DA EXPO 98 AO
PARQUE DAS NAÇÕES
Minascon/Construir Minas - Feira Internacional da Construção.
Belo Horizonte - Minas Gerai...
EXPO 98 E ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA
1.Lisboa: 560.000 habitantes
2.Oeiras: 160.000 habitantes
3.Amadora: 175.000 habita...
ANTECEDENTES URBANISTICOS
1988 – Concurso de ideias para
a zona ribeirinha . Associação
dos Arquitectos Portugueses
1988 -...
LOCAL DA EXPO 98 ANTES DA INTERVENÇÃO
LOCAL DA EXPO 98 ANTES DA INTERVENÇÃO
EMPRESA “PARQUE EXPO”
fundada em 1993
OBJECTIVOS
1- Concepção; construção; exploração e desmantelamento
de EXPO 98
2- Reco...
1991 – PLANO PRELIMINAR DA EXPO 98
1993-CONCURSO DE IDEIAS PARA RECINTO DA EXPO 98
LOCAL DA EXPO 98: ACESSIBILIDADES
PLANO DE ZONAMENTO DA EXPO 98 E EQUIPAMENTOS
Residencial: 1 460 000m2
Escritórios: 730 000m2
Retail: 170 000m2
Outros: 340...
PLANOS DE PORMENOR 1 E 2
PLANO DE PORMENOR 3
PLANO DE PORMENOR 4
PLANO DE PORMENOR 5: PARQUE DO TEJO
PLANO DE PORMENOR 4
PLANO DE PORMENOR 4
PLANO DE PORMENOR 4
ARQUITECTURA DA EXPO 98
PORTA SUL
PAVILHÃO DE PORTUGAL
PAVILHÃO DE PORTUGAL
OCEANÁRIO
PAVILHÕES DA FEIRA INTERNACIONAL
PAVILHÃO MULTIUSOS
PAVILHÃO MULTIUSOS
GARE DO ORIENTE
CENTRO COMERCIAL VASCO DA GAMA
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
ESPAÇO PÚBLICO
CENTRO HISTÓRICO LISBOA
TERREIRO DO PAÇO
RIBEIRA DAS NAUS
PROGRAMA POLIS
PROGRAMA POLIS: LITORAL
MAFRA FARO VILA REAL ST. ANTÓNIO
VALE DA TELHA ALCÁCER DO SAL COSTA DA CAPARICA
ALBUFEIRA VIANA DO...
PROGRAMA POLIS: CENTROS HISTÓRICOS
CASTELO BRANCO ESTREMOZ COIMBRA
VISEU SINTRA PORTALEGRE
VALE DO MINHO ÉVORA MARVÃO
CONSIDERAÇÕES FINAIS
MUITO OBRIGADO A TODOS!
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações

610 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada pelo arquiteto argentino radicado em Lisboa Claudio Sat a convite do CAU/PE, no dia 1º de julho de 2015.

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
111
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Claudio Sat - Expo 98 ao Parque das Nações

  1. 1. DA EXPO 98 AO PARQUE DAS NAÇÕES Minascon/Construir Minas - Feira Internacional da Construção. Belo Horizonte - Minas Gerais 24/27 de Junho de 2015
  2. 2. EXPO 98 E ÁREA METROPOLITANA DE LISBOA 1.Lisboa: 560.000 habitantes 2.Oeiras: 160.000 habitantes 3.Amadora: 175.000 habitantes 4. Odivelas: 135.000 habitantes 5.Loures: 200.000 habitantes 6.Vila F.Xira 120.00 habitantes 7.Alcochete: 13.000 habitantes 8.Montijo: 40.000 habitantes 9.Moita: 67.000 habitantes 10.Palmela: 50.000 habitantes 11.Barreiro: 80.000 habitantes 12.Seixal: 150.000 habitantes 13.Almada: 160.000 habitantes A.M.L.: 2660.000 habitantes
  3. 3. ANTECEDENTES URBANISTICOS 1988 – Concurso de ideias para a zona ribeirinha . Associação dos Arquitectos Portugueses 1988 -1992 – Centro Cultural de Belém 1990 -1994 – Plano Estratégico de Lisboa 1990 -1994 – Plano Director de Lisboa 1993 -1994 – Plano de Ordenamento da Zona Ribeirinha
  4. 4. LOCAL DA EXPO 98 ANTES DA INTERVENÇÃO
  5. 5. LOCAL DA EXPO 98 ANTES DA INTERVENÇÃO
  6. 6. EMPRESA “PARQUE EXPO” fundada em 1993 OBJECTIVOS 1- Concepção; construção; exploração e desmantelamento de EXPO 98 2- Reconversão Urbanística da área da Exposição: PARQUE DAS NAÇÕES 3- Renovação Urbana e Requalificação de: Territórios degradados Frentes de agua Centro históricos. ÁREAS Prospecção Concepção Gestão (Aquilo que diferencia a PARQUE EXPO de um gabinete de projecto é o facto de incluir a implementação do projecto subsequente à intervenção).
  7. 7. 1991 – PLANO PRELIMINAR DA EXPO 98
  8. 8. 1993-CONCURSO DE IDEIAS PARA RECINTO DA EXPO 98
  9. 9. LOCAL DA EXPO 98: ACESSIBILIDADES
  10. 10. PLANO DE ZONAMENTO DA EXPO 98 E EQUIPAMENTOS Residencial: 1 460 000m2 Escritórios: 730 000m2 Retail: 170 000m2 Outros: 340 000m2 Total: 2 700 000m2 (Já vendidos) PP3 PP2 PP1 PP4 PP5 Hospital Oceanário Torre Vasco da Gama Parque do TejoHotel Marina Pavilhão Atlantico FIL Escola Vasco da Gama Ponte Vasco da Gama Shopping PARQUE DAS NAÇÕES Área Total: 340 ha •Área Espaços Verdes:110 Ha (um terço da área total) Rede viária interna: 16 Km Frente ribeirinha: 5 Km  22 000 residentes em cerca de 6 000 apartamentos  2 000 000 de visitantes mensais
  11. 11. PLANOS DE PORMENOR 1 E 2
  12. 12. PLANO DE PORMENOR 3
  13. 13. PLANO DE PORMENOR 4
  14. 14. PLANO DE PORMENOR 5: PARQUE DO TEJO
  15. 15. PLANO DE PORMENOR 4
  16. 16. PLANO DE PORMENOR 4
  17. 17. PLANO DE PORMENOR 4
  18. 18. ARQUITECTURA DA EXPO 98
  19. 19. PORTA SUL
  20. 20. PAVILHÃO DE PORTUGAL
  21. 21. PAVILHÃO DE PORTUGAL
  22. 22. OCEANÁRIO
  23. 23. PAVILHÕES DA FEIRA INTERNACIONAL
  24. 24. PAVILHÃO MULTIUSOS
  25. 25. PAVILHÃO MULTIUSOS
  26. 26. GARE DO ORIENTE
  27. 27. CENTRO COMERCIAL VASCO DA GAMA
  28. 28. ESPAÇO PÚBLICO
  29. 29. ESPAÇO PÚBLICO
  30. 30. ESPAÇO PÚBLICO
  31. 31. ESPAÇO PÚBLICO
  32. 32. ESPAÇO PÚBLICO
  33. 33. ESPAÇO PÚBLICO
  34. 34. ESPAÇO PÚBLICO
  35. 35. CENTRO HISTÓRICO LISBOA
  36. 36. TERREIRO DO PAÇO RIBEIRA DAS NAUS
  37. 37. PROGRAMA POLIS
  38. 38. PROGRAMA POLIS: LITORAL MAFRA FARO VILA REAL ST. ANTÓNIO VALE DA TELHA ALCÁCER DO SAL COSTA DA CAPARICA ALBUFEIRA VIANA DO CASTELO RIA DE AVEIRO
  39. 39. PROGRAMA POLIS: CENTROS HISTÓRICOS CASTELO BRANCO ESTREMOZ COIMBRA VISEU SINTRA PORTALEGRE VALE DO MINHO ÉVORA MARVÃO
  40. 40. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  41. 41. MUITO OBRIGADO A TODOS!

×