SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
CIRCUITOS
ELÉTRICOS EM CC
Fonte: eletronica24h.com.br
• Ao final deste capitulo o aluno estará apto a
entender, aplicar e realizar cálculos referente a
Circuitos Elétricos em CC.
OBJETIVO
CIRCUITOS DE
CORRENTE
CONTÍNUA
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
A corrente contínua é caracterizada quando o fluxo
de elétrons mantém constante o seu sentido ao
longo do tempo.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Corrente Contínua Pulsante:
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Elétrico.
É o caminho por onde circula a corrente elétrica.
Um circuito completo deve ter, no mínimo:
• uma chave (Dispositivo de manobra);
• uma fonte de energia (bateria);
• um consumidor (lâmpada) e;
• condutores fechando o circuito.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Elétrico Elementar.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Na maioria dos circuitos elétricos encontramos
consumidores combinados de três maneiras..
• Circuito Série
• Circuito Paralelo
• Circuito Misto (Série/Paralelo)
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Série
Os componentes são ligados de maneira a existir
um único caminho contínuo para a passagem da
corrente elétrica.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Série de CC
A corrente elétrica em um circuito série é a mesma
em todos os pontos do circuito, independente do
valor de resistência dos componentes do circuito,
enquanto que a tensão se divide entre os
consumidores.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Podemos representar matematicamente a corrente
e a tensão da seguinte forma:
It = I1 = I2 = I 3 = ...
Et = E1 + E2 + E3 + ...
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Resistores Associados em Série
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
A tensão E entre os terminais da associação é
igual à soma das tensões entre os extremos de
cada resistor:
A resistência total de uma associação em série é
obtida matematicamente, através da fórmula:
ET = E1 + E2 + E3
RT = R1 + R2 + R3 + ... + Rn
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Considerando o circuito ilustrado com os seguintes
valores: R1 = 3 Ω; R2 = 2 Ω e R3 = 5 Ω
A resistência total será:
RT = R1 + R2 + R3
RT = 3 + 2 + 5
RT = 10 Ω
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Paralelo
A corrente elétrica se divide entre seus
consumidores, enquanto que a tensão em cada
componente é a mesma da fonte (bateria).
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Paralelo
Podemos representar matematicamente a tensão e
a corrente da seguinte forma:
It = I1 + I2 + I 3 + ...
Et = E1 = E2 = E3 = ...
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Paralelo
Resistores Associados em Paralelo
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
O cálculo da resistência equivalente em um circuito
paralelo depende do número de resistores
presentes na associação, porque existe mais de
uma fórmula para o cálculo da resistência total.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
1º Caso: Para associação de dois resistores:
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Considerando os valores dos seus resistores: R1 =
12Ω e R2 = 6Ω, a resistência equivalente é igual a:
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
2º Caso: Quando a associação de vários resistores
e com o mesmo valor.
Toma-se o valor de um individualmente e divide-se
pelo numero deles. Ex. R1 = R2 = R3 = R4 = 20Ω.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
3º Caso: Quando temos uma associação de vários
resistores e que estes possuem valores diferentes.
A Resistência Total é encontrada através da soma
dos inversos de cada resistor, obtém-se o inverso
total.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Exemplo: Considerando os valores dos resistores
R1 = 12Ω, R2 = 6Ω, R3 = 4Ω.
A resistência equivalente ou total será:
Ω
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Circuito Misto
Chama-se circuito misto, o circuito formado pela
combinação de componentes em série e paralelo.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Exercícios
Dados três resistores com valores de 20 , 30 e
50 , respectivamente em série. Calcule a tensão
necessária para fluir uma corrente de 10 A?
RT = R1 + R2 + R3
RT = 20 + 30 + 50
RT = 100
E = R x I
E = 100 x 10
E = 1000 V = 1 kV
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
Dois resistores estão ligados em série e
alimentados por uma bateria de 12 V. A bateria
fornece uma corrente de 2 A. considerando que o
resistor R2 possui uma resistência de 2 . Calcule o
valor e a queda de tensão no resistor R1.
CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC
RT = 12 / 2
RT = 6
E1 = R1 x I1
E1 = 4 x 2
E1 = 8 V
RT = R1 + R2
6 = R1 + 2
R1 = 6 - 2
R1 = 4
RT = ET / IT
Dados: ET = 12 V IT = 2 A R2 = 2
www.ctgas.com.br
hudson@ctgas.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha de trabalho nº7
Ficha de trabalho nº7Ficha de trabalho nº7
Ficha de trabalho nº7Paula Noronha
 
exercicios de resistores
exercicios de resistoresexercicios de resistores
exercicios de resistoresAbmael Silva
 
2.1 sistemas eléctricos - circuitos eléctricos - informação
2.1  sistemas eléctricos -  circuitos eléctricos - informação2.1  sistemas eléctricos -  circuitos eléctricos - informação
2.1 sistemas eléctricos - circuitos eléctricos - informaçãoPaula Silvestre
 
Equipamentos elétricos e telecomunicações - 5 Receptores
Equipamentos elétricos e telecomunicações -  5 ReceptoresEquipamentos elétricos e telecomunicações -  5 Receptores
Equipamentos elétricos e telecomunicações - 5 Receptoresprofelder
 
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternadaAula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternadaVander Bernardi
 
Circuitos elétricos e medidas elétricas
Circuitos elétricos e medidas elétricasCircuitos elétricos e medidas elétricas
Circuitos elétricos e medidas elétricassophiafeld
 
Eletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabaritoEletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabaritoEvanildo Leal
 
Aula 2 corrente tensão potencia e resistencia
Aula 2 corrente tensão potencia e resistenciaAula 2 corrente tensão potencia e resistencia
Aula 2 corrente tensão potencia e resistenciaVander Bernardi
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Aline Rodrigues
 
Capacitores
CapacitoresCapacitores
CapacitoresLaleskaB
 

Mais procurados (20)

Ficha de trabalho nº7
Ficha de trabalho nº7Ficha de trabalho nº7
Ficha de trabalho nº7
 
Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)
 
exercicios de resistores
exercicios de resistoresexercicios de resistores
exercicios de resistores
 
Geradores eletricos
Geradores eletricosGeradores eletricos
Geradores eletricos
 
Associações de geradores
Associações de geradoresAssociações de geradores
Associações de geradores
 
Estudo dos geradores
Estudo dos geradoresEstudo dos geradores
Estudo dos geradores
 
Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)
 
2.1 sistemas eléctricos - circuitos eléctricos - informação
2.1  sistemas eléctricos -  circuitos eléctricos - informação2.1  sistemas eléctricos -  circuitos eléctricos - informação
2.1 sistemas eléctricos - circuitos eléctricos - informação
 
Equipamentos elétricos e telecomunicações - 5 Receptores
Equipamentos elétricos e telecomunicações -  5 ReceptoresEquipamentos elétricos e telecomunicações -  5 Receptores
Equipamentos elétricos e telecomunicações - 5 Receptores
 
Aula 5 o capacitor
Aula 5 o capacitorAula 5 o capacitor
Aula 5 o capacitor
 
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternadaAula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
 
Circuitos elétricos e medidas elétricas
Circuitos elétricos e medidas elétricasCircuitos elétricos e medidas elétricas
Circuitos elétricos e medidas elétricas
 
Eletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabaritoEletricidade 02 gabarito
Eletricidade 02 gabarito
 
Aula 4 o resistor
Aula 4 o resistorAula 4 o resistor
Aula 4 o resistor
 
Aula 2 corrente tensão potencia e resistencia
Aula 2 corrente tensão potencia e resistenciaAula 2 corrente tensão potencia e resistencia
Aula 2 corrente tensão potencia e resistencia
 
Geradores de Energia
Geradores de EnergiaGeradores de Energia
Geradores de Energia
 
Estudo dos resistores
Estudo dos resistoresEstudo dos resistores
Estudo dos resistores
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6
 
Capacitores
CapacitoresCapacitores
Capacitores
 
Capacitância
CapacitânciaCapacitância
Capacitância
 

Semelhante a Circuitos Elétricos em CC: Corrente, Tensão, Série e Paralelo

IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdf
IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdfIPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdf
IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdfMussageVirgilioSaide
 
Analise_Circuitos.pptx
Analise_Circuitos.pptxAnalise_Circuitos.pptx
Analise_Circuitos.pptxMarceloKwecko
 
Associação de resistores 03
Associação de resistores 03Associação de resistores 03
Associação de resistores 03acaraufisica
 
Laboratório 2.pptx
Laboratório 2.pptxLaboratório 2.pptx
Laboratório 2.pptxjacklima19
 
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdf
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdfUnidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdf
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdfJeffersonMonteiro46
 
Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2resolvidos
 
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)Lourival de Oliveira
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Eletrodinâmica
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Eletrodinâmica www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Eletrodinâmica
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Eletrodinâmica Videoaulas De Física Apoio
 
Corrente elétrica Fisica
Corrente elétrica FisicaCorrente elétrica Fisica
Corrente elétrica FisicaLucas Pinheiro
 
Redes equivalentes e Teoremas sobre redes
Redes equivalentes e Teoremas sobre redesRedes equivalentes e Teoremas sobre redes
Redes equivalentes e Teoremas sobre redesJOANESMARTINSGALVAO
 
THEVENIN E NORTON.pptx
THEVENIN E NORTON.pptxTHEVENIN E NORTON.pptx
THEVENIN E NORTON.pptxSergio Pereira
 
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
Curso eletricista básico iniciante   abril 2011Curso eletricista básico iniciante   abril 2011
Curso eletricista básico iniciante abril 2011Marcio Roberto Patelli
 

Semelhante a Circuitos Elétricos em CC: Corrente, Tensão, Série e Paralelo (20)

IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdf
IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdfIPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdf
IPP UFSC Nocoes basicas de circuitos eletricos.pdf
 
Lei de Ohm
	 Lei de Ohm	 Lei de Ohm
Lei de Ohm
 
Analise_Circuitos.pptx
Analise_Circuitos.pptxAnalise_Circuitos.pptx
Analise_Circuitos.pptx
 
Tensao alternada (1)
Tensao alternada (1)Tensao alternada (1)
Tensao alternada (1)
 
Associação de resistores 03
Associação de resistores 03Associação de resistores 03
Associação de resistores 03
 
Laboratório 2.pptx
Laboratório 2.pptxLaboratório 2.pptx
Laboratório 2.pptx
 
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdf
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdfUnidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdf
Unidade Curricular Modelagem e Simulação de Sistemas Elétricos e Magnéticos.pdf
 
Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2
 
Circuitos
CircuitosCircuitos
Circuitos
 
Eletrotécnica - Básico
Eletrotécnica - BásicoEletrotécnica - Básico
Eletrotécnica - Básico
 
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)
Modelo relatorio-curvas-caracteristicas (1)
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Eletrodinâmica
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Eletrodinâmica www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Eletrodinâmica
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Eletrodinâmica
 
Apostila ete
Apostila eteApostila ete
Apostila ete
 
Corrente elétrica Fisica
Corrente elétrica FisicaCorrente elétrica Fisica
Corrente elétrica Fisica
 
Redes equivalentes e Teoremas sobre redes
Redes equivalentes e Teoremas sobre redesRedes equivalentes e Teoremas sobre redes
Redes equivalentes e Teoremas sobre redes
 
THEVENIN E NORTON.pptx
THEVENIN E NORTON.pptxTHEVENIN E NORTON.pptx
THEVENIN E NORTON.pptx
 
elemag_aula7.pdf
elemag_aula7.pdfelemag_aula7.pdf
elemag_aula7.pdf
 
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
Curso eletricista básico iniciante   abril 2011Curso eletricista básico iniciante   abril 2011
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
 
Comando
ComandoComando
Comando
 
Conversores
ConversoresConversores
Conversores
 

Mais de Emerson Assis

7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdfEmerson Assis
 
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdfEmerson Assis
 
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdfEmerson Assis
 
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdfEmerson Assis
 
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdf
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdfba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdf
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdfEmerson Assis
 
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdf
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdfhalliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdf
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdfEmerson Assis
 
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdf
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdfhalliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdf
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdfEmerson Assis
 
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.ppt
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.pptslide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.ppt
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.pptEmerson Assis
 
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdf
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdfespectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdf
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdfEmerson Assis
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptEmerson Assis
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfEmerson Assis
 
Aula 4 - Associacao de resistores.pptx
Aula 4 - Associacao de resistores.pptxAula 4 - Associacao de resistores.pptx
Aula 4 - Associacao de resistores.pptxEmerson Assis
 
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdfeletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdfEmerson Assis
 
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdf
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdfaula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdf
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdfEmerson Assis
 
associação de resistor.pdf
associação de resistor.pdfassociação de resistor.pdf
associação de resistor.pdfEmerson Assis
 
03_Circuitos Elétricos em CC.pdf
03_Circuitos Elétricos em CC.pdf03_Circuitos Elétricos em CC.pdf
03_Circuitos Elétricos em CC.pdfEmerson Assis
 

Mais de Emerson Assis (20)

7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-2-Gravita__o_-Ondas-e-Termodin_mica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
 
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-4-_tica-e-F_sica-Moderna-Halliday-10_-Edi__o.pdf
 
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-3-Eletromagnetismo-Halliday-10_-Edi__o.pdf
 
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
7 - F_sica-1-Mec_nica-Halliday-10_-Edi__o.pdf
 
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdf
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdfba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdf
ba048-halliday-fsica-vol3-8ed-140908212241-phpapp02.pdf
 
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdf
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdfhalliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdf
halliday-fsica1-volr-8ed-150210210224-conversion-gate02.pdf
 
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdf
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdfhalliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdf
halliday8edioeletromagnetsimo-140201161149-phpapp02.pdf
 
eletricidades
eletricidadeseletricidades
eletricidades
 
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.ppt
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.pptslide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.ppt
slide-02-eletricidade-e-eletrc3b4nica-ass-resistores.ppt
 
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdf
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdfespectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdf
espectroraio-x-091120173659-phpapp02.pdf
 
Associação de resistores.ppt
Associação de resistores.pptAssociação de resistores.ppt
Associação de resistores.ppt
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
 
fforca.pdf
fforca.pdffforca.pdf
fforca.pdf
 
fabio_coulomb.pdf
fabio_coulomb.pdffabio_coulomb.pdf
fabio_coulomb.pdf
 
Aula 4 - Associacao de resistores.pptx
Aula 4 - Associacao de resistores.pptxAula 4 - Associacao de resistores.pptx
Aula 4 - Associacao de resistores.pptx
 
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdfeletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
eletrosttica1-110315230456-phpapp02.pdf
 
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdf
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdfaula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdf
aula1-eletrosttica-150210200346-conversion-gate02.pdf
 
eletricidade.pdf
eletricidade.pdfeletricidade.pdf
eletricidade.pdf
 
associação de resistor.pdf
associação de resistor.pdfassociação de resistor.pdf
associação de resistor.pdf
 
03_Circuitos Elétricos em CC.pdf
03_Circuitos Elétricos em CC.pdf03_Circuitos Elétricos em CC.pdf
03_Circuitos Elétricos em CC.pdf
 

Último

Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

Circuitos Elétricos em CC: Corrente, Tensão, Série e Paralelo

  • 1. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Fonte: eletronica24h.com.br
  • 2. • Ao final deste capitulo o aluno estará apto a entender, aplicar e realizar cálculos referente a Circuitos Elétricos em CC. OBJETIVO
  • 4. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC A corrente contínua é caracterizada quando o fluxo de elétrons mantém constante o seu sentido ao longo do tempo.
  • 5. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Corrente Contínua Pulsante:
  • 6. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Elétrico. É o caminho por onde circula a corrente elétrica. Um circuito completo deve ter, no mínimo: • uma chave (Dispositivo de manobra); • uma fonte de energia (bateria); • um consumidor (lâmpada) e; • condutores fechando o circuito.
  • 7. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Elétrico Elementar.
  • 8. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Na maioria dos circuitos elétricos encontramos consumidores combinados de três maneiras.. • Circuito Série • Circuito Paralelo • Circuito Misto (Série/Paralelo)
  • 9. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Série Os componentes são ligados de maneira a existir um único caminho contínuo para a passagem da corrente elétrica.
  • 10. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Série de CC A corrente elétrica em um circuito série é a mesma em todos os pontos do circuito, independente do valor de resistência dos componentes do circuito, enquanto que a tensão se divide entre os consumidores.
  • 11. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Podemos representar matematicamente a corrente e a tensão da seguinte forma: It = I1 = I2 = I 3 = ... Et = E1 + E2 + E3 + ...
  • 12. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Resistores Associados em Série
  • 13. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC A tensão E entre os terminais da associação é igual à soma das tensões entre os extremos de cada resistor: A resistência total de uma associação em série é obtida matematicamente, através da fórmula: ET = E1 + E2 + E3 RT = R1 + R2 + R3 + ... + Rn
  • 14. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Considerando o circuito ilustrado com os seguintes valores: R1 = 3 Ω; R2 = 2 Ω e R3 = 5 Ω A resistência total será: RT = R1 + R2 + R3 RT = 3 + 2 + 5 RT = 10 Ω
  • 15. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Paralelo A corrente elétrica se divide entre seus consumidores, enquanto que a tensão em cada componente é a mesma da fonte (bateria).
  • 16. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Paralelo Podemos representar matematicamente a tensão e a corrente da seguinte forma: It = I1 + I2 + I 3 + ... Et = E1 = E2 = E3 = ...
  • 17. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Paralelo Resistores Associados em Paralelo
  • 18. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC O cálculo da resistência equivalente em um circuito paralelo depende do número de resistores presentes na associação, porque existe mais de uma fórmula para o cálculo da resistência total.
  • 19. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC 1º Caso: Para associação de dois resistores:
  • 20. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Considerando os valores dos seus resistores: R1 = 12Ω e R2 = 6Ω, a resistência equivalente é igual a:
  • 21. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC 2º Caso: Quando a associação de vários resistores e com o mesmo valor. Toma-se o valor de um individualmente e divide-se pelo numero deles. Ex. R1 = R2 = R3 = R4 = 20Ω.
  • 22. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC 3º Caso: Quando temos uma associação de vários resistores e que estes possuem valores diferentes. A Resistência Total é encontrada através da soma dos inversos de cada resistor, obtém-se o inverso total.
  • 23. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Exemplo: Considerando os valores dos resistores R1 = 12Ω, R2 = 6Ω, R3 = 4Ω. A resistência equivalente ou total será: Ω
  • 24. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Circuito Misto Chama-se circuito misto, o circuito formado pela combinação de componentes em série e paralelo.
  • 25. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Exercícios Dados três resistores com valores de 20 , 30 e 50 , respectivamente em série. Calcule a tensão necessária para fluir uma corrente de 10 A? RT = R1 + R2 + R3 RT = 20 + 30 + 50 RT = 100 E = R x I E = 100 x 10 E = 1000 V = 1 kV
  • 26. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC Dois resistores estão ligados em série e alimentados por uma bateria de 12 V. A bateria fornece uma corrente de 2 A. considerando que o resistor R2 possui uma resistência de 2 . Calcule o valor e a queda de tensão no resistor R1.
  • 27. CIRCUITOS ELÉTRICOS EM CC RT = 12 / 2 RT = 6 E1 = R1 x I1 E1 = 4 x 2 E1 = 8 V RT = R1 + R2 6 = R1 + 2 R1 = 6 - 2 R1 = 4 RT = ET / IT Dados: ET = 12 V IT = 2 A R2 = 2