SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade do Minho




   Conhecimento e aprendizagem


                         Clara Pereira Coutinho
                        ccoutinho@ie.uminho.pt
“ Em tempos de mudança, os aprendizes herdam a
      Terra enquanto os instruídos se sentem
  magnificamente apetrechados para lidar com um
           mundo que não existe mais”.

                                       Eric Hoffer
Behaviorismo

• Nos anos 50 e 60 todo o processo de ensino aprendizagem
  foi influenciado pelo pensamento behaviorista (Pavlov,
  Thorndike, Skinner).

• A “teoria do reforço” de Brutus Skinner parte dos seguintes
  pressupostos:

   – a aprendizagem pode ser definida como uma mudança
     de comportamento
   – conhecimento implica actividade
   – a aprendizagem é o produto de conexões entre os
     estímulos de instrução e as respostas do aluno
   – pelo reforço imediato dos comportamentos desejados
     promovem-se as mudanças de comportamento e a
     aprendizagem
Transpondo para o processo ensino/aprendizagem:
• há uma “ordem natural” nos conteúdos a ensinar que importa
  sequencializar numa progressão lenta;

• a aprendizagem processa-se passo a passo, à medida que o
  sujeito vai ultrapassando cada um dos elos das sequências
  de comportamentos que conduzem ao resultados esperado,
  começando pelos mais simples até aos mais complexos;

• a cada passo o aluno é convidado a produzir uma resposta e
  é imediatamente informado da respectiva validez;

• é o reforço que permite manter os níveis de expectativa
  necessários a que o aluno progrida até atingir os padrões de
  comportamentos mais complexos
Perspectivas abertas pela psicologia
                 cognitiva
•    A atenção centra-se nos processos mentais internos
    dos sujeitos;

•    A psicologia cognitiva deu à luz ao mesmo tempo que
    surgiu o computador;

•    A analogia com o computador leva o aluno a ser visto
    como um processador activo da informação;

•    Analisar a aprendizagem equivale a focalizar a
    atenção no processo de como a informação é recebida
    (input), organizada (processing), retida (storage) e
    usada (retrieval) pelo cérebro do aprendiz .
A influência do construtivismo


•    Para os construtivistas a aprendizagem é um
    processo activo de construir, não adquirir
    conhecimento e o objectivo do processo instrutivo é
    ajudar a essa construção, não transmitir
    conhecimento.

•    O aluno é o centro do processo educativo: professor,
    conteúdos, tecnologias, ambiente apenas fazem
    sentido se criarem condições para que o aprendiz
    construa o conhecimento.
Bases do construtivismo


• O construtivismo actual tem as suas raízes:

-   no pensamento de John Dewey no início do século XX
-   na epistemologia genética de Jean Piaget
-   na epistemologia de Gaston Bachelard
-    na teoria da zona de desenvolvimento próximo de
    Vigostky
-   no construtivismo de Jerome Bruner
-    na teoria da aprendizagem significativa de David
    Ausubel
Princípios pedagógicos construtivistas

• Considerar as ideias e os conhecimentos prévios do
  aluno
• Tornar o conteúdo significativo para o aluno
• Respeitar o nível de desenvolvimento cognitivo do
  aluno
• Desencadear o conflito cognitivo e/ou a resolução de
  problemas
• Valorizar actividades que favoreçam a construção de
  conhecimentos e a disponibilidade para “aprender a
  aprender”
• Estruturar o conhecimento em torno de conceitos e
  grandes ideias.
Características de um modelo de aprendizagem construtivista (Jonassen, 1999)
Usos das tecnologias


 Máquinas de                                Hipertexto
   ensinar       Jogos     Simulações       Hipermedia


Behaviorismo                            Construtivismo
Construtivismo social de Lev Vygotsky

• Os ambientes de aprendizagem devem proporcionar o
  desenvolvimento de competências sociais
• Para Vygotsky o conhecimento é construído
  socialmente no âmbito das relações humanas
• A importância da zona do desenvolvimento proximal
• Os professores devem proporcionar aos alunos
  situações de aprendizagem que facilitem as
  interacções aluno-aluno e aluno-professor
Conectivismo



• George Siemens e Stephen Downes
• Consideram que houve uma mudança na relação dos
  individuos com o conhecimento após o aparecimento
  da Internet
• Para Siemens, behaviorismo, cognitivismo e
  construtivismo explicam o conhecimento e a
  aprendizagem antes do aparecimento da Internet
• Pressupõe que a aprendizagem ocorre na rede social e
  em que as “boas” conexões são determinantes.
• O papel do professor é ajudar o aluno a criar a sua
  rede de conexões
• Ensinam como detectar uma boa e uma má
  informação
• Guiam o aluno na busca e escolha das boas conexões
• Cada aluno cria o seu PLE e através dele comunica e
  interage com o professor, os pares e todos os outros
  utilizadores da rede
• Privilegiam-se as formas colaborativas de construção
  do conhecimento
Novas ecologias de
 Filtros                                                            Canais
 Valores
                     aprendizagem
                                                                    Linguagem
 Crenças                                                            Media
                                                                    Tecnologias



                         Vontade de aprender




                        Mudança/Transformação




Dimensões da                                                         Conceitos
                                                                     Dados
aprendizagem
                                                                     Informação
                                                 Redes               Conhecimento
Aprender sobre
                                                  Integração         Significado
Aprender a fazer
                                           Multi-dimensionalidade    Compreender
Aprender a ser
                                                                     Sabedoria digital
Aprender a
                                                                     (digital wisdom)
aprender
                   Adaptado de Siemens (2008)
“As respostas não estão nas tecnologias em si,
mas nas pessoas que decidem sobre os objectivos
com que as utilizam, a forma como as usam e,
sobretudo, a maneira como avaliam as
consequências das decisões tomadas”.

                         Donald Ely,1999

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Quelen Fogaça
 
Concepções do Conhecimento
Concepções do ConhecimentoConcepções do Conhecimento
Concepções do Conhecimento
karinaabreu
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
neliane frança
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
Glória Pimenta
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Thais1976
 
Cognitivismo
CognitivismoCognitivismo
Cognitivismo
Paulo Marquêz
 
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagemTeorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Kelly Moraes
 
As concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagemAs concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagem
UNIME
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
martamariaresende
 
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa [Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
tecnodocencia_ufc
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Librol
 
Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junho
pnaicdertsis
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
ecleiamb
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Vânia Oliveira
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
Fabiane S. Souza
 
Texto 2 teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Texto 2   teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaTexto 2   teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Texto 2 teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Fátima Noronha
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Cristiane Souza
 
Teorias aprendizagem
Teorias aprendizagemTeorias aprendizagem
Teorias aprendizagem
Universidade de Sevilha
 
Teorias da Aprendizagem
Teorias da AprendizagemTeorias da Aprendizagem
Teorias da Aprendizagem
basystem
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
Maria Cristina Bortolozo
 

Mais procurados (20)

Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Concepções do Conhecimento
Concepções do ConhecimentoConcepções do Conhecimento
Concepções do Conhecimento
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Cognitivismo
CognitivismoCognitivismo
Cognitivismo
 
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagemTeorias 1 - Concepções de aprendizagem
Teorias 1 - Concepções de aprendizagem
 
As concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagemAs concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagem
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa [Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
[Módulo 4] Tema: Teoria da Aprendizagem Significativa
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junho
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Texto 2 teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Texto 2   teorias da aprendizagem para a prática pedagógicaTexto 2   teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
Texto 2 teorias da aprendizagem para a prática pedagógica
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias aprendizagem
Teorias aprendizagemTeorias aprendizagem
Teorias aprendizagem
 
Teorias da Aprendizagem
Teorias da AprendizagemTeorias da Aprendizagem
Teorias da Aprendizagem
 
Abordagem cognitivista
Abordagem cognitivistaAbordagem cognitivista
Abordagem cognitivista
 

Destaque

Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa deReflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
Alessandra Vieira da Silva
 
A educadora Helena Antipoff
A educadora Helena AntipoffA educadora Helena Antipoff
A educadora Helena Antipoff
Wandelcy Leão Junior
 
Perceber e pensar a cidade
Perceber e pensar a cidadePerceber e pensar a cidade
Perceber e pensar a cidade
Cidades para Pessoas
 
Trabalho sistema solar
Trabalho sistema solarTrabalho sistema solar
Trabalho sistema solar
grupocapelo
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solar
Liliane Morgado
 
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e PrototipagemCPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
Nei Grando
 
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educaçãoAprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Kelly Lima
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
Marcelo Avila
 
Manual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saudeManual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saude
Viviane da Silva
 
Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1
Jorge Barbosa
 
Teoria Da Aprendizagem Ausubel
Teoria Da Aprendizagem AusubelTeoria Da Aprendizagem Ausubel
Teoria Da Aprendizagem Ausubel
Mary Carneiro
 

Destaque (11)

Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa deReflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
Reflexões sobre a teoria da aprendizagem significativa de
 
A educadora Helena Antipoff
A educadora Helena AntipoffA educadora Helena Antipoff
A educadora Helena Antipoff
 
Perceber e pensar a cidade
Perceber e pensar a cidadePerceber e pensar a cidade
Perceber e pensar a cidade
 
Trabalho sistema solar
Trabalho sistema solarTrabalho sistema solar
Trabalho sistema solar
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solar
 
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e PrototipagemCPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
 
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educaçãoAprendizagem e ensino   as teorias pedagógicas da educação
Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
 
Manual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saudeManual feridas ministerio da saude
Manual feridas ministerio da saude
 
Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1Filosofia e Conhecimento 1
Filosofia e Conhecimento 1
 
Teoria Da Aprendizagem Ausubel
Teoria Da Aprendizagem AusubelTeoria Da Aprendizagem Ausubel
Teoria Da Aprendizagem Ausubel
 

Semelhante a Conhecimento e aprendizagem

Redes sociais na educação
Redes sociais na educaçãoRedes sociais na educação
Redes sociais na educação
Maysa Brum
 
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor onlineA Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
Joadne Stenner
 
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor onlineA Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
Joadne Stenner
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Difusão Editora
 
O professor e suas tecnologias
O professor e suas tecnologiasO professor e suas tecnologias
O professor e suas tecnologias
UFPE
 
Educação a distância
Educação a distânciaEducação a distância
Educação a distância
Thiago Petra
 
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscosTecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
UFPE
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
valma fideles
 
EaD – Ensino a distância
EaD – Ensino a distância EaD – Ensino a distância
EaD – Ensino a distância
PauloSantos598718
 
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTASMídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
João de Deus Dias Neto
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
normaquilino
 
Desafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferenteDesafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferente
slucarz
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
slucarz
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
slucarz
 
Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]
Maria Flores
 
Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]
Márcio Martins
 
O professor como imigrante digital
O professor como imigrante digitalO professor como imigrante digital
O professor como imigrante digital
Ana Paula
 
Aprender com Tecnologias
Aprender com TecnologiasAprender com Tecnologias
Aprender com Tecnologias
EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
Trabalho Tecnologia Educacional
Trabalho Tecnologia EducacionalTrabalho Tecnologia Educacional
Trabalho Tecnologia Educacional
richard_romancini
 
Competências Digitais na Educação
Competências Digitais na EducaçãoCompetências Digitais na Educação
Competências Digitais na Educação
Luciano Sathler
 

Semelhante a Conhecimento e aprendizagem (20)

Redes sociais na educação
Redes sociais na educaçãoRedes sociais na educação
Redes sociais na educação
 
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor onlineA Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
 
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor onlineA Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
A Pedagogia do e-Learning: o papel do professor online
 
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
Aula Novos Rumos Da EducaçãO 20091
 
O professor e suas tecnologias
O professor e suas tecnologiasO professor e suas tecnologias
O professor e suas tecnologias
 
Educação a distância
Educação a distânciaEducação a distância
Educação a distância
 
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscosTecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
Tecnologias na escola: hábitos, oportunidades e riscos
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
 
EaD – Ensino a distância
EaD – Ensino a distância EaD – Ensino a distância
EaD – Ensino a distância
 
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTASMídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Desafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferenteDesafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferente
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
 
Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]
 
Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]Conectivismo[siemens]
Conectivismo[siemens]
 
O professor como imigrante digital
O professor como imigrante digitalO professor como imigrante digital
O professor como imigrante digital
 
Aprender com Tecnologias
Aprender com TecnologiasAprender com Tecnologias
Aprender com Tecnologias
 
Trabalho Tecnologia Educacional
Trabalho Tecnologia EducacionalTrabalho Tecnologia Educacional
Trabalho Tecnologia Educacional
 
Competências Digitais na Educação
Competências Digitais na EducaçãoCompetências Digitais na Educação
Competências Digitais na Educação
 

Mais de ricaselmavera

Quiz de estética
Quiz de estéticaQuiz de estética
Quiz de estética
ricaselmavera
 
Quiz de estética
Quiz de estéticaQuiz de estética
Quiz de estética
ricaselmavera
 
Arte
ArteArte
Texto apoio 6 pesquisar na web
Texto apoio 6 pesquisar na webTexto apoio 6 pesquisar na web
Texto apoio 6 pesquisar na web
ricaselmavera
 
Texto apoio 5 indicqualsitesedaac
Texto apoio 5 indicqualsitesedaacTexto apoio 5 indicqualsitesedaac
Texto apoio 5 indicqualsitesedaac
ricaselmavera
 
Texto apoio 4 conceitos emergentes
Texto apoio 4 conceitos emergentesTexto apoio 4 conceitos emergentes
Texto apoio 4 conceitos emergentes
ricaselmavera
 
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivasTexto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
ricaselmavera
 
Texto apoio 2 educação sociedade informação
Texto apoio 2 educação sociedade informaçãoTexto apoio 2 educação sociedade informação
Texto apoio 2 educação sociedade informação
ricaselmavera
 
Texto apoio de te em portugal
Texto apoio de te em portugalTexto apoio de te em portugal
Texto apoio de te em portugal
ricaselmavera
 
Web Quest aulaCC
Web Quest aulaCCWeb Quest aulaCC
Web Quest aulaCC
ricaselmavera
 
Web2
Web2Web2
Elearning, b- d-m-learning
Elearning, b- d-m-learningElearning, b- d-m-learning
Elearning, b- d-m-learning
ricaselmavera
 
Multimédia e hipermédia
Multimédia e hipermédiaMultimédia e hipermédia
Multimédia e hipermédia
ricaselmavera
 
A world wide web
A world wide webA world wide web
A world wide web
ricaselmavera
 
Da arpa net à internet
Da arpa net à internetDa arpa net à internet
Da arpa net à internet
ricaselmavera
 
Pesquisar na web
Pesquisar na webPesquisar na web
Pesquisar na web
ricaselmavera
 
Criar um website
Criar um websiteCriar um website
Criar um website
ricaselmavera
 
O conceito de te [modo de compatibilidade]
O conceito de te [modo de compatibilidade]O conceito de te [modo de compatibilidade]
O conceito de te [modo de compatibilidade]
ricaselmavera
 
Programa
ProgramaPrograma
Programa
ricaselmavera
 

Mais de ricaselmavera (19)

Quiz de estética
Quiz de estéticaQuiz de estética
Quiz de estética
 
Quiz de estética
Quiz de estéticaQuiz de estética
Quiz de estética
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Texto apoio 6 pesquisar na web
Texto apoio 6 pesquisar na webTexto apoio 6 pesquisar na web
Texto apoio 6 pesquisar na web
 
Texto apoio 5 indicqualsitesedaac
Texto apoio 5 indicqualsitesedaacTexto apoio 5 indicqualsitesedaac
Texto apoio 5 indicqualsitesedaac
 
Texto apoio 4 conceitos emergentes
Texto apoio 4 conceitos emergentesTexto apoio 4 conceitos emergentes
Texto apoio 4 conceitos emergentes
 
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivasTexto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
Texto apoio 3 david jonassen ferramentas-cognitivas
 
Texto apoio 2 educação sociedade informação
Texto apoio 2 educação sociedade informaçãoTexto apoio 2 educação sociedade informação
Texto apoio 2 educação sociedade informação
 
Texto apoio de te em portugal
Texto apoio de te em portugalTexto apoio de te em portugal
Texto apoio de te em portugal
 
Web Quest aulaCC
Web Quest aulaCCWeb Quest aulaCC
Web Quest aulaCC
 
Web2
Web2Web2
Web2
 
Elearning, b- d-m-learning
Elearning, b- d-m-learningElearning, b- d-m-learning
Elearning, b- d-m-learning
 
Multimédia e hipermédia
Multimédia e hipermédiaMultimédia e hipermédia
Multimédia e hipermédia
 
A world wide web
A world wide webA world wide web
A world wide web
 
Da arpa net à internet
Da arpa net à internetDa arpa net à internet
Da arpa net à internet
 
Pesquisar na web
Pesquisar na webPesquisar na web
Pesquisar na web
 
Criar um website
Criar um websiteCriar um website
Criar um website
 
O conceito de te [modo de compatibilidade]
O conceito de te [modo de compatibilidade]O conceito de te [modo de compatibilidade]
O conceito de te [modo de compatibilidade]
 
Programa
ProgramaPrograma
Programa
 

Último

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Conhecimento e aprendizagem

  • 1. Universidade do Minho Conhecimento e aprendizagem Clara Pereira Coutinho ccoutinho@ie.uminho.pt
  • 2. “ Em tempos de mudança, os aprendizes herdam a Terra enquanto os instruídos se sentem magnificamente apetrechados para lidar com um mundo que não existe mais”. Eric Hoffer
  • 3. Behaviorismo • Nos anos 50 e 60 todo o processo de ensino aprendizagem foi influenciado pelo pensamento behaviorista (Pavlov, Thorndike, Skinner). • A “teoria do reforço” de Brutus Skinner parte dos seguintes pressupostos: – a aprendizagem pode ser definida como uma mudança de comportamento – conhecimento implica actividade – a aprendizagem é o produto de conexões entre os estímulos de instrução e as respostas do aluno – pelo reforço imediato dos comportamentos desejados promovem-se as mudanças de comportamento e a aprendizagem
  • 4. Transpondo para o processo ensino/aprendizagem: • há uma “ordem natural” nos conteúdos a ensinar que importa sequencializar numa progressão lenta; • a aprendizagem processa-se passo a passo, à medida que o sujeito vai ultrapassando cada um dos elos das sequências de comportamentos que conduzem ao resultados esperado, começando pelos mais simples até aos mais complexos; • a cada passo o aluno é convidado a produzir uma resposta e é imediatamente informado da respectiva validez; • é o reforço que permite manter os níveis de expectativa necessários a que o aluno progrida até atingir os padrões de comportamentos mais complexos
  • 5. Perspectivas abertas pela psicologia cognitiva • A atenção centra-se nos processos mentais internos dos sujeitos; • A psicologia cognitiva deu à luz ao mesmo tempo que surgiu o computador; • A analogia com o computador leva o aluno a ser visto como um processador activo da informação; • Analisar a aprendizagem equivale a focalizar a atenção no processo de como a informação é recebida (input), organizada (processing), retida (storage) e usada (retrieval) pelo cérebro do aprendiz .
  • 6. A influência do construtivismo • Para os construtivistas a aprendizagem é um processo activo de construir, não adquirir conhecimento e o objectivo do processo instrutivo é ajudar a essa construção, não transmitir conhecimento. • O aluno é o centro do processo educativo: professor, conteúdos, tecnologias, ambiente apenas fazem sentido se criarem condições para que o aprendiz construa o conhecimento.
  • 7. Bases do construtivismo • O construtivismo actual tem as suas raízes: - no pensamento de John Dewey no início do século XX - na epistemologia genética de Jean Piaget - na epistemologia de Gaston Bachelard - na teoria da zona de desenvolvimento próximo de Vigostky - no construtivismo de Jerome Bruner - na teoria da aprendizagem significativa de David Ausubel
  • 8. Princípios pedagógicos construtivistas • Considerar as ideias e os conhecimentos prévios do aluno • Tornar o conteúdo significativo para o aluno • Respeitar o nível de desenvolvimento cognitivo do aluno • Desencadear o conflito cognitivo e/ou a resolução de problemas • Valorizar actividades que favoreçam a construção de conhecimentos e a disponibilidade para “aprender a aprender” • Estruturar o conhecimento em torno de conceitos e grandes ideias.
  • 9. Características de um modelo de aprendizagem construtivista (Jonassen, 1999)
  • 10. Usos das tecnologias Máquinas de Hipertexto ensinar Jogos Simulações Hipermedia Behaviorismo Construtivismo
  • 11. Construtivismo social de Lev Vygotsky • Os ambientes de aprendizagem devem proporcionar o desenvolvimento de competências sociais • Para Vygotsky o conhecimento é construído socialmente no âmbito das relações humanas • A importância da zona do desenvolvimento proximal • Os professores devem proporcionar aos alunos situações de aprendizagem que facilitem as interacções aluno-aluno e aluno-professor
  • 12. Conectivismo • George Siemens e Stephen Downes • Consideram que houve uma mudança na relação dos individuos com o conhecimento após o aparecimento da Internet • Para Siemens, behaviorismo, cognitivismo e construtivismo explicam o conhecimento e a aprendizagem antes do aparecimento da Internet • Pressupõe que a aprendizagem ocorre na rede social e em que as “boas” conexões são determinantes.
  • 13. • O papel do professor é ajudar o aluno a criar a sua rede de conexões • Ensinam como detectar uma boa e uma má informação • Guiam o aluno na busca e escolha das boas conexões • Cada aluno cria o seu PLE e através dele comunica e interage com o professor, os pares e todos os outros utilizadores da rede • Privilegiam-se as formas colaborativas de construção do conhecimento
  • 14. Novas ecologias de Filtros Canais Valores aprendizagem Linguagem Crenças Media Tecnologias Vontade de aprender Mudança/Transformação Dimensões da Conceitos Dados aprendizagem Informação Redes Conhecimento Aprender sobre Integração Significado Aprender a fazer Multi-dimensionalidade Compreender Aprender a ser Sabedoria digital Aprender a (digital wisdom) aprender Adaptado de Siemens (2008)
  • 15. “As respostas não estão nas tecnologias em si, mas nas pessoas que decidem sobre os objectivos com que as utilizam, a forma como as usam e, sobretudo, a maneira como avaliam as consequências das decisões tomadas”. Donald Ely,1999