Reflexões sobre o ensino da pontuação

2.358 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.358
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.150
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reflexões sobre o ensino da pontuação

  1. 1. REFLEXÕES SOBRE OENSINO DA PONTUAÇÃO
  2. 2. Confusão entre:Ensino da pontuação com o ensino dos sinais de pontuação
  3. 3. MITOS: AO ENSINAR A PONTUAÇÃO COM UMA APRESENTAÇÃO COMO “SERVE PARA” OU É “USADO PARA” SEGUE UMA EXEMPLIFICAÇÃO COM OBJETIVO DE REFERÊNCIA AO USO. ESPERA-SE QUE OS ALUNOS INCORPOREM A PONTUAÇÃO AOS SEUS TEXTOS
  4. 4.  A PONTUAÇÃO COMO INDICADOR DE PAUSAS NA LEITURA EM VOZ ALTA. (O PONTO – PARA DESCANSAR/ A VÍRGULA PAR DAR UMA RESPIRADINHA/ EXCLAMAÇÃO E INTERROGAÇÃO PARA INDICAR ENTONAÇÃO) O QUE PONTUAMOS SÃO FRASES.
  5. 5. REFLEXÕES NECESSÁRIAS SOBRE A COMPREENSÃO ATUAL: PROCEDIMENTO DE PONTUAR É PARTE DA ATIVIDADE DE TEXTUALIZAÇÃO. TEXTO NÃO É SOMA DE FRASES, É UM FLUXO CONTÍNUO. APRENDER A PONTUAR É APRENDER A PARTIR E REAGRUPAR O FLUXO DO TEXTO DE FORMA A INDICAR AO LEITOR OS SENTIDOS PROPOSTOS PELO AUTOR.
  6. 6.  INDICAR AS SEPARAÇÕES (PONTUANDO) E SUA NATUREZA (ESCOLHENDO O SINAL), ESTABELECE FORMAS DE ARTICULAÇÃO ENTRE AS PARTES QUE AFETAM AS POSSIBILIDADES DE SENTIDO DO TEXTO. NA PONTUAÇÃO A FRONTEIRA ENTRE O CERTO E O ERRADO NEM SEMPRE É BEM DEFINIDA.
  7. 7.  HÁ, QUASE SEMPRE, MAIS DE UMA POSSIBILIDADE DE PONTUAR UM TEXTO. APRENDER A PONTUAR NÃO É, PORTANTO, APRENDER UM CONJUNTO DE REGRAS A SEGUIR E SIM APRENDER UM PROCEDIMENTO QUE INCIDE DIRETAMENTE SOBRE A TEXTUALIDADE.
  8. 8. Como aprender esse procedimento TUTORIA(fazendo juntamente com quem sabe)
  9. 9.  Conversando sobre as decisões que cada um tomou ao pontuar e por quê; Analisando alternativas tanto do ponto de vista do sentido desejado quanto dos aspectos estilísticos e escolhendo a que parece melhor entre as possíveis;
  10. 10.  Observando os usos característicos da pontuação nos diferentes gêneros e suas razões ( a grande quantidade de vírgulas/aposições nas notícias jornalísticas como instrumento para condensar o texto, por exemplo); Analisando os efeitos estilísticos obtidos por meio da pontuação pelos bons autores.

×