Aula 05

303 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 05

  1. 1. Universidade Estadual do Ceará Centro de Educação Curso de Pedagogia Tecnologias Digitais na EducaçãoABORDAGENS PEDAGÓGICAS ECLASSIFICAÇÃO DE RECURSOS DIGITAIS Prof. Dennys Leite Maia Fortaleza – CE Setembro/2012
  2. 2. O que fizemos ediscutimos na aula anterior?
  3. 3. De que elementos precisamos para uma aula com a Informática Educativa?
  4. 4. TEORIAS DA APRENDIZAGEM• Teorias comportamentais: – Também conhecidas por behavioristas (do inglês behavoir = comportamento/conduta); – Proposta por J. B. Watson no início do Séc. XX; – B. F. Skinner → expoente mundial por sua teoria da aprendizagem; – Sujeitos são passíveis de ser modelados → aplicação de estímulos → reforçar ou banir comportamentos; – Aprendizagem e desenvolvimento constituem o mesmo fenômeno; – Conteúdos são transmitidos pelo professor, e depois este verifica o que foi retido pelo aluno (sujeito passivo). – Características do ensino: transmissão de conhecimento, foco nos conteúdos, ênfase na repetição, eliminação do
  5. 5. TEORIAS DA APRENDIZAGEM• Teorias cognitivistas: – Nesse campo se inserem as abordagens: construtivista (Piaget); sócio interacionista (Vygostsky e Brunner); – No que diferem: • Construtivista → desenvolvimento ocorre antes da aprendizagem; • Sociointeracionista → desenvolvimento e aprendizagem são processos concomitantes. – Aprendizagem é um processo inerente ao indivíduo (no relacionamento com seus pares e o meio). – O professor é mediador para facilitar e prover as condições para que o aprendiz construa seu próprio conhecimento.
  6. 6. DÚVIDAS, QUESTÕES, INTERROGAÇÕES?
  7. 7. PRA MOVIMENTAR AS IDEIAS... The Karate Kid (2010) – Columbia Pictures.
  8. 8. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS• Abordagem instrucionista: – Base teórica comportamentalista (behaviorista) → concepção empirista; – Proposta de B. F. Skinner; – O computador é visto como máquina de ensinar (instrução programada); – Ênfase nos conteúdos; – Feedback → Eliminar o erro / Reforçar o acerto; – O sistema detêm o controle do processo.
  9. 9. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS• Abordagem instrucionista:
  10. 10. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS• Abordagem construcionista: – Base teórica cognitivista → concepção interacionista; – Proposta de Seymour Papert; – O computador é visto uma ferramenta para auxiliar a aprendizagem; – Ênfase no aluno; – Feedback → fiel, imediator, sem animosidade ou afetividade; – O controle do processo é do aluno ou este o compartilha com o sistema. – Preseça do ciclo: descrição–execução– reflexão–depuração- descrição.
  11. 11. ABORDAGENS PEDAGÓGICAS• Abordagem construcionista:
  12. 12. Então, qual é “o bom”?
  13. 13. INSTRUCIONISMO vs CONSTRUCIONISMO
  14. 14. TAXONOMIA PARA RECURSOS DIDÁTICOS DIGITAIS• Gostaria de começar pelo fim:Em resumo, embora os usos iniciais do computador na Educação enfatizassem o uso da tecnologia como uma alternativa para a prática de transferir informação ao aluno (instrucionismo), as aplicações mais recentes têm enfatizado o uso do computador como uma ferramenta educacional que requer dos estudantes muito mais envolvimento (é o caso de simulação, modelagem, programação). Novas tecnologias têm sido acopladas ao computador propriamente dito, amplificando seu poder de constituir ambientes de aprendizado. O exemplo mais importante é [...] rede mundial de computadores. Essa nova tecnologia, mais do que amplificar, tem o potencial de transformar as relações entre os vários protagonistas da cena educacional: aluno, professor, instituição, pais, etc. (BARANAUSKAS et al, 1999, p. 67)
  15. 15. TAXONOMIA PARA RECURSOS DIDÁTICOS DIGITAIS• Taxonomia ≅ Classificação• O texto sugere três categorias: – Ensino assistido por computador → Abordagem Instrucionista; – Ambientes interativos de aprendizagem → Abordagem construcionista; – Aprendizado socialmente distribuído → Possibilidades advindas com a popularização da iInternet (aprendizagem em rede / comunidades virtuais de aprendizagem / práticas colaborativas etc).
  16. 16. ENSINO ASSISTIDO POR COMPUTADOR• Principais características: – Ênfase (conteúdos ou alunos) – Controle do processo – Como funcionam• Exemplos: – Citados no texto (CAI / ICAI / TI) – Referências mais atuais. • Proposta de uma aula com esse recurso.
  17. 17. AMBIENTES INTERATIVOS DE APRENDIZAGEM• Principais características: – Ênfase (conteúdos ou alunos) – Controle do processo – Como funcionam• Exemplos: – Citados no texto: Modelagem e simulação / Ambientes de programação / Micromundos / Sistemas de autoria. – Referências mais atuais. • Proposta de uma aula com esse recurso.
  18. 18. APRENDIZADO SOCIALMENTE DISTRIBUÍDO• Principais características: – Ênfase (conteúdos ou alunos) – Controle do processo – Como funcionam• Exemplos: – Citados no texto: Redes de aprendizagem colaborativa / ambientes virtuais de aprendizagem. – Referências mais atuais. • Proposta de uma aula com esse recurso.

×