ViolêNcia

14.673 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
481
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ViolêNcia

  1. 2. TIPOS DE VIOLÊNCIA <ul><li>• VIOLÊNCIA NA FAMÍLIA. </li></ul><ul><li>• VIOLÊNCIA NAS FAVELAS. </li></ul><ul><li>• VIOLÊNCIA NAS FESTAS. </li></ul><ul><li>• VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO. </li></ul><ul><li>• VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS. </li></ul>
  2. 3. VIOLÊNCIA NA FAMILIA <ul><li>é a violência, praticada dentro de casa, usualmente entre parentes (marido e mulher). Inclui diversas práticas, como a violência e o abuso sexual contra as crianças, violência contra a mulher, maus-tratos contra idosos, e a violência sexual contra o parceiro. </li></ul>
  3. 4. Pode ser dividida em: <ul><li>Violência física - quando envolve agressão direta, contra pessoas queridas do agredido ou destruição de objetos e pertences do mesmo. </li></ul><ul><li>Violência psicológica - quando envolve agressão verbal, ameaças, gestos e posturas agressivas. </li></ul><ul><li>Violência sócio-econômica - quando envolve o controle da vida social da vítima ou de seus recursos econômicos. </li></ul>
  4. 5. AS PRINCIPAIS CAUSAS DA VIOLÊNCIA FAMILIAR. <ul><li>O desrespeito </li></ul><ul><li>A prepotência </li></ul><ul><li>Crises de raiva causadas por fracassos e frustrações. </li></ul><ul><li>Crises mentais (loucura conseqüente de anomalias patológicas que, em geral, são casos raros). </li></ul>
  5. 6. Outro problema atrelado à violência familiar é a bebida alcoólica, que está presente em 95% dos casos. Exceto nos casos de loucura e alcoolismo, a violência pode ser interpretada como uma tentativa de corrigir o que o diálogo não foi capaz de resolver.
  6. 10. VIOLÊNCIA NAS FAVÉLAS conflitos entre bandos armados que lutam pelo domínio do comércio das drogas na região, não passa só pela polícia e, sim, por toda sociedade.
  7. 14. VIOLÊNCIA NAS FESTAS     Em algumas festa a bastante diversão para que sabe aproveitar sem fazer bobagem.    É normal tudo mundo beber nas festas mas ter a cabeça no lugar sem fazer nada de errado.   Muitos jovem sem para arrumar complicações como brigas com pessoas que não tem nada a ver com alguns assuntos.    Algumas brigas terminam em mortes o que isso complica a vida de quem começou tudo.   Os jovens de hoje devem pensar bem no que vão fazer.
  8. 15. Devem sair para fazer festa e não para arrumar briga. A cabeça do jovens de hoje esta muito complicada de ser entender muitas vezes ate mesmo no que estão falando. O uso da drogas por exemplo é uma das coisas mais destrutivas de uma vida de um jovem.
  9. 17. Mas a realidade do saber e de acreditar é totalmente diferente dos pensamentos.    A maior idade é uma delas como conseguir entrar em uma festa a partir dos 18 anos,comprar a primeira bebida sem pedir o carteira de identidade,ou fazer a primeira conta em seu nome.     Os jovens de hoje são o futuro do amanha,mas com bastante consciência bem conservada e bem direcionada para o bem estar de cada um deles para um futuro melhor.
  10. 19. VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO Em nosso país não é diferente, estima-se a quantia de 35 mil vítimas fatais por ano, sabendo que devido ao sub-registro os valores reais certamente são superiores. Existe divergência entre os especialistas a respeito das principais causas dos acidentes de trânsito, no entanto há um certo consenso no sentido de que o uso de álcool e a velocidade excessiva são fatores mais importantes.
  11. 23. VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS <ul><li>A violência protagonizada pelos jovens nas escolas é uma realidade inegável. A sociedade terá que se organizar e insurgir-se ativamente contra este fenômeno. De igual modo, a escola terá que ajustar os seus conteúdos programáticos e acercar-se mais às crianças. Devido às exigências, as famílias muitas vezes destituem-se da sua função educativa, delegando-a à escola. No meio de toda esta confusão, estão as crianças, que, atuam conforme aquilo que observam e agem consoante os estímulos do meio. Meio esse que por vezes oferece modelos de conduta e referências positivas questionáveis. </li></ul>
  12. 27. Sávio e Rogério Turma:1002 Professora: Tataia Colégio Estadual Ary Parreiras

×