o passado está na frentee o futuro está na gente
A articulação entre     os valores e vontades das pessoas que realizam     um empreendimento apontando para um jeito  próp...
Conjunto de tecnologias         e metodologias de gestão,    articulação e ação sociocultural que permitem transformar sen...
Produção              e apropriação de       conhecimento a medida  em que o método é colocado em prática, gerando lições ...
Vídeo Fibonacci
A+BA:B=B:A+B             B            A
A parte menor está para a maiorassim como a maior  está para o todo.      (fractalidade)
dinergiaProcesso de criação depadrões pela união dos              opostos. Energia criadora pela    ordem harmônica. Gyorg...
Para veres o mundo em um grão de areiae o céu emuma flor silvestre,
segura a imensidade na palma datua mãoe a eternidade e...
Se queres ser universal,
começa a pintar a sua aldeia.                                                  Leon Tolstói
foto: Pedro Biondi . fonte: Agência Brasil
LICs . linguagens, instrumentos e conteúdos              economia                                         ecologiaarticula...
    linguagens,   O empreendimento instrumentos     compreendido como   e conteúdos    provedor de linguagens,            ...
                                       conteúdo           instrumento      linguagemobra de Villa Lobos     partitura     ...
    O empreendimento emancipação    compreendido a partir da   econômica    capacidade e movimentação                econô...
profissionais . materiais               serviços . infraestrutura               conhecimento . energia                  pa...
arranjos criativosLógica criativaOrganização em rede - dinâmicaGerenciamento da co-criaçãoIntangíveis – produtos e serviço...
    Os movimentos patrimônio vivo    de um empreendimento                    compreendidos quanto às                    re...
A cultura é produto da vida do homo sapiens em comunidades.Construímos as relações sociais.E nos construímos nas relações ...
sítios históricosimaginário coletivoespaços de convívênciarecursos naturaissaberes tradicionaisrituais e celebrações
 articulação    Sinergia entre o que o   em redes     empreendimento busca e                realiza e o trabalho/aprendiza...
Governança para              viabilizar, nas tomadas de coempreen-   decisão mais críticas –              principalmente a...
Aprendizado dos             coempreendedores,             integrando metodologias pesquisa    e processos continuados de  ...
resolução de problemas  tomada de   consciência   Integração produção de conhecimento
cultura de apropriaçãodo conhecimentocompetência de pesquisaprocessos de pesquisa
 diversidade em diálogo    Convivência não violenta e                uso de tecnologias para a resolução                do...
discussão/debate                diálogo                                          Visa fechar questões     Visa abrir quest...
ubuntu
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
II Colóquio Estadual de Cultural do RS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

II Colóquio Estadual de Cultural do RS

256 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

II Colóquio Estadual de Cultural do RS

  1. 1. o passado está na frentee o futuro está na gente
  2. 2. A articulação entre  os valores e vontades das pessoas que realizam  um empreendimento apontando para um jeito  próprio de pensar e agir.
  3. 3. Conjunto de tecnologias  e metodologias de gestão,  articulação e ação sociocultural que permitem transformar sentido  e propósitos em resultados e benefícios tangíveis e sustentáveis. (do grego methodos que significa,  literalmente, "caminho para  chegar a um fim”) (Wikipedia) .
  4. 4. Produção e apropriação de conhecimento a medida em que o método é colocado em prática, gerando lições que ampliam a sensibilidade dosempreendedores em relação às questões socioambientais implicadas na execução do empreendimento.
  5. 5. Vídeo Fibonacci
  6. 6. A+BA:B=B:A+B B A
  7. 7. A parte menor está para a maiorassim como a maior está para o todo. (fractalidade)
  8. 8. dinergiaProcesso de criação depadrões pela união dos opostos. Energia criadora pela ordem harmônica. Gyorgy Doczi – O Poder dos Limites
  9. 9. Para veres o mundo em um grão de areiae o céu emuma flor silvestre,
segura a imensidade na palma datua mãoe a eternidade em uma hora.                                                  William Blake
  10. 10. Se queres ser universal,
começa a pintar a sua aldeia.                                                  Leon Tolstói
  11. 11. foto: Pedro Biondi . fonte: Agência Brasil
  12. 12. LICs . linguagens, instrumentos e conteúdos economia ecologiaarticulação em redes coempreendedorismo diversidade em diálogo pesquisa em ação
  13. 13.   linguagens, O empreendimento instrumentos compreendido como   e conteúdos provedor de linguagens, instrumentos e conteúdos para  uma determinada comunidade,  ampliando, para essa comunidade,  a possibilidade de protagonizar  processos culturais ou artísticos.
  14. 14.       conteúdo instrumento linguagemobra de Villa Lobos partitura musical orquestra violinocinema brasileiro filme audiovisual projetor sala de cinema matemática fórmula matemática financeira planilha computador
  15. 15.   O empreendimento emancipação compreendido a partir da  econômica capacidade e movimentação  econômicas por ele instaladas na  comunidade: infraestrutura,  know-how, uso responsável dos  recursos econômicos,  financeiros, tecnológicos e  naturais.
  16. 16. profissionais . materiais serviços . infraestrutura conhecimento . energia participação . $$$ valorcomunidade empreendimento $$$ . impostos capacitação . infraestrutura produtos . serviços valor
  17. 17. arranjos criativosLógica criativaOrganização em rede - dinâmicaGerenciamento da co-criaçãoIntangíveis – produtos e serviços artístico-culturaisFlexibilidade e re-criatividadeDiversidade de públicosOriginalidadeRuptura – transcendênciaInterconexão
  18. 18.   Os movimentos patrimônio vivo de um empreendimento  compreendidos quanto às  relações (vivas) entre  identidade, memória social,  meio ambiente e patrimônio  cultural material e imaterial da  comunidade.
  19. 19. A cultura é produto da vida do homo sapiens em comunidades.Construímos as relações sociais.E nos construímos nas relações sociais.Em processos históricos e geográficos.
  20. 20. sítios históricosimaginário coletivoespaços de convívênciarecursos naturaissaberes tradicionaisrituais e celebrações
  21. 21.  articulação Sinergia entre o que o  em redes empreendimento busca e  realiza e o trabalho/aprendizado  de outros movimentos  orientados para sentidos,  valores, princípios e propósitos  compatíveis.
  22. 22. Governança para  viabilizar, nas tomadas de coempreen- decisão mais críticas –  principalmente aquelas que  dedorismo interferem na vida da  comunidade em médio e longo  prazos –, a participação direta ou  indireta dos segmentos e setores  envolvidos no empreendimento,  garantindo assim a sua  legitimidade.
  23. 23. Aprendizado dos  coempreendedores,    integrando metodologias pesquisa e processos continuados de  pesquisa às ações e resoluções em ação dos problemas envolvidos, com  a revisão e o aperfeiçoamento  constante das práticas, e a  sistematização, difusão e  apropriação dos conhecimentos  decorrentes.
  24. 24. resolução de problemas tomada de  consciência Integração produção de conhecimento
  25. 25. cultura de apropriaçãodo conhecimentocompetência de pesquisaprocessos de pesquisa
  26. 26.  diversidade em diálogo Convivência não violenta e  uso de tecnologias para a resolução  dos conflitos ou divergências que  surgem naturalmente na gestão e  operação do empreendimento,  tanto como meio quanto como fim
  27. 27. discussão/debate diálogo     Visa fechar questões Visa abrir questões Visa convencer Visa mostrar Visa demarcar posições Visa estabelecer relações Visa defender idéias Visa compartilhar ideias Visa persuadir e ensinar Visa questionar e aprender Visa explicar Visa compreender Visa as partes em separado Vê a interação partes/todoDescarta as idéias “vencidas” Faz emergir ideias Busca acordos Busca a pluralidade de ideias
  28. 28. ubuntu

×