entre esses gotejamentos em
decorrência do cloreto de chumbo, PbCl2, ser prontamente solúvel em água
fervendo mas escassamente solúvel à frio.
2) Apresente as reações de precipitação, identificação de cada ânion
presente no método analítico, destacando as propriedades de cada um,
como as organolépticas, solubilidade em meio aquoso, cor, etc.
Os ânions presentes no método analítico são: Cloreto (Cl-), Brometo (Br-),
Bicarbonato (HCO3-), Ferrocianeto [Fe(CN)6]-4, Cromato (CrO4-2), Fosfato
(PO4-2), Nitrato (NO3-), Fluoreto (F-) , Sulfato (SO4-2), Acetato (CH3COO-).
Estes são precipitados ou não com cloreto de bário (BaCl2) e nitrato de prata
(AgNO3).
Os ânions fluoreto e sulfato precipitam com cloreto de bário e não precipitam
com nitrato de prata. As reações de identificação são:
1. 2Fl- + BaCl2  BaF2↑ + Cl2 (precipitado branco solúvel em HNO3)
2. SO4-2 + BaCl2  BaSO4↑ + Cl2 (precipitado branco insolúvel em
HNO3)
As reações de confirmação são:
1. SP + MgCl2  MgF2 (precipitado branco gelatinoso)
2. SP + CaCl2  CaF2 (precipitado branco)
2- SP + Pb(NO3)2  PbSO4 (precipitado branco)
Os ânions brometo, cloreto e ferrocianeto precipitam com nitrato de prata mas
não com o cloreto de bário. As reações de identificação são:
1- Br- + AgNO3 AgBr + NO3(precipitado branco insolúvel em HCl)
2- Cl - + AgNO3 AgCl + NO3 (precipitado branco insolúvel em HNO3)
3- [Fe(CN)6] -4 + AgNO3 [Fe(CN)6] -4 (precipitado amarelo)
As reações de confirmação são:
1- SP + Pb(NO3)2 PbBr (precipitado branco)
2- SP + Pb(NO3)2 PbCl2 (precipitado branco insolúvel em NH4OH)
3- SP + FeCl3 [Fe(CN)6]3 (precipitado azul)
Os ânions cromato, fosfato e bicarbonato precipita tanto com o nitrato de prata
quanto com o cloreto de bário. As reações de identificação são:
1- CrO4 -2 + AgNO3 AgCrO4 + NO3 (precipitado vermelho, SP amarela)
2- PO4-3+ AgNO3 AgPO4 + NO3 (precipitado amarelo)
2-PO4-3+ 3BaCl2 Ba3(PO4)2 + Cl2 (precipitado branco solúvel em HNO3)
3- HCO3- + AgNO3 AgHCO3 + NO3 (precipitado branco sujo)
2HCO3- + BaCl2 Ba(HCO3)2 + Cl2(precipitado branco)
As reações de confirmação são:
1- SP + Pb(NO3)2 PbCrO4 (Precipitado amarelo)
2- SP + CuSO4 Cu(PO4)2 (Precipitado azul claro)
SP + HgCl2 Não reage
3- SP + MgSO4 Não reage
SP + HgCl2 Não reage
Os ânions nitrato e acetato não precipitam tanto no cloreto de bário quanto no
nitrato de prata. As reações de confirmação são:
1- SP sobre a difenilamina = anel azul
2- SP+ FeCl3 = cor vermelha
Propriedades dos ânions
Cloreto (Cl-)
Na forma elementar, o gás Cl é verde-claro, de fórmula molecular Cl2,
ocorrendo, naturalmente, como ânion cloreto. A maioria dos cloretos é solúvel
em água, exceto o de prata, chumbo e mercúrio I, quando reagem com ácido
sulfúrico concentrado ocorre a decomposição considerável do cloreto a frio e
completamente a quente, ocorrendo o despredimento de cloreto de hidrogênio.
O produto é conhecido pelo liberamento de uma fumaça branca com odor
picante. (VOGEL, 1981).
Nitrato (NO3
-)
Praticamente todos os nitratos são solúveis em água. Alguns produzem sais
básicos quando tratados em água, os quais são solúveis em ácido nítrico
diluído.
Sulfatos (SO4
-2)
Os sais que contêm o íon sulfato costumam ser solúveis em água, sendo que
as exceções são quatro: sulfato de cálcio (CaSO4), sulfato de estrôncio
(SrSO4), sulfato de bário (BaSO4) e sulfato de chumbo (PbSO4).
Brometo
Os brometos de prata, mercúrio e cobre são insolúveis em água. O brometo de
chumbo é essencialmente solúvel a frio, mas bastante solúvel em água
fervendo. Todos os outros brometos são solúveis em água.
Acetato
Todos os acetatos são facilmente solúveis em água, mas o acetato de prata e
mercúrio (I) apresentam baixa solubilidade em água. Outros acetatos básicos
como os de ferro, alumínio e cromo são insolúveis em água. O ácido acético é
um líquido incolor com odor picante.
Fluoreto
Solúvel em água exceto os de magnésio, de cálcio e de estrôncio
Ferrocianeto
São insolúveis exceto de alcalinos e de amônia.
Cromato
Cromatos são em geral pouco solúveis. Apenas os de metais alcalinos
possuem maior solubilidade.
Fosfato
Fósforo apresenta dez variedades alotrópicas — manifestações diversas de
composições químicas análogas das quais as três mais importantes são o
fósforo branco, o vermelho e o negro. Exposto à luz, o fósforo branco passa à
forma vermelha, com estrutura em camadas alternadas entre as quais se
dispõem outras moléculas P4 do estado branco.Os fosfatos de sódio, de
potássio e amônio são solúveis em água.
Bicarbonato
Solúvel apenas com elementos da família IA e com o NH4+;
3) Por que os ânions não podem ser identificados em uma solução única,
tal quais os cátions?
Os ânions não podem ser identificados em uma solução única, tal como os
cátions, pois não existe realmente um esquema satisfatório que permita a
separação dos ânions comuns em grupos principais, e a subsequente
separação inequívoca, em cada grupo, de seus componentes independentes.
4) É possível formular uma amostra de cátions e ânions para realizar
análise? Explique.
Não é possível formular uma amostra de cátions e ânions para realizar análise
já que os métodos analíticos qualitativos de pesquisa e identificação de ânions
em solução aquosa são em geral, mais complexos e morosos do que os
destinados à pesquisa e identificação de cátions. Entretanto, uma vez
conhecido o cátion, pode se identificar o ânion, em certos casos, mesmo antes
de se efetuar a M.Q.S. para ânions.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

14042015
1404201514042015
14042015
 
Estudo do ferro, cobalto e cobre
Estudo do ferro, cobalto e cobreEstudo do ferro, cobalto e cobre
Estudo do ferro, cobalto e cobre
 
3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorg3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorg
 
Exercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicasExercícios funções inorgânicas
Exercícios funções inorgânicas
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Química exercicios extras
Química   exercicios extrasQuímica   exercicios extras
Química exercicios extras
 
áCidos e bases completo
áCidos e bases completoáCidos e bases completo
áCidos e bases completo
 
Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio
Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódioSíntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio
Síntese e utilização do hexanitrocobaltato (iii) de sódio
 
105
105105
105
 
Aulao udesc
Aulao udescAulao udesc
Aulao udesc
 
Estequiometriaextensivo
EstequiometriaextensivoEstequiometriaextensivo
Estequiometriaextensivo
 
Lista 2 funções inorgânicas
Lista 2   funções inorgânicasLista 2   funções inorgânicas
Lista 2 funções inorgânicas
 
88334192 testes-de-funcoes-inorganicas
88334192 testes-de-funcoes-inorganicas88334192 testes-de-funcoes-inorganicas
88334192 testes-de-funcoes-inorganicas
 
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
Lista 35   funções inorgânicas - difícilLista 35   funções inorgânicas - difícil
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
Lista de exercicios ácidos inorgânicos
Lista de exercicios   ácidos inorgânicosLista de exercicios   ácidos inorgânicos
Lista de exercicios ácidos inorgânicos
 
Funcões inorgânicas
Funcões inorgânicasFuncões inorgânicas
Funcões inorgânicas
 
Quimica 001 funcoes inorganicas
Quimica  001 funcoes inorganicasQuimica  001 funcoes inorganicas
Quimica 001 funcoes inorganicas
 
Lista de nox
Lista de noxLista de nox
Lista de nox
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
 

Destaque

August 27 agenda
August 27 agendaAugust 27 agenda
August 27 agendamla1976
 
Tocarta - Manual de Usuario
Tocarta - Manual de UsuarioTocarta - Manual de Usuario
Tocarta - Manual de Usuariotocarta
 
Imagemagickknowhow
ImagemagickknowhowImagemagickknowhow
ImagemagickknowhowYo Ya
 
Demystifying S-Controls and AJAX
Demystifying S-Controls and AJAXDemystifying S-Controls and AJAX
Demystifying S-Controls and AJAXdreamforce2006
 
プログラミング言語PRPR
プログラミング言語PRPRプログラミング言語PRPR
プログラミング言語PRPRTomoki_Imai
 
2º parte l. bailonas
2º  parte l. bailonas2º  parte l. bailonas
2º parte l. bailonasMoneo65
 
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)Online Marketing in Galway
 
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTES
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL  EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTESEXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL  EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTES
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTESanajacurrego
 
配布用デコリエ開業セミナー
配布用デコリエ開業セミナー配布用デコリエ開業セミナー
配布用デコリエ開業セミナーec-campus
 
Futurenet marketing plan
Futurenet marketing plan Futurenet marketing plan
Futurenet marketing plan Shaikh Amin
 
წიგნი და ისტორია
წიგნი და ისტორიაწიგნი და ისტორია
წიგნი და ისტორიაManana Jakeli
 

Destaque (16)

August 27 agenda
August 27 agendaAugust 27 agenda
August 27 agenda
 
Gestion empresarial
Gestion empresarialGestion empresarial
Gestion empresarial
 
Tocarta - Manual de Usuario
Tocarta - Manual de UsuarioTocarta - Manual de Usuario
Tocarta - Manual de Usuario
 
Imagemagickknowhow
ImagemagickknowhowImagemagickknowhow
Imagemagickknowhow
 
Demystifying S-Controls and AJAX
Demystifying S-Controls and AJAXDemystifying S-Controls and AJAX
Demystifying S-Controls and AJAX
 
プログラミング言語PRPR
プログラミング言語PRPRプログラミング言語PRPR
プログラミング言語PRPR
 
2º parte l. bailonas
2º  parte l. bailonas2º  parte l. bailonas
2º parte l. bailonas
 
Villanos del Social Media
Villanos del Social MediaVillanos del Social Media
Villanos del Social Media
 
Partes internas de cpu
Partes internas de cpuPartes internas de cpu
Partes internas de cpu
 
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)
JCI Galway - Online Marketing in Galway Presentation (April 29 2013)
 
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTES
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL  EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTESEXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL  EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTES
EXPERIENCIAS INVESTIGATIVAS ACERCA DEL EMBARAZO EN LAS ADOLESCENTES
 
配布用デコリエ開業セミナー
配布用デコリエ開業セミナー配布用デコリエ開業セミナー
配布用デコリエ開業セミナー
 
08 rural works programme
08 rural works programme 08 rural works programme
08 rural works programme
 
Futurenet marketing plan
Futurenet marketing plan Futurenet marketing plan
Futurenet marketing plan
 
წიგნი და ისტორია
წიგნი და ისტორიაწიგნი და ისტორია
წიგნი და ისტორია
 
Putusan pdt 06
Putusan pdt 06Putusan pdt 06
Putusan pdt 06
 

Semelhante a pesquisa ânions

Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Karol Maia
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases saisSabino2020
 
Funções inorgânicas1 (Química)
Funções inorgânicas1 (Química)Funções inorgânicas1 (Química)
Funções inorgânicas1 (Química)larissahaas
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases saissabinosilva
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicasestead2011
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicasestead2011
 
Aula de power point
Aula de power pointAula de power point
Aula de power pointBruno2014
 
Teoria sal oxido
Teoria sal oxido Teoria sal oxido
Teoria sal oxido Diogo Spera
 
Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)Saulo Luis Capim
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasMarcos Júnior
 
Química função inorgânica
Química   função inorgânicaQuímica   função inorgânica
Química função inorgânicaRubao1E
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases saissabinosilva
 
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETOFUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETOSilvio Gentil
 

Semelhante a pesquisa ânions (20)

Lista de exercicios sais
Lista de exercicios    saisLista de exercicios    sais
Lista de exercicios sais
 
3 FunçòEs Inorganicas
3 FunçòEs Inorganicas3 FunçòEs Inorganicas
3 FunçòEs Inorganicas
 
Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
Inorganica reacoes-e-funcoes
Inorganica reacoes-e-funcoesInorganica reacoes-e-funcoes
Inorganica reacoes-e-funcoes
 
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOSAPOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
APOSTILA - COMPOSTOS INORGÂNICOS
 
Funções inorgânicas1 (Química)
Funções inorgânicas1 (Química)Funções inorgânicas1 (Química)
Funções inorgânicas1 (Química)
 
Resumo sal oxidos
Resumo sal oxidosResumo sal oxidos
Resumo sal oxidos
 
Aula de Digital de Química - Sais
Aula de Digital de Química - SaisAula de Digital de Química - Sais
Aula de Digital de Química - Sais
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
Funcoes inorganicas
Funcoes inorganicasFuncoes inorganicas
Funcoes inorganicas
 
Lista de exercicios hidróxidos
Lista de exercicios    hidróxidosLista de exercicios    hidróxidos
Lista de exercicios hidróxidos
 
Aula de power point
Aula de power pointAula de power point
Aula de power point
 
Teoria sal oxido
Teoria sal oxido Teoria sal oxido
Teoria sal oxido
 
Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)Funções Inorganicas[1] (1)
Funções Inorganicas[1] (1)
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
Química função inorgânica
Química   função inorgânicaQuímica   função inorgânica
Química função inorgânica
 
Acidos bases sais
Acidos bases saisAcidos bases sais
Acidos bases sais
 
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETOFUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
 

pesquisa ânions

  • 1. PESQUISA: ÂNIONS 1) Explique o porquê da necessidade da precipitação do ânion cloreto ser gota à gota, com intervalos de tempo moderados entre esses gotejamentos. Sabe-se que é necessário que a precipitação do ânion cloreto seja gota à gota, com intervalos de tempos moderados entre esses gotejamentos em decorrência do cloreto de chumbo, PbCl2, ser prontamente solúvel em água fervendo mas escassamente solúvel à frio. 2) Apresente as reações de precipitação, identificação de cada ânion presente no método analítico, destacando as propriedades de cada um, como as organolépticas, solubilidade em meio aquoso, cor, etc. Os ânions presentes no método analítico são: Cloreto (Cl-), Brometo (Br-), Bicarbonato (HCO3-), Ferrocianeto [Fe(CN)6]-4, Cromato (CrO4-2), Fosfato (PO4-2), Nitrato (NO3-), Fluoreto (F-) , Sulfato (SO4-2), Acetato (CH3COO-). Estes são precipitados ou não com cloreto de bário (BaCl2) e nitrato de prata (AgNO3). Os ânions fluoreto e sulfato precipitam com cloreto de bário e não precipitam com nitrato de prata. As reações de identificação são: 1. 2Fl- + BaCl2  BaF2↑ + Cl2 (precipitado branco solúvel em HNO3) 2. SO4-2 + BaCl2  BaSO4↑ + Cl2 (precipitado branco insolúvel em HNO3) As reações de confirmação são: 1. SP + MgCl2  MgF2 (precipitado branco gelatinoso) 2. SP + CaCl2  CaF2 (precipitado branco) 2- SP + Pb(NO3)2  PbSO4 (precipitado branco) Os ânions brometo, cloreto e ferrocianeto precipitam com nitrato de prata mas não com o cloreto de bário. As reações de identificação são: 1- Br- + AgNO3 AgBr + NO3(precipitado branco insolúvel em HCl) 2- Cl - + AgNO3 AgCl + NO3 (precipitado branco insolúvel em HNO3) 3- [Fe(CN)6] -4 + AgNO3 [Fe(CN)6] -4 (precipitado amarelo) As reações de confirmação são: 1- SP + Pb(NO3)2 PbBr (precipitado branco) 2- SP + Pb(NO3)2 PbCl2 (precipitado branco insolúvel em NH4OH)
  • 2. 3- SP + FeCl3 [Fe(CN)6]3 (precipitado azul) Os ânions cromato, fosfato e bicarbonato precipita tanto com o nitrato de prata quanto com o cloreto de bário. As reações de identificação são: 1- CrO4 -2 + AgNO3 AgCrO4 + NO3 (precipitado vermelho, SP amarela) 2- PO4-3+ AgNO3 AgPO4 + NO3 (precipitado amarelo) 2-PO4-3+ 3BaCl2 Ba3(PO4)2 + Cl2 (precipitado branco solúvel em HNO3) 3- HCO3- + AgNO3 AgHCO3 + NO3 (precipitado branco sujo) 2HCO3- + BaCl2 Ba(HCO3)2 + Cl2(precipitado branco) As reações de confirmação são: 1- SP + Pb(NO3)2 PbCrO4 (Precipitado amarelo) 2- SP + CuSO4 Cu(PO4)2 (Precipitado azul claro) SP + HgCl2 Não reage 3- SP + MgSO4 Não reage SP + HgCl2 Não reage Os ânions nitrato e acetato não precipitam tanto no cloreto de bário quanto no nitrato de prata. As reações de confirmação são: 1- SP sobre a difenilamina = anel azul 2- SP+ FeCl3 = cor vermelha Propriedades dos ânions Cloreto (Cl-) Na forma elementar, o gás Cl é verde-claro, de fórmula molecular Cl2, ocorrendo, naturalmente, como ânion cloreto. A maioria dos cloretos é solúvel em água, exceto o de prata, chumbo e mercúrio I, quando reagem com ácido sulfúrico concentrado ocorre a decomposição considerável do cloreto a frio e completamente a quente, ocorrendo o despredimento de cloreto de hidrogênio. O produto é conhecido pelo liberamento de uma fumaça branca com odor picante. (VOGEL, 1981).
  • 3. Nitrato (NO3 -) Praticamente todos os nitratos são solúveis em água. Alguns produzem sais básicos quando tratados em água, os quais são solúveis em ácido nítrico diluído. Sulfatos (SO4 -2) Os sais que contêm o íon sulfato costumam ser solúveis em água, sendo que as exceções são quatro: sulfato de cálcio (CaSO4), sulfato de estrôncio (SrSO4), sulfato de bário (BaSO4) e sulfato de chumbo (PbSO4). Brometo Os brometos de prata, mercúrio e cobre são insolúveis em água. O brometo de chumbo é essencialmente solúvel a frio, mas bastante solúvel em água fervendo. Todos os outros brometos são solúveis em água. Acetato Todos os acetatos são facilmente solúveis em água, mas o acetato de prata e mercúrio (I) apresentam baixa solubilidade em água. Outros acetatos básicos como os de ferro, alumínio e cromo são insolúveis em água. O ácido acético é um líquido incolor com odor picante. Fluoreto Solúvel em água exceto os de magnésio, de cálcio e de estrôncio Ferrocianeto São insolúveis exceto de alcalinos e de amônia. Cromato Cromatos são em geral pouco solúveis. Apenas os de metais alcalinos possuem maior solubilidade. Fosfato Fósforo apresenta dez variedades alotrópicas — manifestações diversas de composições químicas análogas das quais as três mais importantes são o fósforo branco, o vermelho e o negro. Exposto à luz, o fósforo branco passa à forma vermelha, com estrutura em camadas alternadas entre as quais se dispõem outras moléculas P4 do estado branco.Os fosfatos de sódio, de potássio e amônio são solúveis em água. Bicarbonato Solúvel apenas com elementos da família IA e com o NH4+;
  • 4. 3) Por que os ânions não podem ser identificados em uma solução única, tal quais os cátions? Os ânions não podem ser identificados em uma solução única, tal como os cátions, pois não existe realmente um esquema satisfatório que permita a separação dos ânions comuns em grupos principais, e a subsequente separação inequívoca, em cada grupo, de seus componentes independentes. 4) É possível formular uma amostra de cátions e ânions para realizar análise? Explique. Não é possível formular uma amostra de cátions e ânions para realizar análise já que os métodos analíticos qualitativos de pesquisa e identificação de ânions em solução aquosa são em geral, mais complexos e morosos do que os destinados à pesquisa e identificação de cátions. Entretanto, uma vez conhecido o cátion, pode se identificar o ânion, em certos casos, mesmo antes de se efetuar a M.Q.S. para ânions.