SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
E. M. “Vovó Fiuta”
Projeto: Festa Julina Virtual
5º anos
Você já ouviu “causos” de festa junina/julina?
Vamos assistir alguns causos
Juninos/Julinos?
https://www.youtube.com/watch?v=3BcabFtnph0
https://www.youtube.com/watch?v=hYRH3bJr8YQ
https://www.youtube.com/watch?v=aUQmW0_bWPg
https://www.youtube.com/watch?v=Y_FGElWL_6A
Contação de Causo
Você já viu os vídeos dos causos juninos/julinos?
Descobriu como esse tipo de história pode ser
interessante e surpreendente?
Agora, prepare-se para participar de uma roda de conversa
de causos juninos/julinos, por meio de telefone ou por
computador. Primeiro, você deverá conversar com algumas
pessoas mais velhas e ouvir com atenção os causos que elas
têm para contar.
Planejamento e anotações
1-Pense nas pessoas com quem você poderá conversar e ouvir um causo.
2-Entre em contato com elas e marque um dia e hora para conversarem (pelo telefone
ou pelo computador) e peça para que lhe contem os causos.
3-Preste bastante atenção nas histórias contadas e faça suas anotações.
4- Organize seus textos de acordo com as características principais do causo. Para isso,
faça um rascunho de cada história pensando nos itens a seguir:
Na introdução, mencione onde e quando os fatos ocorreram;
Se houver diálogos, não se esqueça de usar o travessão;
Sica a ordem dos acontecimentos, para maior compreensão do seu
texto;
Observe se há algum exagero ou mistério na história, reforce-os para
criar efeitos de humor e expectativa;
A linguagem do causo é informal.
Montando o meu texto
1-Escolha o melhor causo e passe-o a limpo, e depois poste aqui
no Facebook da escola.
2-Dê um título bem interessante para o seu causo.
3-Sublinhe as partes mais importantes, aquelas que não podem
ser esquecidas.
4-Lembre-se a linguagem do causo é informal.
GRAMÁTICA
Pronome possessivo
Pronome de tratamento
https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=vcOy8DZOSmY&feature=emb_logo
ASSISTA AO VÍDEO SOBRE PRONOMES POSSESSIVOS:
PRONOMES POSSESSIVOS são aqueles que indicam posse em relação às três pessoas do
discurso.
O pronome possessivo minha acompanha o substantivo namorada e, por isso, é pronome
possessivo adjetivo. É chamado assim por comportar-se semelhantemente a um adjetivo,
acompanhando o substantivo, referindo-se a ele e concordando com ele em gênero e
número.
É diferente, por exemplo, quando se observa o pronome sua, na mesma frase. Quando o
pronome possessivo substitui um substantivo, como no caso o pronome sua substitui o
substantivo namorada, ele é pronome possessivo substantivo.
Mais exemplos:
Posso usar sua blusa? Eu manchei a minha...
(sua= pr. poss. adjetivo, minha= pr. poss. substantivo)
Nossas dançarinas tiveram mais tempo para ensaio do que as suas.
(nossas= pr. poss. adjetivo, suas= pr. poss. substantivo)
OBS:
Quando o pronome possessivo determina mais de um substantivo, ele
deverá concordar em gênero e número com o substantivo mais
próximo.
Vou lavar meu tênis e bolsa.
Vejamos um quadro com os pronomes possessivos da língua portuguesa:
PRONOMES POSSESSIVOS
Singular Plural
Número Pessoa Masculino Feminino Masculino Feminino
Singular 1ª Meu minha meus minhas
2ª Teu Tua teus Tuas
3ª Seu sua seus Suas
Plural 1ª Nosso nossa nossos Nossas
2ª Vosso vossa Vossos vossas
3ª seu sua seus Suas
ASSISTA AO VÍDEO SOBRE PRONOMES DE TRATAMENTO:
https://www.youtube.com/watch?time_continue=11&v=X_dJuKfJqkg&feature=emb_logo
Pronomes de tratamento
Os pronomes de tratamento são usados para se dirigir às pessoas com
quem se fala (2.ª pessoa). Eles representam as formas educadas, de
acordo com a idade ou cargo ocupados, e assumem o papel de
pronomes pessoais.
Você (v.) é um pronome de tratamento que é, todavia, utilizado em
situações informais.
Exemplo:
Você deveria mudar essa roupa para ir à festa.
Lista dos Pronomes de Tratamento
Confira a lista dos pronomes, da sua utilização e
das respectivas abreviaturas:
Pronome Abreviaturas Utilização
Singular Plural
Senhor(es) e
Senhora(s)
sr. e sra. srs. e sras. Tratamento formal.
Você(s) v. v. Tratamento informal.
Vossa(s) Alteza(s) V.A. VV. AA.
Príncipes e princesas,
duques e duquesas.
Vossa(s) Eminência(s)
V. Ema., V. Em.a ou V.
Em.a
V. Emas., V. Em.as ou
V. Em.as
Cardeais.
Pronome Abreviaturas Utilização
Singular Plural
Vossa(s) Excelência(s) V. Ex.a ou V. Ex.a V. Ex.as ou V. Ex.as
Altas autoridades:
Presidente da
República, ministros,
deputados,
embaixadores.
Vossa Excelentíssima
Reverendíssima
V. Ex.a Rev.ma V. Ex.as Rev.mas Bispos e arcebispos.
Vossa(s)
Magnificência(s)
V. Mag.a. ou V. Mag.a
V. Mag.as ou V.
Mag.as
Reitores de
universidades.
Vossa(s)Majestade(s) V. M. VV. MM.
Reis e rainhas,
imperadores e
imperatrizes.
Pronome Abreviaturas Utilização
Singular Plural
Vossa Reverência V. Rev.a V. Rev.as
Sacerdotes e outras
autoridades religiosas
do mesmo nível.
Vossa(s)
Reverendíssima(s)
V. Revma., V. Rev.ma
ou V. Rev.ma
V. Revma., V. Rev.mas
ou Rev.mas
Sacerdotes e outras
autoridades religiosas
do mesmo nível.
Vossa Santidade V. S. - Papa.
Vossa(s) Senhoria(s) V. S.a ou V.S.a V. S.as ou V.S.as
Oficiais, funcionários
graduados e tratamento
comercial.
Vamos
praticar?
1) (PORTAL DO MEC) Relacione os pronomes de tratamento, listados a seguir, aos respectivos
cargos.
1. Vossa Excelência
2. Vossa Magnificência
3. Vossa Senhoria
4. Vossa Reverendíssima
5. Vossa Santidade
( ) Papa
( ) Almirante
( ) Coronel
( ) Reitor
( ) Cônego
Assinale a opção que mostra a relação correta, segundo a ordem apresentada.
a) 5, 2, 4, 1 e 3. b) 4, 1, 2, 3 e 5. c) 5, 3, 2, 1 e 4. d) 5, 1, 3, 2 e 4. e)4, 2, 3, 1 e 5.
2) (PORTAL DO MEC) Para se referir aos chefes dos Poderes Executivos
(presidente, governadores e prefeitos), deve-se usar o pronome de
tratamento Vossa:
a) Excelência.
b) Magnificência.
c) Digníssima.
d) Reverendíssima.
e) Excelência Reverendíssima.
3) Complete as frases com os pronomes de tratamento adequados.
a)___________ quer sair a que horas? Perguntou o empregado à princesa;
b)___________ é muito querido pelos brasileiros, disse o sacerdote ao Papa;
C____________ , os dados que solicitou estão no gabinete presidencial.
Até logo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Classe dos nomes
Classe dos nomesClasse dos nomes
Classe dos nomes
 
Nome
NomeNome
Nome
 
Verbos
Verbos  Verbos
Verbos
 
Aula 1 ortografia e semântica
Aula 1   ortografia e semânticaAula 1   ortografia e semântica
Aula 1 ortografia e semântica
 
O género dos nomes
O género dos nomesO género dos nomes
O género dos nomes
 
Problemas Gerais da Língua Culta
Problemas Gerais da Língua CultaProblemas Gerais da Língua Culta
Problemas Gerais da Língua Culta
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertido
 
Vícios de linguagem
Vícios de linguagemVícios de linguagem
Vícios de linguagem
 
Gramatica Basica
Gramatica BasicaGramatica Basica
Gramatica Basica
 
Regência e crase
Regência e craseRegência e crase
Regência e crase
 
Vicios de linguagem
Vicios de linguagemVicios de linguagem
Vicios de linguagem
 
Vicios de linguagem
Vicios de linguagemVicios de linguagem
Vicios de linguagem
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Lamina acordo ortografico
Lamina acordo ortograficoLamina acordo ortografico
Lamina acordo ortografico
 
Problemas da língua culta
Problemas da língua cultaProblemas da língua culta
Problemas da língua culta
 
Substantivo - Auxiliar de Promotoria I
Substantivo - Auxiliar de Promotoria ISubstantivo - Auxiliar de Promotoria I
Substantivo - Auxiliar de Promotoria I
 
Substantivos Slidesadasdasdsa
Substantivos  SlidesadasdasdsaSubstantivos  Slidesadasdasdsa
Substantivos Slidesadasdasdsa
 
Gramatica completa
Gramatica completaGramatica completa
Gramatica completa
 

Semelhante a Causos Juninos (20)

Apostila lingua português mscconcursos pdf
Apostila lingua português  mscconcursos pdfApostila lingua português  mscconcursos pdf
Apostila lingua português mscconcursos pdf
 
apostila português e matemática
apostila português e matemáticaapostila português e matemática
apostila português e matemática
 
Reforma ortográfica
Reforma ortográficaReforma ortográfica
Reforma ortográfica
 
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalSintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
 
O Mundo Divertido
O Mundo DivertidoO Mundo Divertido
O Mundo Divertido
 
Português aula slide - gramatica
Português   aula slide - gramaticaPortuguês   aula slide - gramatica
Português aula slide - gramatica
 
Revisão português.ppt
Revisão português.pptRevisão português.ppt
Revisão português.ppt
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.pptAlgumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
 
Concordância verbal.pdf
Concordância verbal.pdfConcordância verbal.pdf
Concordância verbal.pdf
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
CRASE1.pptx
CRASE1.pptxCRASE1.pptx
CRASE1.pptx
 
CONCEITOS PORT - P2.docx
CONCEITOS PORT - P2.docxCONCEITOS PORT - P2.docx
CONCEITOS PORT - P2.docx
 
Pronome.pdf
Pronome.pdfPronome.pdf
Pronome.pdf
 
Tabelas.pronomes demonstrativos e etc
Tabelas.pronomes demonstrativos e etcTabelas.pronomes demonstrativos e etc
Tabelas.pronomes demonstrativos e etc
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Thayssa
ThayssaThayssa
Thayssa
 

Mais de AlanWillianLeonioSil (20)

Melhorias na qualidade de vida
Melhorias na qualidade de vidaMelhorias na qualidade de vida
Melhorias na qualidade de vida
 
Chico mendes
Chico mendesChico mendes
Chico mendes
 
Quem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambienteQuem cuida de nosso ambiente
Quem cuida de nosso ambiente
 
Sete maravilhas do mundo moderno
Sete maravilhas do mundo modernoSete maravilhas do mundo moderno
Sete maravilhas do mundo moderno
 
Energias limpas
Energias limpasEnergias limpas
Energias limpas
 
Outros problemas ambientais
Outros problemas ambientaisOutros problemas ambientais
Outros problemas ambientais
 
Feira de ciencias 2020
Feira de ciencias 2020Feira de ciencias 2020
Feira de ciencias 2020
 
Ambiente e qualidade de vida iv
Ambiente e qualidade de vida ivAmbiente e qualidade de vida iv
Ambiente e qualidade de vida iv
 
7 maravilhas do mundo antigo
7 maravilhas do mundo antigo7 maravilhas do mundo antigo
7 maravilhas do mundo antigo
 
Problemas das Grandes cidades
Problemas das Grandes  cidadesProblemas das Grandes  cidades
Problemas das Grandes cidades
 
Feira de ciencias 2020
Feira de ciencias 2020Feira de ciencias 2020
Feira de ciencias 2020
 
A forma da terra
A forma da terraA forma da terra
A forma da terra
 
Comidas tipicas
Comidas tipicasComidas tipicas
Comidas tipicas
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Patrimonios naturais
Patrimonios naturaisPatrimonios naturais
Patrimonios naturais
 
Patrimonios imateriais
Patrimonios imateriaisPatrimonios imateriais
Patrimonios imateriais
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
 
Instrumentos de navegacao
Instrumentos de navegacaoInstrumentos de navegacao
Instrumentos de navegacao
 
Patrimonios culturais
Patrimonios culturaisPatrimonios culturais
Patrimonios culturais
 
Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 

Último

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Causos Juninos

  • 1. E. M. “Vovó Fiuta” Projeto: Festa Julina Virtual 5º anos
  • 2. Você já ouviu “causos” de festa junina/julina?
  • 3. Vamos assistir alguns causos Juninos/Julinos? https://www.youtube.com/watch?v=3BcabFtnph0 https://www.youtube.com/watch?v=hYRH3bJr8YQ https://www.youtube.com/watch?v=aUQmW0_bWPg https://www.youtube.com/watch?v=Y_FGElWL_6A
  • 4. Contação de Causo Você já viu os vídeos dos causos juninos/julinos? Descobriu como esse tipo de história pode ser interessante e surpreendente? Agora, prepare-se para participar de uma roda de conversa de causos juninos/julinos, por meio de telefone ou por computador. Primeiro, você deverá conversar com algumas pessoas mais velhas e ouvir com atenção os causos que elas têm para contar.
  • 5. Planejamento e anotações 1-Pense nas pessoas com quem você poderá conversar e ouvir um causo. 2-Entre em contato com elas e marque um dia e hora para conversarem (pelo telefone ou pelo computador) e peça para que lhe contem os causos. 3-Preste bastante atenção nas histórias contadas e faça suas anotações. 4- Organize seus textos de acordo com as características principais do causo. Para isso, faça um rascunho de cada história pensando nos itens a seguir: Na introdução, mencione onde e quando os fatos ocorreram; Se houver diálogos, não se esqueça de usar o travessão; Sica a ordem dos acontecimentos, para maior compreensão do seu texto; Observe se há algum exagero ou mistério na história, reforce-os para criar efeitos de humor e expectativa; A linguagem do causo é informal.
  • 6. Montando o meu texto 1-Escolha o melhor causo e passe-o a limpo, e depois poste aqui no Facebook da escola. 2-Dê um título bem interessante para o seu causo. 3-Sublinhe as partes mais importantes, aquelas que não podem ser esquecidas. 4-Lembre-se a linguagem do causo é informal.
  • 9. PRONOMES POSSESSIVOS são aqueles que indicam posse em relação às três pessoas do discurso. O pronome possessivo minha acompanha o substantivo namorada e, por isso, é pronome possessivo adjetivo. É chamado assim por comportar-se semelhantemente a um adjetivo, acompanhando o substantivo, referindo-se a ele e concordando com ele em gênero e número. É diferente, por exemplo, quando se observa o pronome sua, na mesma frase. Quando o pronome possessivo substitui um substantivo, como no caso o pronome sua substitui o substantivo namorada, ele é pronome possessivo substantivo.
  • 10. Mais exemplos: Posso usar sua blusa? Eu manchei a minha... (sua= pr. poss. adjetivo, minha= pr. poss. substantivo) Nossas dançarinas tiveram mais tempo para ensaio do que as suas. (nossas= pr. poss. adjetivo, suas= pr. poss. substantivo) OBS: Quando o pronome possessivo determina mais de um substantivo, ele deverá concordar em gênero e número com o substantivo mais próximo. Vou lavar meu tênis e bolsa.
  • 11. Vejamos um quadro com os pronomes possessivos da língua portuguesa: PRONOMES POSSESSIVOS Singular Plural Número Pessoa Masculino Feminino Masculino Feminino Singular 1ª Meu minha meus minhas 2ª Teu Tua teus Tuas 3ª Seu sua seus Suas Plural 1ª Nosso nossa nossos Nossas 2ª Vosso vossa Vossos vossas 3ª seu sua seus Suas
  • 12. ASSISTA AO VÍDEO SOBRE PRONOMES DE TRATAMENTO: https://www.youtube.com/watch?time_continue=11&v=X_dJuKfJqkg&feature=emb_logo
  • 13. Pronomes de tratamento Os pronomes de tratamento são usados para se dirigir às pessoas com quem se fala (2.ª pessoa). Eles representam as formas educadas, de acordo com a idade ou cargo ocupados, e assumem o papel de pronomes pessoais. Você (v.) é um pronome de tratamento que é, todavia, utilizado em situações informais. Exemplo: Você deveria mudar essa roupa para ir à festa.
  • 14. Lista dos Pronomes de Tratamento Confira a lista dos pronomes, da sua utilização e das respectivas abreviaturas: Pronome Abreviaturas Utilização Singular Plural Senhor(es) e Senhora(s) sr. e sra. srs. e sras. Tratamento formal. Você(s) v. v. Tratamento informal. Vossa(s) Alteza(s) V.A. VV. AA. Príncipes e princesas, duques e duquesas. Vossa(s) Eminência(s) V. Ema., V. Em.a ou V. Em.a V. Emas., V. Em.as ou V. Em.as Cardeais.
  • 15. Pronome Abreviaturas Utilização Singular Plural Vossa(s) Excelência(s) V. Ex.a ou V. Ex.a V. Ex.as ou V. Ex.as Altas autoridades: Presidente da República, ministros, deputados, embaixadores. Vossa Excelentíssima Reverendíssima V. Ex.a Rev.ma V. Ex.as Rev.mas Bispos e arcebispos. Vossa(s) Magnificência(s) V. Mag.a. ou V. Mag.a V. Mag.as ou V. Mag.as Reitores de universidades. Vossa(s)Majestade(s) V. M. VV. MM. Reis e rainhas, imperadores e imperatrizes.
  • 16. Pronome Abreviaturas Utilização Singular Plural Vossa Reverência V. Rev.a V. Rev.as Sacerdotes e outras autoridades religiosas do mesmo nível. Vossa(s) Reverendíssima(s) V. Revma., V. Rev.ma ou V. Rev.ma V. Revma., V. Rev.mas ou Rev.mas Sacerdotes e outras autoridades religiosas do mesmo nível. Vossa Santidade V. S. - Papa. Vossa(s) Senhoria(s) V. S.a ou V.S.a V. S.as ou V.S.as Oficiais, funcionários graduados e tratamento comercial.
  • 18.
  • 19.
  • 20. 1) (PORTAL DO MEC) Relacione os pronomes de tratamento, listados a seguir, aos respectivos cargos. 1. Vossa Excelência 2. Vossa Magnificência 3. Vossa Senhoria 4. Vossa Reverendíssima 5. Vossa Santidade ( ) Papa ( ) Almirante ( ) Coronel ( ) Reitor ( ) Cônego Assinale a opção que mostra a relação correta, segundo a ordem apresentada. a) 5, 2, 4, 1 e 3. b) 4, 1, 2, 3 e 5. c) 5, 3, 2, 1 e 4. d) 5, 1, 3, 2 e 4. e)4, 2, 3, 1 e 5.
  • 21. 2) (PORTAL DO MEC) Para se referir aos chefes dos Poderes Executivos (presidente, governadores e prefeitos), deve-se usar o pronome de tratamento Vossa: a) Excelência. b) Magnificência. c) Digníssima. d) Reverendíssima. e) Excelência Reverendíssima.
  • 22. 3) Complete as frases com os pronomes de tratamento adequados. a)___________ quer sair a que horas? Perguntou o empregado à princesa; b)___________ é muito querido pelos brasileiros, disse o sacerdote ao Papa; C____________ , os dados que solicitou estão no gabinete presidencial.