Os loucos anos20

11.829 visualizações

Publicada em

Anos 20, novos comportamentos, nova moda, liberdades, reivindicações

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.829
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
302
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os loucos anos20

  1. 1. OS LOUCOS ANOS 20 <ul><li>História - 9º ano </li></ul>
  2. 2. Uma nova mentalidade <ul><li>“ Os anos passam depressa. Tão depressa que mal nos apercebemos que práticas novas se foram insinuando nas nossas vidas. Contudo, eu vivi um tempo, ainda próximo (o da Belle Époque ), em que não se sabia o que era o cinema, em que ninguém se servia do rádio num apartamento, em que só os muito ricos tinham um automóvel e em que ninguém praticava desporto”. </li></ul><ul><li>M. Sachs, Au temps du “boeuf sur le toit” </li></ul>
  3. 3. Novos padrões de vida <ul><li>Na década de 1920, o mundo ocidental beneficiou de uma época de prosperidade, que aliada à ânsia de viver manifestou-se em novas práticas sociais: </li></ul><ul><li>Ir ao cinema; </li></ul><ul><li>Frequentar cafés, restaurantes e casas de chá (convívio diurno); </li></ul><ul><li>Frequentar cabarés, clubes e casinos (convívio nocturno); </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Dançar o charleston, o fox-trot, swing, tango </li></ul><ul><li>Ouvir o Jazz </li></ul><ul><li>Praticar desporto </li></ul>
  5. 5. Novo estatuto social da mulher <ul><li>Na moda: </li></ul><ul><li>As saias subiram até aos joelhos </li></ul><ul><li>O soutien substituiu o espartilho </li></ul><ul><li>O cabelo cortado à garçonne </li></ul>
  6. 6. No dia-a-dia: <ul><li>Novas liberdades: fumar em público, ir sozinha ao cinema, frequentar a vida nocturna, praticar desporto; </li></ul><ul><li>Novas oportunidades de emprego : dactilógrafa, telefonista, secretária; </li></ul><ul><li>Reforço do feminismo (movimento de mulheres que luta pela igualdade de direitos e de oportunidades entre homens e mulheres); </li></ul><ul><li>Os movimentos sufragistas conseguiram em vários países o direito ao voto para as mulheres. </li></ul>
  7. 7. Cultura de massas <ul><li>A partir do início do século XX, a cultura tornou-se acessível a mais vastas camadas da população, a chamada cultura de massas . Para a sua expansão contribuíram vários meios: </li></ul><ul><li>A imprensa - jornais de grande tiragem, banda desenhada (Buck Rogers, Tintim, Mickey Mouse); </li></ul><ul><li>A rádio - meio de informação mais popular, de divulgação cultural (teatro radiofónico) e musical, de publicidade e propaganda política; </li></ul><ul><li>O cinema – primeiro mudo (Charlie Chaplin), depois sonoro e pelo seu carácter de divertimento ocupou o lugar de predilecção dos mass media . </li></ul>
  8. 9. O desporto <ul><li>O desporto tornou-se também, nesta época, um fenómeno de massas: </li></ul><ul><li>Boxe; </li></ul><ul><li>Corridas de automóveis; </li></ul><ul><li>Ténis (torneios: wimbledon, Roland-Garros, Taça Davis); </li></ul><ul><li>Basebol; </li></ul><ul><li>Futebol; </li></ul><ul><li>Ciclismo; </li></ul><ul><li>Desportos de Inverno. </li></ul>
  9. 11. sugestões <ul><li>Filme cuja acção decorre em 1928, N.Y.: “The Cotton Club” (1984) de Francis Ford Coppola </li></ul><ul><li>Espreitar o blog da REDE ( blog da rede portuguesa para a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens) e ler o artigo de Miguel Cardina “Feminismo: um nome ainda novo”. </li></ul>

×