Sociedade e cultura num mundo em mudança

3.499 visualizações

Publicada em

Texto retirado do ppt sociedade e cultura num mundo em mudança.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sociedade e cultura num mundo em mudança

  1. 1. Sociedade e cultura num mundo em mudança Mutações na estrutura social e nos costumes  Peso crescente das classes médias;  Alterações do código social e moral;  A emergência de massas IntroduçãoNo decurso da primeira metade do séc. XX, assistiu-se no mundo ocidental as significativas alteraçõessociais e culturais.A classe média conquistou peso crescente na nova sociedade urbana e industrial.A cultura tornou-se acessível às amplas camadas sociais (cultura de massas). O Espaço e o Tempo
  2. 2. Situação inicial na mudança do séculoA industrialização originara o crescimento e a oposição de dois importantes grupos sociais: ooperariado e a burguesia.Entre estes dois grupos encontravam-se as classes médias. Peso crescente das classes médiasNa 1ª metade do séc. XX, as classes médias adquiriram uma crescente importância. Tal ficou a dever-se:  Ao desenvolvimento dos sectores secundário e terciário;  Ao crescimento das cidades;  À complexificação dos sectores do Estado (administração, escolas, hospitais, pontes e estradas, água e luz).A sua composição era de pequenos e médios comerciantes industriais, médicos, professores,advogados, engenheiros, funcionários do Estado e empregados da banca e seguros, etc…Será esta classe que estará na base de mudanças políticas e das transformações sociais e culturais doséc. XX.  A “Belle Époque” (1871-1914)Caracterizou-se por:  Época de paz e de progresso (c.1880/1910);  Clima de optimismo e de confiança no futuro;  Embelezamento das cidades (parques e jardins públicos com coretos);  Novos centros de lazer (cafés-concertos e cabarets;  Nova dança de salão: o can-can.  Alterações do código social e moralTermina a 1ª Guerra Mundial, a sociedade americana e a europeia viveram “os loucos anos 20” – é otempo do jazz, do cabelo “à garçonne” e da saia pelos joelhos.É uma época de prosperidade e alegria para viver, com o crescimento das cidades e do tráfego –difusão do automóvel –, as pessoas têm uma melhor qualidade de vida (frigoríficos, rádios, telefones).Começa-se a gostar da vida nocturna (cabarets e casinos), da dança (charleston), da música (jazz), edo cinema.  A moda dos anos 20Na moda feminina, as saias tornam-se mais curtas, os vestidos caindo a direito, usa-se soutien em vezdo espartilho, o cabelo passou a ser cortado curto, enquanto o homem trocou a casaca pelo fato.  A emancipação da mulherAinda nos anos 20, o estatuto social da mulher sofreu uma mudança significativa: os movimentosfeministas deu-lhes as mesmas liberdades e direitos que os homens, isto é, a igualdade na educação,emprego, salário, voto e estatuto social.
  3. 3. As suas alterações foram:  A emergência da cultura de massasA partir dos inícios do século XX a cultura – até aí reservada às elites (clero, nobreza, burguesia) –estendeu-se a mais amplas camadas. Tornou-se, desta forma, mais acessível.A esta cultura, assimilada por um maior número de pessoas, dá-se o nome de cultura de massas. Estetipo de cultura está directamente relacionado com o desenvolvimento dos meios de comunicaçãosocial, os mass media: a imprensa, a rádio e o cinema. Também os espectáculos, os desportos e aescolaridade obrigatória em todos os países europeus contribuíram para a criação da cultura demassas.  A imprensaA imprensa escrita, nas primeiras décadas do século XX, aumentou o número de jornais e de revistas ecresceu o número de tiragens.Vulgarizaram-se novos géneros, como o romance policial e a BD (Tintim, Superman, Tarzan). Osromances policiais, romances «cor-de-rosa» e banda desenhada conduziam o leitor a uma evasão parafora de si mesmo, fazendo-o sonhar e esquecer as angústias da guerra ou os problemas do quotidiano.  RádioA rádio tornou-se, a partir da década de 20, o meio privilegiado para a difusão de notícias,informações, publicidade, discursos políticos, teatro radiofónico, bem como dos mais recentes tipos demúsica.  CinemaO cinema, a partir de 1918, conheceu uma grande difusão.Inventado em 1895 pelos irmãos Lumière, ao princípio mudo, tornou-se, desde 1927, sonoro.Os filmescómicos, as comédias musicais e os “Westerns” conquistaram plateias.Em Portugal, os primeiros filmes deveram-se a Aurélio Paz dos Reis (1896).Construíram-se salas apropriadas, surgiram as grandes produtoras: Hollywood, nos Estados Unidos.
  4. 4. O cinema constituía também uma importante forma de evasão. Os sonhos e desejos do público eram transportados para os heróis dos filmes, os quais eram admirados, adorados e, muitas vezes, imitados no penteado, na roupa e até nos gestos.  Desporto O desporto, incentivado a partir do século XIX, tornou-se rapidamente um fenómeno de massas, com o renascimento dos Jogos Olímpicos em 1896 e a popularização de modalidades como o futebol, o ciclismo, o atletismo, o boxe, o râguebi e o automobilismo. Esquemas Alterações do código social e moral – “os loucos anos 20” Após a guerra, o Homem tomou consciência da fragilidade da vida Humana: Quebrando barreiras mentais Aproveitando a vida ao máximo Novos Hábitos Convívios Convívios Cultura de massas **** Música e Dança Diurnos Nocturnos Swing Cinema Jazz * ** Rádio Desporto Rumba *** ImprensaCasas Cafés Restaurantes Cabarets Clubes Casinos Tangode chá Charleston
  5. 5. NOTAS* Rádio – os seus meios de difusão eram: -Informação -Publicidade *** Imprensa – os seus meios de difusão eram: -Música -Jornais -Propaganda política -Banda desenhada** Desporto – Os mais praticados eram: **** Musica – Também é considerada uma cultura -Futebol de massas -Ténis -Ciclismo -Atletismo

×