Lição 10 - Cumprindo as obrigações diante de deus

3.260 visualizações

Publicada em

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves - Programa IEADSJP_EBDTV
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana
Co-Pastor da Sede: Josué Barros Abreu
Sup. EBD-Sede: Ev. Ismael Nascimento de Oliveira

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
471
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 10 - Cumprindo as obrigações diante de deus

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 4º TRIMESTRE DE 2013 Lição 10 Cumprindo as Obrigações Diante de Deus Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.redemaoamiga.com.br www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  3. 3. FAVOR ASSISTIR AO VÍDEO PARA UMA MELHOR APROVEITAMENTO DO ESTUDO. SUGESTÃO: 1) Assista o vídeo; 2) Baixe este arquivo; 3) Assista novamente o vídeo, acompanhando com este arquivo de slides.
  4. 4. Texto áureo“ "Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos; o que votares, paga-o" (Ec 5.4).
  5. 5. Verdade prática (Lições bíblicas do professor) A nossa vida de adoração somente será verdadeira quando nos conscientizarmos dos nossos direitos e deveres diante de Deus.
  6. 6. LEITURA BÍBLICA: Ec 5:1-5 1 - Guarda o teu pé, quando entrares na Casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal. 2 - Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; porque Deus está nos céus, e tu estás sobre a terra; pelo que sejam poucas as tuas palavras. 3 - Porque da muita ocupação vêm os sonhos, e a voz do tolo, da multidão das palavras. 4 - Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos; o que votares, paga-o. 5 - Melhor é que não votes do que votes e não pagues.
  7. 7. OBJETIVOS PROPOSTOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Conceituar como deve ser a conduta diante de Deus. 2. Compreender a função do voto. 3. Aplicar na sua prática diária o conteúdo aprendido.
  8. 8. INTRODUÇÃO • Eclesiastes interrompe a análise da sociedade do seu tempo e passa a falar da religião. • Mais importante do que oferecer sacrifícios é praticar a justiça. • Se praticar a justiça não é necessário fazer votos para barganhar com Deus. A benção é simplesmente uma consequência.
  9. 9. I. OBRIGAÇÕES E DEVOÇÃO
  10. 10. Eclesiastes 5 1 - Guarda o teu pé, quando entrares na Casa de Deus; e inclina-te mais a ouvir do que a oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal. 2a - Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; 3 - Porque da muita ocupação vêm os sonhos, e a voz do tolo, da multidão das palavras.
  11. 11. I. OBRIGAÇÕES E DEVOÇÃO • Toda prática da vida social é dirigida pela mística da relação com Deus. • A ética do amor ao próximo é espelho da mística do amor a Deus = “amar a Deus sobre todas coisas e o próximo como a ti mesmo” • Casa de Deus como o local de adoração (Ec 5:1). • Melhor ouvir do que oferecer sacrifícios – veja o exemplo de 1 Sm15:22 e nos profetas (Am 5:21-25; Os 6:6; Mq 6:6-8; Is 1:11-17,...). • Os salmos 15 e 24 exigem a prática da justiça para celebração do culto.
  12. 12. I. OBRIGAÇÕES E DEVOÇÃO • O culto não pode ser usado como meio de esconder a injustiça (Sl 50). • O culto não substitui a prática da justiça. • Pessoas em situação de desespero diante dos problemas tem a tendência de falar demais. • Deus sabe do que necessitamos antes de pedirmos (Mt 6:8). • Não adianta tentar enganar a Deus com belos discursos de oratória.
  13. 13. I. OBRIGAÇÕES E DEVOÇÃO • O pesadelo e a palavra insensata são resultado de muitas ocupações e do muito falar. • Nem Deus nem ninguém está obrigado a fazer aquilo que nós podemos fazer.
  14. 14. Aplicação prática Você tem procurado substituir a injustiça com o culto/serviço? Você tem praticado o ouvir? Você é apressado(a) para falar?
  15. 15. II. RECONHECENDO A TRANSCENDÊNCIA E IMANÊNCIA DE DEUS
  16. 16. Eclesiastes 5 2b – [...] porque Deus está nos céus, e tu estás sobre a terra; pelo que sejam poucas as tuas palavras.
  17. 17. 1. Deus, o criador/transcendente.
  18. 18. II. RECONHECENDO A TRANSCENDÊNCIA E IMANÊNCIA DE DEUS • "Deus está nos céus, e tu estás sobre a terra" (Ec 5.2b). • Deus está Eclesiastes evidencia a diferença da visão de Deus (dimensão da eternidade) da visão humana que é restrita e parcialmente controla seu presente (Ec 3:1114). • Ele pode humanizar-se, como já o fez (Jo 1.14), mas o homem não pode tornar-se divino. • Satanás = adversário = quis ser igual a Deus.
  19. 19. 1. Deus está próximo.
  20. 20. II. RECONHECENDO A TRANSCENDÊNCIA E IMANÊNCIA DE DEUS • Um Deus que se relaciona com a sua criação. • Deus identifica-se com o ser humano que lhe oferece adoração, seja aprovando-o ou reprovando-o (Ec 5.4b; 2 Co 6:16). • A proximidade de Deus com o homem deve fazer-nos melhores crentes e pessoas.
  21. 21. Aplicação prática Deus é soberano e transcendente, mas ao mesmo tempo está presente na nossa vida! A presença de Deus em sua vida tem feito de você um ser humano melhor?
  22. 22. III. PROCEDIMENTOS NA ORAÇÃO E VOTOS
  23. 23. Eclesiastes 5 4 - Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos; o que votares, paga-o. 5 - Melhor é que não votes do que votes e não pagues.
  24. 24. III. PROCEDIMENTOS NA ORAÇÃO E VOTOS • A prática do voto estava prevista na Lei (Lv 27:1-27; Nm 30:3-16; Dt 23:19-24) e comentada em Ec 5:4. • É insensatez fazer o voto sem refletir sobre ele antes (Pv 20:25). • Tentativa de subornar a Deus para conseguir algo de interesse com votos e promessas?
  25. 25. III. PROCEDIMENTOS NA ORAÇÃO E VOTOS • Novo Testamento não há preceito específico para o voto, única exceção é a citação ao apóstolo Paulo, mas o contexto... • Jesus orientou a oração segundo a vontade e para a glória de Deus (Mt 6:10; Jo 14:13-14). Isso garante a resposta (1 Jo 5:14).
  26. 26. Aplicação prática Você em feito voto de louco? Substitua o voto pela prática da justiça e descanse em Deus!
  27. 27. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  28. 28. Nesta lição nos aprendemos que:
  29. 29. 1. Melhor é praticar a justiça do que oferecer sacríficos.
  30. 30. 2. Deus é transcendente, mas ao mesmo tempo é imanente, podendo estar dentro de nós.
  31. 31. 3. Melhor é praticar a justiça orar segundo a vontade de Deus, do que oferecer votos de louco.
  32. 32. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CERESKO, Anthony R. A Sabedoria no Antigo Testamento. São Paulo: Paulus, 2004. GONÇALVES, José. Sábios conselhos para um viver vitorioso. Rio de Janeiro: CPAD, 2013. HUGHES, R. Kent. Disciplinas do ser humano Cristão. 3.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004. KIDNER, Derek. A Mensagem de Eclesiastes. São Paulo: ABU, 2004. NEVES, Natalino das. Livros Poéticos. Curitiba: Editora Unidade, 2011.
  33. 33. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS NICCACCI, Alviero. A Casa da Sabedoria: vozes e rostos da sabedoria bíblica. São Paulo: Paulinas, 1997. RAVASI, Gianfranco. Coélet. São Paulo: Edições Paulinas, 1993. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Editora Academia Cristã, 2009. STORNIOLO, Ivo. Trabalho e Felicidade: O Livro do Eclesiastes. São Paulo: Paulus, 2002.
  34. 34. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Co-pastor da sede: Josué Barros Abreu Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589

×