LICs	  .	  linguagens,	  instrumentos	  e	  conteúdos	  emancipação	  econômica	                                          ...
Aprendizado	  dos	                   coempreendedores,	  	                   integrando	  metodologias	  	  pesquisa	     ...
resolução	  	   de	  problemas	                    	        tomada	  de	  	     consciência	                    	         ...
cultura	  de	  apropriação	  do	  conhecimento	  	  competência	  de	  pesquisa	  	  processos	  de	  pesquisa	  
Pesquisa-­‐ação	  	  “[...]	  um	  (po	  de	  pesquisa	  social	  com	  base	  empírica	  que	  é	  concebida	  e	  realiz...
ü melhorar	                           a	  prá;ca	  dos	  par;cipantes	                 	  a	  sua	  compreensão	  dessa	 ...
Pesquisa-­‐ação	  	  É	  uma	  estratégia	  metodológica	  da	  pesquisa	  social	  na	  qual:	  a)  há	  uma	  ampla	  e	...
discussão/debate	                              diálogo	                                           	      	  	             ...
hVp://www.theworldcafe.com)hVp://apprecia(veinquiry.case.edu)
7.	  	  diversidade	  em	  diálogo	   Convivência	  não	  violenta	  e	  uso	  	                         de	  tecnologias	...
sawubona	  eu	  vejo	  você	  
sikhona	  eu	   e xisto	  
ubuntu	  
discussão/debate	                             diálogo	                                          	      	  	             Vi...
Formação	  em	  Mediação,	  Facilitação	  de	  Diálogo	  e	  Construção	  de	  Consenso	  	  Em	  todos	  os	  países,	  i...
Formação	  em	  Mediação,	  Facilitação	  de	  Diálogo	  e	  Construção	  de	  Consenso	  	  ü  lidar	  de	  forma	  posi...
Formação	  em	  Mediação,	  Facilitação	  de	  Diálogo	  e	  Construção	  de	  Consenso	  	  ü  	  redução	  de	  lides	 ...
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18

420 visualizações

Publicada em

2/2012 - Escola São Paulo - Aula 18

  1. 1. LICs  .  linguagens,  instrumentos  e  conteúdos  emancipação  econômica   patrimônio  vivo  ar;culação  em  redes   coempreendedorismo   diversidade  em  diálogo   pesquisa  em  ação  
  2. 2. Aprendizado  dos   coempreendedores,     integrando  metodologias    pesquisa   e  processos  con;nuados  de    em  ação   pesquisa  às  ações  e  resoluções     dos  problemas  envolvidos,  com     a  revisão  e  o  aperfeiçoamento   constante  das  prá;cas,  e  a   sistema;zação,  difusão  e   apropriação  dos  conhecimentos   decorrentes.  
  3. 3. resolução     de  problemas     tomada  de     consciência     Integração     produção  de    conhecimento  
  4. 4. cultura  de  apropriação  do  conhecimento    competência  de  pesquisa    processos  de  pesquisa  
  5. 5. Pesquisa-­‐ação    “[...]  um  (po  de  pesquisa  social  com  base  empírica  que  é  concebida  e  realizada  em  estreita  associação  com  uma  ação  ou  com  a  resolução  de  um  problema  cole0vo  e  no  qual  os  pesquisadores  e  os  par(cipantes  representa(vos  da  situação  ou  do  problema  estão  envolvidos  de  modo  coopera0vo  ou  par0cipa0vo.”      MICHEL  THIOLLENT  
  6. 6. ü melhorar   a  prá;ca  dos  par;cipantes    a  sua  compreensão  dessa  prá;ca   a  situação  onde  se  produz  a  prá;ca     ü envolver   assegurar  a  par;cipação  dos  integrantes  do  processo   assegurar  a  organização  democrá;ca  da  ação  propiciar  compromisso  dos  par;cipantes  com  a  mudança  
  7. 7. Pesquisa-­‐ação    É  uma  estratégia  metodológica  da  pesquisa  social  na  qual:  a)  há  uma  ampla  e  explícita  interação  entre  pesquisadores  e  pessoas  implicadas  na   situação  inves(gada;  b)  dessa  interação  resulta  a  ordem  de  prioridade  dos  problemas  a  serem  pesquisados   e  das  soluções  a  serem  encaminhadas  sob  forma  de  ação  concreta;  c)  o  objeto  de  inves(gação  não  é  cons(tuído  pelas  pessoas  e  sim  pela  situação  social   e  pelos  problemas  de  diferentes  naturezas  encontrados  nessa  situação;  d)  o  obje(vo  da  pesquisa-­‐ação  consiste  em  resolver  ou,  pelo  menos,  em  esclarecer  os   problemas  da  situação  observada;  e)  há,  durante  todo  o  processo,  um  acompanhamento  das  decisões,  das  ações  e  de   toda  a  a0vidade  intencional  dos  atores  da  situação;  f)  a  pesquisa  não  se  limita  a  uma  forma  de  ação:  pretende-­‐se  aumentar  o   conhecimento  ou  o  nível  de  consciência  das  pessoas  e  grupos  considerados.    
  8. 8. discussão/debate   diálogo         Visa  fechar  questões   Visa  abrir  questões   Visa  convencer   Visa  mostrar   Visa  demarcar  posições   Visa  estabelecer  relações   Visa  defender  idéias   Visa  comparFlhar  ideias   Visa  persuadir  e  ensinar   Visa  quesFonar  e  aprender   Visa  explicar   Visa  compreender   Visa  as  partes  em  separado   Vê  a  interação  partes/todo  Descarta  as  idéias  “vencidas”   Faz  emergir  ideias   Busca  acordos   Busca  a  pluralidade  de  ideias  
  9. 9. hVp://www.theworldcafe.com)hVp://apprecia(veinquiry.case.edu)
  10. 10. 7.    diversidade  em  diálogo   Convivência  não  violenta  e  uso     de  tecnologias  para  a  resolução     dos  conflitos  ou  divergências  que   surgem  naturalmente  na  gestão  e   operação  do  empreendimento,   tanto  como  meio  quanto  como  fim  
  11. 11. sawubona  eu  vejo  você  
  12. 12. sikhona  eu   e xisto  
  13. 13. ubuntu  
  14. 14. discussão/debate   diálogo         Visa  fechar  questões   Visa  abrir  questões   Visa  convencer   Visa  mostrar   Visa  demarcar  posições   Visa  estabelecer  relações   Visa  defender  idéias   Visa  comparFlhar  ideias   Visa  persuadir  e  ensinar   Visa  quesFonar  e  aprender   Visa  explicar   Visa  compreender   Visa  as  partes  em  separado   Vê  a  interação  partes/todo  Descarta  as  idéias  “vencidas”   Faz  emergir  ideias   Busca  acordos   Busca  a  pluralidade  de  ideias  
  15. 15. Formação  em  Mediação,  Facilitação  de  Diálogo  e  Construção  de  Consenso    Em  todos  os  países,  independentemente  da  cultura,  as  prá;cas  de  resolução  não  adversarial  de  conflitos,  dentre  as  quais  a  Mediação,  a  Facilitação  de  Diálogos,  os  Círculos  de  Conversas  e  as  Negociações  para  a  Construção  de  Consenso  têm  demonstrado  que  as  capacitações  (teóricas  ar;culadas  com  a  prá;ca)  geram  os  seguintes  beneNcios:    ü  habilidades  para  a  comunicação  e  para  a  negociação  -­‐  aFtudes   e  condutas  colaboraFvas;      ü  capacidade  de  ouvir  e  ser  ouvido;    ü  consciência  de  interdependência  e  conecFvidade  com  os   outros;     (fonte:  Palas  Athena  –  duração  do  curso:  110  horas)  
  16. 16. Formação  em  Mediação,  Facilitação  de  Diálogo  e  Construção  de  Consenso    ü  lidar  de  forma  posiFva  com  as  diferenças,  impasses  e/ou   conflitos;    ü  construção  de  soluções  de  conflitos  -­‐  resultados  que  atendem   aos  interesses  e  necessidades  de  todos;      ü  capacidade  de  tratar  as  questões  conflituosas  dentro  de  uma   visão  sistêmica;    ü  uFlização  adequada  do  poder  (econômico,  hierárquico  ou  de   qualquer  outra  natureza);     (fonte:  Palas  Athena  –  duração  do  curso:  110  horas)  
  17. 17. Formação  em  Mediação,  Facilitação  de  Diálogo  e  Construção  de  Consenso    ü   redução  de  lides  futuras  e  do  uso  da  via  judicial  de  forma   recorrente;    ü  mudança  de  aFtude  frente  aos  conflitos,  com  a  incorporação  de   novas  competências  para  geri-­‐los.         (fonte:  Palas  Athena  –  duração  do  curso:  110  horas)  

×