PESQUISAOPERACIONALII
Estoques
2Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplos
Exemplo 1: A Braneast usa 500 lâmpadas de cauda por ano.
Cada vez que ...
3Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Definições
CUSTOS CONSIDERADOS NOS MODELOS
• Custo de Colocação de Pedido
Custo...
4Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Premissas
PREMISSAS CONSIDERADAS NA CONSTRUÇÃO
DOS MODELOS
• Ordens Repetitivas...
5Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Premissas do Modelo Básico
Premissas necessárias para a validade do Modelo Bási...
6Marco Aurélio Albernaz
Custo Anual do Estoque
TC(q) = custo/ano de colocação de pedidos +
+ custo/ano de compra
+ custo/a...
7Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplo
Exemplo 1: A Braneast usa 500 lâmpadas de cauda por ano.
Cada vez que u...
8Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplo
Custo de Manutenção do Estoque
para a Braneast
9Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Análise de Sensibilidade
Sensibilidade do Custo Total a Pequenas Variações no
T...
10Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplo
Uma loja vende 10.000 máquinas fotográficas. A loja
encomenda as máqui...
11Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Modelo de Desconto no Preço
Quantidade Ótima quando há Descontos por
Quantidad...
12Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Modelos
13Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Modelo de Produção Interna
Modelo de Produção Interna
Premissas: Taxa de produ...
14Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplo
Exemplo:A Autobelo necessita produzir 10.000 peças de
carro por ano. C...
15Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Estoque com Falta Permitida
Modelo de Estoque com Falta Permitida
Premissas: N...
16Marco Aurélio Albernaz
MODELOS DE ESTOQUE
Exemplos
Exemplo 3: Cada ano, a Clínica de Olhos de Smalltown vende
10.000 arm...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estoques

1.178 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Estoques

  1. 1. PESQUISAOPERACIONALII Estoques
  2. 2. 2Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplos Exemplo 1: A Braneast usa 500 lâmpadas de cauda por ano. Cada vez que uma ordem é colocada, há um custo de colocação de pedido de $5. Cada lâmpada custa 40¢ e o custo de manutenção em estoque é de 8¢ / lâmpada /ano. Assumir que a demanda ocorre a uma taxa constante e não é permitida a falta de estoque. Qual é o Lote Econômico? Quantos pedidos devem ser colocados a cada ano? Qual será o intervalo entre colocação de pedidos? Exemplo 2: Uma firma de contabilidade em Smalltown coloca pedidos de compra de caixas de disquete em uma loja em Megalopolis. O preço cobrado por caixa pela loja depende do número de caixas adquiridas. A firma de contabilidade gasta 10.000 discos por ano. O custo de colocação de um pedido é de $100. O único custo de manutenção de estoque é o custo de oportunidade de capital, que é assumido ser igual a 20%a.a.. Para este exemplo assumir para lotes até 100 caixas o preço por caixa é de $50, de 101 a 300, $49 e para mais de 300, $48.5. Exemplo 3: Cada ano, a Clínica de Olhos de Smalltown vende 10.000 armações para óculos. A Clínica encomenda as armações de um fabricante local que cobra $15 por unidade. Cada pedido custa $50. A Clínica de Olhos acredita que a encomenda de armações pode ser atrasada e que o custo de não ter armações para entrega é de $15 ( perda de clientes ). O custo anual de manutenção do estoque é de 30¢ por dólar de valor em estoque. Qual é o Lote Econômico? Qual é o déficit máximo que poderá ocorrer? Qual é o nível máximo do estoque?
  3. 3. 3Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Definições CUSTOS CONSIDERADOS NOS MODELOS • Custo de Colocação de Pedido Custos associados a colocação de um pedido externo ou de um pedido para produção internamente. Exemplo: pessoal envolvido na colocação do pedido, custo das instalações ocupadas pelo setor de compras ( a ser rateado ). Para produção interna, custo da mão de obra alocada no setup das máquinas. • Custo Unitário do Item Custo associado a compra de cada item. Usualmente este custo é composto de mão de obra, administração e material associados com a compra ou produção do item. Custo de Manutenção do Estoque Custo de manter um item em estoque por unidade de tempo. Este custo é composto de diversos itens, como exemplo: custo de armazenagem, seguro, impostos, obsolescência. Um dos custos mais significativos é o custo de oportunidade de capital por manter um item em estoque. • Custo de Falta do Item Custo incorrido quando um pedido é feito e não há condição de satisfazê-lo por escassez do item em estoque.
  4. 4. 4Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Premissas PREMISSAS CONSIDERADAS NA CONSTRUÇÃO DOS MODELOS • Ordens Repetitivas As ordens são repetitivas no sentido de que são colocadas regularmente. • Demanda Constante A demanda é assumida manter-se a um nível constante ao longo do tempo. Exemplo: se o consumo é de 1200 peças por ano, o consumo mensal será de 1200/12 = 1000 peças por mês. • Tempo de Espera do Pedido - L O tempo de espera do pedido é considerado constante. Tempo que decorre da colocação do pedido até a entrega. • Colocação Contínua O pedido pode ser colocado continuamente
  5. 5. 5Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Premissas do Modelo Básico Premissas necessárias para a validade do Modelo Básico: • Demanda é determinística e ocorre a uma taxa constante • Se um pedido de qualquer tamanho ( q unidades ) é colocado, existe um custo incorrido K. • O tempo de espera do pedido é igual a zero. • Não é permitido falta de estoque. • O custo unitário de manutenção de estoque é h. Nomenclatura: D - número de unidades demandadas por ano K - custo de colocação de um pedido q - tamanho do pedido h - custo unitário de manutenção do estoque TC(q) - custo anual total quando são feito pedidos de q peças quando o estoque é zerado. Modelo Básico de Estoque I(t) t q / D 2q / D 3q / D q
  6. 6. 6Marco Aurélio Albernaz Custo Anual do Estoque TC(q) = custo/ano de colocação de pedidos + + custo/ano de compra + custo/ano de manutenção do estoque Número Anual de Pedidos Sendo D unidades compradas / ano e q o tamanho de cada lote, tem-se que: Pedidos/ano = D / q Custo/ano Colocação de Pedidos ( CCP ) Sendo K o custo de colocação de cada pedido, tem-se: = custo de pedido/lote x número de pedidos/ano = K × D / q Custo/ano de Compra ( CC ) Sendo p o custo / unidade comprada, tem-se: = Custo/unidade compra x número de unidades compradas / ano = p D Custo de Manutenção de Estoque ( CME ) Sendo q / 2 o estoque médio por ciclo e D / q o número de ciclos / ano e h o custo de manutenção/unid./ano: = custo manutenção /ciclo x no. ciclos / ano = h × (q / 2 x ( q / D )) x D / q = h q / 2 Custo Anual Total TC (q) = KD / q + pD + hq / 2 Lote Econômico q* = ( 2 K D / h )1/2 MODELOS DE ESTOQUE Modelo Básico
  7. 7. 7Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplo Exemplo 1: A Braneast usa 500 lâmpadas de cauda por ano. Cada vez que uma ordem é colocada, há um custo de colocação de pedido de $5. Cada lâmpada custa 40¢ e o custo de manutenção em estoque é de 8¢ / lâmpada /ano. Assumir que a demanda ocorre a uma taxa constante e não é permitida a falta de estoque. Qual é o Lote Econômico? Quantos pedidos devem ser colocados a cada ano? Qual será o intervalo entre colocação de pedidos? Solução: Dados do problema: Custo de Colocação de Pedido = K = $5 Custo Manutenção Estoque = h = 8¢ / unid./ano Consumo Anual = D= 500 lâmpadas / ano Lote Econômico = ( 2 K D ) 1/2 = ( 2 ( 5 ) ( 500 ) ) 1/2 h 0,08 = 250 lâmpadas Número de Ordens / Ano = D / q* = 500 / 250 = 2 ordens/ ano Intervalo entre Colocação de Pedidos = Ciclo = = q* / D = 250 / 500 = = 1/2 ano= 6 meses
  8. 8. 8Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplo Custo de Manutenção do Estoque para a Braneast
  9. 9. 9Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Análise de Sensibilidade Sensibilidade do Custo Total a Pequenas Variações no Tamanho do Pedido ( Lote ) Em muitas situações uma pequena variação no tamanho do lote não modifica muito o custo total. Freqüentemente o tamanho dos lotes são padronizados. Levantando a Curva do Custo Total / Tamanho de Lote: Sendo CME (q) = custo de manutenção do estoque se o tamanho do pedido for igual a q CCP (q) = custo de colocação do pedido se o tamanho do pedido for igual a q Tem-se: CME (q) = 1/2 x 0,8 x q = 0,04 q CCP (q) = 5 x ( 500 / q ) = 2500 / q Objetivo da análise de sensibilidade: dificuldade de se levantar os valores de K, custo do pedido, e h, custo de manutenção do estoque q CME CCP CME + CCP 50 2 50 52 100 4 25 29 150 6 16,67 22,67 200 8 12,5 20,5
  10. 10. 10Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplo Uma loja vende 10.000 máquinas fotográficas. A loja encomenda as máquinas de um atacadista regional. Cada pedido colocado custa $5. A loja paga $100 por máquina fotográfica, e o custo de manter cada $1de estocagem é estimado ter um custo de oportunidade correspondente a 20¢. Determinar o Lote Econômico. Solução: Custo de colocação do pedido K = $5 Consumo anual de máquinas D= 10.000 máquinas Custo de manutenção do estoque = hd = 20¢/dólar/ano Custo da máquina fotográfica p = $100 q* = 2 ( 5 ) ( 10.000 ) 1/2 = 50001/2 = 70,71 (100) (0,20) Busca-se então, através de análise de sensibilidade qual é o valor do Lote Econômico LE ( q* ) = min ( LE(70), LE(71) )
  11. 11. 11Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Modelo de Desconto no Preço Quantidade Ótima quando há Descontos por Quantidade Modelo: se q < b1 cada item custa p1 dólares se b1 = < q < b2 cada item custa p2 dólares se b k-1 = < q < bk cada item custa pk dólares se q = < bn cada item custa pn dólares Exemplo: Uma firma de Smalltown compra discos de uma loja de Megalopolis. O preço por caixa depende do número de caixas vendidas. A firma usa 10.000 discos por ano. O custo de colocação do pedido é de $100. O custo de manutenção dos estoques é assumido ser igual ao custo de oportunidade do capital, isto é, 20%a.a. Para este exemplo assumir que os preços dos discos são para venda até 99 discos, $50, de 100 até 299 discos, $49 e para lotes maiores que 300, $48.5. Quantas caixas devem ser pedidas em cada lote? Quantos pedidos são colocados anualmente? Qual o custo total dos discos por ano? Solução: determinar primeiro o lote econômico para curva de lotes maiores que 300 discos: q* = ((2 x 100 x 1000) / (0.2 x 48.5) ) 1/2 = 143,59 q* não é admissível pois é menor que 300 determinar o lote econômico para curva de lotes maiores que 100 discos e menores que 200 discos q* = ((2 x 100 x 1000) / (0.2 x 49) ) 1/2 = 142,86 Verificar qual o preço para o lote mínimo de 300 Custo anual de pedido = 100 x 1000/300 = $333.3 Custo Anual de aquisição = 1000x48.5 = $48.500 Custo Anual de Manut. Estoque= 1/2 x 300 x 9.7 Custo Total (300) = $50.288,3 Verificar qual o preço para o lote mínimo de 142,86 Custo Total (142,86) = $50.400 O lote econômico é de 300 peças
  12. 12. 12Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Modelos
  13. 13. 13Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Modelo de Produção Interna Modelo de Produção Interna Premissas: Taxa de produção por ano = r Número de peças produzidas por vez = q Custo de setup da produção (/ lote) = K Custo unitário de manut.estoque por ano = h Demanda anual do produto = D Assumindo que o custo unitário de produção independe do tamanho do lote. Deseja-se encontrar o q que minimiza: Custo Manut.Estoque/ano + custo de setup /ano Custo de Manut. Estoque = h x ( estoque médio ) = = h ( r - D ) q / 2 r Custo de Setup = Custo do Setup /ciclo x ciclos/ano = KD / q Custo Total = hq( r - D) / 2 r + KD / q Tamanho Ótimo de Cada Ordem de Produção: = ( 2 K D r / [ h ( r - D ) ] ) 1/2
  14. 14. 14Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplo Exemplo:A Autobelo necessita produzir 10.000 peças de carro por ano. Cada peça é avaliada em $2.000. A fábrica tem capacidade de produzir 25.000 peças por ano. O custo de setup para iniciar a produção destas peças é de $200, e o custo de manutenção das peças em estoque é de 25¢ por dólar de material em estoque. Determinar o lote de produção ótimo. Quantos lotes devem ser produzidos a cada ano? Solução : Taxa de Produção Anual = r = 25.000 peças / ano Consumo Anual = D = 10.000 peças / ano Custo Manut. Estoque = h = 0,25 ( $2000 ) = $500/peça/ano Custo de Setup = $200 / lote Lote Produção Ótimo = 2 (200)(10.000)(25.000) 1/2 = 500 ( 25.000 - 10.000 ) = 115.47 peças Número de lotes produzidos = 10.000 / 115.47 = 86.6
  15. 15. 15Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Estoque com Falta Permitida Modelo de Estoque com Falta Permitida Premissas: Número de peças pedidas / lote = q Estoque máximo: M Quantidade de peças faltantes que determinam um novo pedido: q - M Assumindo que o tempo de atendimento de cada pedido seja 0. Deseja-se encontrar o q que minimiza: Custo Manut.Estoque/ano+custo falta/ano +Custo pedidos /ano Custo de Manut. Estoque = Custo de Manutenção/ciclo × no. ciclos / ano Custo de manutenção/ciclo: ( M / 2)× (M / D) × h = M2h 2D Número de Ciclos / ano: D / q Custo de Manutenção Estoque / ano = M 2 h / 2 q Sendo s o custo / unidade de falta ( custo atribuído a perda de um negócio, colocação de ordem especial, prejuízo para a imagem da empresa ) Custo de Falta/ano = (custo de falta)/ciclo × no.ciclos / ano Custo de Falta/ciclo = ( q - M ) ( q - M ) × s = (q-M )2 × s 2 D 2 D Custo de Falta/ano = ( q - M ) 2 s × ( D / q ) = (q-M )2 × s 2 D 2 q Custo de Pedido / ano = K D / q Valores para o ótimo: q* = [ 2 K D ( h + s ) / h s ] 1 / 2 M* = { 2 K D s / [ h ( h +s ) ] } 1 / 2 Nível de Falta Máximo = q* - M *
  16. 16. 16Marco Aurélio Albernaz MODELOS DE ESTOQUE Exemplos Exemplo 3: Cada ano, a Clínica de Olhos de Smalltown vende 10.000 armações para óculos. A Clínica encomenda as armações de um fabricante local que cobra $15 por unidade. Cada pedido custa $50. A Clínica de Olhos acredita que a encomenda de armações pode ser atrasada e que o custo de não ter armações para entrega é de $15 ( perda de clientes ). O custo anual de manutenção do estoque é de 30¢ por dólar de valor em estoque. Qual é o Lote Econômico? Qual é o déficit máximo que poderá ocorrer? Qual é o nível máximo do estoque? Solução: dados K = $50 D = 10.000 armações de óculos por ano h = $0,3/ $ ×( $15/armação ) = $ 4,50 / armação / ano s = $ 15 / armação / ano Usando as fórmulas dadas: q* = ( 2×50×10.000×19,50)1/2 = 537,48 ( 4,50 × 15 ) 1 / 2 M* = ( 2×50×10.000×15)1/2 = 413,45 (4,50 × 19,5 ) 1 / 2 Assim o nível máximo de falta é de: q* - M* = 537,48 - 413,45 = 124,03 armações Nível máximo de estoque: M* = 413,45 armações.

×