ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE 
PESQUISA 
CAMPO GRANDE-MS 
2008
DIRETORA GERAL 
Profa. Msc. Juliana Maria Silva de Rezende Valle 
DIRETORA ACADÊMICA 
Profa. Msc. Dagmar Tavares Viana de ...
INTRODUÇÃO 
O documento Orientação para elaboração e apresentação de projeto de 
pesquisa tem por objetivo desenvolver a i...
1 ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA E SUA APRESENTAÇÃO: 
1.1 Elementos pré-textuais 
· Capa 
· Folha de rosto 
· Sumário 
·...
1.1 Elementos pré-textuais 
1.1.1 Capa 
A capa é elemento obrigatório para a apresentação do projeto de pesquisa. 
Ela dev...
de rosto, embora considerada a primeira folha do trabalho, não recebe 
numeração, bem como os demais elementos pré-textuai...
Escolher o tema sobre o qual versará a pesquisa, segundo os critérios de 
motivação, interesse, atualidade e novidade. Qua...
1.2.6 Revisão de literatura 
Esta etapa é muito importante para a pesquisa. Possibilita a revisão 
bibliográfica ou revisã...
b) Delimitação do universo da pesquisa 
De modo geral as pesquisas são realizadas por amostras, porque nem sempre 
é possí...
de seleção (sistemático randômico), o número de elementos que deverão 
compor a amostra de modo que na escolha final, cada...
Entrevista - é uma técnica que permite o relacionamento entre entrevistado e 
entrevistador. Pode ser classificada em estr...
A análise evidenciará as relações existentes entre os dados coletados e o 
fenômeno estudado. 
1.2.8 Cronograma: previsão ...
Normas Técnicas – ABNT/NBR – 6023/2002. Não devem ser referenciadas fontes 
bibliográficas não citadas no texto. 
1.3.2 Gl...
Profª Déa Terezinha Rímoli de Almeida 
1 O quê fazer 
- Escolha do Tema 
- Formulação do Problema 
- Tese ou Hipótese 
2 P...
ANTEPROJETO DE PESQU 
Ante-Projeto de Pesquisa 
1. Título da pesquisa:___________________________________________ 
2. Auto...
7. Objetivos (Geral e 
Específicos)____________________________________________________ 
_________________________________...
REFERÊNCIAS 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMA TÉCNICAS. NBR 14724/2006: 
informação e documentação. Trabalhos acadêmicos. Ap...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Manual projeto de pesquisa(3)

361 visualizações

Publicada em

Como elaborar uma monografia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
361
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual projeto de pesquisa(3)

  1. 1. ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA CAMPO GRANDE-MS 2008
  2. 2. DIRETORA GERAL Profa. Msc. Juliana Maria Silva de Rezende Valle DIRETORA ACADÊMICA Profa. Msc. Dagmar Tavares Viana de Queiroz GERENTE FINANCEIRO/ADMINISTRATIVO Profa. Esp.Silvana Teves Alves
  3. 3. INTRODUÇÃO O documento Orientação para elaboração e apresentação de projeto de pesquisa tem por objetivo desenvolver a iniciação científica como instrumento de apoio teórico e metodológico à elaboração e apresentação de um projeto de pesquisa. Existem vários conceitos e definições sobre pesquisa. Para Oliveira (1997) a pesquisa tem por objetivo apresentar várias idéias e concepções sobre determinado assunto a fim de buscar respostas às indagações existentes em todas as áreas de conhecimento. Rudio (2002) afirma que a pesquisa, no sentido mais amplo, é um conjunto de atividades orientadas para a busca de um determinado conhecimento. Gil (1987) define a pesquisa como o procedimento racional e sistemático que tem por objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. Para se planejar uma pesquisa elabora-se um projeto de pesquisa que consiste em um documento que apresenta, de forma sistemática, as ações a serem desenvolvidas ao longo do processo de pesquisa. Este documento apresenta, de modo geral, as etapas para se estruturar um projeto de pesquisa e, esperamos que possa auxiliar os alunos nas atividades iniciais de pesquisa. Organização Profª Déa Terezinha Rímoli de Almeida
  4. 4. 1 ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA E SUA APRESENTAÇÃO: 1.1 Elementos pré-textuais · Capa · Folha de rosto · Sumário · Identificação do projeto 1.2 Elementos textuais · Tema e título do projeto · Problema · Formulação de hipóteses · Justificativa · Formulação de objetivos · Revisão de literatura · Metodologia da pesquisa · Cronograma · Orçamento 1.3 Elementos pós-textuais · Referências · Glossário, Apêndices, Anexos (opcionais) · Capa de fundo
  5. 5. 1.1 Elementos pré-textuais 1.1.1 Capa A capa é elemento obrigatório para a apresentação do projeto de pesquisa. Ela deve conter informações indispensáveis à sua identificação. Deve conter: · logo da instituição · o nome do acadêmico, Caixa Alta (C.A), 3cm abaixo da borda superior da página; · o título do projeto, no centro da página em Caixa Alta (C.A) e negritado; · o nome da instituição, curso, local e data, a 2 cm da borda inferior da página. 1.1.2 Folha de rosto A Folha de Rosto deve conter informações indispensáveis à identificação do projeto de pesquisa. Contém todos os dados da capa e, acrescenta-se abaixo e à direita do título, a natureza (tipo de trabalho acadêmico) e objetivo acadêmico (apresentação do projeto de pesquisa, aprovação em disciplina, etc.); nome da instituição a que é submetido; nome do orientador e, se houver, do co - orientador; local (cidade) da instituição, ano de depósito (de entrega). Formato de apresentação da Folha de rosto A natureza do trabalho, o objetivo, o nome da instituição devem ser digitados em espaço simples, justificados e alinhados para a margem direita. Os demais elementos devem ser digitados em espaço 1,5 e centralizados na folha. Esta folha
  6. 6. de rosto, embora considerada a primeira folha do trabalho, não recebe numeração, bem como os demais elementos pré-textuais. 1.1.3 Sumário (em projetos extensos é recomendável sumariar o conteúdo para facilitar o manuseio; contudo se o projeto for exíguo em termos de folhas, tal como, duas ou três, o sumário será dispensável) No sumário, capa, folha de rosto, sumário, referências, não recebem numeração como itens, mas apenas, a localização por meio do número de páginas que deve aparecer no alto da página, à direita. 1.2.4 Identificação do Projeto 1 DA IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1 Curso:__________________________________________________ 1.2 Coordenador (a): ______________________________________ 1.3 Indicação do Título da pesquisa: __________________________ 1.4 Identificação do (a) autor (a) ________________________________ 1.5 E-mail do autor (a) da pesquisa: _____________Telefone: ________ Identificação do Professor 1.6 Orientador e do Co-orientador (se houver) ________________________ 1.7 E-mail do Professor-orientador: ________Telefone para contato: ______ 1.8 Especificação da área de atuação: _____________________________ 1.9 Indicação da linha de pesquisa em que se insere a proposta de investigação (pesquisa): _______________________________ 1.10 Indicação da duração da pesquisa (início e término): ________________ 1.11 Indicação da instituição de fomento à pesquisa (se caso o autor do projeto/pesquisador conseguiu captar recursos de apoio material, bolsa e/ou financiamento da pesquisa): ______________________________ 1.12 Especificação das instituições conveniadas (se houver). 1.13 Custo total: R$ _________ 1.2 Elementos textuais 1.2.1: Seleção do tema: Objeto de estudo ou problema (O que fazer). Escolher o tema sobre o qual versará a pesquisa, segundo os critérios de 1.2 Elementos textuais 1.2.1 Tema e título do projeto Seleção do Tema - Objeto de estudo ou problema (O QUE FAZER).
  7. 7. Escolher o tema sobre o qual versará a pesquisa, segundo os critérios de motivação, interesse, atualidade e novidade. Quando o tema é amplo faz-se necessário delimitá-lo. Delimitar significa selecionar aspectos de um tema e tomar a decisão por um deles, definindo extensão, profundidade e abrangências. 1.2.2 Elaboração do problema (uma questão referente ao tema definido). 1.2.3 Justificativa (Por quê fazer?) Justificar o tema é mostrar os motivos mais relevantes que deram origem à decisão de escolhê-lo: por quê você quer estudar/pesquisar este tema? Qual a contribuição que ele trará para a sua vida pessoal e/ou profissional: importância, significado, relevância social, científica, cultural, política, jurídica, entre outras. 1.2.4 Formulação da Hipótese Hipótese é uma solução provisória para o problema formulado e é de natureza criativa. Com o desenrolar da pesquisa ela poderá ser validada ou refutada (abandonada). Elabora-se tanto na forma afirmativa quanto na negativa, baseando-se no conhecimento sobre o assunto, na literatura. A função da hipótese é orientar a busca da verdade, todo o processo de investigação: quais dados serão necessários, como serão coletados, etc. A característica mais importante na formulação da hipótese é a de poder ser testada. 1.2.5 Formulação de Objetivos (O que e para quê fazer) O que você quer alcançar com este projeto de pesquisa e para quê? Nesta etapa devem estar claros os objetivos a serem alcançados com o projeto. O que você pretende alcançar com este projeto de pesquisa e para que e/ou por quê.
  8. 8. 1.2.6 Revisão de literatura Esta etapa é muito importante para a pesquisa. Possibilita a revisão bibliográfica ou revisão de literatura do tema escolhido. Nesta etapa de obtenção de informações sobre o tema escolhido, identificam-se as fontes (livros, textos, revistas, jornais), realiza-se a leitura e documentação (anotações, fichamentos). 1.2.7 Metodologia da pesquisa Apresentar os procedimentos metodológicos para realização do projeto que incluem: tipos de pesquisa; delimitação do universo da pesquisa: população investigada, amostra; instrumentos de coleta de dados; análise e discussão dos dados e aspectos éticos. a) Tipos de pesquisa Há vários tipos de pesquisas e se definem a partir de seus objetivos. Assim temos: Pesquisa bibliográfica que tem por finalidade conhecer diferentes formas de contribuição científica que se realizaram sobre determinado assunto ou fenômeno. Pesquisa documental é semelhante à pesquisa bibliográfica, diferenciando – se, porém, pela natureza das fontes. A primeira utiliza as contribuições dos vários autores sobre determinado assunto e a segunda se vale de materiais que ainda não receberam um tratamento analítico. Pesquisa de campo consiste na observação dos fatos tal como ocorrem espontaneamente na coleta de dados para posteriores análises e interpretações. Pesquisa descritiva cujo objetivo principal é a descrição das características de determinada população ou fenômeno. Pesquisa de opinião que objetiva saber o ponto de vista ou preferência que as pessoas possam ter sobre determinado assunto, marcas de produtos ou ainda o seu comportamento em relação a determinadas situações. Estudo de caso objetiva promover uma análise, de forma profunda, do objeto de estudo, levando em consideração os fatores que influenciam direta ou indiretamente sua natureza e desenvolvimento.
  9. 9. b) Delimitação do universo da pesquisa De modo geral as pesquisas são realizadas por amostras, porque nem sempre é possível coletar dados do universo que se deseja estudar. O Universo da pesquisa significa o conjunto, a totalidade de elementos que possuem determinadas características, definidas para um estudo. Cada unidade ou membro do universo denomina-se elemento. Um conjunto de elementos representativos deste universo ou população compõe a amostra. A Amostra é, portanto, uma porção representativa da totalidade dos elementos atingidos pela pesquisa. É fundamental que ela seja verdadeiramente representativa. O Universo é o conjunto global de elementos. Exemplo: Estudantes de 3º grau. A População é o conjunto de objetos ou indivíduos que tenham alguma característica comum observável. Exemplo: Estudante de 3º grau de Mato Grosso do Sul. O Elemento é a unidade sobre a qual o pesquisador coleta as informações. Os elementos variam de acordo com cada tipo de pesquisa. Os elementos podem ser pessoas, instituições, entidade, etc. Exemplo: Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande. Tipos de Amostra Existem muitas técnicas de amostra, entre as mais usadas estão: a) Amostra Randômica ou Aleatória Nesse tipo de amostra, cada elemento da população tem a mesma chance de ser incluído na amostra. O processo de amostragem randômica ou aleatória pode ser realizado através de tabela de números randômicos ou tiras de papel. b) Amostra estratificada É a amostra em que a população, a fim de ser representativa é dividida em estratos (camadas sociais) e dos quais é retirado, através de um outro processo
  10. 10. de seleção (sistemático randômico), o número de elementos que deverão compor a amostra de modo que na escolha final, cada subpopulação tenha a mesma possibilidade de representação. c) Coleta de Dados Em pesquisa de campo utiliza-se técnicas específicas como: questionário, entrevistas, observação direta, formulários, estudo de caso, história de vida, entre outras. É indispensável testar o instrumento de investigação (questionário, por exemplo) antes de aplicá-lo, para testar sua validade, relevância e adequação do que se pergunta, o vocabulário empregado, número das questões. Em pesquisa de campo, utilizam-se técnicas específicas como: questionário, entrevistas, observação direta, formulários, estudo de caso, história de vida, entre outras. É indispensável testar o instrumento de investigação (questionário, por exemplo) antes de aplicá-lo, para testar sua validade, relevância e adequação do que se pergunta, o vocabulário empregado, número das questões. Questionário - é um conjunto de perguntas que o informante responde, sem necessidade da presença do pesquisador. O questionário pode ser elaborado com perguntas fechadas e abertas. Perguntas Fechadas - são as que indicam três ou quatros opções de resposta ou se limitam à resposta afirmativa ou negativa, e já trazem espaços destinados à marcação da escolha. Exemplos: Você já leu algum livro de Administração? ( ) Sim ( ) Não O jogo do bicho deve ser legalizado? ( ) Sim ( ) Não ( ) Não Sei Você assiste a filmes na televisão? ( ) Sempre ( ) Nunca ( ) Às vezes ( ) Raramente Quais?________________________________________
  11. 11. Entrevista - é uma técnica que permite o relacionamento entre entrevistado e entrevistador. Pode ser classificada em estruturada e não-estruturada. a) Estruturada - é quando se estabelece um roteiro preestabelecido para se fazer as perguntas b) Não-Estruturada - através da conversação ou de perguntas “informais” busca-se conseguir dados relevantes da pesquisa. O entrevistador sugere o tema e deixa o entrevistado falar a vontade. Algumas sugestões para a entrevista: contato inicial com o entrevistado, motivá-lo, explicar o objetivo, prometer sigilo das respostas, pedir autorização para usar o gravador; é importante não fazer registros durante a entrevista, e somente após o término transcrever e analisar as informações recebidas. c) Análise e interpretação dos dados A análise e interpretação dos dados são dois processos distintos, mas inter-relacionados. O processo de análise dos dados envolve os procedimentos de codificação das respostas, tabulação dos dados e cálculos estatísticos. Codificação - consiste em classificar os dados, agrupando-os em categorias; em seguida atribui-se um código, número ou letra a cada categoria. Categoria - Sexo: masculino (1) ou (A) feminino (2) ou (B) Tabulação - consiste em dispor os dados em tabelas, para maior facilidade de representação e verificação das relações entre eles. A tabulação pode ser manual (traços, riscos, quadrados) e eletrônica. A construção de tabelas inclui-se no tratamento estatístico dos dados obtidos. Após a tabulação dos dados passa-se à sua análise e interpretação. É o momento de se verificar a relevância e significado destes dados em função dos objetivos da pesquisa.
  12. 12. A análise evidenciará as relações existentes entre os dados coletados e o fenômeno estudado. 1.2.8 Cronograma: previsão das atividades e, respectivamente, período (dia ou mês) de execução: Atividades jan.(*) fev. mar. Abr. maio jun. jul. ago. set. out. nov. dez. (*) Abreviaturas usadas segundo a ABNT – NBR-6023/2002. 1.2.9 Orçamento O orçamento é um item ocasionalmente necessário ao projeto de pesquisa. A previsão orçamentária é necessária quando o projeto irá solicitar recursos junto a algum órgão financiador da pesquisa, ou para justificar recebimento de bolsa de pesquisa. Indicar todos os gastos com a pesquisa: aquisição de livros, papel, impressão, viagens, entre outros. É conveniente apresentar em tabelas com as especificações das receitas e despesas. 1.3 Elementos pós-textuais 1.3.1 Referências: relação das obras utilizadas para a fundamentação da pesquisa. Para referências deve ser usada a Norma da Associação Brasileira de
  13. 13. Normas Técnicas – ABNT/NBR – 6023/2002. Não devem ser referenciadas fontes bibliográficas não citadas no texto. 1.3.2 Glossário De uso opcional, o glossário apresenta palavras ou expressões referentes à especialidade técnica, de pouco uso ou de uso regional ou de sentido obscuro com o objetivo de esclarecer o leitor sobre o significado dos termos empregados no projeto. E apresentado em ordem alfabética, após as referências. (ABNT-NBR- 14724/janeiro de 2006). 1.3.3 Anexos Os anexos, quando utilizados, tratam-se de documentos de apoio ou complementares ao texto para reforço das argumentações utilizadas e, incluí-los, somente quando for de fundamental importância para o trabalho. PROJETO DE PESQUISA DE CAMPO
  14. 14. Profª Déa Terezinha Rímoli de Almeida 1 O quê fazer - Escolha do Tema - Formulação do Problema - Tese ou Hipótese 2 Por quê fazer (Por quê você quer estudar/pesquisar este tema? Qual a contribuição que ele trará para a sua profissão - importância, significado, relevância, social e científica). 3 Para que fazer Objetivos (o que você pretende alcançar com este projeto). 4 Como fazer - Revisão Bibliográfica ou Quadro Teórico ou Referencial Teórico. - Levantamento Bibliográfico. - Leitura e documentação: plano provisório, fichário de apontamentos. - Exemplificar qual(s) autor(es) que falam sobre o seu tema. - Qual o posicionamento teórico sobre o objeto de estudo. 5 Quando fazer - Cronograma (atividade nos meses, ano, período de execução, desenvolvimento do início ao final do projeto). 6 Onde fazer - Descrição do universo, determinação da amostra (onde você vai pesquisar? Quem serão os envolvidos? Como você vai escolher os entrevistados? - Descrição do Instrumento de Pesquisa. (qual é o seu tipo de instrumento de pesquisa a ser utilizado para você coletar os dados? Entrevista? Questionário? Anexar modelo ao projeto de pesquisa). 5 Com que fazer 6 - Previsão orçamentária (Recursos humanos, materiais e financeiros necessários à execução do projeto). 8 Feito por quem - Pesquisadores... - Instituição
  15. 15. ANTEPROJETO DE PESQU Ante-Projeto de Pesquisa 1. Título da pesquisa:___________________________________________ 2. Autor do Projeto: _____________________________________________ 2.1 Email____________ fone_____________ Cidade ________Estado 3. Orientador do projeto: _________________________________________ 4. Delimitação do tema/problema __________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ 5. Hipótese_____________________________________________________ _______________________________________________________________ _______________________________________________________________ 6. Justificativa__________________________________________________ _______________________________________________________________
  16. 16. 7. Objetivos (Geral e Específicos)____________________________________________________ _______________________________________________________________ 7. Metodologia__________________________________________________ 8. Referência____________________________________________________ ____________________________________________ (Nome por extenso) _____________________________________________ (Assinatura-Data)
  17. 17. REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMA TÉCNICAS. NBR 14724/2006: informação e documentação. Trabalhos acadêmicos. Apresentação. Rio de Janeiro, 2005. ______. NBR 6023: Informação e documentação – Referências- Elaboração. NBR 6023. Rio de Janeiro, jan. 2006. 24 p. 2002. _____ . Numeração progressiva das seções de um documento. NBR 6024. Rio de Janeiro, maio. 2003. 3 p. _____ . Sumário. NBR 6027. Rio de Janeiro, maio. 2003. 2 p. _____ . Apresentação de citações em documentos. NBR 10. 520. Rio de Janeiro, ago. 2002. 6 p.

×