Violência

9.737 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.737
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
101
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violência

  1. 1. 07/09/2011 Violência Violência• Violência é um comportamento que causa dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto.• Invade a autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo a vida de outro. 1
  2. 2. 07/09/2011 Violência• É o uso excessivo de força, além do necessário ou esperado.• O termo deriva do latim violentia (é qualquer comportamento ou conjunto de deriva de vis, força, vigor); aplicação de força, vigor, contra qualquer coisa ou ente. Violência• A violência pode ser classificada pelo tipo de manifestação como sendo física, sexual, psicológica e simbólica. 2
  3. 3. 07/09/2011 A violência psicológica• A violência psicológica é caracterizada pela tentativa de degradar ou controlar outra pessoa por meio de condutas de intimidação, manipulação, ameaça, humilhação e isolamento ou qualquer conduta que prejudique a saúde psicológica, autodeterminação ou desenvolvimento de uma pessoa. 3
  4. 4. 07/09/2011 A violência simbólica• A violência simbólica se baseia na fabricação de crenças no processo de socialização, que induzem o indivíduo a se enxergar e a avaliar o mundo de acordo com critérios e padrões definidos por alguém. Trata-se da construção de crenças coletivas e faz parte do discurso dominante. Diferentes formas de violência: doméstica, sexual e na escola 4
  5. 5. 07/09/2011 Violência doméstica• É a violência, explícita ou velada, literalmente praticada no âmbito familiar, entre indivíduos unidos por parentesco civil (marido e mulher, sogra, padrasto) ou parentesco natural pai, mãe, filhos, irmãos.• Inclui diversas práticas, como o abuso sexual contra as crianças, maus-tratos contra idosos, e violência contra a mulher e contra o homem geralmente nos processos de separação litigiosa além da violência sexual contra o parceiro. Violência doméstica• Pode ser dividida em violência física — quando envolve agressão direta, contra pessoas queridas do agredido ou destruição de objetos e pertences do mesmo (patrimonial); violência psicológica — quando envolve agressão verbal, ameaças, gestos e posturas agressivas, jurídicamente produzindo danos morais; e violência socioeconômica, quando envolve o controle da vida social da vítima ou de seus recursos económicos. 5
  6. 6. 07/09/2011 Violência doméstica• Alguns consideram violência doméstica o abandono e a negligência quanto a crianças, parceiros ou idosos. Enquadradas na tipologia na categoria interpessoais, subdividindo-se quanto a natureza Física, Sexual, Psicológica ou de Privação e Abandono. 6
  7. 7. 07/09/2011 Violência doméstica• É mais frequente o uso do termo "violência doméstica" para indicar a violência contra parceiros, contra a esposa, contra o marido e filhos. A expressão substitui outras como "violência contra a mulher". Também existem as expressões "violência no relacionamento", "violência conjugal" e "violência intra- familiar". Violência doméstica• Muitos casos de violência doméstica encontram-se associados ao consumo de álcool e drogas, pois seu consumo pode tornar a pessoa mais irritável e agressiva especialmente nas crises de abstinência. Nesses casos o agressor pode apresentar inclusive um comportamento absolutamente normal e até mesmo "amável" enquanto sóbrio, o que pode dificultar a decisão da parceiro em denunciá-lo. 7
  8. 8. 07/09/2011 A violência sexual• São consideradas violência sexual situações de abuso, violação e assédio sexual. É a passagem ao ato quando o outro não o deseja; é uma agressão focalizada na sexualidade da pessoa, mas que a atinge em todo o seu ser; é crime punido pela lei. 8
  9. 9. 07/09/2011 A violência na escola• A violência que as crianças e os adolescentes exercem , é antes de tudo, a que seu meio exerce sobre eles. A criança reflete na escola as frustrações do seu cotidiano.• É neste contexto que destacamos os tipos de violência praticados dentro da escola . A violência na escola• * Violência contra o patrimônio - é a violência praticada contra a parte física da escola. É contra a própria construção que se voltam os pré-adolescentes e os adolescentes , obrigados que são a passar neste local oito ou nove horas por dia. 9
  10. 10. 07/09/2011 A violência na escola• * Violência doméstica - é a violência praticada por familiares ou pessoas ligadas diretamente ao convívio diário do adolescente. 10
  11. 11. 07/09/2011 A violência na escola• Violência simbólica - É a violência que a escola exerce sobre o aluno quando o anula da capacidade de pensar e o torna um ser capaz somente de reproduzir. A violência na escola• A violência simbólica é a mais difícil de ser percebida ... porque é exercida pela sociedade quando esta não é capaz de encaminhar seus jovens ao mercado de trabalho, quando não lhes oferece oportunidades para o desenvolvimento da criatividade e de atividades de lazer; quando as escolas impõem conteúdos destituídos de interesse e de significado para a vida dos alunos; ou quando os professores se recusam a proporcionar explicações suficientes , abandonando os estudantes à sua própria sorte , desvalorizando-os com palavras e atitudes de desmerecimento. 11
  12. 12. 07/09/2011 A violência na escola• A violência simbólica também pode ser contra o professor quando este é agredido em seu trabalho pela indiferença e desinteresse do aluno. 12
  13. 13. 07/09/2011 A violência na escola• Violência física - Brigar , bater, matar, estuprar, roubar, participar das atividades das guangues. Os fatores que levam os jovens a praticar atos violentos• A desigualdade social é um dos fatores que levam um jovem a cometer atos violentos. A situação de carência absoluta de condições básicas de sobrevivência tende a embrutecer os indivíduos, assim, a pobreza seria geradora de personalidades destrutivas. 13
  14. 14. 07/09/2011 Os fatores que levam os jovens a praticar atos violentos• A influência de grupos de referência de valores, crenças e formas de comportamento seria também uma motivação do jovem para cometer crimes.• O motivo pelo qual os jovens...aderem às gangues é a busca de respostas para suas necessidades humanas básicas, como o sentimento de pertencimento, uma maior identidade, auto-estima e proteção, e a gangue parece ser uma solução para os seus problemas a curto prazo , assim, o infrator se sente protegido por um grupo no qual tem confiança. 14
  15. 15. 07/09/2011 Os fatores que levam os jovens a praticar atos violentos• Valores como solidariedade, humildade, companheirismo, respeito, tolerância são pouco estimulados nas práticas de convivência social, quer seja na família, na escola, no trabalho ou em locais de lazer.• A inexistência dessas práticas dão lugar ao individualismo, à lei do mais forte, à necessidade de se levar vantagem em tudo, e daí a brutalidade e a intolerância. Os fatores que levam os jovens a praticar atos violentos• A influência das guangues que se aliam ao fracasso da família e da escola. A educação tolerante e permissiva não leva a ética na família.• Os pais educam seus filhos e estes crescem achando que podem tudo. É dentro das guangues ou das quadrilhas que os jovens provam sua audácia, desafiam o medo da morte e da prisão.• É uma subcultura criminosa. 15
  16. 16. 07/09/2011Fim 16

×