SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
Reproduzindo Desigualdades RMJ
A escola enquanto um espaço social. Teoria funcionalista e o exagero na questão da meritocracia. Os teóricos do conflito, dos quais Bourdieu faz parte, argumentam que a escola distribuem os benefícios da educação de forma desigual. Isso significa que,  em vez de  funcionar como sistema meritocrático, as  escolas tendem a reproduzir o sistema de estratificação geração após geração.
Bourdieu Dentre todas as soluções apresentadas (...) para o problema da transmissão do poder e dos privilégios, provavelmente nenhuma foi melhor dissimulada e, consequentemente, melhor adaptada a sociedades que tendem a rejeitar as formas mais patentes de transmissão hereditária de poder e privilégios, do que a solução dada pelo sistema educacional para reprodução da estrutura de relação de classes e para a dissimulação do fato de que ela preenche esta função sob aparência de neutralidade.
Capital econômico, escola e reprodução da desigualdade. Em parte reproduzem a desigualdade em função da grande variação em termos de qualidade. Se considerarmos apenas o ensino público temos diferenças muito grande em relação à riqueza dos municípios e um sistema de financiamento educacional baseado em impostos municipais. O que faz crianças de municípios pobres freqüentarem escolas mal equipadas, enquanto aquelas de regiões  mais ricas freqüentam escolas com mais recursos.
Reprodução da desigualdade. As disparidades de qualidade não se limitam a recursos físicos. As escolas públicas e privadas, de localidades mais desfavorecidas, inclusive bairros mais pobres, tendem a ter diversos alunos oriundo de famílias em situação de pobreza, repetentes e com problemas disciplinares, além de alto grau de violência. Dependendo do município as escolas, públicas e privadas, podem pagar menos que as outras e ter professores menos qualificados.
Capital social e reprodução das desigualdades. Sendo assim elas são menos propícias à aprendizagem do que escolas que tenham menos alunos em situação de pobreza, expostos a violência, com problemas disciplinares e professores mais bem formados. Além, da distribuição de recursos educacionais, o tipo de estudante e a qualidade do professor (ou “composição social” das escolas). Afetam a qualidade das escolas.
Capital cultural e reprodução das desigualdades. Um outro fator que influencia o sucesso escolar dos indivíduos e explica o papel da escola na reprodução das desigualdades é o que Bourdieu chamou de capital cultural. Para o autor o espaço social é construído de tal modo que os agentes e ou grupos são distribuídos em função de sua posição, de acordo com alguns princípios de diferenciação, sendo que os mais importantes são o capital econômico e o capital cultural.
Capital econômico e  cultural O capital econômico: recursos materiais, bens, dinheiro e renda. O Capital cultural: sinais de status (atitudes, preferências, conhecimento formal, comportamentos, objetivos e credenciais) amplamente compartilhados e que são usados para distinguir ou diferenciá-los. Assim, as pessoas que tem muito capital cultural tendem a ter gostos “sofisticados” em literatura, arte, música e mesmo esporte (esgrima e tênis, por exemplo). Essas pessoas também se comportam de acordo com regras de etiqueta da cultura dominante, que tende a ser percebida como “superior”.
Transmissão do capital cultural O capital cultural tende a ser transmitido por diferentes agentes de socialização (família, os grupos de colegas e a escola). Todos eles acabam reproduzindo a desigualdade ou o capital global (econômico e cultural) dos diversos grupos que ocupam um espaço social.
A escola E como a escola faz isso? Certamente elas não fazem discriminações diretas em favor das crianças dos grupos dominantes. Ao contrário, todos são avaliados de maneira “imparcial” em relação as suas habilidades e ao seu desempenho de acordo com os mesmos critérios de excelência. O ponto importante é que os critérios de excelência derivam das classes dominantes e, e nesse sentido, as crianças que adquiriram maior grau de capital cultural, com informações e habilidades na família, já ingressam na escola com com diferentes níveis de competência.
A escola  Em outras palavras, o sucesso escolar de uma criança não depende não apenas de características de características como QI ou qualidade da escola, mas também do grau de consciência do que é  positivamente valorizado em casa e na escola, isto é, entre o capital cultural da família de origem (que pode variar muito) e a cultura dominante valorizada na escola. E tudo isso ocorre com aparência de grande neutralidade.
Bourdieu e a Educação Com risco de simplificar excessivamente o pensamento de Bourdieu, pode-se resumir seus principais argumentos acerca  do papel da educação  na reprodução das desigualdades sociais da seguinte forma:  1) a possessão de alto nível de capital cultural está intimamente relacionado ao fato de ser nascido numa família de status elevado.
Bourdieu e a Educação 2) Um capital cultural elevado aumenta as chances de sucesso escolar e, consequentemente, de se obter um bom emprego no mercado de trabalho remunerado. 3) um bom emprego contribui para (embora não determine) um capital econômico mais elevado. Críticas: Peso excessivo a herança cultural familiar.
Temas para a prova Habitus capital cultural : em estado objetivo em estado institucionalizado em estado incorporado campo social conceito de classe social capital econômico e capital econômico configuração  em Elias. dicotomia indivíduo e sociedade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Filosofia da Educação
Filosofia da Educação  Filosofia da Educação
Filosofia da Educação unieubra
 
Pierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introduçãoPierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introduçãoMarcio Neske
 
Educacao Inclusiva e Tecnologias Assistivas
Educacao Inclusiva e Tecnologias AssistivasEducacao Inclusiva e Tecnologias Assistivas
Educacao Inclusiva e Tecnologias Assistivassilvanatsal
 
Educação formal e não formal
Educação formal e não formalEducação formal e não formal
Educação formal e não formalAna Vilalva
 
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASA EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASPedagogo Santos
 
Violência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasViolência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasArare Carvalho Júnior
 
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCI
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCIMapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCI
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCIIvanylde Santos
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorna educação
 
Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaismarcaocampos
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade culturalPaula Tomaz
 

Mais procurados (20)

Concepções filosóficas i
Concepções filosóficas iConcepções filosóficas i
Concepções filosóficas i
 
Filosofia da Educação
Filosofia da Educação  Filosofia da Educação
Filosofia da Educação
 
Tendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdosTendência crítico social dos conteúdos
Tendência crítico social dos conteúdos
 
Pierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introduçãoPierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introdução
 
Educacao Inclusiva e Tecnologias Assistivas
Educacao Inclusiva e Tecnologias AssistivasEducacao Inclusiva e Tecnologias Assistivas
Educacao Inclusiva e Tecnologias Assistivas
 
Linguagem e pensamento
Linguagem e pensamentoLinguagem e pensamento
Linguagem e pensamento
 
Educação formal e não formal
Educação formal e não formalEducação formal e não formal
Educação formal e não formal
 
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASA EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre BourdieuEscritos de educação por Pierre Bourdieu
Escritos de educação por Pierre Bourdieu
 
Pierre Bourdieu: Escritos de Educação
Pierre Bourdieu: Escritos de EducaçãoPierre Bourdieu: Escritos de Educação
Pierre Bourdieu: Escritos de Educação
 
Violência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasViolência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticas
 
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCI
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCIMapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCI
Mapa mental - LOUIS ALTHUSSER, PIERRE BOURDIEU, ANTONIO GRAMSCI
 
Racionalismo e empirismo
Racionalismo e empirismoRacionalismo e empirismo
Racionalismo e empirismo
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professor
 
Apostila sociologia da educação fak
Apostila sociologia da educação   fakApostila sociologia da educação   fak
Apostila sociologia da educação fak
 
Slide história da educação - pdf
Slide   história da educação - pdfSlide   história da educação - pdf
Slide história da educação - pdf
 
Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1Ed inclusiva unidade 1
Ed inclusiva unidade 1
 
Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionais
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 

Destaque

Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Socialandreatlc
 
Desigualdades sociais
Desigualdades sociaisDesigualdades sociais
Desigualdades sociaislolada_4
 
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL Cibele Machado
 
Freemid 2013 bernadete
Freemid 2013 bernadeteFreemid 2013 bernadete
Freemid 2013 bernadeteoficinamkt
 
Transformações necessárias na educação
Transformações necessárias na educaçãoTransformações necessárias na educação
Transformações necessárias na educaçãoAlexandre Lopes
 
A escola como espaço relacional
A escola como espaço relacionalA escola como espaço relacional
A escola como espaço relacionalFilipe Simão Kembo
 
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...Benedito Sverberi
 
Analiseimagem Luciana Bataguassu
Analiseimagem Luciana BataguassuAnaliseimagem Luciana Bataguassu
Analiseimagem Luciana BataguassuLuciana Teodoro
 
O Brasil e a Educacao
O Brasil e a EducacaoO Brasil e a Educacao
O Brasil e a Educacaooristanio
 
Atividade2 planodeaula marlis
Atividade2 planodeaula marlisAtividade2 planodeaula marlis
Atividade2 planodeaula marlisMarlireis
 
Edu desigualdade
Edu desigualdadeEdu desigualdade
Edu desigualdadeAlex Silva
 
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...UNDP Policy Centre
 
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civil
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civilEconomia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civil
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civilBowman Guimaraes
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência dos EUA
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Idependência dos EUAwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Idependência dos EUA
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência dos EUAAulasDeHistoriaApoio
 
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidosDarlan Campos
 

Destaque (20)

Desigualdades sociais
Desigualdades sociaisDesigualdades sociais
Desigualdades sociais
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
 
Desigualdades sociais
Desigualdades sociaisDesigualdades sociais
Desigualdades sociais
 
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
 
Freemid 2013 bernadete
Freemid 2013 bernadeteFreemid 2013 bernadete
Freemid 2013 bernadete
 
Transformações necessárias na educação
Transformações necessárias na educaçãoTransformações necessárias na educação
Transformações necessárias na educação
 
A escola como espaço relacional
A escola como espaço relacionalA escola como espaço relacional
A escola como espaço relacional
 
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...
Artigo "Educação Para Todos" do livro "O Enfretamento da Exclusão Escolar no ...
 
Analiseimagem Luciana Bataguassu
Analiseimagem Luciana BataguassuAnaliseimagem Luciana Bataguassu
Analiseimagem Luciana Bataguassu
 
O Brasil e a Educacao
O Brasil e a EducacaoO Brasil e a Educacao
O Brasil e a Educacao
 
Atividade2 planodeaula marlis
Atividade2 planodeaula marlisAtividade2 planodeaula marlis
Atividade2 planodeaula marlis
 
Edu desigualdade
Edu desigualdadeEdu desigualdade
Edu desigualdade
 
Pacto
PactoPacto
Pacto
 
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
 
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civil
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civilEconomia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civil
Economia aplicada (distribuição de renda) a eng. civil. civil
 
Brasil em dados.ppt
Brasil em dados.pptBrasil em dados.ppt
Brasil em dados.ppt
 
Civilização africana
Civilização africanaCivilização africana
Civilização africana
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência dos EUA
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Idependência dos EUAwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Idependência dos EUA
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência dos EUA
 
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
14. aula de história geral - independencia dos estados unidos
 
Sociedades Africanas Medievais
Sociedades Africanas MedievaisSociedades Africanas Medievais
Sociedades Africanas Medievais
 

Semelhante a Reprodução e desigualdade

Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)
Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)
Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)Israel serique
 
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasAvaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasRosemary Batista
 
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...Wallace Melo Gonçalves Barbosa
 
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classe
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classeNossas escolas não são as vossas as diferenças de classe
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classeMarcelo Batista
 
Resumo max weber - e pierre bourdieu
Resumo   max weber - e pierre bourdieuResumo   max weber - e pierre bourdieu
Resumo max weber - e pierre bourdieuJoyce Mourão
 
Artigo: Cultura e educação em Bourdieu
Artigo: Cultura e educação em BourdieuArtigo: Cultura e educação em Bourdieu
Artigo: Cultura e educação em BourdieuIsrael serique
 
Cultura e Educação em Bourdieu
Cultura e Educação em BourdieuCultura e Educação em Bourdieu
Cultura e Educação em BourdieuIsrael serique
 
Formação Educadores E Diversidade Slide1
Formação Educadores E Diversidade Slide1Formação Educadores E Diversidade Slide1
Formação Educadores E Diversidade Slide1culturaafro
 
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1culturaafro
 
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1culturaafro
 
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera Candau
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera CandauEducação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera Candau
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera CandauSeduc MT
 
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticas
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticasCandau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticas
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticasjessicabiopires
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Biblioteca Campus VII
 
17. teorias do curriculo.docx
17. teorias  do curriculo.docx17. teorias  do curriculo.docx
17. teorias do curriculo.docxAlineMelo123
 

Semelhante a Reprodução e desigualdade (20)

Slide Bourdieu.pptx
Slide Bourdieu.pptxSlide Bourdieu.pptx
Slide Bourdieu.pptx
 
Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)
Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)
Bourdieu: Educação e cultura (Resumo)
 
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolasAvaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
Avaliação institucional 2013 SME Marília - SP - devolutiva para as escolas
 
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...
ESCOLA, EXCLUSÃO, DESIGUALDADES E DIFERENÇAS: COMO O AMBIENTE PEDAGÓGICO PODE...
 
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classe
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classeNossas escolas não são as vossas as diferenças de classe
Nossas escolas não são as vossas as diferenças de classe
 
A escola justa f. dubet
A escola justa f. dubetA escola justa f. dubet
A escola justa f. dubet
 
Reprodução cultural
Reprodução culturalReprodução cultural
Reprodução cultural
 
Resumo max weber - e pierre bourdieu
Resumo   max weber - e pierre bourdieuResumo   max weber - e pierre bourdieu
Resumo max weber - e pierre bourdieu
 
Artigo: Cultura e educação em Bourdieu
Artigo: Cultura e educação em BourdieuArtigo: Cultura e educação em Bourdieu
Artigo: Cultura e educação em Bourdieu
 
Cultura e Educação em Bourdieu
Cultura e Educação em BourdieuCultura e Educação em Bourdieu
Cultura e Educação em Bourdieu
 
Formação Educadores E Diversidade Slide1
Formação Educadores E Diversidade Slide1Formação Educadores E Diversidade Slide1
Formação Educadores E Diversidade Slide1
 
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
 
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
FormaçãO Educadores E Diversidade Slide1
 
Semana ed. 2009
Semana ed. 2009Semana ed. 2009
Semana ed. 2009
 
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera Candau
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera CandauEducação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera Candau
Educação Escolar, Cultura e Diversidade.Texto de Antonio Flávio e Vera Candau
 
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticas
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticasCandau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticas
Candau, vera didática entre saberes, sujeitos e práticas
 
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
Monografia Agda Pedagogia Itiúba 2012
 
17. teorias do curriculo.docx
17. teorias  do curriculo.docx17. teorias  do curriculo.docx
17. teorias do curriculo.docx
 
A escola comum inclusiva
A escola comum inclusivaA escola comum inclusiva
A escola comum inclusiva
 
A escola comum inclusiva
A escola comum inclusivaA escola comum inclusiva
A escola comum inclusiva
 

Mais de roberto mosca junior

Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade   fordismo e toyotismoTrabalho e sociedade   fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismoroberto mosca junior
 
Cultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalCultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalroberto mosca junior
 
Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)roberto mosca junior
 
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoAula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoroberto mosca junior
 
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoAula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoroberto mosca junior
 
Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.roberto mosca junior
 
Aula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoAula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoroberto mosca junior
 
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisMosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisroberto mosca junior
 
Constituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilConstituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilroberto mosca junior
 
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDtexto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDroberto mosca junior
 

Mais de roberto mosca junior (20)

Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade   fordismo e toyotismoTrabalho e sociedade   fordismo e toyotismo
Trabalho e sociedade fordismo e toyotismo
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
Cultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria culturalCultura, ideologia e indústria cultural
Cultura, ideologia e indústria cultural
 
Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)Questões de Antropologia (livro)
Questões de Antropologia (livro)
 
Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01Questões de antropologia_01
Questões de antropologia_01
 
Antropologia alteridade
Antropologia alteridadeAntropologia alteridade
Antropologia alteridade
 
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º anoAula de revisão de conteúdo – 8º ano
Aula de revisão de conteúdo – 8º ano
 
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º anoAula de revisão de conteúdo – 7º ano
Aula de revisão de conteúdo – 7º ano
 
RASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICORASCISMO CIENTIFICO
RASCISMO CIENTIFICO
 
Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.Racismo e miscigenação, democracia racial.
Racismo e miscigenação, democracia racial.
 
Aula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminaçãoAula preconceito e discriminação
Aula preconceito e discriminação
 
Revisão 3º tri
Revisão 3º triRevisão 3º tri
Revisão 3º tri
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Discussão doc. "Atrásdaporta"
Discussão doc. "Atrásdaporta"Discussão doc. "Atrásdaporta"
Discussão doc. "Atrásdaporta"
 
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociaisMosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
Mosca viu correção de atividade - texto de apoio movimentos sociais
 
Etnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismoEtnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismo
 
Constituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasilConstituição da república federativa do brasil
Constituição da república federativa do brasil
 
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do EDtexto de apoio movimentos sociais e correção do ED
texto de apoio movimentos sociais e correção do ED
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Aula 25 09_14
Aula 25 09_14Aula 25 09_14
Aula 25 09_14
 

Reprodução e desigualdade

  • 2. A escola enquanto um espaço social. Teoria funcionalista e o exagero na questão da meritocracia. Os teóricos do conflito, dos quais Bourdieu faz parte, argumentam que a escola distribuem os benefícios da educação de forma desigual. Isso significa que, em vez de funcionar como sistema meritocrático, as escolas tendem a reproduzir o sistema de estratificação geração após geração.
  • 3. Bourdieu Dentre todas as soluções apresentadas (...) para o problema da transmissão do poder e dos privilégios, provavelmente nenhuma foi melhor dissimulada e, consequentemente, melhor adaptada a sociedades que tendem a rejeitar as formas mais patentes de transmissão hereditária de poder e privilégios, do que a solução dada pelo sistema educacional para reprodução da estrutura de relação de classes e para a dissimulação do fato de que ela preenche esta função sob aparência de neutralidade.
  • 4. Capital econômico, escola e reprodução da desigualdade. Em parte reproduzem a desigualdade em função da grande variação em termos de qualidade. Se considerarmos apenas o ensino público temos diferenças muito grande em relação à riqueza dos municípios e um sistema de financiamento educacional baseado em impostos municipais. O que faz crianças de municípios pobres freqüentarem escolas mal equipadas, enquanto aquelas de regiões mais ricas freqüentam escolas com mais recursos.
  • 5. Reprodução da desigualdade. As disparidades de qualidade não se limitam a recursos físicos. As escolas públicas e privadas, de localidades mais desfavorecidas, inclusive bairros mais pobres, tendem a ter diversos alunos oriundo de famílias em situação de pobreza, repetentes e com problemas disciplinares, além de alto grau de violência. Dependendo do município as escolas, públicas e privadas, podem pagar menos que as outras e ter professores menos qualificados.
  • 6. Capital social e reprodução das desigualdades. Sendo assim elas são menos propícias à aprendizagem do que escolas que tenham menos alunos em situação de pobreza, expostos a violência, com problemas disciplinares e professores mais bem formados. Além, da distribuição de recursos educacionais, o tipo de estudante e a qualidade do professor (ou “composição social” das escolas). Afetam a qualidade das escolas.
  • 7. Capital cultural e reprodução das desigualdades. Um outro fator que influencia o sucesso escolar dos indivíduos e explica o papel da escola na reprodução das desigualdades é o que Bourdieu chamou de capital cultural. Para o autor o espaço social é construído de tal modo que os agentes e ou grupos são distribuídos em função de sua posição, de acordo com alguns princípios de diferenciação, sendo que os mais importantes são o capital econômico e o capital cultural.
  • 8. Capital econômico e cultural O capital econômico: recursos materiais, bens, dinheiro e renda. O Capital cultural: sinais de status (atitudes, preferências, conhecimento formal, comportamentos, objetivos e credenciais) amplamente compartilhados e que são usados para distinguir ou diferenciá-los. Assim, as pessoas que tem muito capital cultural tendem a ter gostos “sofisticados” em literatura, arte, música e mesmo esporte (esgrima e tênis, por exemplo). Essas pessoas também se comportam de acordo com regras de etiqueta da cultura dominante, que tende a ser percebida como “superior”.
  • 9. Transmissão do capital cultural O capital cultural tende a ser transmitido por diferentes agentes de socialização (família, os grupos de colegas e a escola). Todos eles acabam reproduzindo a desigualdade ou o capital global (econômico e cultural) dos diversos grupos que ocupam um espaço social.
  • 10. A escola E como a escola faz isso? Certamente elas não fazem discriminações diretas em favor das crianças dos grupos dominantes. Ao contrário, todos são avaliados de maneira “imparcial” em relação as suas habilidades e ao seu desempenho de acordo com os mesmos critérios de excelência. O ponto importante é que os critérios de excelência derivam das classes dominantes e, e nesse sentido, as crianças que adquiriram maior grau de capital cultural, com informações e habilidades na família, já ingressam na escola com com diferentes níveis de competência.
  • 11. A escola Em outras palavras, o sucesso escolar de uma criança não depende não apenas de características de características como QI ou qualidade da escola, mas também do grau de consciência do que é positivamente valorizado em casa e na escola, isto é, entre o capital cultural da família de origem (que pode variar muito) e a cultura dominante valorizada na escola. E tudo isso ocorre com aparência de grande neutralidade.
  • 12. Bourdieu e a Educação Com risco de simplificar excessivamente o pensamento de Bourdieu, pode-se resumir seus principais argumentos acerca do papel da educação na reprodução das desigualdades sociais da seguinte forma: 1) a possessão de alto nível de capital cultural está intimamente relacionado ao fato de ser nascido numa família de status elevado.
  • 13. Bourdieu e a Educação 2) Um capital cultural elevado aumenta as chances de sucesso escolar e, consequentemente, de se obter um bom emprego no mercado de trabalho remunerado. 3) um bom emprego contribui para (embora não determine) um capital econômico mais elevado. Críticas: Peso excessivo a herança cultural familiar.
  • 14. Temas para a prova Habitus capital cultural : em estado objetivo em estado institucionalizado em estado incorporado campo social conceito de classe social capital econômico e capital econômico configuração em Elias. dicotomia indivíduo e sociedade