O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

(Transformar) Impacto II

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
(Transformar) Impacto Social I
(Transformar) Impacto Social I
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 54 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a (Transformar) Impacto II (20)

Anúncio

Mais de Ink_conteudos (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

(Transformar) Impacto II

  1. 1. PROJETO TRANSFORMAR IMPACTO SOCIALI I – 08.09.2015
  2. 2. Um belo dia resolvi mudar E fazer tudo que eu queria fazer
  3. 3. 4 hábitos de pensamento (Sara Parkin – O divergente positivo) Resiliência Estamos melhorando a capacidade de permanecermos forte a ponto de absorver grandes choques e continuar fundalmentamente inalterados? Relacionamentos Estamos criando e protegendo as muitas e boas relações que sustentam a resiliência nos indivíduos e nos sistemas? Reflexão Estamos reservando um tempo para pensar sobre as coisas, de modo a aprender com a experiência e aplicar as lições ao futuro? Reverência Estou demonstrando uma “reverência respeitosa” para o poder do mundo natural e a intimidade de nossa relação biológica com ele e com os outros?
  4. 4. • Estratégias de impacto • Exemplos de Teoria de Mudança • O que é Teoria de Mudança? • Como desenvolver a Teoria de Mudança da sua iniciativa O que vamos abordar?
  5. 5. O que é Teoria de Mudança? Ao meu entendimento é o processo pelo qual a mudança ocorre, uma intervenção que contribui para os resultados pretendidos. A teoria de mudança é uma ação colaborativa de planejamento voltada para promover uma transformação social, que tem como ponto principal realizar um levantamento das dificuldades da comunidade onde será inserida uma ação e quais ferramentas serão desenvolvidas para sucesso deste movimento. Depois, definir quais impactos devem ocorrer para resolução destes problemas e quais ações devem ser realizadas para efetivar estes impactos. É o método de desenvolver as atividades, conseguir resultados com elas e assim atingir os objetivos, gerando um impacto social positivo. A teoria da mudança é um raciocínio lógico de que atividades em sequencia eu preciso realizar para atingir determinado objetivo e causar o impacto a longo prazo que eu desejo.
  6. 6. O que é Teoria de Mudança? É uma metodologia, um conjunto de diretrizes que orientam a concretizar o seu objetivo maior (mudança social). Podendo fazer um mapeamento dos requisitos e condições necessárias para o seu fim, desenvolvendo indicadores, avaliando o desempenho da sua iniciativa de mudança, podendo ter uma mudança positiva ou negativa. É a essência da instituição. É conhecer a causa e o poder de transformação social que tem em mãos. É a coesão entre as partes envolvidas (beneficiados, parceiros, colaboradores e voluntários) numa mesma direção. É conhecer o processo de agir e contribuir para o seu desenvolvimento, na certeza de que é possível ter êxito, alcançar os objetivos propostos e causar impacto que mude o curso da vida de uma criança beneficiada. É um conjunto de procedimentos, bem pensados e discutidos, porém, flexíveis, que visam provocar mudanças reais em problemas sociais. Toda mudança leva tempo e causa desconforto naqueles que desejam a inércia, mas a sociedade que sofre com as mazelas sociais precisa de pessoas que estejam dispostas a investir tempo e conhecimento para garantir os direitos básicos da cidadania.
  7. 7. A I Objetivos
  8. 8. Qual o problema que sua iniciativa busca resolver? Qual a transformação que sua ação quer gerar? Ela contribuirá para qual impacto de longo prazo?
  9. 9. Criado em 1997, no Chile +100 mil casas construídas +700 mil voluntários 19 países
  10. 10. A teoria de mudança do TETO é por um curto prazo solucionar um problema emergente que é a moradia enquanto isso as famílias que estão em situação de calamidade ganha um teto e ganha tempo para procurar a mudar a sua vida solucionar o problema, ajudando também essas famílias a correrem atrás dos seus direitos e reivindicarem. O principal impacto que a Teto quer causar é a diminuição da pobreza. Para isso os voluntários se propõem a trabalhar lado a lado nos fins de semana junto a comunidade com mutirões para a construção de casas que eles chamam de emergenciais. E através deste contato com as pessoas eles buscam ir empoderando a comunidade para que elas mesmas façam a sua autogestão e busquem melhorias para a comunidade. A Teoria de Mudança do Teto consiste em construir casas com uma durabilidade em torno de cinco anos para as pessoas que não tem onde morar, possibilitando assim que nesse período de tempo elas possam voltar sua atenção em conquistar outros sonhos, esse projeto recruta dinheiro através de doações recebidas na rua, ou através da pagina virtual do Facebook.
  11. 11. ASA – Aliança pelo Semiárido Brasileiro 1999 Beneficiar 5 milhões de pessoas
  12. 12. PlayPumps - 1996 4000 na África Subsariana Investimento de US$ 10 milhões
  13. 13. E como você pode ter certeza disto?
  14. 14. TEORIA DE MUDANÇA
  15. 15. Teoria de Mudança – O que é? - Ferramenta e metodologia para mapear a sequência lógica de atividades, resultados, objetivos e impacto. - Processo reflexivo profundo e dialógico entre equipe e partes interessadas.
  16. 16. Um belo dia resolvi mudar E fazer tudo que eu queria fazer estava na nossa Teoria de Mudança!
  17. 17. Teoria de Mudança – Quando e como? - Antes de começar a implementar - Processo de construção em grupo (equipe + partes interessadas) - Durante para corrigir rota
  18. 18. Teoria de Mudança – O que compreende? - Contexto da iniciativa, condições sociais, políticas, ambientais, partes interessadas - Mudança de longo prazo e público - Suposições/premissas de como estas mudanças vão acontecer - Evidências - Sequência/mapeamento A ideia central na teoria de mudança é tornar as suposições explícitas!
  19. 19. Análise do contexto Explorar as suposições e hipóteses Acessar as evidências
  20. 20. Contexto: fatores, motivações, atores, capacidades, instituições, estruturas, sistemas, comunidades Outros fatores, atores e condições que influenciam a mudança Esfera de controle do programa/projeto: atividades, partes interessadas, engajamento, resultados Mudanças de curto prazo: mudança de comportamento de atores chave. Influência direta, parceiros, público alvo imediato do projeto Mudanças de médio prazo: influência indireta – formuladores de políticas, planejadores, grupos de partes interessadas, profissionais MUDANÇAS DE LONGO PRAZO, DURADOURAS, PERENES Engajamento de partes interessadas Resultados Uso dos resultados Benefícios diretos do programa Suposições/premissas: - Modelos de mudança; - Relações de causa e efeito - Estratégias apropriadas para dar apoio à mudança no contexto específico. Possíveis benefícios indiretos do programa Processo de desenvolvimento que contribui para mudança de longo prazo e com objetivos positivos para a vida das pessoas. Caminhos múltiplos de impacto
  21. 21. Exemplos de Teoria de Mudança Exemplo 1 Exemplo 2 Exemplo 3 Impacto Inclusão social de moradores de rua da Região Metropolitana de Curitiba Gerar cidadãos empreendedores / protagonistas Organizações atingem mais resultados Objetivos Que o acolhido possa retornar à sociedade, incluído no mercado de trabalho e à sua família Adolescentes inseridos no mercado de trabalho, instigados à formação acadêmica e protagonista na sociedade Organizações com mais conteúdos relevantes e aplicados no seu dia-a-dia Resultados Acolhidos que completam o período de tratamento, trabalhando dentro da própria instituição. Aprendizes que concluem o Projeto de Formação Profissional Organizações que participam e que atendem 80% das horas de capacitação e entregam 80% das atividades Atividades Acolhimento e atendimento a familiares Treinamento - formação humana e profissional para jovens no Projeto de Formação Profissional Entrega de capacitações relevantes para as organizações, que devem dar retorno em atividades
  22. 22. Como começar?
  23. 23. • Discussão em grupo: Quais são os principais tipos de mudança que nós queremos apoiar/buscar? • Quais são as 3-5 condições de desenvolvimento que precisam acontecer para fazer estas mudanças possíveis? • Identifique as 3 principais relações entre estas condições e as escreva como afirmações. • Compartilhe uma história de mudança com o grupo. • Perguntas: O que aconteceu? Quem estava envolvido? O que você acha que aconteceu para que a mudança acontecesse? Teve algo que contribuiu para a mudança? Como nós sabemos disso? • Discuta estes pontos e use como uma oportunidade para reflexão da teoria de mudança. • Entenda muito bem o problema; • Construa soluções em cima do problema Como começar? 1 2 3
  24. 24. Árvore de problemas Árvore de Objetivos 
  25. 25. 1º. Passo: Definir o problema central
  26. 26. 1º. Passo: Definir o problema central O que é um problema central? Não temos recursos para desenvolver nossas atividades. Apoiamos jovens para que sejam protagonistas em suas próprias vidas. Professores de ensino básico/médio do sistema público insatisfeitos. Tirar o adolescente das ruas para não dar acesso a vícios. Baixa empregabilidade jovem no mercado de trabalho.
  27. 27. 2º. Passo: Listar as causas daquele problema
  28. 28. 3º. Passo: Listar as consequências daquele problema
  29. 29. 4º. Passo: Relacionar causas e consequências (subcausas, subconsequências)
  30. 30. 5º. Passo: Positivar todos os post its
  31. 31. A IO A AA A I I II
  32. 32. O 6º. Passo: Quais são as evidências? III II AAA AA A
  33. 33. Evidências  Pesquisas secundárias:  IPEA, IBGE, IDEB  Trabalhos acadêmicos  Experiência de outras organizações  Pesquisas primárias:  Entrevistas, grupos focais, observação...
  34. 34. Evidências - exemplos 1. PROFESSORES, DESENCANTO COM A PROFISSÃO E ABANDONO DO MAGISTÉRIO - http://www.Scielo.Br/pdf/cp/n118/16830 2. Avaliação comparativa dos sintomas da síndrome de burnout em professores de escolas públicas e privadas – revista brasileira de educação - http://www.Scielo.Br/scielo.Php?Pid=s1413-24782014000900009&script=sci_arttext 3. A DESMOTIVAÇÃO DOCENTE EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE TEOTÔNIO VILELA-AL - http://dmd2.Webfactional.Com/media/anais/A-DESMOTIVACAO- DOCENTE-EM-ESCOLAS-DA-REDE-PUBLICA-DO-MUNICIPIO-DE-TEOTONIO-VILELA- AL.Pdf 4. Estados onde professores ganham mais conseguiram notas melhores no ideb 2011 - http://extra.Globo.Com/noticias/rio/estados-onde-professores-ganham-mais-conseguiram- notas-melhores-no-ideb-2011-5896022.Html 5. Pesquisa mostra o que motiva professores da rede pública - http://g1.Globo.Com/fantastico/noticia/2015/02/pesquisa-mostra-o-que-motiva-professores- da-rede-publica.Html 6. FATORES QUE INFLUENCIAM NA MOTIVAÇÃO DE PROFESSORES - http://repositorio.Uniceub.Br/bitstream/123456789/2581/2/20312042.Pdf 7. Professores faltam mais de 14% dos 200 (duzentos) dias letivos (IBGE)
  35. 35. A I O AA A II II 7º. Passo: Delimitação da atuação da organização (rota de intervenção) A A
  36. 36. O AA I
  37. 37. 8º. Passo: Sistematização
  38. 38. Desenvolvimento da Lógica do Projeto Descrição do Projeto Indicadores Fonte de verificação Impacto Objetivo (s) Resultado – Produto Atividade Ações/tarefas realizadas através de insumos, mobilizadas para produzir resultados/produtos. Palavras: “Preparar, projetar, construir, pesquisar, etc.” Serviços ou aspectos tangíveis (produtos, bens, serviços e mudanças) que resultam das atividades do projeto. Estão em grande parte sob controle do gerenciamento do projeto. Palavras da declaração: “entregue/produzido/realizado, etc.”. O que o projeto espera conseguir no nível de beneficiário e contribuem com as mudanças do nível populacional que agregam e promovem o alcance dos impactos com o tempo. Palavras da declaração: “Aumentado, melhorado, etc.” O impacto amplo no desenvolvimento para o qual o projeto contribui – em nível nacional ou setorial Palavras da declaração: “Contribuir para…”
  39. 39. A lógica vertical dos marcos lógicos Descrição do Projeto Indicadores Fonte de verificação Impacto Objetivo (s) Resultado – Produto Atividade O IMPACTO é alcançado quando ocorrem mudanças profundas no problema alvo do projeto. Depende do projeto e de outros fatores. Se os RESULTADOS/PRODUTOS forem produzidos; Então os RESULTADOS/OBJETIVOS ocorrerão Se as ATIVIDADES forem realizadas; Então os RESULTADOS/PRODUTOS poderão ser produzidos Se os RESULTADOS/OBJETIVOS ocorrerem; Então isso deve contribuir para o IMPACTO geral
  40. 40. Exemplo 1 Descrição Indicadores Fonte de Verificação Impacto Inclusão social de moradores de rua da Região Metropolitana de Curitiba Diminuição do número de moradores de rua Relatório Secretaria de Desenvolvimento Social Objetivos Que o acolhido possa retornar à sociedade, incluído no mercado de trabalho e à sua família # de acolhidos encaminhados ao mercado de trabalho # de acolhidos que retornaram para famílias Relatório de Acompanhamento de Egressos Resultados Acolhidos que completam o período de tratamento, trabalhando dentro da própria instituição. # de acolhidos que terminam tratamento # de acolhidos trabalhando conosco / voluntários - Receita própria Relatórios internos Ativida des Acolhimento e atendimento a familiares # de acolhidos # de atendidos indiretos Ficha de atendimento
  41. 41. Exemplo 2 Descrição Indicadores Fonte de Verificação Impacto Gerar cidadãos empreendedores / protagonistas # de Ex aprendizes que assumiram posições relevantes para instituição (Própria empresa; Gestores; Projetos e ações socioambientais; Concluem ensino superior) Relatório Acompanhamento de Egressos Objetivos Adolescentes inseridos no mercado de trabalho, instigados à formação acadêmica e protagonista na sociedade # Jovens que são absorvidos pelo mercado de trabalho após o período de Aprendiz; # Jovens que ingressaram no ensino superior Relatório de egressos Resultados Aprendizes que concluem o Projeto de Formação Profissional # de Aprendizes certificados Registro de certificados Atividades Treinamento - formação humana e profissional para jovens no Projeto de Formação Profissional - # de turmas por ano. - Empresas contratantes - Horas de treinamento Lista de presença Contratos
  42. 42. Indicadores Específico O indicador está claro? Ele esclarece o que você quer acompanhar? Mensurável O indicador pode ser medido? É possível acompanhá-lo? Relevante É pertinente para o que vocês querem medir? Aumento de resultado das Organizações da Sociedade Civil Melhoria da auto- estima dos participantes do projeto Número de perguntas feitas pelos participantes nas capacitações
  43. 43. Sílabe
  44. 44. Para casa...
  45. 45. 1. Trabalhar com governo e buscar mudança de políticas, além de prover serviços públicos 2. Utilizar-se do poder de mercado e visualizar negócios como parceiros potenciais 3. Criar experiências significativas para indivíduos e transformá-los em “evangelistas” para a causa 4. Construir e nutrir redes – cooperação e não competição 5. Adaptar-se aos ambientes de mudança e buscar inovação e agilidade 6. Compartilhar liderança, empoderando outros para se tornarem forças para o bem Práticas para atingir mais impacto
  46. 46. Um belo dia resolvi mudar E fazer tudo que eu queria fazer estava na nossa Teoria de Mudança!
  47. 47. O que você achou? Compartilhe conosco suas opiniões sobre as capacitações do Projeto Transformar! Sempre vamos utilizá-las para melhorar as capacitações e a atuação dos facilitadores. http://bit.ly/1IWVkxw
  48. 48. Muito obrigada! Morgana Krieger

Notas do Editor

  • CAI NA PROVA – qual nível do marco lógico descreve os resultados tangíveis?
    CAI NA PROVA: pergunta qual expressão é um indicador de nível de resultado/produto – diferenciar muito bem os indicadores de resultados e os indicadores de objetivos!

  • Alterar as cores
  • CAI NA PROVA: Qual afirmação é o melhor exemplo de um indicador smart? – fazer exemplos

×