Avaliação na Educação Matemática

285 visualizações

Publicada em

Palestra sobre avaliação na Educação Matemática

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ----- Meeting Notes (21/01/14 22:07) -----
  • Avaliação na Educação Matemática

    1. 1. Módulo de Avaliação Prof. Dr. João Alberto da Silva - joaosilva@furg.br - @joaopiaget http://joaopiaget.wordpress.com
    2. 2. Antigas competências do professor  Vocação  Dominar a classe  Postura de autoridade  Saber o conteúdo  Avaliar estatisticamente  Cumprir o horário Quais as novas competências que VOCÊ considera importante?
    3. 3. O que precisa saber o novo professor? Prática reflexiva Profissionalização Trabalho em equipe Pedagogias diferenciadas Competir com mídias Centralidade sobre a aprendizagem Sensibilidade em relação ao saber Decidir na incerteza e agir na urgência
    4. 4. Por que avaliamos? Para medir Para acompanhar Para classificar Para ajudar Para modificar Para problematizar Para diagnosticar Para manter Para controlar TODA AVALIAÇÃO ESTÁ SUSTENTADA POR UMA INTENÇÃO
    5. 5. Alfabetização Matemática
    6. 6. O que é alfabetização Matemática? Refere-se ao conjunto de habilidades e competências do campo da Matemática que são fundamentais para a leitura de mundo e vida em sociedade.
    7. 7. O que são habilidades e competências? Competência é a capacidade de agir eficazmente. Difere-se, fundamentalmente, da ideia de conteúdo-informação com a qual estávamos habituados.
    8. 8. CURRÍCULO & AVALIAÇÃO
    9. 9. PARAMÊTROS CURRICULARES NACIONAIS PARAMÊTROS CURRICULARES NACIONAIS CURRÍCULOCURRÍCULO LEI DE DIRETRIZES E BASESLEI DE DIRETRIZES E BASES PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO REGIMENTOREGIMENTO PLANO DE ENSINO DO CICLOPLANO DE ENSINO DO CICLO PLANEJAMENTO ANUALPLANEJAMENTO ANUAL PLANO DE AULAPLANO DE AULA 70% PCN 30% LOCAL
    10. 10. CRECHE PRÉ-ESCOLA ED. INFANTIL ( 0 -5 anos) CICLO DE ALFABETIZAÇÃO 2º CICLO 3º E 4º CICLO 5º CICLO anos iniciais ENSINO FUNDAMENTAL ENSINO MÉDIO EDUCAÇÃO BÁSICA ESTRUTURA DO ENSINO anos finais
    11. 11. Diferentes Currículos (Sacristán)
    12. 12. Itens de avaliação externa Prof. Dr João Alberto da Silva joao.alberto@pesquisador.cnpq.br
    13. 13. O que uma questão avalia? Toda questão deve avaliar uma competência (capacidade de agir com eficiência). O item deve possuir uma operação cognitiva, um objeto de conhecimento (conteúdo) e um contexto. Contextos devem ser significativos e não apenas servirem de ilustração da situação.
    14. 14. Questão de alternativas  Texto base: apresenta os dados e informacoes que caracterizam̧ ̃ uma situacao problema quȩ ̃ devera ser resolvidá .  Enunciado: constitui-se de uma pergunta ou uma frase incompleta, que indica ao aluno qual problema deve ser resolvido, tomando por base o texto base.  Alternativas: – gabarito e a resposta corretá – distratores sao respostas incorretas, mas̃ plausiveiś , apontando uma possiveĺ operacao mental feita pelo aluno que nao desenvolveu̧ ̃ ̃ totalmente a habilidade testada, mas que tem relacao com ela.̧ ̃
    15. 15. Distratores Sao as alternativas incorretas̃ Os distratores devem ser: - Devem ser plausiveis para a habilidade testada e o anó escolar avaliado (nao e algo absurdo, improvavel!)̃ ́ ́ - Devem indicar possiveis é reais caminhos que o aluno perseguiria na sua busca pela resposta correta  Os distratores nao devem̃ ser: – atrativos – excludentes
    16. 16. Operações cognitivas Identificar: que corresponde a ação cognitiva de perceber por exemplo, uma figura e nomeá-la em função de suas propriedades, qual a operação aritmética que resolve um cálculo ou localizar um dado em uma tabela. Calcular: Realizar um procedimento aritmético ou algébrico Reconhecer: Reconhecer elementos de um item dentre outros. Compreender o que é o numerador da fração, qual é a resposta do problema em uma cálculo. Interpretar: Em função do contexto, compreender a situação envolvida a fim de mobilizar recursos dos conteúdos para resolvê-la.
    17. 17. Elementos de uma questão 1. Enunciado que apresenta o contexto Grau de dificuldade é afetado pelo contexto, pois quanto mais significativo ele se torna, mais facilita as operações cognitivas 2. Demanda do problema O modo como se estrutura a pergunta final orienta o grau de complexidade.
    18. 18. Primeira Habilidade da Matemática Compreender conceitos: identificar, reconhecer e associar conceitos e relacoes matematicaş ̃ ́ em situacoes diversas.̧ ̃ Exemplo: 5º ano do EF: D1 – Identificar a localizacao/movimentacao dȩ ̃ ̧ ̃ objeto em mapas, croquis e outras representacoes graficas.̧ ̃ ́
    19. 19. Segunda Habilidade da Matemática Realizar procedimentos: fazer calculos,́ estimativas, execucao de algoritmos ȩ ̃ manipulacoes algebricas.̧ ̃ ́ Exemplos: 5o ano do EF: D17 – Calcular o resultado de uma adicao ou̧ ̃ subtracao de numeros naturais.̧ ̃ ́
    20. 20. Terceira habilidade da Matemática Resolver problemas: selecao e uso dȩ ̃ estrategias e procedimentos matematicoś ́ adequados para resolver situacoes-problema.̧ ̃ Exemplo: D19 –Resolver problema com numeros naturais,́ envolvendo diferentes significados da adicao ou̧ ̃ subtracao: juntar, alteracao de um estado iniciaļ ̃ ̧ ̃ (positiva ou negativa), comparacao e mais dȩ ̃ uma transformacao (positiva ou negativa).̧ ̃
    21. 21. O que tem cada item? Item deve despertar a curiosidade do aluno: busca da solucao̧ ̃ Caracteristicas:́ Atrativo Criativo Representar a realidade e o cotidiano dos alunos; Adequado ao momento da avaliacao;̧ ̃ Respeitar a norma padrao da lingua portuguesa.̃ ́
    22. 22. Caraterísticas de uma questão Um item deve referir-se a apenas uma unica habilidadé Os itens devem ser independentes entre si Dificuldade: definida pelo desempenho dos alunos (ex-post) Complexidade: definida pelos processos mentais mobilizados, por hipotese, para a resolucao do problema propostó ̧ ̃ Para uma mesma habilidade, pode-se construir diferentes itens para abordar as diferentes formas de avaliar a habilidade.
    23. 23. Como funciona a nota?
    24. 24. Nota da prova ou nota da questão? Avaliacao centrada na prova:̧ ̃ Limitacao no numero de questoes por prova̧ ̃ ́ ̃ Resultado da avaliacao: numero de itens certoş ̃ ́ Dá espaço para o chute Avaliacao centrada no item:̧ ̃ O que importa nao e ã ́ quantidade de itens que os alunos acertam, mas sim quais itens os alunos acertam Os instrumentos podem mudar o conteúdo ao longo do tempo, mas não os itens Uso de analise estatisticaś ́
    25. 25. Avaliação centrada na prova Aluno Questão 1 Questão 2 Questão 3 Questão 4 Total João 1 1 0 0 5,0 Maria 0 0 1 1 5,0 Pedro 1 1 0 0 5,0 Rafael 1 0 1 0 5,0 Carla 1 0 0 1 5,0
    26. 26. Avaliação centrada no item Aluno Questão 1 Questão 2 Questão 3 Questão 4 Total João 1 1 1 0 6,0 Maria 0 0 1 1 7,0 Pedro 1 1 0 0 3,0 Rafael 1 0 1 0 4,0 Carla 1 0 0 1 5,0
    27. 27. MATRIZ DE REFERÊNCIA PROVINHA BRASIL DE ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
    28. 28. NÚMERO & OPERAÇÕES
    29. 29. GEOMETRIA
    30. 30. GRANDEZAS & MEDIDAS
    31. 31. TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO
    32. 32. O que podem fazer os gestores locais? • FORMAÇÃO CONTINUADA • DISCUSSÃO CONTÍNUA DOS CURRÍCULOS • DIVULGAÇÃO DA IDEIA DE AVALIAÇÃO EXTERNA E SUAS RELAÇOES COM OS CONTEÚDOS • SISTEMATIZAÇÃO DO USO DOS MATERIAIS E LIVROS DIDÁTICOS • PROMOÇÃO DE UMA IDEIA DE APRENDIZAGEM PARA FORMAÇÃO DE HABILIDADES E COMPETÊNCIAS
    33. 33. Módulo de Avaliação Prof. Dr. João Alberto da Silva - joaosilva@furg.br - @joaopiaget http://joaopiaget.wordpress.com

    ×