Cacau Show

18.861 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.861
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
724
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cacau Show

  1. 1. Alexandre Costa
  2. 2.  A trajetória empreendedora de Alexandre Costa começou vendo a mãe, Vilma Costa, na venda de produtos porta a porta, como produtos da Avon. Em 1984, sua mãe resolve diversificar a atuação com o consumidor produzindo bombons, porém sem êxito. Três anos depois, Costa retoma a ideia de vender chocolates no modelo porta a porta. Em 1987, aos 17 anos, o jovem já havia prosperado e distribuía ovos artesanais e trufas em padarias, lanchonetes e mercados de São Paulo.
  3. 3.  Nos anos 90, o direcionamento passou para grandes varejistas e, junto, veio um dos maiores problemas da trajetória do empreendedor: a falência de um dos seus maiores clientes, o Mappin. Após isso, Alexandre Costa precisou reinventar seu modelo de negócios e lançou a venda por catálogo. Abandonou a faculdade de Administração no terceiro ano para se dedicar aos negócios.
  4. 4.  Com o grande sucesso da venda de chocolates por catálogo, Costa resolve investir em sua marca, a Cacau Show. Em seu início, a fábrica sediada no Bairro Casa Verde, São Paulo, no prédio dos negócios da família contava com uma estrutura de 12 m². Obteve grande demanda e expandiu a fábrica, chegando ao ponto de Costa ter de comprar toda a estrutura predial da empresa de sua família e ainda alguns terrenos da vizinhança, totalizando 5 mil m².
  5. 5. 2001: Cacau show adquire a primeira máquina para fabricar o própriochocolate.- Abre a primeira loja especializada e padronizada da Cacau Show, noShopping de Suzano (SP).2002: Já são 18 pontos de venda padronizados com a marca CacauShow.2003: O número cresce para 46 lojas eno ano seguinte a empresa passa a atuar no sistema de franchising.2004: A empresa passa a atuar no Sistemas de Franquias,- Passa a atuar com 230 lojas, tornando a Cacau Show a maior rede delojas de chocolates finos do Brasil.
  6. 6.  Impossibilitado de expandir a área estrutural de sua industria, em 2006 Costa compra um terreno com 72 mil m² em Itapevi, São Paulo. Constrói inicialmente uma estrutura fabril de 17 mil m². Sem a contratação de empreiteira, Costa decide ele mesmo supervisionar a expansão da loja para 36 mil m², economizando assim mais de 4 milhões de reais. Atualmente, a fábrica possui 55 mil m² e produz mais de 14 mil toneladas de chocolate por ano.
  7. 7.  Costa percebeu a lacuna no mercado consumidor de chocolates, visto o alto preço praticado pelas grandes marcas, tais como Kopenhagen. A Cacau Show cresceu e se firmou no mercado ao explorar um nicho até então esquecido pela concorrência e em grande expansão no Brasil, as classes C e D, sendo as lojas e embalagens semelhantes às das marcas de primeira linha seu ponto forte.
  8. 8.  Costa aliou um certo ar de sofisticação a um preço mais baixo - em média um quarto do que cobra a Kopenhagen. A Cacau Show preencheu o vácuo entre a Kopenhagen e as marcas artesanais, que até são mais baratas, mas não têm apresentação atraente. Desde 2005, a Cacau Show consegue atender a maioria dos franqueados em dois dias, enquanto os concorrentes levam até duas semanas.
  9. 9.  Atualmente, há 23 anos no mercado, a Cacau Show conta com mais de 1100 loja, ultrapassando a marca americana Rocky Mountain e se torna a maior rede de lojas de chocolates finos do mundo. A Cacau Show segue trabalhando e investindo para inovar e levar aos consumidores muito mais do que um produto, mas também uma nova experiência e uma nova forma de presentear e degustar o chocolate.
  10. 10.  Em toda a sua história, a Cacau Show nunca contou com capital externo. Tudo que existe foi construído com o próprio negócio e muita dedicação, sempre com o objetivo de tornar acessível para todas as camadas sociais o consumo de um chocolate de excelente qualidade.
  11. 11.  No caso da Cacau Show, garantir o preço baixo é resultado da vigilância obsessiva de Alexandre. Para lembrar a todos da importância de cortar custos, nas reuniões anuais de orçamento Costa mantém sobre a mesa um facão com cabo de madeira e lâmina enferrujada, presente de um cortador de cacau de Ilhéus.
  12. 12.  Costa não desvia a atenção de seu negócio, sendo que ele cuida pessoalmente de cada negociação, desde a compra de máquinas até o acerto com agências de publicidade. Sua equipe de executivos é um exemplo de seu esforço para manter a empresa com uma estrutura enxuta. Abaixo dele há apenas dois diretores, um de operações e outro comercial.
  13. 13.  Em 2011, Alexandre Costa foi eleito o Empreendedor do Ano, categoria Master, pela empresa de consultoria e auditoria Ernst & Young Terco, e representa o Brasil na premiação mundial em Mônaco. Cacau Show é Top Of Mind em lojas especializadas pelo terceiro ano consecutivo, como a marca de chocolates finos mais lembrada pelas classes A, B e C, segundo pesquisa realizada pela DataFolha. A trufa da Cacau Show é considerada a melhor do Brasil, segundo pesquisa também realizada pela DataFolha.
  14. 14. Missão da Empresa:“Ser a maior e melhor rede de chocolates finos do mundo, oferecendoaos seus clientes e parceiros uma relação duradoura, com foco nocrescimento, rentabilidade e responsabilidade socioambiental.”

×