Elaborado pelo<br />Prof. Alessandro<br />MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISMO<br />• Apropriação privada da terra, das indústrias...
ORIGEM DO CAPITALISMO<br />Antes do modo de produção capitalista, existiu o modo de produção feudalista entre os séculos V...
Essas unidades rurais  tinham poder político próprio e  geralmente possuíam uma economia  auto-suficiênte;
Essas terras pertenciam aos  senhores feudais que nomeavam a nobreza e a Igreja;
  A igreja era a única instituição comum a todos os feudos, possuía o domínio sobre o comportamento social e o desenvolvim...
Paisagem de um Feudo<br />Paisagens dos feudos:<br /><ul><li>Castelo do Senhor feudal;
Geralmente três campos </li></ul>de cultivo , sendo um deles<br />em descanso;<br /><ul><li>Pastos e florestas;
Burgos, cidades que inicialmente</li></ul>ficavam no interior das fortificações e<br />depois  se expandiram  para fora,<b...
Desenho de Guillaume Revel, feito no século XV, Castelo de Cautrenon.<br />
Estrutura de classe dos feudos<br /><ul><li>O senhor feudal e a</li></ul> nobreza (Guerreiros);<br /><ul><li>  O Clero (re...
 Os servos ( Mão-de-obra) </li></ul>Que eram obrigados a pagar <br />tributos, sendo eles:<br />Talha=metade da produção o...
Decadência do modo de produção, da maneira de consumir e pensar do feudalismo.<br />- O fato de os servos ficarem com uma ...
Os comerciantes (burgueses) passaram a comercializar esse excedente de produção, ganhando muito poder econômico e político.
Os senhores feudais foram perdendo poder econômico ficando cada vez mais dependentes do dinheiro da burguesia, então pouco...
MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA<br />O lucro foi tanto! Olha o dinheiro! Vença a concorrência! Lucro! Lucro! Lucro!.............
Muitas são as diferenças entre os países capitalistas, no entanto, alguns características  são comuns.<br />Predomínio da ...
Objetivo<br />O objetivo dos capitalistas<br /> e mesmo das empresas<br /> estatais  é a reprodução<br /> do capital, ou s...
Para maximizar seus lucros o <br />capitalista procura reduzir os<br />custos com a produção. Para isso,<br />faz o  que p...
Os trabalhadores  por outro lado, <br />para não terem suas condições de <br />vida rebaixada a condições de penúria, <br ...
Mais-Valia<br />-A essência do lucro capitalista é a mais-valia.<br />- O capitalista utiliza parte das horas de <br />   ...
Mais-Valia Absoluta: consiste em aumentar a jornada de trabalho para maximizar o lucro<br />Mais-Valia Relativa: Consiste ...
Concorrência<br />
O capitalismo é, portanto, a maneira que a sociedade se organiza para produzir os produtos que necessita e os produtos que...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

8º série modo de produção capitalismo

10.453 visualizações

Publicada em

Transição do Feudalismo para o Capitalismo

Publicada em: Educação, Tecnologia

8º série modo de produção capitalismo

  1. 1. Elaborado pelo<br />Prof. Alessandro<br />MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISMO<br />• Apropriação privada da terra, das indústrias, <br />e de outras formas de produzir;<br />• Divisão da sociedade em classe sociais;<br />• Produção dirigida ao comércio;<br />• Concorrência entre os capitalistas;<br />• O Trabalhador vende sua força-de-trabalho<br />para o capitalista, dono dos meios de produção.<br />
  2. 2. ORIGEM DO CAPITALISMO<br />Antes do modo de produção capitalista, existiu o modo de produção feudalista entre os séculos V e XV(401 a 1500) aproximadamente.<br />Caracteríscas: <br /><ul><li>Existência de grandes áreas rurais isoladas, principalmente na europa, conhecidas como feudos;
  3. 3. Essas unidades rurais tinham poder político próprio e geralmente possuíam uma economia auto-suficiênte;
  4. 4. Essas terras pertenciam aos senhores feudais que nomeavam a nobreza e a Igreja;
  5. 5. A igreja era a única instituição comum a todos os feudos, possuía o domínio sobre o comportamento social e o desenvolvimento científico.</li></ul>Modo de produção: Maneira como a sociedade se organiza para produzir produtos necessários ou não a sua sobrevivência.<br />
  6. 6. Paisagem de um Feudo<br />Paisagens dos feudos:<br /><ul><li>Castelo do Senhor feudal;
  7. 7. Geralmente três campos </li></ul>de cultivo , sendo um deles<br />em descanso;<br /><ul><li>Pastos e florestas;
  8. 8. Burgos, cidades que inicialmente</li></ul>ficavam no interior das fortificações e<br />depois se expandiram para fora,<br /> ao redor dos castelos. <br />As pessoas que moravam nestes<br /> lugares eram chamadas de burgueses, <br />trabalhavam como comerciantes <br />e em alguns casos emprestavam <br /> dinheiro.<br />
  9. 9. Desenho de Guillaume Revel, feito no século XV, Castelo de Cautrenon.<br />
  10. 10.
  11. 11. Estrutura de classe dos feudos<br /><ul><li>O senhor feudal e a</li></ul> nobreza (Guerreiros);<br /><ul><li> O Clero (religiosos);
  12. 12. Os servos ( Mão-de-obra) </li></ul>Que eram obrigados a pagar <br />tributos, sendo eles:<br />Talha=metade da produção o servo<br /> deveria pagar para o senhor feudal;<br />Corvéia=de 3 a 4 dias de trabalho<br /> de graça nas terras do senhor feudal;<br />Banalidades=taxas que os servos <br />pagavam para usar as instalações do <br />castelo;<br />Tostão de Pedro=dízimo pago<br /> para a Igreja.<br />
  13. 13. Decadência do modo de produção, da maneira de consumir e pensar do feudalismo.<br />- O fato de os servos ficarem com uma parte da produção influenciou no desenvolvimento de novas ferramentas e técnicas de produção.<br />- Isso trouxe como conseqüência uma relativa melhora na vida das pessoas, o que gerou o aumento da produção e da população.<br /><ul><li>Os feudos passaram a ter grande crescimento populacional(mais servos do que o necessário) e a produzir mais do que necessitava(excedente).
  14. 14. Os comerciantes (burgueses) passaram a comercializar esse excedente de produção, ganhando muito poder econômico e político.
  15. 15. Os senhores feudais foram perdendo poder econômico ficando cada vez mais dependentes do dinheiro da burguesia, então pouco a pouco foram perdendo seu poder político.</li></li></ul><li>Decadência do modo de produção, da maneira de consumir e pensar do feudalismo.<br />-O comércio deixa de ser local(Em torno do feudo) e passa a ocorrer por toda a Europa. <br />-Posteriormente esse comércio se expande para a Ásia, África e América.<br />-Logo as cidades tornam-se novamente grandes centros de troca e também da produção de produtos feitos pelos artesãos em oficinas, geralmente em sua própria casa.<br />-Com o aumento da demanda nas cidades, muitas destas oficinas deslocaram-se para cidades. Os donos destas oficinas, começam a contratar outros funcionários separando criando duas classes, o dono da oficina e o empregado.<br />-Com o tempo a burguesia utilizou o dinheiro acumulado com o comércio para adquirir oficinas e instrumentos de trabalho.<br />-Assim, os burgueses conquistaram poder político nas cidades, responsabilizaram-se pela segurança e outras esferas de poder. De modo que, os feudos foram perdendo sua importância econômica. <br />-A burguesia se consolida como uma nova classe dirigente. Dona dos meios de produção e do poder político. Surge então, em um processo desigual e combinado o capitalismo.<br />
  16. 16. MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA<br />O lucro foi tanto! Olha o dinheiro! Vença a concorrência! Lucro! Lucro! Lucro!.............................................................<br />
  17. 17. Muitas são as diferenças entre os países capitalistas, no entanto, alguns características são comuns.<br />Predomínio da propriedade privada dos meios necessários a produção. Embora, o Estado também seja dono de muitos meios de produção(fábricas, terras, máquinas, minas etc<br />
  18. 18. Objetivo<br />O objetivo dos capitalistas<br /> e mesmo das empresas<br /> estatais é a reprodução<br /> do capital, ou seja, o lucro.<br />
  19. 19. Para maximizar seus lucros o <br />capitalista procura reduzir os<br />custos com a produção. Para isso,<br />faz o que puder para comprar <br />matéria-prima barata, pagar menos<br />impostos, diminuir os gastos com <br />salários, etc<br />
  20. 20. Os trabalhadores por outro lado, <br />para não terem suas condições de <br />vida rebaixada a condições de penúria, <br />não tem outra alternativa a não ser lutar<br />por melhores condições de existência. <br />Como sozinho não consegue enfrentar <br />o poder econômico do patrão, os <br />Trabalhadores se unem através de <br />sindicatos, partidos, associações, etc<br />Tarsila do Amaral<br />Os grupos de homens e mulheres tem, <br />Portanto, com diferentes aspirações e <br />travam entre si constantes combates<br />em defesa de seus interesses específicos:<br /> são as classes sociais.<br />
  21. 21.
  22. 22. Mais-Valia<br />-A essência do lucro capitalista é a mais-valia.<br />- O capitalista utiliza parte das horas de <br /> trabalho do empregado para pagar os custos de produção(matéria-prima, salário, eletricidade, etc.), o restante das horas de trabalho do empregado é a mais- valia, o lucro, as horas de trabalho não pagas pelos donos dos meios de produção.<br />
  23. 23. Mais-Valia Absoluta: consiste em aumentar a jornada de trabalho para maximizar o lucro<br />Mais-Valia Relativa: Consiste em aumentar a produtividade do trabalho por meio de novos instrumentos, sem aumentar a jornada de trabalho.<br />
  24. 24. Concorrência<br />
  25. 25. O capitalismo é, portanto, a maneira que a sociedade se organiza para produzir os produtos que necessita e os produtos que não necessita.<br />O ordenamento societário do capitalismo está alicerçado na propriedade privada, na distribuição desigual da riqueza, na divisão da sociedade em classes sociais.<br />

×