Livro dos Espiritos questao 207 Evangelho Cap15 Item1

777 visualizações

Publicada em

Reuniao Publica GECD

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
777
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro dos Espiritos questao 207 Evangelho Cap15 Item1

  1. 1. Estudo de O Livro dos Espíritos e do Evangelho Segundo o Espiritismo L.E. – Questão 207 Evangelho – Cap XV – Item 1 Dubai, 20/10/2013
  2. 2. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais 207. Freqüentemente, os pais transmitem aos filhos a parecença física. Transmitirão também alguma parecença moral? “Não, que diferentes são as almas ou Espíritos de uns e outros. O corpo deriva do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito. Entre os descendentes das raças apenas há consangüinidade.” a) - Donde se originam as parecenças morais que costuma haver entre pais e filhos? “É que uns e outros são Espíritos simpáticos, que reciprocamente se atraíram pela analogia dos pendores.” GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 2
  3. 3. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais “Os laços do sangue não criam forçosamente os liames entre os Espíritos. O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito, porquanto o Espírito já existia antes da formação do corpo. Não é o pai quem cria o Espírito de seu filho; ele mais não faz do que lhe fornecer o invólucro corpóreo, cumprindolhe, no entanto, auxiliar o desenvolvimento intelectual e moral do filho, para fazê-lo progredir. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 3
  4. 4. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parentesco, Filiação Cada espírito que encarna traz em si mesmo a sua personalidade já formada em encarnações anteriores. As semelhanças de características psíquicas e morais entre pais, filhos e outros descendentes não provêm da carne, mas do espírito. Cada ser humano é o que ele é por si mesmo. Há, portanto, um paralelismo cartesiano entre hereditariedade e afinidade. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 4
  5. 5. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais HERANÇA s.f. Bem, direito ou obrigação transmitidos por disposição testamentária ou por via de sucessão. Legado, patrimônio. Fig. Condição, sorte, situação que se recebe dos pais. Genét. Conjunto de caracteres hereditários transmitidos pelos genes; hereditariedade. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 5
  6. 6. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais HERANÇA “A parecença física é uma realidade e são características que por vezes se herdam dos ancestrais, e nesse fio quase interminável, que se sucede na expansão familiar, aparecerão, juntamente com o físico, variadas enfermidades ou predisposições para tais. Se isso ocorre, não é que os descendentes pagam pelos avós, pais e tios, mas, por estarem envolvidos nos mesmos processos de evolução”. Em quantas faltas familiares se encontram envolvidos inúmeras pessoas? GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 6
  7. 7. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais Não há injustiça na contabilidade divina; ninguém recebe o que não merece, mas, mesmo recebendo o que merece, Jesus se encontra lado a lado com o sofredor, com a sua presença incomparável a nos dizer: "A paz seja convosco". Ele alivia o nosso fardo e nos admoesta: "Vai e não peques mais". Pode acontecer que surjam, em família, semelhanças morais por afinidade de pendores, por simpatia dos grupos de almas em processo de ascensão. Desde quando os pais, ou mesmo avós, exercitem determinadas virtudes, a magnitude dessas irradiações pode atingir os descendentes que se encontram em princípio de maturidade, porque a lei nos garante que, em todos os esforços que fazemos para o bem, entramos em sintonia com esse bem, que é imortal na sua amplitude de vida. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 7
  8. 8. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais Não podemos generalizar esses acontecimentos, sem analisar o passado de cada um. Os processos evolutivos, os despertamentos espirituais de cada ser, são diferentes na pauta do tempo. A criatura, para ser aditada à vinha da Terra, deve e tem de buscar a harmonia do seu mundo interno, e o caminho a ser trilhado para isso é Jesus Cristo. Há almas que nada herdam dos familiares. Elas aparecem como um meteoro nos céus de uma família, cumprindo uma missão e deixando ali, por misericórdia, as bênçãos do exemplo de luz. Outras, vindo do mais baixo, recebem dessa família impulsos para o bem, porque Deus é amor e não se esquece dos Seus filhos no aprendizado. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 8
  9. 9. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Parecenças físicas e morais Se já conhecemos essas verdades, esforcemo-nos para sair das heranças impróprias, plantando no coração e na consciência a luz da bondade, da disciplina e do amor, para que essas sementes cresçam doando-nos frutos de libertação espiritual. Procuremos ser herdeiros de Jesus Cristo, o nosso grande doador na Terra. Do Livro Filosofia Espirita – Joao Nunes Maia pelo Espírito Miramez GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 9
  10. 10. O Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. XV – Fora da caridade não há salvação Item - 1 O de que precisa o Espírito para ser Salvo Dubai, 05/02/2013
  11. 11. Cap. XV – Fora da caridade não há salvação Item 1 – O de que precisa o Espírito para ser Salvo S. MATEUS, cap. XXV, vv. 31 a 46 1. Ora, quando o filho do homem vier em sua majestade, acompanhado de todos os anjos, sentar-se-á no trono de sua glória; - reunidas diante dele todas as nações, separará uns dos outros, como o pastor separa dos bodes as ovelhas, - e colocará as ovelhas à sua direita e os bodes à sua esquerda. Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do reino que vos foi preparado desde o princípio do mundo; porquanto, tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; careci de teto e me hospedastes; - estive nu e me vestistes; achei-me doente e me visitastes; estive preso e me fostes ver. Então, responder-lhe-ão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? - Quando foi que te vimos sem teto e te hospedamos; ou despido e te vestimos? - E quando foi que te soubemos doente ou preso e fomos visitar-te? - O Rei lhes responderá: Em verdade vos digo, todas as vezes que isso fizestes a um destes mais pequeninos dos meus irmãos, foi a mim mesmo que o fizestes. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 11
  12. 12. Cap. XV – Fora da caridade não há salvação Item 1 – O de que precisa o Espírito para ser Salvo Dirá em seguida aos que estiverem à sua esquerda: Afastai-vos de mim, malditos; ide para o fogo eterno, que foi preparado para o diabo e seus anjos; - porquanto, tive fome e não me destes de comer, tive sede e não me destes de beber; precisei de teto e não me agasalhastes; estive sem roupa e não me vestistes; estive doente e no cárcere e não me visitastes. Também eles replicarão: Senhor, quando foi que te vimos com fome e não te demos de comer, com sede e não te demos de beber, sem teto ou sem roupa, doente ou preso e não te assistimos? - Ele então lhes responderá: Em verdade vos digo: todas a vezes que faltastes com a assistência a um destes mais pequenos, deixastes de tê-la para comigo mesmo. E esses irão para o suplício eterno, e os justos para a vida eterna. (S. MATEUS, cap. XXV, vv. 31 a 46.) http://www.youtube.com/watch?v=wPAZuXv_g10 GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 12
  13. 13. Cap. XV – Fora da caridade não há salvação Item 1 – O de que precisa o Espírito para ser Salvo “Um dos traços mais importantes, senão o mais importante, que distingue o cristianismo é justamente a ênfase dada por seu criador à dimensão ativa do amor, à caridade. Ele não se fechou em si, não se retirou para nenhum mosteiro ou região especial, não fundou nem favoreceu nenhum culto, nenhuma seita. Viveu em meio aos homens - instruídos e ignorantes, orgulhosos e humildes, pobres e ricos, pecadores e virtuosos -, ajudando-os incessantemente com seus ensinos e reflexões, com seus recursos curativos e mesmo com suas admoestações”. Silvio Seno Chibeni - FEP O caso de Pedro nos primeiros dias na Casa do Caminho. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 13
  14. 14. Cap. XV – Fora da caridade não há salvação Item 1 – O de que precisa o Espírito para ser Salvo Ainda que eu fale todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos, se eu não tiver caridade, serei como o bronze que soa ou o címbalo que retine. Ainda que tenha o dom de profecia, que penetre todos os mistérios, e tenha perfeita ciência de todas as coisas; ainda que tenha toda a fé, até o ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada serei. E mesmo que tenha distribuído os meus bens para alimentar os pobres e entregado meu corpo para ser queimado, se não tiver caridade, tudo isso de nada me servirá. A caridade é paciente; é branda e benfazeja; a caridade não é invejosa; não é temerária, nem precipitada; não se enche de orgulho. Não é desdenhosa; não cuida de seus interesses; não se agasta, nem se azeda com coisa alguma; não suspeita mal. Não se rejubila com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo suporta, tudo crê, tudo espera, tudo sofre. [...] Agora, estas três virtudes: a fé, a esperança e a caridade permanecem; porém a maior delas é a caridade. GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 14

×