Círculo	  dos	  Sen3dos	                                       Círculo	  dos	  Aprendizados	                       S1	    ...
 ar3culação	    em	  redes	   Sinergia	  entre	  o	  que	  o	                         empreendimento	  busca	  e	  	      ...
ü Diálogo	  com	  agendas	  públicas	     governamentais	  e	     intergovernamentais.	  ü Colaboração	  em	  rede.	  	 ...
Agendas	  públicas	  são	  questões	  de	  interesse	  geral	  deba:das	  pela	  sociedade	  e	  ar:culadas	  em	  ideolog...
Governança	  para	  	                     viabilizar,	  nas	  tomadas	  de	  	  coempreen-­‐	     decisão	  mais	  crí:cas...
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 16
2/2012 - Escola São Paulo - Aula 16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2/2012 - Escola São Paulo - Aula 16

392 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2/2012 - Escola São Paulo - Aula 16

  1. 1. Círculo  dos  Sen3dos   Círculo  dos  Aprendizados   S1   A1  Sn   S2   An   A2   P   M   S4   S3   A4   A3   FEEDBACK  
  2. 2.  ar3culação   em  redes   Sinergia  entre  o  que  o   empreendimento  busca  e     realiza  e  o  trabalho/aprendizado   de  outros  movimentos  orientados   para  sen:dos,  valores,  princípios   e  propósitos  compa>veis.  
  3. 3. ü Diálogo  com  agendas  públicas   governamentais  e   intergovernamentais.  ü Colaboração  em  rede.    ü Ar3culação  intersetorial.  
  4. 4. Agendas  públicas  são  questões  de  interesse  geral  deba:das  pela  sociedade  e  ar:culadas  em  ideologias  e  ações  de  Estado,  de  organizações  intergovernamentais    e/ou  de  ins:tuições  de  repercussão  pública  (mídia,  fundações,  par:dos  etc).  
  5. 5. Governança  para     viabilizar,  nas  tomadas  de    coempreen-­‐   decisão  mais  crí:cas  –   dedorismo   principalmente  aquelas  que   interferem  na  vida  da     comunidade  em  médio  e  longo   prazos  –,  a  par3cipação  direta  ou   indireta  dos  segmentos  e  setores   envolvidos  no  empreendimento,   garan:ndo  assim  a  sua  legi:midade.  

×