Curso de Epistemologia 3/6

808 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
808
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de Epistemologia 3/6

  1. 1. Epistemologia 3. Conhecimento objetivo e subjetivo (neurose e ideologia) 1. Conhecimento e Epistemologia, , 2. Problemas fundamentais da teoria do conhecimento, 4. Processo de conhecer, 5. Conhecimento e ciência. Miranda-Sá, LS Jr.
  2. 2. Conhecimento Comum ou vulgar, Filosófico e Científico.
  3. 3. O conhecimento filosófico se refere às questões mais gerais da natureza, vida, sociedade e no pensamento. Enquanto o conhecimento científico está dirigido para objetos, situações e fatos particu-lares. A limitação de seu objeto diferencia as ciências da filosofia, voltada para as generalidades mais amplas abrangidas pelo pensamento .
  4. 4. O conhecimento filosófico se ocupa das regularidades universais; das leis que regem tudo que existe na natureza, na sociedade e no Homem. Saber sistêmico que formula, analisa e soluciona as principais questões de concepção do mundo, da sociedade e do homem (inclusive sua subjetividade), configurado harmoniosamente como visão teórica coesa e unitária sobre o universo e o lugar que o homem ocupa nele.
  5. 5. A ciência é um corpo de conhecimento analítico e sintético de seu objeto de in-vestigação. Inicia na indiciação e nomina-ção, segue pela descrição objetivando a explicação, vai do mais simples para o complexo, do particular para o geral, da forma para o conteúdo, da aparência para a essência de modo a explicar e prever os fatos que se dêm em seu objeto.
  6. 6. Conhecimento Sujeito e Objeto Objetos Materiais e Conceitais (construtos) Propriedades e Estados
  7. 7. Conhecimento concreto, do concreto ou dos objetos concretos e Conhecimento abstrato, do abstrato ou dos objetos abstratos.
  8. 8. Conhecimento do mundo natural e psicossocial. Conhecimento de si mesmo, de seu lugar e de seu papel no mundo.
  9. 9. As Ciências e a Filosofia são instrumentos que possibilitam o desenvolvimento de uma consciência crítica. Oposta à consciência alienada.
  10. 10. Consciência Reflete, imita, representa ou conhece o mundo objetivo ou subjetivo?
  11. 11. Consciência, Pré Consciência e Inconsciência.
  12. 12. Consciência no âmbito da Psicologia Individual. Consciência na Psicologia Social.
  13. 13. Consciência Crítica e Consciência Alienada.
  14. 14. A Consciência Individual Sintetiza Conceitos, juízos, raciocínios, estados afetivos, decisões, atos, atitudes e todos os comporta-mentos complexos derivados desses.
  15. 15. A Consciência Social se compõe de Opiniões, valores, modelos de conduta, tendências e atitudes vigentes em um momento da cultura de um sistema social.
  16. 16. Consciência Crítica A consciência crítica consiste na capacidade humana de sintetizar o conteúdo mental consciente e formular juízos explicativos e de valor sintonizados com a consciência social.
  17. 17. Consciência Crítica É autocrítica .
  18. 18. Consciência Alienada Estado da consciência individual distante ou conflitante com a social.
  19. 19. Neurose Condição patológica sem substrato orgânico conhecido e predominantemente sócio-psocogênica.
  20. 20. Neurose Condição patológica menor da consciência ou da conduta não deficitária, não psicótica e não demencial.
  21. 21. Neurose Conceitos Fundamentais: trauma, irritação, estresse, predisposição, resistência, tolerânca e resiliência.
  22. 22. Enfermidades por Dano: Positivo, Negativo e Apenas sentido.
  23. 23. Etiologia e Patogenia Reducionistas e Integracionistas
  24. 24. Etiologia Biológica, Psicológica e Social.
  25. 25. Ideologia Ciência da idéias, fantasias utópicas, ideário social e político, falsa consciência. Para Mannheim, existem dois tipos de ideologia: uma de caráter justificador da ordem social (como para Marx) e outra, subversiva, com função crítica, que ele chama de utopia.
  26. 26. Necessidades Individuais Sociais
  27. 27. Ideologia Progresso Felicidade
  28. 28. Progresso/Felicidade Ter Ser
  29. 29. Muito obrigado pela atenção. [email_address]

×