SlideShare uma empresa Scribd logo
1. Quem são as personagens principais desta história? Justifica a tua escolha.
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto narrativo
1
2. Assinala com X de 2.1 a 2.4 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
2.1 Este texto conta-nos uma história, mas usa muito um outro tipo de
texto. Assinala a opção correta.
a. texto descritivo. b. texto informativo.
c. texto dialogal. d. texto imaginário.
2.2. Maria tinha chorado a tarde inteira porque
a. a avó lhe deu uma caixa vazia.
b. a mãe estava sempre a dizer que não tinha dinheiro.
c. não tinha um tesouro.
d. o pai tinha ralhado com ela.
2.3. o pai ralhou com a Maria
a. no dia em que a avó lhe deu a caixa.
b. no dia em que a mãe lhe disse que não havia dinheiro.
c. no dia antes da avó lhe dar a caixa.
d. um dia depois de a avó lhe dar a caixa.
2.4 A expressão “uma terrível voz de inverno” significa
a. uma voz pesada e carrancuda. b. uma voz cheia de vento.
c. uma voz muito agradável. d. uma voz aflita.
3. A que tesouro se referia a avó?
4. As palavras, como viste neste texto, podem ter muitas características.
Pensa em duas palavras de que gostes. Agora diz duas características para
cada uma delas.
5. Achas que a sugestão da avó, de dizer as palavras para dentro da caixa, vai
ajudar a Maria? Justifica com pelo menos uma razão.
6. Que titulo darias a esta história?
1. As duas personagens principais desta história são a Maria e a sua avó
porque são elas que têm maior participação nesta narrativa.
2.1.Este texto conta-nos uma história, mas usa muito um outro tipo de texto.
Assinala a opção correta.
b. texto descritivo. b. texto informativo.
c. texto dialogal. d. texto imaginário.
2.2. Maria tinha chorado a tarde inteira porque
b. a avó lhe deu uma caixa vazia.
b. a mãe estava sempre a dizer que não tinha dinheiro.
c. não tinha um tesouro.
d. o pai tinha ralhado com ela.
2.3. o pai ralhou com a Maria
b. no dia em que a avó lhe deu a caixa.
b. no dia em que a mãe lhe disse que não havia dinheiro.
c. no dia antes da avó lhe dar a caixa.
d. um dia depois de a avó lhe dar a caixa.
2.5 A expressão “uma terrível voz de inverno” significa
a. uma voz pesada e carrancuda. b. uma voz cheia de vento.
c. uma voz muito agradável. d. uma voz aflita.
3. O tesouro que a avó se referia eram as palavras.
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução 1
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto narrativo
2

Recomendado para você

O tubarão na banheira
O tubarão na banheiraO tubarão na banheira
O tubarão na banheira

This document contains a title, author, illustrator, publisher and cover synopsis for an unknown work. It lists these basic bibliographic elements that identify the work and provide some initial context about its subject matter based on the cover synopsis. However, without seeing the full text, only limited high-level information about the content can be gleaned from these brief bibliographic details.

História com recadinho
História com recadinhoHistória com recadinho
História com recadinho

Esta história narra a jornada de uma jovem bruxinha que abandona o reino sombrio das bruxas para encontrar um lugar onde possa usar seus poderes para fazer o bem. Ela acaba chegando à Terra e, depois de alguns fracassos iniciais em se integrar, tem a ideia de se matricular na escola das fadas boas para aprender a ajudar os outros de forma invisível.

luisa dacosta
A dieta do pai natal história e imagens
A dieta do pai natal   história e imagensA dieta do pai natal   história e imagens
A dieta do pai natal história e imagens
1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
1.1. Quanto à topologia, este texto é:
a. informativo porque nos dá informações sobre uma gota com sede.
b. narrativo porque conta uma história cheia de fantasia vivida por uma
gota de água.
c. descritivo porque descreve a vida da gota com sede.
d. dialogal porque é uma conversa entre as várias gotas com sede.
1.2. Afinal, a sede da gota significava:
a. vontade de ela própria beber água.
b. vontade de ela se manter junto às outras gotas.
c. vontade de ela servir para pôr fim à sede de alguém.
d. vontade de ela cavalgar numa nuvem e correr o deserto.
1.3. A expressão “ à cata de um viajante sequioso” linhas 7 e 8 significa:
a. à procura de um viajante com muita sede.
b. à procura de um oásis no deserto.
c. à procura de um viajante com pouca sede.
d. à procura de uma pessoa em viagem.
1.4. A expressão “ Ela precipitou-se para a terra” linha 16 significa:
a. que ela se manteve agarrada às outras gotas.
b. que ela ficou cada vez mais arredondada.
c. que ela se deixou cair para a terra em forma de chuva.
d. que ela cavalgou uma nuvem e correu o deserto.
2.Lê as afirmações que representam ações da gota. Ordena-as de 1 a 5 de
acordo com a sequência do texto.
a. Deixou-se ficar a ver o que dava.
b. Caiu na copa de uma árvore.
c. Cavalgando numa nuvem, correu o deserto.
d. Soltou-se da folha para a garganta do passarinho.
e. A gota queria satisfizer a sede de alguém.
3. No texto, algumas gotas, enquanto caiam, diziam aquilo que iam fazer.
Transcreve do texto quatro exemplos do que elas iam fazer.
4. O passarinho que acabou por beber a gota era novo ou velho? Justifica a
tua opção com uma frase do texto.
1.1. Quanto à topologia, este texto é:
b. narrativo porque conta uma história cheia de fantasia vivida por uma
gota de água.
1.2. Afinal, a sede da gota significava:
c. vontade de ela servir para pôr fim à sede de alguém.
1.3. A expressão “ à cata de um viajante sequioso” linhas 7 e 8 significa:
a. à procura de um viajante com muita sede.
1.4. A expressão “ Ela precipitou-se para a terra” linha 16 significa:
a. que ela se manteve agarrada às outras gotas.
b. que ela ficou cada vez mais arredondada.
c. que ela se deixou cair para a terra em forma de chuva.
d. que ela cavalgou uma nuvem e correu o deserto.
2.Lê as afirmações que representam ações da gota. Ordena-as de 1 a 5 de
acordo com a sequência do texto.
a. Deixou-se ficar a ver o que dava.
b. Caiu na copa de uma árvore.
c. Cavalgando numa nuvem, correu o deserto.
d. Soltou-se da folha para a garganta do passarinho.
e. A gota queria satisfizer a sede de alguém.
3. “Vou lavar as pedras da calçada”; “Vou mergulhar até à raiz de uma
planta”; “Vou acrescentar água a um rio quase seco”; “ Vou empurrar um
barco encalhado”
4. O passarinho que acabou por beber a gota era novo. A frase que o justifica
é “A casca de um ovo estalou e um passarinho rompeu, aflito, lá de dentro.
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução 2
3
5
4
1
2
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto informativo
3
1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
1.1. A expressão “erguido pela Associação dos Familiares” linha 4, significa…
a. reconstruído pela Associação dos Familiares.
b. destruído pela Associação dos Familiares.
c. construído pela Associação dos Familiares.
d. inaugurado pela Associação dos Familiares.
1.2. A que agência de notícias falou o responsável?
a. À agência Lua. b. À agência Lusa.
c. À agência do Presidente República. d. À agência de Castelo de Paiva.
1.3. O centro de Acolhimento Temporário para Crianças e jovens em risco
custou
a. 500 mil euros. b. um milhão de euros.
c. 1250 mil euros. d. 750 mil euros.
1.4. Este texto dá-nos informações sobre
a. todas as visitas do Presidente da República.
b. as crianças e jovens em risco.
c. a inauguração do centro de acolhimento e da nova biblioteca, realizada
pelo presidente da república.
d. a freguesia da Raiva no concelho de Castelo de Paiva.
2. Será que um jovem com dezanove anos poderá ser acolhido no Centro?
Justifica a tua resposta com elementos do texto.
3. Uma das obras a inaugurar é a nova biblioteca. Transcreve do texto os
elementos que referem a sua localização.
4. Para além da leitura e consulta de livros, que outras funções vai ter esta nova
Biblioteca?

Recomendado para você

O espantalho enamorado
O espantalho enamoradoO espantalho enamorado
O espantalho enamorado

Este conto conta a história de Gustavo, um espantalho apaixonado por Amélia. Apesar de não poder se movimentar, Gustavo envia mensagens de amor para Amélia através de seus amigos pássaros. Quando o outono chega, Gustavo fica triste por não poder mais ver Amélia, mas um caçador o ajuda inadvertidamente. Após os animais salvarem Gustavo do caçador, ele finalmente consegue abraçar Amélia com a ajuda da nortada.

A princesa e a ervilha
A princesa e a ervilhaA princesa e a ervilha
A princesa e a ervilha

Este conto de fadas conta a história de um príncipe que procura uma princesa verdadeira para se casar. Após muitas viagens, conhece uma jovem durante uma tempestade que diz ser uma princesa. Para testar se ela é verdadeira, a rainha coloca uma ervilha na cama em que ela dorme. Ao acordar com dores pelo corpo, prova ser sensível o suficiente para ser uma princesa genuína, e eles se casam.

Ficha ava 1b
Ficha ava 1bFicha ava 1b
Ficha ava 1b

Este documento contém uma ficha de avaliação sobre alimentação e sistema digestivo com várias questões. A ficha inclui uma roda dos alimentos, problemas de alimentação global, alimentos saudáveis vs não saudáveis, sistema digestivo humano, intoxicação alimentar e sistemas digestivos de animais.

1.1. A expressão “erguido pela Associação dos Familiares” linha 4, significa…
c. construído pela Associação dos Familiares.
1.2. A que agência de notícias falou o responsável?
b. À agência Lusa.
1.3. O centro de Acolhimento Temporário para Crianças e jovens em risco
custou
d. 750 mil euros.
1.4. Este texto dá-nos informações sobre
c. a inauguração do centro de acolhimento e da nova biblioteca, realizada
pelo presidente da república.
2. Um jovem com dezanove anos não poderá ser acolhido no Centro. Pois no
texto refere” o novo centro está preparado para acolher crianças e jovens, entre
os zero e os dezoito anos”.
3. “Situada na Quinta do Pinheiro, no centro da vila.”
4. Para além da leitura e consulta de livros , terá uma ludoteca, zona de
audiovisuais e um espaço Internet.
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto informativo
3
Lê o poema com muita atenção!
Este é um texto em que a autora escreve em termos pessoais e criativos.
Este texto, em particular, chama-se palavra puxa palavra.
1. Comparando o primeiro verso com o último, o que podes referir?
2. E entre a última palavra de cada verso e a primeira do verso seguinte?
3. Continuando a analisar o poema, podemos dizer que ele tem rima ou está
divido em estrofes?
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto poético
4
1. Os versos são iguais, porque neste modelo de texto, o verso com que
se termina deve ser igual ao que se começa.
2. A última palavra de cada verso serve para iniciar o verso seguinte, por
isso elas repetem-se.
3. Não tem rima nem está dividido em estrofes.
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto poético
4
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto informativo
5

Recomendado para você

Ficha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivosFicha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivos

O documento fornece instruções para identificar o grau dos adjetivos em frases. Pede aos alunos para sublinhar os adjetivos em 16 frases e identificar o grau gramatical em que cada um se encontra, como comparativo de superioridade, igualdade ou inferioridade.

Um Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.PptUm Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.Ppt

O Chester é um guaxinim que está com medo de ir para a escola e separar-se da sua mãe. A mãe conta-lhe o segredo de "um beijo na mão", dizendo que sempre que ele se sentir triste basta encostar a mão beijada à cara para se sentir melhor. Com este segredo, o Chester fica mais tranquilo para ir para a escola, sabendo que o amor da mãe vai sempre com ele.

lngua-portuguesa
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bomChapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom

Chapeuzinho Vermelho leva doces para sua avó doente, mas encontra um lobo que dá bons conselhos sobre alimentação saudável. Ela segue os conselhos do Lobo Bom e sua avó fica melhor. A história ensina sobre escolhas alimentares saudáveis.

1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
1.1. A primeira localidade do Norte de Portugal em que os Dentistas do Bem
vão prestar serviço é
a. Bragança. b. Mogadouro. c. Guarda. d. Vila Real.
1.2.De acordo com o texto, Mogadouro fica
a. no litoral norte de Portugal. b. no interior norte de Portugal.
c. no interior centro de Portugal d. no sul de Portugal.
1.3. Quantos dentistas já aderiram ao projeto?
a.500 b. 15 000 c. 20 d. 480
1.4. Quantos jovens já receberam apoio dos Dentistas do Bem, em todo o
mundo?
a.41 000 b. 1300 c.15 000 d. 20
1.5 . O sexto parágrafo do texto informa-nos sobre:
a. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles pensam
atender.
b. o número de médicos dentistas que há em Portugal.
c. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles atendem.
d. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles já
consultaram.
2. O que achas da iniciativa Dentistas do Bem? Justifica a tua opinião com,
pelo menos, dois motivos.
3. “Os Dentistas do Bem não ganham dinheiro”. Retira do texto uma
expressão que comprove esta afirmação.
4. Lê a frase: A rede de Dentistas do Bem já conta com 480 médicos.
Escreve uma nova frase em que utilizes a palavra rede com novo significado.
1.1. b. Mogadouro
1.2. b. no interior norte de Portugal.
1.3. d. 480
1.4. a.41 000
1.5. c. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles
atendem.
Esta é um exemplo da resposta nº 2
2.Eu acho que é uma boa iniciativa porque dá oportunidade aos jovens
que não têm dinheiro de terem um bom tratamento aos dentes e
também porque previne as cáries dentárias.
3. Uma expressão que comprove esta afirmação é “médicos dentistas
voluntários” ou “os tratamentos feitos gratuitamente”.
4. O pescador conserta a rede de pesca.
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto informativo
5
Lê o poema
1.Completa os espaços com elementos.
Este poema com o título _______________________________, foi escrito pela
poetisa _______________________________ e retirado do livro
___________________________________. O livro foi publicado em _________
pela editora __________________________________ .
2. Completa os espaços, identificando no poema quatro pares de rimas
lua rima com ____________ jornal rima com ____________
caro rima com ____________ então rima com ____________
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto poético
6
3. Transcreve do texto dois versos que juntos formam uma frase interrogativa.
4. Quem pensas que poderá ter feito essa pergunta?
5. Retira, do poema, os dois versos que são a resposta à segunda pergunta.
6. No poema encontras as palavras Terra e terra. Explica a diferença entre uma
se escrever com letra maiúscula e outra com minúscula.
7. Lê os versos do poema. Completa os espaços segundo as indicações,
relativas às palavras sublinhadas.
e o sol é caro? (antónimo)_____________________________________
este sol tão claro? (antónimo)_____________________________________
custa um dinheirão? (expressão sinónima )____________________________

Recomendado para você

Determinantes ficha
Determinantes fichaDeterminantes ficha
Determinantes ficha

O documento contém exercícios sobre determinantes e numerais ordinais em português. As questões pedem para preencher frases com determinantes definidos, indefinidos, possessivos, demonstrativos e interrogativos, assim como escrever numerais ordinais correspondentes a números cardinais.

Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc

Este documento fornece uma lista de mais de 50 nomes comuns coletivos em português, que descrevem grupos de pessoas, animais ou objetos. Alguns exemplos incluem "alcateia" para lobos, "armada" para navios, "bando" para aves, "cardume" para peixes, "exército" para soldados, e "povo" para pessoas.

Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro

Ficha de avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa 5º ano Ficha de avaliação Língua Portuguesa 4º ano

1.Completa os espaços com elementos.
Este poema com o título “Quanto custa”, foi escrito pela poetisa Luísa Ducla
Soares e retirado do livro Poemas da mentira e da verdade. O livro foi
publicado em 2005 pela editora Livros Horizonte.
2. Completa os espaços, identificando no poema quatro pares de rimas
lua rima com tua jornal rima com tal
caro rima com claro então rima com dinheirão
3. Ó senhor crescido/quanto custa a lua?
4. Eu penso que foi uma criança.
5. Não custa dinheiro/ este sol é tão claro.
6. A palavra Terra escrita com maiúscula é o planeta e por isso é um nome
próprio. A palavra terra escrita com letra minúscula é um terreno, o solo e por
é um nome comum.
7.Lê os versos do poema. Completa os espaços segundo as indicações,
relativas às palavras sublinhadas.
e o sol é caro? (antónimo) e o sol é barato?
este sol tão claro? (antónimo) este sol tão escuro?
custa um dinheirão? (expressão sinónimo) é muito caro?
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto poético
6
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto descritivo
7
Liga as partes deste texto aos tópicos.
A. 10
B. 1
C. 5
D. 8
E. 3
F. 7
G. 4
H. 6
I. 2
J. 9
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto descritivo
7

Recomendado para você

Lista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavrasLista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavras

O documento apresenta uma lista de 28 palavras relacionadas ao tema da escrita. A lista inclui palavras como "menina", "sapato" e "casa" e fornece rimas para cada uma delas.

método 28 palavras28 palavras
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho

O professor propõe atividades sobre o livro "O Príncipezinho" para desenvolver habilidades de leitura e compreensão. As crianças realizam exercícios de leitura em voz alta, resumo de capítulos lidos e previsão do assunto do próximo capítulo com base em imagens. O professor fornece feedback e orientações para aperfeiçoar a leitura e a compreensão dos textos.

Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário

O documento é um caderno de vocabulário com palavras ordenadas alfabeticamente de A a Z. Contém exemplos de frases curtas com as palavras para demonstrar seu uso. A maioria das frases descrevem cenas do cotidiano envolvendo crianças, animais, objetos e lugares familiares.

Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto descritivo
8
1.Assinala com X de 1.1 a 1.3 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
1.1. Quanto à topologia, este texto é:
a. informativo porque nos dá informações sobre a vida do duende.
b. narrativo porque relata uma história cheia de fantasia vivida por um
duende.
c. descritivo porque descreve com muitos pormenores a casa do duende.
d. uma notícia porque foi escrita por alunos do 3º ano de uma escola.
1.2. O segundo parágrafo do texto descreve
a. a casa do duende no seu aspeto interior.
b. a casa do duende atendendo ao número de janelas.
c. a casa do duende no seu aspeto exterior.
d. a casa do duende atendendo à sua localização na floresta.
1.3. O parágrafo que descreve o quarto do duende é o
a. quinto b. sexto c. sétimo d. quarto
2. Completa, retirando do texto os adjetivos que ajudam a caraterizar e
descrever os vários elementos da casa. Repara no exemplo.
tronco árvore madeira janela
paus pesados cozinha sala mesa
cadeiras móvel livros armário
capas banheira sanita casa
3. No texto, os alunos comparam
a cama a _______________________________________
a banheira a _______________________________________
o espelho à _______________________________________
1.1. c. descritivo porque descreve com muitos pormenores a casa do
duende.
1.2. c. a casa do duende no seu aspeto exterior.
1.3. b. sexto
2.
tronco oco árvore antiga madeira resistente janela pequena
paus pesados cozinha pequena sala grande mesa retangular
cadeiras pequenas móvel escuro livros antigos armário
envelhecido
capas coloridas banheira branca sanita pequena casa pequena
simples,
original, prática
3. No texto, os alunos comparam
a cama a uma nuvem
a banheira a uma folha de castanheiro
o espelho à lua
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto descritivo
8
Ficheiro de Leitura – nível 3
Texto narrativo
9

Recomendado para você

Teatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São MartinhoTeatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São Martinho

Martinho, um soldado romano, encontra um mendigo na estrada durante uma tempestade. Com pena do homem tremendo de frio, Martinho corta sua capa ao meio e dá metade para o mendigo se aquecer, junto com um pedaço de pão. Depois de ajudar o mendigo, a tempestade para e o sol brilha, sinalizando a bondade de Martinho.

Fichas gramaticais
Fichas gramaticaisFichas gramaticais
Fichas gramaticais

Este documento contém 9 fichas de trabalho sobre comunicação e linguagem. As fichas abordam tópicos como tipos de texto, princípios de cortesia, tipos de frase e identificação de frases. Os alunos devem completar exercícios e responder a perguntas sobre os conceitos apresentados.

Prova.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesaProva.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesa

O texto é contra a redução da maioridade penal por três razões: 1) não há evidências de que funcione em outros lugares; 2) o sistema penal atual não reabilita, apenas aumenta a violência; 3) o problema da violência não está apenas na lei, mas na capacidade do Estado de aplicá-la e na desigualdade socioeconômica.

1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de
acordo com o sentido do texto.
1.1. A palavra desnascido linha 1, significa que
a. o rapaz ainda não tinha nascido.
b. o rapaz tinha acabado de nascer.
c. o rapaz queria nascer depressa por causa do seu nariz grande.
d. o rapaz estava aconchegado sem ter nada para fazer.
1.2. O segundo parágrafo do texto, linhas 3 e 4, serve para
a. anunciar o nascimento do rapaz a quem viria a crescer o nariz.
b. descrever a fada.
c. nos informar sobre a reação aflitiva da mãe
d. nos contar que o rapaz iria ter um nariz do tamanho de um chouriço.
1.3. O problema desencadeador da história é
a. o nascimento do rapaz.
b. as muitas coisas que o rapaz não podia fazer com o seu nariz grande.
c. a afirmação da fada de que a vida rapaz ia dar para o torto, por causa do
seu nariz grande.
d. a aflição da mãe após o que a fada lhe disse.
1.4. O narrador que conta esta história é
a. a mãe do senhor do nariz grande.
b. a fada que apareceu quando o rapaz nasceu.
c. o próprio senhor do nariz grande.
d. o nariz do tamanho de um chouriço.
1.5. Explica a tua opção na questão anterior com dois exemplos do texto.
2. Transcreve do texto dois adjetivos que qualificam o nariz do rapaz.
3. Indica um problema físico para o rapaz que resultava do seu nariz ser muito
grande.
4. Explica por palavras tuas a expressão da linha 6 “vai dar para o torto”.
5. O nariz do rapaz impedia-o de fazer muitas coisas mas também tinha
vantagens. Retira do texto:
Uma vantagem: ____________________________________________
Uma desvantagem: _________________________________________
1.1. a. o rapaz ainda não tinha nascido.
1.2.b. descrever a fada.
1.3.c. a afirmação da fada de que a vida rapaz ia dar para o torto, por causa
do seu nariz grande.
1.4. c. o próprio senhor do nariz grande.
1.5. Por exemplo as seguintes frases:
“ O tempo ia passando e o meu nariz crescia mais depressa do que
eu.”
“ Quando eu parei de crescer tinha um nariz a perder de vista,…”
“Podia ser pior, dizia eu.”
“Quanto ao meu nariz imponente…”
2. Os adjetivos imponente e pesado qualificam o nariz do rapaz.
3. Um problema físico para o rapaz tinha era dores nas costas.
4. A expressão “vai dar para o torto” significa que terá problemas.
5.
Uma vantagem: conseguia cheirar as coisas muito bem.
Uma desvantagem: ter de andar inclinado para a frente
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Texto narrativo
9
Ficheiro de Leitura – nível 3
Reorganização do Texto narrativo
10
1.Organiza e ordena os parágrafos anteriores numerando-os de 1 a 7. Um
deles já está numerado.
2. Transcreve os parágrafos da página anterior, por ordem, de modo a
formares e escreveres um texto com sentido, na tua folha.

Recomendado para você

Cge 2052
Cge 2052Cge 2052
Cge 2052

Este documento fornece instruções gerais sobre um processo seletivo para cursos técnicos, incluindo informações como a verificação do caderno de questões, o formato das questões e respostas, e uma amostra de questão. O texto também instrui os candidatos a não virarem a página até receberem orientação do examinador.

Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito

1) O documento é uma matriz de referência para avaliação diagnóstica do 6o ano contendo 15 questões sobre diferentes conteúdos. 2) As questões abordam tópicos como identificar tema, localizar informações, inferir significados e reconhecer estruturas discursivas. 3) A matriz inclui os descritores avaliados e número de alunos que erraram cada questão.

educação 6 ano
Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2

Este documento contém 9 questões sobre 5 textos diferentes. As questões avaliam a capacidade de compreensão de aspectos como pontuação, referências, opiniões versus fatos, elementos da narrativa, e efeitos de sentido como ironia.

1. 2, 4,1,7,6,3,5
Ficheiro de Leitura – nível 3 solução
Reorganização do Texto narrativo
10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conto matilde rosa-araujo-misterios
Conto matilde rosa-araujo-misteriosConto matilde rosa-araujo-misterios
Conto matilde rosa-araujo-misterios
alexandranuneslopes
 
Ficha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdfFicha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdf
lasalete marques
 
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagens
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagensFicheiro de lingua port-histórias através de imagens
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagens
Ana Paula Santos
 
O tubarão na banheira
O tubarão na banheiraO tubarão na banheira
O tubarão na banheira
Biblio Tecido
 
História com recadinho
História com recadinhoHistória com recadinho
História com recadinho
Constantino Alves
 
A dieta do pai natal história e imagens
A dieta do pai natal   história e imagensA dieta do pai natal   história e imagens
A dieta do pai natal história e imagens
Jani Miranda
 
O espantalho enamorado
O espantalho enamoradoO espantalho enamorado
O espantalho enamorado
Carolina Magalhães
 
A princesa e a ervilha
A princesa e a ervilhaA princesa e a ervilha
A princesa e a ervilha
Any Tabuada
 
Ficha ava 1b
Ficha ava 1bFicha ava 1b
Ficha ava 1b
Sofia Mendes
 
Ficha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivosFicha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivos
Central Didática
 
Um Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.PptUm Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.Ppt
Cláudia Cardoso
 
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bomChapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
ladydanasoares
 
Determinantes ficha
Determinantes fichaDeterminantes ficha
Determinantes ficha
Vanda Mata
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc
Elza Melo
 
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Central Didática
 
Lista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavrasLista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavras
Celina Sousa
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
helena frança
 
Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário
Isa ...
 
Teatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São MartinhoTeatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São Martinho
bjcp
 
Fichas gramaticais
Fichas gramaticaisFichas gramaticais
Fichas gramaticais
Lina Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Conto matilde rosa-araujo-misterios
Conto matilde rosa-araujo-misteriosConto matilde rosa-araujo-misterios
Conto matilde rosa-araujo-misterios
 
Ficha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdfFicha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdf
 
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagens
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagensFicheiro de lingua port-histórias através de imagens
Ficheiro de lingua port-histórias através de imagens
 
O tubarão na banheira
O tubarão na banheiraO tubarão na banheira
O tubarão na banheira
 
História com recadinho
História com recadinhoHistória com recadinho
História com recadinho
 
A dieta do pai natal história e imagens
A dieta do pai natal   história e imagensA dieta do pai natal   história e imagens
A dieta do pai natal história e imagens
 
O espantalho enamorado
O espantalho enamoradoO espantalho enamorado
O espantalho enamorado
 
A princesa e a ervilha
A princesa e a ervilhaA princesa e a ervilha
A princesa e a ervilha
 
Ficha ava 1b
Ficha ava 1bFicha ava 1b
Ficha ava 1b
 
Ficha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivosFicha de trabalho - grau dos adjetivos
Ficha de trabalho - grau dos adjetivos
 
Um Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.PptUm Beijo Na MãO.Ppt
Um Beijo Na MãO.Ppt
 
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bomChapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
Chapeuzinho vermelho e o incrível lobo bom
 
Determinantes ficha
Determinantes fichaDeterminantes ficha
Determinantes ficha
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc
 
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
 
Lista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavrasLista de palavras método 28 palavras
Lista de palavras método 28 palavras
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
 
Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário Caderno de vocabulário
Caderno de vocabulário
 
Teatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São MartinhoTeatro da lenda de São Martinho
Teatro da lenda de São Martinho
 
Fichas gramaticais
Fichas gramaticaisFichas gramaticais
Fichas gramaticais
 

Semelhante a Fichas de leitura

Prova.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesaProva.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesa
Atividades Diversas Cláudia
 
Cge 2052
Cge 2052Cge 2052
Cge 2052
pinacriseli
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Vânia Porto
 
Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2
Atividades Diversas Cláudia
 
Lp5 ano2bim
Lp5 ano2bimLp5 ano2bim
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Mary Alvarenga
 
Ii atividade nono ano
Ii atividade nono anoIi atividade nono ano
Ii atividade nono ano
SMEdeItabaianinha
 
Procedimentos De Leitura 2
Procedimentos De Leitura 2Procedimentos De Leitura 2
Procedimentos De Leitura 2
Escola Estadual Gustavo Rodrigues da Silva
 
Interpretação de textos
Interpretação de textosInterpretação de textos
Interpretação de textos
Juliana Oliveira
 
Revisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa IRevisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa I
ProfFernandaBraga
 
Aulão enem 2012.
Aulão enem 2012.Aulão enem 2012.
Aulão enem 2012.
Ajudar Pessoas
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
Ligia Amaral
 
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
luisprista
 
Lp5 ano2bim
Lp5 ano2bimLp5 ano2bim
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Cidinha Paulo
 
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
Rosana Gonzales
 
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
Gustavo Paz
 
1 trimestral 6 ano
1 trimestral  6 ano1 trimestral  6 ano
AVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdfAVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdf
Caroline Assis
 
Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 

Semelhante a Fichas de leitura (20)

Prova.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesaProva.matriz de referência de língua portuguesa
Prova.matriz de referência de língua portuguesa
 
Cge 2052
Cge 2052Cge 2052
Cge 2052
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
 
Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2Provaportuguesmatrizreferencia2
Provaportuguesmatrizreferencia2
 
Lp5 ano2bim
Lp5 ano2bimLp5 ano2bim
Lp5 ano2bim
 
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
 
Ii atividade nono ano
Ii atividade nono anoIi atividade nono ano
Ii atividade nono ano
 
Procedimentos De Leitura 2
Procedimentos De Leitura 2Procedimentos De Leitura 2
Procedimentos De Leitura 2
 
Interpretação de textos
Interpretação de textosInterpretação de textos
Interpretação de textos
 
Revisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa IRevisão de língua portuguesa I
Revisão de língua portuguesa I
 
Aulão enem 2012.
Aulão enem 2012.Aulão enem 2012.
Aulão enem 2012.
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
 
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 19
 
Lp5 ano2bim
Lp5 ano2bimLp5 ano2bim
Lp5 ano2bim
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2Simulado 5c2ba-ano-lp-2
Simulado 5c2ba-ano-lp-2
 
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
Prova língua portuguesa - reportagem, conto e poesia
 
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
541545743-Aulao-3º-Anos-2021-Saego-saeb.pptx
 
1 trimestral 6 ano
1 trimestral  6 ano1 trimestral  6 ano
1 trimestral 6 ano
 
AVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdfAVAL DIAG...pdf
AVAL DIAG...pdf
 
Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016
 

Mais de Eunice Rodrigues

Critérios de avaliação cartaz
Critérios de avaliação   cartazCritérios de avaliação   cartaz
Critérios de avaliação cartaz
Eunice Rodrigues
 
Adjetivos (3)
Adjetivos (3)Adjetivos (3)
Adjetivos (3)
Eunice Rodrigues
 
Planos de aula mat 5º ano
Planos de aula mat   5º anoPlanos de aula mat   5º ano
Planos de aula mat 5º ano
Eunice Rodrigues
 
São martinho lenda imagens
São martinho lenda imagensSão martinho lenda imagens
São martinho lenda imagens
Eunice Rodrigues
 
A abóbora gigante
A abóbora giganteA abóbora gigante
A abóbora gigante
Eunice Rodrigues
 
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecasA fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
Eunice Rodrigues
 

Mais de Eunice Rodrigues (6)

Critérios de avaliação cartaz
Critérios de avaliação   cartazCritérios de avaliação   cartaz
Critérios de avaliação cartaz
 
Adjetivos (3)
Adjetivos (3)Adjetivos (3)
Adjetivos (3)
 
Planos de aula mat 5º ano
Planos de aula mat   5º anoPlanos de aula mat   5º ano
Planos de aula mat 5º ano
 
São martinho lenda imagens
São martinho lenda imagensSão martinho lenda imagens
São martinho lenda imagens
 
A abóbora gigante
A abóbora giganteA abóbora gigante
A abóbora gigante
 
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecasA fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
A fada palavrinha e o gigante das bibliotecas
 

Último

LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 

Fichas de leitura

  • 1. 1. Quem são as personagens principais desta história? Justifica a tua escolha. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto narrativo 1
  • 2. 2. Assinala com X de 2.1 a 2.4 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 2.1 Este texto conta-nos uma história, mas usa muito um outro tipo de texto. Assinala a opção correta. a. texto descritivo. b. texto informativo. c. texto dialogal. d. texto imaginário. 2.2. Maria tinha chorado a tarde inteira porque a. a avó lhe deu uma caixa vazia. b. a mãe estava sempre a dizer que não tinha dinheiro. c. não tinha um tesouro. d. o pai tinha ralhado com ela. 2.3. o pai ralhou com a Maria a. no dia em que a avó lhe deu a caixa. b. no dia em que a mãe lhe disse que não havia dinheiro. c. no dia antes da avó lhe dar a caixa. d. um dia depois de a avó lhe dar a caixa. 2.4 A expressão “uma terrível voz de inverno” significa a. uma voz pesada e carrancuda. b. uma voz cheia de vento. c. uma voz muito agradável. d. uma voz aflita. 3. A que tesouro se referia a avó? 4. As palavras, como viste neste texto, podem ter muitas características. Pensa em duas palavras de que gostes. Agora diz duas características para cada uma delas. 5. Achas que a sugestão da avó, de dizer as palavras para dentro da caixa, vai ajudar a Maria? Justifica com pelo menos uma razão. 6. Que titulo darias a esta história?
  • 3. 1. As duas personagens principais desta história são a Maria e a sua avó porque são elas que têm maior participação nesta narrativa. 2.1.Este texto conta-nos uma história, mas usa muito um outro tipo de texto. Assinala a opção correta. b. texto descritivo. b. texto informativo. c. texto dialogal. d. texto imaginário. 2.2. Maria tinha chorado a tarde inteira porque b. a avó lhe deu uma caixa vazia. b. a mãe estava sempre a dizer que não tinha dinheiro. c. não tinha um tesouro. d. o pai tinha ralhado com ela. 2.3. o pai ralhou com a Maria b. no dia em que a avó lhe deu a caixa. b. no dia em que a mãe lhe disse que não havia dinheiro. c. no dia antes da avó lhe dar a caixa. d. um dia depois de a avó lhe dar a caixa. 2.5 A expressão “uma terrível voz de inverno” significa a. uma voz pesada e carrancuda. b. uma voz cheia de vento. c. uma voz muito agradável. d. uma voz aflita. 3. O tesouro que a avó se referia eram as palavras. Ficheiro de Leitura – nível 3 solução 1
  • 4. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto narrativo 2
  • 5. 1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 1.1. Quanto à topologia, este texto é: a. informativo porque nos dá informações sobre uma gota com sede. b. narrativo porque conta uma história cheia de fantasia vivida por uma gota de água. c. descritivo porque descreve a vida da gota com sede. d. dialogal porque é uma conversa entre as várias gotas com sede. 1.2. Afinal, a sede da gota significava: a. vontade de ela própria beber água. b. vontade de ela se manter junto às outras gotas. c. vontade de ela servir para pôr fim à sede de alguém. d. vontade de ela cavalgar numa nuvem e correr o deserto. 1.3. A expressão “ à cata de um viajante sequioso” linhas 7 e 8 significa: a. à procura de um viajante com muita sede. b. à procura de um oásis no deserto. c. à procura de um viajante com pouca sede. d. à procura de uma pessoa em viagem. 1.4. A expressão “ Ela precipitou-se para a terra” linha 16 significa: a. que ela se manteve agarrada às outras gotas. b. que ela ficou cada vez mais arredondada. c. que ela se deixou cair para a terra em forma de chuva. d. que ela cavalgou uma nuvem e correu o deserto. 2.Lê as afirmações que representam ações da gota. Ordena-as de 1 a 5 de acordo com a sequência do texto. a. Deixou-se ficar a ver o que dava. b. Caiu na copa de uma árvore. c. Cavalgando numa nuvem, correu o deserto. d. Soltou-se da folha para a garganta do passarinho. e. A gota queria satisfizer a sede de alguém. 3. No texto, algumas gotas, enquanto caiam, diziam aquilo que iam fazer. Transcreve do texto quatro exemplos do que elas iam fazer. 4. O passarinho que acabou por beber a gota era novo ou velho? Justifica a tua opção com uma frase do texto.
  • 6. 1.1. Quanto à topologia, este texto é: b. narrativo porque conta uma história cheia de fantasia vivida por uma gota de água. 1.2. Afinal, a sede da gota significava: c. vontade de ela servir para pôr fim à sede de alguém. 1.3. A expressão “ à cata de um viajante sequioso” linhas 7 e 8 significa: a. à procura de um viajante com muita sede. 1.4. A expressão “ Ela precipitou-se para a terra” linha 16 significa: a. que ela se manteve agarrada às outras gotas. b. que ela ficou cada vez mais arredondada. c. que ela se deixou cair para a terra em forma de chuva. d. que ela cavalgou uma nuvem e correu o deserto. 2.Lê as afirmações que representam ações da gota. Ordena-as de 1 a 5 de acordo com a sequência do texto. a. Deixou-se ficar a ver o que dava. b. Caiu na copa de uma árvore. c. Cavalgando numa nuvem, correu o deserto. d. Soltou-se da folha para a garganta do passarinho. e. A gota queria satisfizer a sede de alguém. 3. “Vou lavar as pedras da calçada”; “Vou mergulhar até à raiz de uma planta”; “Vou acrescentar água a um rio quase seco”; “ Vou empurrar um barco encalhado” 4. O passarinho que acabou por beber a gota era novo. A frase que o justifica é “A casca de um ovo estalou e um passarinho rompeu, aflito, lá de dentro. Ficheiro de Leitura – nível 3 solução 2 3 5 4 1 2
  • 7. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto informativo 3
  • 8. 1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 1.1. A expressão “erguido pela Associação dos Familiares” linha 4, significa… a. reconstruído pela Associação dos Familiares. b. destruído pela Associação dos Familiares. c. construído pela Associação dos Familiares. d. inaugurado pela Associação dos Familiares. 1.2. A que agência de notícias falou o responsável? a. À agência Lua. b. À agência Lusa. c. À agência do Presidente República. d. À agência de Castelo de Paiva. 1.3. O centro de Acolhimento Temporário para Crianças e jovens em risco custou a. 500 mil euros. b. um milhão de euros. c. 1250 mil euros. d. 750 mil euros. 1.4. Este texto dá-nos informações sobre a. todas as visitas do Presidente da República. b. as crianças e jovens em risco. c. a inauguração do centro de acolhimento e da nova biblioteca, realizada pelo presidente da república. d. a freguesia da Raiva no concelho de Castelo de Paiva. 2. Será que um jovem com dezanove anos poderá ser acolhido no Centro? Justifica a tua resposta com elementos do texto. 3. Uma das obras a inaugurar é a nova biblioteca. Transcreve do texto os elementos que referem a sua localização. 4. Para além da leitura e consulta de livros, que outras funções vai ter esta nova Biblioteca?
  • 9. 1.1. A expressão “erguido pela Associação dos Familiares” linha 4, significa… c. construído pela Associação dos Familiares. 1.2. A que agência de notícias falou o responsável? b. À agência Lusa. 1.3. O centro de Acolhimento Temporário para Crianças e jovens em risco custou d. 750 mil euros. 1.4. Este texto dá-nos informações sobre c. a inauguração do centro de acolhimento e da nova biblioteca, realizada pelo presidente da república. 2. Um jovem com dezanove anos não poderá ser acolhido no Centro. Pois no texto refere” o novo centro está preparado para acolher crianças e jovens, entre os zero e os dezoito anos”. 3. “Situada na Quinta do Pinheiro, no centro da vila.” 4. Para além da leitura e consulta de livros , terá uma ludoteca, zona de audiovisuais e um espaço Internet. Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto informativo 3
  • 10. Lê o poema com muita atenção! Este é um texto em que a autora escreve em termos pessoais e criativos. Este texto, em particular, chama-se palavra puxa palavra. 1. Comparando o primeiro verso com o último, o que podes referir? 2. E entre a última palavra de cada verso e a primeira do verso seguinte? 3. Continuando a analisar o poema, podemos dizer que ele tem rima ou está divido em estrofes? Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto poético 4
  • 11. 1. Os versos são iguais, porque neste modelo de texto, o verso com que se termina deve ser igual ao que se começa. 2. A última palavra de cada verso serve para iniciar o verso seguinte, por isso elas repetem-se. 3. Não tem rima nem está dividido em estrofes. Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto poético 4
  • 12. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto informativo 5
  • 13. 1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 1.1. A primeira localidade do Norte de Portugal em que os Dentistas do Bem vão prestar serviço é a. Bragança. b. Mogadouro. c. Guarda. d. Vila Real. 1.2.De acordo com o texto, Mogadouro fica a. no litoral norte de Portugal. b. no interior norte de Portugal. c. no interior centro de Portugal d. no sul de Portugal. 1.3. Quantos dentistas já aderiram ao projeto? a.500 b. 15 000 c. 20 d. 480 1.4. Quantos jovens já receberam apoio dos Dentistas do Bem, em todo o mundo? a.41 000 b. 1300 c.15 000 d. 20 1.5 . O sexto parágrafo do texto informa-nos sobre: a. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles pensam atender. b. o número de médicos dentistas que há em Portugal. c. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles atendem. d. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles já consultaram. 2. O que achas da iniciativa Dentistas do Bem? Justifica a tua opinião com, pelo menos, dois motivos. 3. “Os Dentistas do Bem não ganham dinheiro”. Retira do texto uma expressão que comprove esta afirmação. 4. Lê a frase: A rede de Dentistas do Bem já conta com 480 médicos. Escreve uma nova frase em que utilizes a palavra rede com novo significado.
  • 14. 1.1. b. Mogadouro 1.2. b. no interior norte de Portugal. 1.3. d. 480 1.4. a.41 000 1.5. c. o número de Dentistas do Bem e o número de jovens que eles atendem. Esta é um exemplo da resposta nº 2 2.Eu acho que é uma boa iniciativa porque dá oportunidade aos jovens que não têm dinheiro de terem um bom tratamento aos dentes e também porque previne as cáries dentárias. 3. Uma expressão que comprove esta afirmação é “médicos dentistas voluntários” ou “os tratamentos feitos gratuitamente”. 4. O pescador conserta a rede de pesca. Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto informativo 5
  • 15. Lê o poema 1.Completa os espaços com elementos. Este poema com o título _______________________________, foi escrito pela poetisa _______________________________ e retirado do livro ___________________________________. O livro foi publicado em _________ pela editora __________________________________ . 2. Completa os espaços, identificando no poema quatro pares de rimas lua rima com ____________ jornal rima com ____________ caro rima com ____________ então rima com ____________ Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto poético 6
  • 16. 3. Transcreve do texto dois versos que juntos formam uma frase interrogativa. 4. Quem pensas que poderá ter feito essa pergunta? 5. Retira, do poema, os dois versos que são a resposta à segunda pergunta. 6. No poema encontras as palavras Terra e terra. Explica a diferença entre uma se escrever com letra maiúscula e outra com minúscula. 7. Lê os versos do poema. Completa os espaços segundo as indicações, relativas às palavras sublinhadas. e o sol é caro? (antónimo)_____________________________________ este sol tão claro? (antónimo)_____________________________________ custa um dinheirão? (expressão sinónima )____________________________
  • 17. 1.Completa os espaços com elementos. Este poema com o título “Quanto custa”, foi escrito pela poetisa Luísa Ducla Soares e retirado do livro Poemas da mentira e da verdade. O livro foi publicado em 2005 pela editora Livros Horizonte. 2. Completa os espaços, identificando no poema quatro pares de rimas lua rima com tua jornal rima com tal caro rima com claro então rima com dinheirão 3. Ó senhor crescido/quanto custa a lua? 4. Eu penso que foi uma criança. 5. Não custa dinheiro/ este sol é tão claro. 6. A palavra Terra escrita com maiúscula é o planeta e por isso é um nome próprio. A palavra terra escrita com letra minúscula é um terreno, o solo e por é um nome comum. 7.Lê os versos do poema. Completa os espaços segundo as indicações, relativas às palavras sublinhadas. e o sol é caro? (antónimo) e o sol é barato? este sol tão claro? (antónimo) este sol tão escuro? custa um dinheirão? (expressão sinónimo) é muito caro? Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto poético 6
  • 18. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto descritivo 7
  • 19. Liga as partes deste texto aos tópicos.
  • 20. A. 10 B. 1 C. 5 D. 8 E. 3 F. 7 G. 4 H. 6 I. 2 J. 9 Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto descritivo 7
  • 21. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto descritivo 8
  • 22. 1.Assinala com X de 1.1 a 1.3 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 1.1. Quanto à topologia, este texto é: a. informativo porque nos dá informações sobre a vida do duende. b. narrativo porque relata uma história cheia de fantasia vivida por um duende. c. descritivo porque descreve com muitos pormenores a casa do duende. d. uma notícia porque foi escrita por alunos do 3º ano de uma escola. 1.2. O segundo parágrafo do texto descreve a. a casa do duende no seu aspeto interior. b. a casa do duende atendendo ao número de janelas. c. a casa do duende no seu aspeto exterior. d. a casa do duende atendendo à sua localização na floresta. 1.3. O parágrafo que descreve o quarto do duende é o a. quinto b. sexto c. sétimo d. quarto 2. Completa, retirando do texto os adjetivos que ajudam a caraterizar e descrever os vários elementos da casa. Repara no exemplo. tronco árvore madeira janela paus pesados cozinha sala mesa cadeiras móvel livros armário capas banheira sanita casa 3. No texto, os alunos comparam a cama a _______________________________________ a banheira a _______________________________________ o espelho à _______________________________________
  • 23. 1.1. c. descritivo porque descreve com muitos pormenores a casa do duende. 1.2. c. a casa do duende no seu aspeto exterior. 1.3. b. sexto 2. tronco oco árvore antiga madeira resistente janela pequena paus pesados cozinha pequena sala grande mesa retangular cadeiras pequenas móvel escuro livros antigos armário envelhecido capas coloridas banheira branca sanita pequena casa pequena simples, original, prática 3. No texto, os alunos comparam a cama a uma nuvem a banheira a uma folha de castanheiro o espelho à lua Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto descritivo 8
  • 24. Ficheiro de Leitura – nível 3 Texto narrativo 9
  • 25. 1.Assinala com X de 1.1 a 1.4 a única opção que completa cada frase de acordo com o sentido do texto. 1.1. A palavra desnascido linha 1, significa que a. o rapaz ainda não tinha nascido. b. o rapaz tinha acabado de nascer. c. o rapaz queria nascer depressa por causa do seu nariz grande. d. o rapaz estava aconchegado sem ter nada para fazer. 1.2. O segundo parágrafo do texto, linhas 3 e 4, serve para a. anunciar o nascimento do rapaz a quem viria a crescer o nariz. b. descrever a fada. c. nos informar sobre a reação aflitiva da mãe d. nos contar que o rapaz iria ter um nariz do tamanho de um chouriço. 1.3. O problema desencadeador da história é a. o nascimento do rapaz. b. as muitas coisas que o rapaz não podia fazer com o seu nariz grande. c. a afirmação da fada de que a vida rapaz ia dar para o torto, por causa do seu nariz grande. d. a aflição da mãe após o que a fada lhe disse. 1.4. O narrador que conta esta história é a. a mãe do senhor do nariz grande. b. a fada que apareceu quando o rapaz nasceu. c. o próprio senhor do nariz grande. d. o nariz do tamanho de um chouriço. 1.5. Explica a tua opção na questão anterior com dois exemplos do texto. 2. Transcreve do texto dois adjetivos que qualificam o nariz do rapaz. 3. Indica um problema físico para o rapaz que resultava do seu nariz ser muito grande. 4. Explica por palavras tuas a expressão da linha 6 “vai dar para o torto”. 5. O nariz do rapaz impedia-o de fazer muitas coisas mas também tinha vantagens. Retira do texto: Uma vantagem: ____________________________________________ Uma desvantagem: _________________________________________
  • 26. 1.1. a. o rapaz ainda não tinha nascido. 1.2.b. descrever a fada. 1.3.c. a afirmação da fada de que a vida rapaz ia dar para o torto, por causa do seu nariz grande. 1.4. c. o próprio senhor do nariz grande. 1.5. Por exemplo as seguintes frases: “ O tempo ia passando e o meu nariz crescia mais depressa do que eu.” “ Quando eu parei de crescer tinha um nariz a perder de vista,…” “Podia ser pior, dizia eu.” “Quanto ao meu nariz imponente…” 2. Os adjetivos imponente e pesado qualificam o nariz do rapaz. 3. Um problema físico para o rapaz tinha era dores nas costas. 4. A expressão “vai dar para o torto” significa que terá problemas. 5. Uma vantagem: conseguia cheirar as coisas muito bem. Uma desvantagem: ter de andar inclinado para a frente Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Texto narrativo 9
  • 27. Ficheiro de Leitura – nível 3 Reorganização do Texto narrativo 10
  • 28. 1.Organiza e ordena os parágrafos anteriores numerando-os de 1 a 7. Um deles já está numerado. 2. Transcreve os parágrafos da página anterior, por ordem, de modo a formares e escreveres um texto com sentido, na tua folha.
  • 29. 1. 2, 4,1,7,6,3,5 Ficheiro de Leitura – nível 3 solução Reorganização do Texto narrativo 10