Verbos

1.702 visualizações

Publicada em

Verbos definições

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Verbos

  1. 1. Verbos
  2. 2. Definição • Verbo é a palavra que indica ação ( praticada ou sofrida pelo sujeito), Fato que o sujeito participa ativamente, estado ou qualidade do sujeito do Fenômeno da natureza. Por exemplo: • Os empresários reuniram-se com o Governador. (Ação praticada pelo sujeito) • Os negócios foram cancelados pelas empresas. (Ação sofrida pelo sujeito) • Os servidores públicos precisam de reajustes em seus proventos.(Fato) • As negociações estão avançadas. ( Estado) • Os aposentados estão indignados com a proposta do Governo. ( Qualidade) • Chove muito nesta região. ( Fenômeno da Natureza)
  3. 3. Conjunção Verbal Há três conjugações para o verbo da língua portuguesa 1° conjugação 2 conjugação 3°conjugação verbos terminados em -ar. verbos terminados em -er. verbos terminados em -ir. Obs.: O verbo pôr e seus derivados pertencem à 2ª conjugação, por se originarem do antigo verbo poer. Pessoas verbais 1° Pessoa singular Eu 1° Pessoa plural Nós 2° Pessoa singular Tu 2° Pessoa plural Vós 3° pessoa singular Ele(a) 3° Pessoa plural eles(as)
  4. 4. Modos verbais: • são três tipos verbais na língua portuguesa  Indicativo: Que expressa atitude de certeza. o Exemplo: Eles eram muito amigos .  Subjuntivos: Que expressa atitude de dúvida , hipótese , desejo; o Exemplo: Se eles fossem mais amigos.  Imperativos: Que expressa atitude de ordem, pedido, conselho. o Exemplo: Venha até aqui !
  5. 5. Vamos praticar? Questão 1 Sobre os modos verbais, está correta a sequência: I - Modo verbal que expressa ideia de certeza, quando um fato é concluído como real; II –Modo verbal que expressa dúvida, incerteza, quando há poucas possibilidades de concretização da ação verbal; III – Modo verbal que pode estar na forma afirmativa ou na forma negativa. Expressa ideia de ordem, conselho ou pedido. a) modo imperativo – modo subjuntivo – modo indicativo. b) modo imperativo – modo indicativo – modo subjuntivo. c) modo indicativo – modo subjuntivo – modo imperativo. d) modo indicativo – modo imperativo – modo subjuntivo.
  6. 6. Questão 2 Sobre os verbos do primeiro e segundo quadrinhos, “abaixa, enrola, puxa, torce, vira, remexe, pula”, estão no modo verbal: a) modo indicativo b) modo subjuntivo c) modo imperativo d) modo gerúndio.
  7. 7. Classificação dos verbos  Os verbos se classificam-se em :  Verbos Regulares: Os verbos regulares são aqueles que não sofrem alteração no radical: o Exemplo: Cantar, Vender, Partir, comer...  Verbos Irregulares: Verbos irregulares são aqueles que sofrem pequenas alterações no radical: o Exemplo: fazer: faço, fazes, fiz, fizestes.  Verbos Anômalos: Verbos Anômalos são aqueles que sofrem grandes alteração no radical . o Exemplo: ser= sou, é, fui, era, serei.  Verbos Defectivos: Verbos defectivos são aqueles que não possuem conjugação completa o Exemplo: falir, reaver, precaver= não possuem as 1ª, 2ª e 3ª pessoa.do presente do indicativo e o presente do subjuntivo inteiro.
  8. 8.  Verbos abundantes: são aqueles que apresentam duas formas de mesmo valor. Geralmente ocorrem no particípio: particípio regular, terminado em -ado ou -ido, usado na voz ativa, com o auxiliar ter ou haver; particípio irregular, com outra terminação diferente, usado na voz passiva, com o auxiliar ser ou estar. o Exemplos:  aceitar: aceitado e aceito acender: acendido e aceso contundir: contundido e contuso eleger: elegido e eleito entregar: entregado e entregue enxugar: enxugado e enxuto expulsar: expulsado e expulso imprimir: imprimido e impresso limpar: limpado e limpo murchar: murchado e murcho suspender: suspendido e suspenso tingir: tingido e tinto  Obs: Os verbos abrir, cobrir, dizer, escrever, fazer, pôr, ver e vir só possuem o particípio irregular: aberto, coberto, dito, escrito, feito, posto, visto e vindo.
  9. 9. Vamos praticar? • Sabe-se que de acordo com as características que apresentam, os verbos recebem classificações distintas. Com base nesse pressuposto, defina: • - Verbos regulares - Verbos irregulares - Verbos defectivos - Verbos anômalos - Verbos abundantes
  10. 10. 2.) Das alternativas abaixo, a que apresenta o particípio irregular dos verbos expressar, tingir e enxugar é: a) expressado, tinto e enxugado b) expresso, tingido e enxugado c) expressado, tingido e enxuto d) expresso, tinto e enxugado e) expresso, tinto e enxuto
  11. 11. Modo indicativo  Tempos verbais do indicativo.  Presente  Indica fato que ocorre no dia a dia, corriqueiramente( com frequência ). Caracteriza-se este tempo pela frase Todos os dias . Exemplo: • Todos os dias, caminho no zerão. • Estudo no Maxi. • Confio em meus amigos.  Pretérito  Indica fatos que já ocorreram.  Pretérito perfeito  Indica fatos que ocorreu no passado em determinados momentos, observados depois de concluídos. Exemplos: • Ontem caminhei no zerão. • Estudei com o maxi ano passado. • Confiei em meus amigos.
  12. 12.  Pretérito imperfeito  Fatos que ocorria com frequência no passado, ou fato que já havia chegado ao final no momento em que estava sendo observado. Exemplos: • Naquela época , todos os dias, eu caminhava no zerão. • Eu estudava no Maxi, quando conheci Magali. • Eu confiava naqueles amigos.  Pretérito mais-que-perfeito  Indica fato ocorrido antes de outro no pretérito perfeito do Indicativo. Exemplo: • Ontem, quando você foi ao zerão, eu caminhara 6 km. • Eu já estudara no Maxi, quando conheci Magali. • Eu confiara naquele amigo que mentiu pra mim.  Futuro:  Indica fatos que acorrem depois da fala.  Futuro do presente:  Indica fatos que certamente acontecerá.
  13. 13. Exemplo: • Amanhã caminharei no zerão pela manhã. • Estudarei no Maxi, no próximo ano. • Eu confiarei mais uma vez naquele amigo que mentiu para mim.  Futuro do pretérito  Indica fato futuro, dependente de outro anterior a ele. Exemplo: • Eu caminharia todos os dias, se não trabalhasse tanto. • Eu estudaria no Maxi, se morasse em Londrina. • Eu confiaria mais uma vez naquele amigo, se ele me prometesse não mais me trair.
  14. 14. Presente Pretérito imperfeito Pretérito perfeito Pretérito mais que perfeito Futuro do presente Futuro do pretérito AMAR Eu amo Tu amas Ele ama Nós amamos Vós amais Eles amam Eu amava Tu amavas Ele amava Nós amávamos Vós amáveis Eles amavam Eu amei Tu amaste Ele amou Nós amamos Vós amastes Eles amaram Eu amara Tu amaras Ele amara Nós amáramos Vós amáreis Eles amaram Eu amarei Tu amarás Ele amará Nós amaremos Vós amareis Eles amarão Eu amaria Tu amarias Ele amaria Nós amaríamos Vós amaríeis Eles amariam COMER Eu como Tu comes Ele come Nós Comemos Vós comeis Eles comem Eu comia Tu comias Ele comia Nós comíamos Vós comíeis Eles comiam Eu comi Tu comeste Ele comeu Nós comemos Vós comestes Eles comeram Eu comera Tu comeras Ele comera Nós comêramos Vós comêreis Eles comeram Eu comerei Tu comerás Ele comerá Nós comeremos Vós comereis Eles comerão Eu comeria Tu comerias Ele comeria Nós comeríamos Vós comeríeis Eles comeriam ARTIR Eu parto Tu partes Ele parte Nós partimos Vós patis Eu partia Tu partias Ele partia Nós partíamos Vós partíeis Eu parti Tu partiste Ele partiu Nós partimos Vós partistes Eles partiram Eu partira Tu partiras Ele partira Nós partíramos Vós partireis Eu Partirei Tu partirás Ele partirá Nós partiremos Vós partireis Eu partiria Tu partirias Ele partiria Nós partiríamos Vós partiríeis
  15. 15. Vamos praticar? ℗ Conjugue os verbos Regulares abaixo, nos tempos e modos pedidos: FALAR Presente do indicativo Pretérito perfeito Pretérito imperfeito Eu Falo Eu falei Eu falava Tu Falas Tu falaste Tu falavas Eles Falam Eles falaram Eles falavam Nós falamos Nós falamos Nós falávamos Vós falais Vós falastes Vós faláveis Ele fala Ele falou Ele falava
  16. 16. Futuro do presente Pretérito mais que perfeito Futuro do pretérito Eu falava Eu falara Eu falarei Tu falavas Tu falaras Tu falarás Ele/ela falava Ela/Ele falara Ele/Ela falará Nós falávamos Nós faláramos Nós falaremos Vós faláveis Vós falarei Vós falarei Eles/Elas falavam Eles/Elas falaram Eles/Elas falarão
  17. 17. Modo conjuntivo  Tempos verbais do Subjuntivo:  Presente:  Indica desejo atual, dúvida que ocorre no momento da fala. Exemplos: • Espero que eu caminhe bastante ano que vem. • O meu desejo é que eu estude no Maxi ainda. • Duvido que eu confie nele novamente.  Pretérito Imperfeito:  Indica condições, hipóteses; é estruturado com a desinência –sse-, em muitas frases formam períodos composto com o futuro do pretérito do indicativo. Exemplo: • Eu caminharia todos os dias, se não trabalhasse tanto. • Estudaria no Maxi, se morasse em Londrina. • Eu confiaria mais uma vez naquele amigo, se ele prometesse não mais me trair.
  18. 18.  Futuro:  Indica hipótese futura. Exemplo: • Quando eu estudar no Maxi, aprenderei mais coisas. • Quando ele me prometer que não me trairá mais, voltarei a confiar nele.  O modo Imperativo:  O modo imperativo expressa ordem, pedido e conselho. Exemplo: • Caminhe todos os dias, para sua saúde melhorar . • Estude no Maxi! confie em mim! • Prometa que não me trairá mais. A formação do modo imperativo ocorre da seguinte maneira:  Imperativo afirmativo:  Tu e Vós: conjuga-se o verbo no presente do indicativo, retirando-se a letra s.  Todos os dias tu estudas. Retirando-se a letra s: Estuda, menino!.  Todos os dias vós estudais. Retirando-se o s: Estudai, meninos!  Exceção: o verbo ser: Sê tu, sede vós.
  19. 19.  Você, nós e vocês: conjuga-se o verbo no presente do subjuntivo. O imperativo afirmativo é idêntico a ele para essas três pessoas: Exemplo: • Espero que você estude: estude, menino! • Espero que nós estudemos: estudemos, meninos! • Espero que vocês estudem: Estudem, meninos!  Imperativo negativo:  Todas as pessoas coincidem com o presente do subjuntivo: Exemplo: • Não estudes tanto, menino! • não estude tanto, menino! • não estudemos tanto, meninos! • não estudeis tanto, meninos! • não estudem tanto, meninos!
  20. 20. Formas nominais  As formas nominais se comporta semelhante a um substantivo, adjetivo ou advérbio, e até pode assumir o lugar de um destes.  As formas nominais do verbo são: Infinitivo, o Gerúndio e o Particípio. 1. Infinitivo: ( Amar, fazer, partir, comemorar, por, ser, ir)  Estas formas verbais representa o nome do verbo, como nós nos referimos a ele , ou seja, sem nenhuma conjunção. Podemos ter verbos da primeira, da segunda ou da terceira conjunção, e a terminação do verbo indicará se ele está na forma nominal. • Terminados em ar - 1° conjunção • Terminados em er - 2° conjunção • Terminados em ir - 3° conjunção  O infinito possui duas formas, o INFINITIVO IMPESSOAL e o Infinitivo Pessoal. No primeiro caso o processo verbal não se relaciona a nenhum sujeito, ou seja, fala-se da ação por ela mesma. Já no segundo caso existe um sujeito envolvido na ação, o que torna pessoal.
  21. 21. Exemplo: • Infinitivo impessoal • Trouxe algumas tarefas para fazer . • Infinitivo pessoal • Trouxe algumas tarefas para eles fazerem. 2. Gerúndio (amando, fazendo, partindo, comemorando, pondo, sendo, indo)  Indica uma noção de continuidade da ação verbal, e costuma ser reconhecida pela terminação do NDO. Pode ser utilizado em qualquer tempo verbal , e em muitos casos vem acompanhado por um verbo auxiliar . Exemplos: • fazendo tudo com calma conseguiremos concluir ainda hoje. • Estiveram investigando minha casa estes dias . 3. Particípio (amado, feito, partido, comemorado, posto, sido, ido)  Indica uma noção de finalização, conclusão de ação verbal e possui para a grande maioria dos verbos as terminações ADO ou IDO. Quando está sendo utilizado como um adjetivo, pode ser flexionado em gênero e número (ADA, ADAS, IDA, IDAS). Exemplo: • Ele estava apaixonado pela sua melhor amiga. • Ela estava apaixonada pelo seu melhor amigo. • Terminado o julgamento, o réu foi absolvido. • Eu não teria chegado na hora se não fosse por você.
  22. 22. Vamos praticar? 1. a – Beatriz vive _dizendo____ que me admira bastante (dizer). b – Se você tivesse __feito a pesquisa, não teríamos obtido nota baixa.(fazer) c – Irei _fazer____ o possível para comparecer à reunião. (fazer) d – Está tudo _comprovado_____, foram eles mesmos os culpados pela depredação do prédio. (comprovar) e – Está _chegando_____ o grande dia em que conheceremos o novo presidente da empresa. (chegar) f – Está tudo _combinado_____, iremos mesmo ao cinema no domingo. (combinar) g- Não havia mais o que fazer, pois a confiança estava ___perdida___. (perder) h - _chegando____ lá, avise-me, pois ficarei ansiosa por notícias. (chegar) 2. “Depois de ter passado o dia inteiro gastando sola”. A forma simples do verbo destacado é: a –( ) passado b- ( ) tido c – ( x ) passar d – ( ) tido passado e – ( ) n.d.a
  23. 23. Formas rizotônicas e arrizotônicas  Antes de estudar alguns verbos notáveis da língua portuguesa, é importante que o estudante saiba da existência de dois nomes, em relação aos verbos: Formas rizotônica e arrizotônica. Formas Rizotônicas:  São as estruturas verbais com a sílaba tônica dentro do radical. São elas: o - eu, tu, ele e eles do presente do indicativo: • Eu canto • Tu cantas • Ele canta • Eles cantam o - eu, tu, ele e eles do presente do subjuntivo: • Que eu cante • Que tu cantes • Que ele cante • Que eles cantem o - tu, você e vocês do imperativo afirmativo: • Canta, tu • Cante, você • Cantem, vocês o - tu, você e vocês do imperativo negativo: • Não cantes, tu • Não cante, você • Não cantem, vocês
  24. 24. Formas Arrizotônicas:  São as estruturas verbais com a sílaba tônica fora do radical. São todas as outras estruturas verbais, com exceção das rizotônicas. • - nós e vós do presente do indicativo: • Nós cantamos • Vós cantais • - nós e vós do presente do subjuntivo: • Que nós cantemos • Que vós canteis • • - nós e vós do imperativo afirmativo: • Cantemos, nós • Cantai, vós • - nós e vós do imperativo negativo: • Não cantemos, nós • Não canteis, vós • Todos os demais tempos, como o pretérito perfeito do indicativo: • Ontem eu cantei • Tu cantaste • Ele cantou • Nós cantamos • Vós cantastes • Eles cantaram
  25. 25. Vamos praticar ? 1. Explicite os conhecimentos de que dispõe acerca dos fatos linguísticos e atribua o conceito às seguintes ocorrências, procurando dar exemplos de cada uma delas: Forma rizotônica:Forma rizotônica se define por aquela em que a vogal tônica se situa no radical, como por exemplo: pulo, vendes e parto. • Forma arrizotônica:Forma arrizotônica se conceitua por aquela em que a vogal tônica se situa fora do radical, como podemos constatar por meio dos exemplos que seguem: cantávamos, vendíamos, partiram. 2. Acerca das formas verbais que seguem, procure analisá-las no sentido de conferir a elas o título de rizotônica ou arrizotônica: a – cantarão forma arrizotônica b – dizia forma arrizotônica c – falaram forma arrizotônica d – fazem forma rizotônica e – estudei forma arrizotônica f – venho forma rizotônica g – andam forma rizotônica
  26. 26. Tempo e modo derivados do presente do indicativo  Presente do indicativo: dos verbos cantar , vender e partir , verbos regulares.  O presente do indicativo forma o presente do subjuntivo e o modo imperativo. Eu canto Eu vendo Eu parto Tu cantas Tu vendes Tu partes Ele canta Ele vende Ele parte Nós cantamos Nós vendemos Nós partimos Vós cantais Vós vendestes Vós partis Eles cantam Eles vendem Eles partem
  27. 27.  Presente do subjuntivo:  O presente do subjuntivo (Indica desejo atual, dúvida que ocorre no momento da fala.) é obtida pela desinência do (–o) da 1° pessoa do singular do presente do indicativo (Indica fato que ocorre no dia a dia) ‘’Eu”.  Os verbos da 1° conjunção ( os terminados em –ar), acrescenta-se e ; aos de 2° e 3° pessoa ( os terminados em –er e,–ir ), -a acrescentando-se, ainda, as mesmas desinências do presente do subjuntivo para os verbos regulares (-/s/-/mos/is/m). Eu canto (-o + e) Que eu cante Que tu cantes Que ele cante Que nós cantemos Que vós canteis Que eles cantem Eu vendo ( -o + a) Que eu venda Que tu vendas Que ele venda Que nós vendamos Que vós vendais Que eles vendam Eu parto (-o + a) Que eu parta Que tu partas Que ele parta Que nós partamos Que vós partais Que eles partam
  28. 28. • Exceções: Querer( eu quero) mas: Que eu queira Que tu queiras Que ele queira Que nós queiramos Que vós queirais Que eles queiram Ir ( eu vou) mas Que eu vá Que tu vás Que ele vá Que nós vamos Que vós vades Que eles vão Saber (eu sei) mas Que eu saiba Que tu saibas Que ele saiba Que nós saibamos Que vós saibais Que eles saibam Ser ( eu sou) mas Que eu seja Que tu sejas Que eles seja Que nós vejamos Que vós sejais Que eles sejam Haver (Eu hei) mas Que eu haja Que tu hajas Que ele haja Que nós hajamos Que vós hajais Que eles hajam
  29. 29. • Imperativo afirmativo:  O imperativo afirmativo provém tanto do presente do indicativo, quando do presente do subjuntivo: - tu e vós provêm do presente do indicativo, sem a desinência -s; Canta, tu vende, tu parte, tu Cantai, vós vendei, vós parti, vós (a sílaba tônica e “TI”)  você, nós e vocês provêm do presente do subjuntivo. Cante, você venda, você parta, você Cantemos, nós vendamos, nós partamos, nós Cantem, vocês vendam, vocês partam, vocês Exceção: Ser: Sê, tu Seja, você Sejamos, nós Sede, vós Sejam, vocês
  30. 30.  Imperativo negativo:  O imperativo negativo provém do presente do subjuntivo: Não cantes, tu não vendas, tu não partas, tu Não cante, você não venda, você não parta, você Não cantemos, nós não vendamos, nós não partamos, nós Não canteis, vós não vendais, vós não partais, vós Não cantem, vocês não vendam, vocês não partam, vocês
  31. 31. Vamos praticar? 1. fique alerta.” Se trocarmos a pessoa do verbo para a segunda do singular, mantendo-se o mesmo tempo e modo verbal, a frase teria a forma: a) fiquem alerta b) ficas alerta c) fica alerta d) ficai alerta e) fiques alerta 2. Atendo aos conhecimentos relativos ao modo imperativo, ou seja, aquele cuja ideia se expressa por um pedido ou até mesmo por uma ordem, passe as formas abaixo, uma vez conjugadas no imperativo afirmativo, para o imperativo negativo: a) Responda-me Imperativo negativo – Não me responda. b) Responde-me Imperativo negativo – Não me responda. c) Fala sobre o que viu. Imperativo negativo – Não fales sobre o que viu. d) Fale sobre o que viu. Imperativo negativo – Não fales sobre o que viu. e) Sai daqui! Imperativo negativo – Não saias daqui! f) Saia daqui! Imperativo negativo – Não saia daqui!
  32. 32. Complete as lacunas com as formas verbais demarcadas entre os parênteses: a) É bem provável que ela _Obtenha_______ um bom resultado nas avaliações (obter – presente do modo subjuntivo) b) Em se tratando desse caso, é necessário que vocês _ajam______com cautela. (agir – presente do modo subjuntivo) c) Não __creia_____em falsas promessas (crer - imperativo negativo) d)____Lute__ pelos seus ideais. (lutar- imperativo afirmativo) e)___siga__ seu caminho daqui em diante. (seguir – imperativo afirmativo) f) _Não___desista__de seus sonhos. (desistir – imperativo negativo)

×