Estequiometriaextensivo

1.884 visualizações

Publicada em

estequiometria intensivo - bahiana medicina

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Estequiometriaextensivo

  1. 1. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Estequiometria)
  2. 2. Cálculos Estequiométricos : Mol - Mol Prof. Fábio Dada a equação balanceada A quantidade de matéria de PbSO4 que será formada a partir de 3 mol de Al2(SO4)3 é igual a:
  3. 3. Cálculos Estequiométricos : Mol - Mol Prof. Fábio
  4. 4. Cálculos Estequiométricos : massa - mol Prof. Fábio
  5. 5. Cálculos Estequiométricos : massa - mol Prof. Fábio
  6. 6. Cálculos Estequiométricos : massa - massa Prof. Fábio
  7. 7. Cálculos Estequiométricos : massa - massa Prof. Fábio
  8. 8. Cálculos Estequiométricos : massa - volume Prof. Fábio
  9. 9. Cálculos Estequiométricos : massa - volume Prof. Fábio
  10. 10. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio
  11. 11. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio
  12. 12. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio
  13. 13. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Reagente em Excesso 8 carrocerias 8 carros 8 pneus 16 pneus excesso Limitante ???
  14. 14. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Reagente em Excesso Colocando-se 232g de butano para reagir com 835g de gás oxigênio, responda: a) Há algum reagente em excesso? b) Que massa, em gramas, de gás carbônico é formada?
  15. 15. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Reagente em Excesso Colocando-se 147g de ácido para reagir com 32g de alumínio, responda: a) Há algum reagente em excesso? b) Que volume, em litros, nas CNTP, de gás é formado?
  16. 16. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Reagente em Excesso
  17. 17. (BAHIANA) O CELOBAR consiste essencialmente em uma suspensão aquosa de sulfato de bário, BaSO4, preparado a partir da reação entre o carbonato de bário, BaCO3(s), e o ácido sulfúrico, H2SO4(aq). Embora os íons sejam extremamente tóxicos ao organismo humano,a ingestão dessa substância é inócua. Como o sulfato de bário é pouquíssimo solúvel em água e não se dissolve mesmo na presença de ácidos, passa pelo aparelho digestivo e é eliminado juntamente com as fezes. A análise de amostras do produto em questão indicou a presença de 13,2% em massa de carbonato de bário, além de 44,7% de sulfato de bário. O carbonato de bário reage com o fluido gástrico, HCl(aq), e libera íons Ba2+(aq) que podem ter contaminar as pessoas. Apresente um argumento que justifique a presença de carbonato de bário na amostra desse produto; Escreva a equação química devidamente balanceada que representa a reação entre o carbonato de bário e o ácido clorídrico.
  18. 18. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Rendimento
  19. 19. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Rendimento
  20. 20. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Rendimento
  21. 21. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio
  22. 22. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Grau de Pureza
  23. 23. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Grau de Pureza
  24. 24. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Grau de Pureza
  25. 25. Cálculos Estequiométricos Prof. Fábio ( Casos Particulares) Grau de Pureza

×