TEORIA DA APRENDIZAGEM SOCIAL
(SOCIAL COGNITIVA)
Desenvolvimento Humano I
“O aprendizado seria excessivamente trabalhoso, para não
mencionar perigoso, se as pessoas dependessem somente
dos efeitos...
AUTOR – ALBERT BANDURA
 Canadense
 Escola Behaviorista
 Diferenciou-se pela valorização dos
PROCESSOS COGNITIVOS
 Elab...
APRENDIZAGEM OBSERVACIONAL
 Aprendizagem de novas respostas por meio
da observação de outras pessoas.
CONCEITOS ENVOLVIDOS NA TEORIA
 REFORÇO VICARIANTE
 MODELAGEM ou MODELAÇÃO
 PROCESSOS COGNITIVOS
 AUTO REFORÇO
 AUTO ...
APRENDIZAGEM
 DIRETA/ATIVA – aquisições por recompensa
ou castigo, consequências positivas ou
negativas de um ato que o s...
REFORÇO VICARIANTE
 Aprendizado ou fortalecimento de uma
RESPOSTA por meio da OBSERVAÇÃO
DAS CONSEQUÊNCIAS de tal
comport...
MODELAÇÃO OU MODELAGEM
 Diferente do Behaviorismo, modelagem
significa MODIFICAÇÃO do
comportamento a partir da
OBSERVAÇÃ...
MODELAÇÃO
MODELAGEM
 Três fatores influenciam no processo de
modelagem:
1. Características dos modelos;
2. Características dos obse...
MODELAGEM
 Aspecto:
- Características dos modelos:
1. Semelhança: pessoas semelhantes a
elas mesmas
2. idade e sexo
3. st...
MODELAGEM
 Aspecto:
- Características dos observadores:
 Auto Estima
 Reforço
MODELAGEM
 Aspecto:
- Consequências associadas aos
comportamentos:
 Reforço Vicário aumenta a
possibilidade de imitar
co...
PROCESSOS COGNITIVOS
Atenção;
Retenção;
Produção;
Incentivo e motivação.
ATENÇÃO
Alta Probabilidade
Baixa Probalidade
Atenção
Probabilidade de imitação
RETENÇÃO
OBSERVAR
CODIFICA
R
REPRESENTAR
SIMBOLICAMENTE
VisuaisVerbais
PRODUÇÃO
 PRÁTICA
INCENTIVO E MOTIVAÇÃO
 Para Bandura não há execução de
comportamento sem que haja motivação.
A motivação tem duas fontes ...
AUTO REFORÇO
 Administração de recompensas ou punições:
 TANGÍVEIS
 INTANGÍVEIS
Recompensa
Punição
Recompensa
Punição
AUTO EFICÁCIA
 Significa o nosso sentimento de adequação,
eficácia e competência para lidarmos com a
vida.
Com baixa auto...
AUTO EFICÁCIA
 Fontes sobre a auto eficácia:
 Aquisição de desempenho;
 Experiências Vicariantes;
 Persuasão Verbal;
...
AUTO EFICÁCIA
 Aquisição de desempenho
Experiências prévias de sucesso oferecem
indicações sobre o nível de competência.
...
AUTO EFICÁCIA
 Experiências Vicariantes
Ver outras pessoas apresentarem um bom
desempenho, fortalecem a auto eficácia,
es...
AUTO EFICÁCIA
 Persuasão Verbal
Lembrar as pessoas que elas possuem
capacidade de alcançar o que querem
aumenta a auto ef...
AUTO EFICÁCIA
 Estimulação fisiológica e emocional
Medo, ansiedade e estresse afeta diretamente
a forma do indivíduo aval...
AUTO EFICÁCIA
 Condições que aumentam a auto eficácia:
 Expor as pessoas a experiências bem
sucedidas, estabelecendo obj...
RESUMINDO
 A teoria da aprendizagem social enfoca o
comportamento manifesto;
 Difere do Behaviorismo radical, principalm...
BIBLIOGRAFIA
 SCHULTZ, Duane P. & SCHULTZ, Sydney Ellen. História da
Psicologia Moderna, 10ª Edição: São Paulo, Cengace L...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teoria da Aprendizagem Socio-Cognitiva

2.006 visualizações

Publicada em

Apresentação para disciplina de Desenvolvimento Humano I - Teoria de Albert Bandura

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.006
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Neste slide falar das diferenças entre behaviorismo clássico e Bandura. Para este, não é o reforço em si que produz efeito na mudança do comportamento de uma pessoa, mas o que ela pensa desse esquema.
  • Processos cognitivos são importantes. Há a decisão deliberada e consciente de agir da mesma forma que o modelo.
  • modelos, OBSERVANDO o comportamento de outras pessoas de mesmo sexo, idade, ou que conseguiram resolver problemas semelhantes
  • Pessoas com auto confiança e auto estima baixas são propensas a imitar modelos/ pessoas que foram diretamente reforçadas por imitar comportamentos são + facilmente influenciadas por modelos. Ex.: criança premiada por comportar-se com o irmãos mais velho é mais susceptível a influência de modelos.
  • Não é possível aprendizagem sem que o indivíduo esteja atento ao modelo. As características dos modelos influenciam no grau de atenção que será empregada.
  • Indivíduos precisam lembrar-se dos aspectos significativos dos comportamentos para poderem imitá-los. /// duas formas de armazenamento são Visuais: imagens e Verbais: instruções sobre o comportamento
  • Comportamentos mais complexos, ainda que tenha observado, prestado atenção, codificado, representado visualmente e verbalmente, não há garantia de sucesso na primeira tentativa de reprodução. A PRÁTICA calibra e consolida o que foi observado e registrado e o conduz ao desempenho correto do comportamento.
  • A si mesmo por satisfazer, superar ou frustrar as próprias expectativas ou padrões./// Tangíveis: nota boa na prova – recompensa – ida ao cinema/// nota ruim na prova – punição – não viajar p/ estudar//// intangíveis: bom trabalho – recompensa – satisfação/// mal desempenho – punição – vergonha, culpa, depressão./// Conjunto de padrões internos a partir de modelos como nossos pais e professores./ uma vez que adotamos determinado estilo de comportamento, iniciamos um processo que dura a vida toda de comparar nosso comportamento com o deles.
  • Conceito central em Bandura, que significa o nosso sentimento de adequação, eficácia e competência para lidarmos com a vida.
  • Realizações aumentam a capacidade e fortalecem sentimentos de auto eficácia
    Fracassos prévios, particularmente repetidos na infância, diminuem a auto eficácia
  • Muito usada por pais, professores, treinadores esportivos./ Levando em conta as tendências do indivíduo e capacidades!
  • Quanto mais calmo o indivíduo estiver melhor será a administração das situações e desempenho desta melhor, aumentando a auto eficácia.
  • Teoria da Aprendizagem Socio-Cognitiva

    1. 1. TEORIA DA APRENDIZAGEM SOCIAL (SOCIAL COGNITIVA) Desenvolvimento Humano I
    2. 2. “O aprendizado seria excessivamente trabalhoso, para não mencionar perigoso, se as pessoas dependessem somente dos efeitos de suas próprias ações para informá-las sobre o que fazer. Por sorte, a maior parte do comportamento humano é aprendido pela observação através da modelagem. Pela observação dos outros, uma pessoa forma uma ideia de como novos comportamentos são executados e, em ocasiões posteriores, esta informação codificada serve como um guia para a ação.” (Bandura, 1977, p22)
    3. 3. AUTOR – ALBERT BANDURA  Canadense  Escola Behaviorista  Diferenciou-se pela valorização dos PROCESSOS COGNITIVOS  Elaborou a teoria da APRENDIZAGEM OBSERVACIONAL (ou Aprendizagem Social)
    4. 4. APRENDIZAGEM OBSERVACIONAL  Aprendizagem de novas respostas por meio da observação de outras pessoas.
    5. 5. CONCEITOS ENVOLVIDOS NA TEORIA  REFORÇO VICARIANTE  MODELAGEM ou MODELAÇÃO  PROCESSOS COGNITIVOS  AUTO REFORÇO  AUTO EFICÁCIA
    6. 6. APRENDIZAGEM  DIRETA/ATIVA – aquisições por recompensa ou castigo, consequências positivas ou negativas de um ato que o sujeito pratica;  INDIRETA/ VICARIANTE – observação de um modelo cujo comportamento foi reforçado. Imitação do comportamento em situações posteriores;
    7. 7. REFORÇO VICARIANTE  Aprendizado ou fortalecimento de uma RESPOSTA por meio da OBSERVAÇÃO DAS CONSEQUÊNCIAS de tal comportamento.
    8. 8. MODELAÇÃO OU MODELAGEM  Diferente do Behaviorismo, modelagem significa MODIFICAÇÃO do comportamento a partir da OBSERVAÇÃO do comportamento de outras pessoas.
    9. 9. MODELAÇÃO
    10. 10. MODELAGEM  Três fatores influenciam no processo de modelagem: 1. Características dos modelos; 2. Características dos observadores; 3. Consequências associadas aos comportamentos.
    11. 11. MODELAGEM  Aspecto: - Características dos modelos: 1. Semelhança: pessoas semelhantes a elas mesmas 2. idade e sexo 3. status e prestígio
    12. 12. MODELAGEM  Aspecto: - Características dos observadores:  Auto Estima  Reforço
    13. 13. MODELAGEM  Aspecto: - Consequências associadas aos comportamentos:  Reforço Vicário aumenta a possibilidade de imitar comportamento;  Punição diminui
    14. 14. PROCESSOS COGNITIVOS Atenção; Retenção; Produção; Incentivo e motivação.
    15. 15. ATENÇÃO Alta Probabilidade Baixa Probalidade Atenção Probabilidade de imitação
    16. 16. RETENÇÃO OBSERVAR CODIFICA R REPRESENTAR SIMBOLICAMENTE VisuaisVerbais
    17. 17. PRODUÇÃO  PRÁTICA
    18. 18. INCENTIVO E MOTIVAÇÃO  Para Bandura não há execução de comportamento sem que haja motivação. A motivação tem duas fontes principais: Antecipação das consequências gratificantes (reforçadoras); Antecipação do afastamento das consequências punitivas.
    19. 19. AUTO REFORÇO  Administração de recompensas ou punições:  TANGÍVEIS  INTANGÍVEIS Recompensa Punição Recompensa Punição
    20. 20. AUTO EFICÁCIA  Significa o nosso sentimento de adequação, eficácia e competência para lidarmos com a vida. Com baixa auto eficácia Com alta auto eficácia Sentem-se incapazes de lidar com os problemas da vida Sentem que podem lidar com as situações satisfatoriamente Não confiam em sua capacidade Confiam em sua capacidade Desistem rapidamente Perseveram em suas tarefas Veem dificuldades como ameaças Veem dificuldades como desafios
    21. 21. AUTO EFICÁCIA  Fontes sobre a auto eficácia:  Aquisição de desempenho;  Experiências Vicariantes;  Persuasão Verbal;  Estimulação fisiológica e emocional.
    22. 22. AUTO EFICÁCIA  Aquisição de desempenho Experiências prévias de sucesso oferecem indicações sobre o nível de competência. Realizações Fracassos Prévios Fortalecem a auto eficácia Diminuem a auto eficácia
    23. 23. AUTO EFICÁCIA  Experiências Vicariantes Ver outras pessoas apresentarem um bom desempenho, fortalecem a auto eficácia, especialmente se o modelo em questão for semelhante ao observador.
    24. 24. AUTO EFICÁCIA  Persuasão Verbal Lembrar as pessoas que elas possuem capacidade de alcançar o que querem aumenta a auto eficácia.
    25. 25. AUTO EFICÁCIA  Estimulação fisiológica e emocional Medo, ansiedade e estresse afeta diretamente a forma do indivíduo avaliar sua capacidade de administrar a situação da qual ele se encontra, reduzindo a auto eficácia.
    26. 26. AUTO EFICÁCIA  Condições que aumentam a auto eficácia:  Expor as pessoas a experiências bem sucedidas, estabelecendo objetivos alcançáveis;  Expor as pessoas a modelos adequados e bem sucedidos (Experiências Vicariantes);  Oferecer persuasão verbal;  Estimular a fisiologia: prática de exercícios físicos, dieta apropriada, redução de estresse.
    27. 27. RESUMINDO  A teoria da aprendizagem social enfoca o comportamento manifesto;  Difere do Behaviorismo radical, principalmente pela adoção dos processos internos (cognitivos);  Considera o ser humano determinante de suas ações e comportamentos;  Estuda como as pessoas aprendem a partir de modelos;  Estuda como as pessoas se comportam frente as situações, considerando os processos de: - Auto Reforço - Auto Eficácia
    28. 28. BIBLIOGRAFIA  SCHULTZ, Duane P. & SCHULTZ, Sydney Ellen. História da Psicologia Moderna, 10ª Edição: São Paulo, Cengace Learning, 2014.  GAZZANIJA, Michael S. Ciência Psicológica: mente, cérebro e comportamento, Porto Alegre, Artmed, 2005  BIAGGIO, Ângela M. Brasil. Psicologia do desenvolvimento, 18ª Edição: Petrópolis, Vozes, 2005  MANFRÉ, Eduardo. Psicologia e teorias psicológicas. Em:<http://pt.slideshare.net/EduardoManfr/albert-bandura-teoria- da-aprendizagem-social>. Acesso em 06/10/2015 http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/37930/bandu ra-e-a-aprendizagem-social-psicologia-da- educacao#ixzz3nrMHegvG  http://www.efdeportes.com/efd145/teoria-social-cognitiva-de- albert-bandura.htm  https://www.youtube.com/watch?v=wsU9gs7r1EM

    ×