SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
A Escola na
sociedade de
conhecimento
2021
Olá turma!
Este trabalho foi realizado no âmbito
da disciplina de sociologia
Trabalho
realizado por:
Bruna Dinis
Carolina Costa
Cristiana Alves
Intrudução
Ao longo deste trabalho vamos abordar sobre o
tema escola. Mais especificamente das suas
funções, a escola como instrumento, o seu papel e
as novas funções da mesma.
Funções
A escola é um dos mais importantes
agentes de socialização.
Esta contribui para a nossa integração no
meio sociocultural, como também nos dá
ferramentas para a adaptação no mercado
de trabalho.
Funções
A escola desempenha dois tipos de
socialização, a formal e a informal.
Funções
Socialização formal
A socialização formal diz respeito ao que se aprende
no ambiente escolar relativamente aos conteúdos aí
lecionados, e ainda aos diversos tipos de
conhecimentos científicos e técnicos ensinados pelos
professores.
Socialização
informal
Socialização informal, remete para todos os
conhecimentos, habilidades, atitudes e
comportamentos que os estudantes adquirem e
acumulam através das suas experiências diárias, e
das suas relações com os diversos intervenientes
na vida escolar.
Exemplos :
Aprender a cumprir horários, respeitar a
autoridade do professor, ter um
comportamento adequado a sala de aula.
Escola como
instrumento
Escola como instrumento
A escola é um instrumento que pode ser
usado na sociedade para conseguir
transmitir valores relevantes.
Pode ser usada de duas formas, com o
objetivo de repetição social ou no sentido de
mudança.
Repetição social
Um dos exemplos que comprova a
repetição social é o período do Estado
Novo, onde a escola era usada de
maneira a transmitir os valores do
nacionalismo, do patriotismo e da
religião.
O estado usou o sistema de ensino
para incutir ideias do regime.
Sentido de mudança
A escola pode ainda ser utilizada para causar
mudança, orientando os comportamentos dos
alunos para impedir que haja problemas sociais,
tensões e injustiças.
Desta forma tenta impor valores como a igualdade,
tolerância, não discriminação, democracia, entre
outras.
O papel da
escola face:
Massificação
A escola é usada no combate as
desigualdades sociais e como
instrumento facilitador da mobilidade
social. Considerando isso, a
escolarização é um direito e é para todos
(massificação escolar).
Por essa razão chama-se, escola de
massas.
Massificação
Passa a ser obrigatória mas o conteúdo ensino é
padronizado e não tem em conta as desigualdades,
sendo igual para todos (democratização do ensino).
O facto daquilo que se ensina não se adaptar às
diferentes realidades, causa o insucesso e abandono
escolar.
Desigualdade Social
A desigualdade social é o facto que haver colégios
privados e colégios públicos, porque haver distinções
deste tipo?
Para acabar com a desigualdade social nas escolas,
todos deviam de estudar em escolas iguais, para que
ninguém diga que é melhor que o outro só porque
estudou num colégio privado.
Defende-se que o que se transmite está
mais próximo das classes favorecidas do
que das menos favorecidas, que com
saberes culturais diferentes, têm
dificuldade em compreender o que lhes é
ensinado.
Desigualdade social
Os menos favorecidos, têm
mais dificuldade em assimilar
um conjunto de conteúdos e
saberes que refletem a cultura
das classes superiores.
Desigualdade Social
As classes mais favorecidas têm acesso
facilitado a bens culturais, têm pais com
formação académica, acesso a
bibliotecas, meios económicos que lhes
permitem superar dificuldades ao
contrário dos desfavorecidos.
Desigualdade Social
A implementação do ensino
profissional e dos cursos
tecnológicos é uma tentativa
de adaptação às motivações
dos alunos e às necessidades
do mercado de trabalho.
Desigualdade social
A sociedade portuguesa é cada
vez mais diversificada.
Ocorreram assim alterações sociais
que sucedem da diversidade
cultural e do facto dessas
populações viverem em situações
de pobreza e exclusão social.
Diversidade
cultural:
No ambiente escolar passam
assim a existir diferentes
culturas, gerando por vezes
conflitos.
O ensino é padronizado para
a cultura dominante, não
atendendo às diferenças dos
alunos provocando insucesso
e abandono escolar.
Diversidade
cultural
Diversidade Cultural
A pobreza, o défice do domínio da língua portuguesa e o
analfabetismo dificultam a integração e sucesso escolar.
As escolas são cada vez mais confrontadas pela
diversidade cultural tornando-se escola multiculturais,
tendo por vezes dificuldade em lidar com isso, existindo
situações de desigualdades e insucesso escolar.
Novas funções da
escola - educação
e formação ao
longo da vida
Novas funções da escola
Os avanços tecnológicos e científicos não permitem considerar a
escola como tradicional.
As constantes descobertas e desafios da ciência e da
tecnologia requerem uma aprendizagem e atualizações
permanentes, uma aprendizagem feita ao longo da vida. A
educação é assim para toda a vida e não apenas necessária na
sua fase inicial.
Novas funções da escola
A educação tem de ser ao mesmo tempo um meio e um fim
para o desenvolvimento da educação pessoal.
A “universidade da terceira idade” é um desses exemplos,
que fornece às pessoas mais velhas a oportunidade de se
formarem por si próprias de acordo com as suas escolhas,
desenvolvendo quaisquer tipo de interesse que pretendam
seguir.
Novas funções
da escola As novas tecnologias estão
a mudar a nossa
compreensão da educação
e do ensino: a educação
formal está a dar lugar à
aprendizagem para toda a
vida.
Indicadores de
escolaridade:
A evolução dos níveis
educacionais pode ser analisada
através de diversos indicadores,
tais como:
-taxas de frequências nos diferentes
graus de ensino;
-taxa de escolaridade da população;
-taxas de sucesso e insucesso
escolar;
-taxa de abandono escolar.
Taxa de
frequência
As Taxa de frequência nos
diversificados graus de ensino e
a sua evolução ajudam a
caracterizar o país e para a sua
preparação futura.
Taxa de
escolaridade
A taxa de escolaridade da
população portuguesa continua a ser
baixa. Os baixos níveis de
escolaridade constituem causas
motivadoras de baixa produtividade
e como consequências fraco
desenvolvimento dos países.
Taxa de retenção e
abandono escolar
A taxa de abandono escolar
tem diminuído ao longo dos
anos, contudo em
comparação a União
europeia continua elevada.
Fim
Esperemos que tenham
gostado, têm alguma
dúvida?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sociologia: Interação social
Sociologia: Interação socialSociologia: Interação social
Sociologia: Interação socialhap99
 
Interação social
Interação socialInteração social
Interação socialturma12d
 
Reprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança SocialReprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança SocialAlfredo Garcia
 
Portugal após o 25 de abril
Portugal após o 25 de abrilPortugal após o 25 de abril
Portugal após o 25 de abrilmaria40
 
Módulo 1 1.2.
Módulo 1   1.2.Módulo 1   1.2.
Módulo 1 1.2.cattonia
 
Família- Sociologia 12ºAno
Família- Sociologia 12ºAnoFamília- Sociologia 12ºAno
Família- Sociologia 12ºAnoturma12d
 
Mudanças sociais
Mudanças sociaisMudanças sociais
Mudanças sociaisColegio GGE
 
Globalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vidaGlobalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vidaAlcina Barbosa
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Nuno Pereira
 
Interação social e papéis sociais
Interação social e papéis sociaisInteração social e papéis sociais
Interação social e papéis sociaisturma12c
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.mike wasofsky
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralIdalina Leite
 
Psicologia b
Psicologia bPsicologia b
Psicologia bRute1993
 
2 Diversidade Cultural
2  Diversidade Cultural2  Diversidade Cultural
2 Diversidade CulturalMayjö .
 

Mais procurados (20)

Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Sociologia: Interação social
Sociologia: Interação socialSociologia: Interação social
Sociologia: Interação social
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Interação social
Interação socialInteração social
Interação social
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
Reprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança SocialReprodução e Mudança Social
Reprodução e Mudança Social
 
Portugal após o 25 de abril
Portugal após o 25 de abrilPortugal após o 25 de abril
Portugal após o 25 de abril
 
A IDENTIDADE
A IDENTIDADEA IDENTIDADE
A IDENTIDADE
 
Direito, 12º ano
Direito, 12º anoDireito, 12º ano
Direito, 12º ano
 
Módulo 1 1.2.
Módulo 1   1.2.Módulo 1   1.2.
Módulo 1 1.2.
 
Família- Sociologia 12ºAno
Família- Sociologia 12ºAnoFamília- Sociologia 12ºAno
Família- Sociologia 12ºAno
 
Mudanças sociais
Mudanças sociaisMudanças sociais
Mudanças sociais
 
Globalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vidaGlobalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vida
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
 
Interação social e papéis sociais
Interação social e papéis sociaisInteração social e papéis sociais
Interação social e papéis sociais
 
A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
 
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
Métodos e técnicas de investigação em ciências sociais.
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 
Psicologia b
Psicologia bPsicologia b
Psicologia b
 
2 Diversidade Cultural
2  Diversidade Cultural2  Diversidade Cultural
2 Diversidade Cultural
 

Semelhante a A escola na sociedade de conhecimento

EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIEDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIKELLENBARROS3
 
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptx
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptxUFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptx
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptxanalaco
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfSimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfSimoneHelenDrumond
 
7 ARTIGO PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf
7 ARTIGO  PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf7 ARTIGO  PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf
7 ARTIGO PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdfSimoneHelenDrumond
 
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.João Luís Custódio
 
Artigo acadêmico piaget e vigotsky
Artigo acadêmico   piaget e vigotskyArtigo acadêmico   piaget e vigotsky
Artigo acadêmico piaget e vigotskyGladis Maia
 
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBID
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBIDO ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBID
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBIDpibidgeo
 
Ppi educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2
Ppi  educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2Ppi  educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2
Ppi educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2Sannarah Pinheiro
 
Projeto educacao inclusiva2
Projeto educacao inclusiva2 Projeto educacao inclusiva2
Projeto educacao inclusiva2 Renata Louchard
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Biblioteca Campus VII
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escolamtolentino1507
 
A elitização do saber e a exclusão da maioria
A elitização do saber e a exclusão da maioriaA elitização do saber e a exclusão da maioria
A elitização do saber e a exclusão da maioriaGreziella Vieira
 
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumo
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumoEixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumo
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumoJosiane Jäger
 

Semelhante a A escola na sociedade de conhecimento (20)

EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXIEDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI
 
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptx
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptxUFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptx
UFCD_10379_intervencao_socioeducativa.pptx
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
 
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdfARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
ARTIGO 2 PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA .pdf
 
7 ARTIGO PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf
7 ARTIGO  PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf7 ARTIGO  PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf
7 ARTIGO PRATICAS DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA.pdf
 
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.
PORTIFÓLIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO.
 
O que é educação?
O que é educação?O que é educação?
O que é educação?
 
Inclusão sol e lucy
Inclusão  sol e lucyInclusão  sol e lucy
Inclusão sol e lucy
 
Artigo acadêmico piaget e vigotsky
Artigo acadêmico   piaget e vigotskyArtigo acadêmico   piaget e vigotsky
Artigo acadêmico piaget e vigotsky
 
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBID
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBIDO ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBID
O ENSINO DA ESCOLA PÚBLICA: UMA VISÃO ANALÍTICA ATRAVÉS DO PIBID
 
FACIG NEWS
FACIG NEWSFACIG NEWS
FACIG NEWS
 
Ppi educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2
Ppi  educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2Ppi  educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2
Ppi educaãƒâ§ãƒâ£o inclusiva-2
 
Projeto educacao inclusiva2
Projeto educacao inclusiva2 Projeto educacao inclusiva2
Projeto educacao inclusiva2
 
Ad1
Ad1Ad1
Ad1
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
 
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLAFUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
 
Função social da escola
Função social da escolaFunção social da escola
Função social da escola
 
A elitização do saber e a exclusão da maioria
A elitização do saber e a exclusão da maioriaA elitização do saber e a exclusão da maioria
A elitização do saber e a exclusão da maioria
 
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumo
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumoEixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumo
Eixo3 gleicy aparecida_de_sousa_relato_resumo
 

Último

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 

Último (20)

VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 

A escola na sociedade de conhecimento

  • 1. A Escola na sociedade de conhecimento 2021
  • 2. Olá turma! Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de sociologia
  • 4. Intrudução Ao longo deste trabalho vamos abordar sobre o tema escola. Mais especificamente das suas funções, a escola como instrumento, o seu papel e as novas funções da mesma.
  • 6. A escola é um dos mais importantes agentes de socialização. Esta contribui para a nossa integração no meio sociocultural, como também nos dá ferramentas para a adaptação no mercado de trabalho. Funções
  • 7. A escola desempenha dois tipos de socialização, a formal e a informal. Funções
  • 8. Socialização formal A socialização formal diz respeito ao que se aprende no ambiente escolar relativamente aos conteúdos aí lecionados, e ainda aos diversos tipos de conhecimentos científicos e técnicos ensinados pelos professores.
  • 9. Socialização informal Socialização informal, remete para todos os conhecimentos, habilidades, atitudes e comportamentos que os estudantes adquirem e acumulam através das suas experiências diárias, e das suas relações com os diversos intervenientes na vida escolar.
  • 10. Exemplos : Aprender a cumprir horários, respeitar a autoridade do professor, ter um comportamento adequado a sala de aula.
  • 12. Escola como instrumento A escola é um instrumento que pode ser usado na sociedade para conseguir transmitir valores relevantes. Pode ser usada de duas formas, com o objetivo de repetição social ou no sentido de mudança.
  • 13. Repetição social Um dos exemplos que comprova a repetição social é o período do Estado Novo, onde a escola era usada de maneira a transmitir os valores do nacionalismo, do patriotismo e da religião. O estado usou o sistema de ensino para incutir ideias do regime.
  • 14. Sentido de mudança A escola pode ainda ser utilizada para causar mudança, orientando os comportamentos dos alunos para impedir que haja problemas sociais, tensões e injustiças. Desta forma tenta impor valores como a igualdade, tolerância, não discriminação, democracia, entre outras.
  • 16. Massificação A escola é usada no combate as desigualdades sociais e como instrumento facilitador da mobilidade social. Considerando isso, a escolarização é um direito e é para todos (massificação escolar). Por essa razão chama-se, escola de massas.
  • 17. Massificação Passa a ser obrigatória mas o conteúdo ensino é padronizado e não tem em conta as desigualdades, sendo igual para todos (democratização do ensino). O facto daquilo que se ensina não se adaptar às diferentes realidades, causa o insucesso e abandono escolar.
  • 18. Desigualdade Social A desigualdade social é o facto que haver colégios privados e colégios públicos, porque haver distinções deste tipo? Para acabar com a desigualdade social nas escolas, todos deviam de estudar em escolas iguais, para que ninguém diga que é melhor que o outro só porque estudou num colégio privado.
  • 19. Defende-se que o que se transmite está mais próximo das classes favorecidas do que das menos favorecidas, que com saberes culturais diferentes, têm dificuldade em compreender o que lhes é ensinado. Desigualdade social
  • 20. Os menos favorecidos, têm mais dificuldade em assimilar um conjunto de conteúdos e saberes que refletem a cultura das classes superiores. Desigualdade Social
  • 21. As classes mais favorecidas têm acesso facilitado a bens culturais, têm pais com formação académica, acesso a bibliotecas, meios económicos que lhes permitem superar dificuldades ao contrário dos desfavorecidos. Desigualdade Social
  • 22. A implementação do ensino profissional e dos cursos tecnológicos é uma tentativa de adaptação às motivações dos alunos e às necessidades do mercado de trabalho. Desigualdade social
  • 23. A sociedade portuguesa é cada vez mais diversificada. Ocorreram assim alterações sociais que sucedem da diversidade cultural e do facto dessas populações viverem em situações de pobreza e exclusão social. Diversidade cultural:
  • 24. No ambiente escolar passam assim a existir diferentes culturas, gerando por vezes conflitos. O ensino é padronizado para a cultura dominante, não atendendo às diferenças dos alunos provocando insucesso e abandono escolar. Diversidade cultural
  • 25. Diversidade Cultural A pobreza, o défice do domínio da língua portuguesa e o analfabetismo dificultam a integração e sucesso escolar. As escolas são cada vez mais confrontadas pela diversidade cultural tornando-se escola multiculturais, tendo por vezes dificuldade em lidar com isso, existindo situações de desigualdades e insucesso escolar.
  • 26. Novas funções da escola - educação e formação ao longo da vida
  • 27. Novas funções da escola Os avanços tecnológicos e científicos não permitem considerar a escola como tradicional. As constantes descobertas e desafios da ciência e da tecnologia requerem uma aprendizagem e atualizações permanentes, uma aprendizagem feita ao longo da vida. A educação é assim para toda a vida e não apenas necessária na sua fase inicial.
  • 28. Novas funções da escola A educação tem de ser ao mesmo tempo um meio e um fim para o desenvolvimento da educação pessoal. A “universidade da terceira idade” é um desses exemplos, que fornece às pessoas mais velhas a oportunidade de se formarem por si próprias de acordo com as suas escolhas, desenvolvendo quaisquer tipo de interesse que pretendam seguir.
  • 29. Novas funções da escola As novas tecnologias estão a mudar a nossa compreensão da educação e do ensino: a educação formal está a dar lugar à aprendizagem para toda a vida.
  • 30. Indicadores de escolaridade: A evolução dos níveis educacionais pode ser analisada através de diversos indicadores, tais como: -taxas de frequências nos diferentes graus de ensino; -taxa de escolaridade da população; -taxas de sucesso e insucesso escolar; -taxa de abandono escolar.
  • 31. Taxa de frequência As Taxa de frequência nos diversificados graus de ensino e a sua evolução ajudam a caracterizar o país e para a sua preparação futura.
  • 32. Taxa de escolaridade A taxa de escolaridade da população portuguesa continua a ser baixa. Os baixos níveis de escolaridade constituem causas motivadoras de baixa produtividade e como consequências fraco desenvolvimento dos países.
  • 33. Taxa de retenção e abandono escolar A taxa de abandono escolar tem diminuído ao longo dos anos, contudo em comparação a União europeia continua elevada.
  • 34. Fim Esperemos que tenham gostado, têm alguma dúvida?