Coração e rins simbologia bíblica

12.059 visualizações

Publicada em

3 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Bem interessante, corroborou com a seguinte descrição " No meu coração (Hb. Belibbiy). Vem de Lev (לב). “autoridde interior” ou “aquilo que conduz a casa”. Deus deve ser colocado como o centro de nossa vontade, aquilo que governa e conduz noss vida e nossos atos." em http://desvendandooriginal.blogspot.com.br/2012_05_01_archive.html
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Muito boa explicação. Na https://www.bibliaonline.com.br/nvi/jr/17 referente a Jeremias 17:10 a palavra rim é substituída por mente.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • muito bom
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.059
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
79
Comentários
3
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Coração e rins simbologia bíblica

  1. 1. CORAÇÃO E RINS – O QUE SIMBOLIZAM NAS ESCRITURAS?
  2. 2. O coração é o órgão que bombeia o sangue de forma que circule no corpo. Os rins são dois órgãos existentes na parte de trás do abdômen que limpam o sangue das impurezas do corpo, funcionando como filtros. Segundo o hebraico, o coração é a sede do pensamento e representa o homem todo, enquanto que os rins são a sede dos instintos mais profundos de cada ser humano. Nas Escrituras Sagradas, o coração e os rins são regularmente associados entre si. Isto revela o fato de que, no organismo humano, esses órgãos têm relação entre si.
  3. 3. A Bíblia associa certas experiências emocionais e psicológicas com órgãos do corpo. Isso não difere totalmente do modo como expressamos a nossa linguagem emocional. O coração é o centro das emoções. Dizemos ao nosso cônjuge: “Eu te amo de todo coração.” Obviamente, a referência não é ao órgão dentro de nosso peito. Estamos dizendo que nosso amor vem do mais profundo de nosso ser, e é um sentimento verdadeiro. Já o termo “mente”, na Bíblia em português, é a tradução da palavra grega cujo significado literal é “rins”. O salmista escreveu: “Tu criaste o íntimo do meu ser [kelayôth, „rins‟]” (139.13, NVI), significando “meu corpo”. “Pois possuíste os meus rins” (ARC)
  4. 4. Uma vez que os rins eram localizados na parte mais interna do corpo humano, era fácil usá-los metaforicamente para designar o aspecto íntimo da personalidade humana. Biblicamente, as emoções não podem ser separadas do corpo físico. O pai diz ao filho: “E exultarão os meus rins, quando os teus lábios falarem coisas retas” (Provérbios 23:16). Nesse caso, o termo “rins” está sendo usado simbolicamente, indicando que essa alegria é profunda e toma conta de todo o indivíduo.
  5. 5. “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações” (Jeremias 17:9,10) “...E todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações” (Apocalipse 2.23) “...Só tu (Senhor) conheces o coração de todos os filhos dos homens” (I Reis 8.39)
  6. 6. Sim, é isso aí que vocês leram. Jesus vai sondar os rins e o coração de vocês para saber se vocês foram fiéis. Na Bíblia a mente humana não fica no cérebro, fica nos rins e no coração. É por isso que Jesus vai sondar esses órgãos. Tanto que em versões mais modernas da Bíblia esses órgãos foram mudados para "mentes e corações“. Deus faz tal exame, não como um médico, mas em sentido espiritual. Ele não olha para a sua condição puramente física, mas para a condição moral e espiritual relacionada com estes órgãos do corpo. Este é o sentido do Salmo 7:9, onde lemos: “...Pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins” Visto que a nossa vida física depende em grande parte da condição de nossos rins, assim a nossa vida eterna, depende do que Deus, como juiz, decide que somos, conforme revelado pelo coração e pelos rins. RINS
  7. 7. Emoções 
negativas também eram associadas com os rins. Quando 
o salmista escreveu: “Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins” (Salmo 73.21), ele estava dizendo literalmente: “meus rins estavam perfurados”, significando que ele estava com distúrbio emocional e em profunda angústia. A imagem é de uma pessoa que foi traspassada por uma flecha nos rins e está com muita dor, temendo a morte, agonizando emocionalmente. De fato, Jó descreve sua angústia emocional usando a imagem de arqueiros que lhe atiravam flechas, perfurando seus rins (Jó 16.12, 13; cf. Lamentações 3.13). Seu íntimo estava emocionalmente arruinado.
  8. 8. Segundo Jeremias, o povo de Israel falava constantemente sobre Deus com seus lábios, mas Ele estava “longe dos seus rins” (Jeremias12.2), como dizendo que a mensagem de Deus não havia transformado o interior daquelas pessoas. Aqui os rins estão associados com o caráter. Em casos como esse, eles se tornam sinônimos do termo bíblico “coração”, que representa, entre outras coisas, o racional, as qualidades morais de uma pessoa. Referem-se, simbolicamente, à autoconsciência humana ou o íntimo profundo. Poderia, então, designar a consciência. O salmista poderia ter isso em mente quando escreveu: “Louvarei ao Senhor que me aconselhou; até os meus rins me ensinam de noite” (Salmo16:7).
  9. 9. Uma vez que os rins estão associados com o desenvolvimento do caráter, é fácil concluir que Deus o examina. A frase: “Deus sonda rins e corações” é usada várias vezes no Antigo Testamento. Significa que Deus vê o íntimo do ser humano (Jeremias 11.20; 17:10). O salmista não tem nada a esconder; por isso, ele diz ao Senhor: “Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração” (Salmo 26.2). A combinação dos rins e coração indica que Deus examina a totalidade de uma pessoa. O uso dos órgãos do corpo humano em relação às emoções humanas revela que os escritores bíblicos tinham uma compreensão de totalidade da natureza humana. O corpo físico não era (e não é) separado do lado espiritual e emocional das pessoas. Então, diga: “EU TE AMO, SENHOR, DO FUNDO DOS MEUS RINS”.

×