1ª aula história da fisioterapia-1

7.611 visualizações

Publicada em

0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.611
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
247
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1ª aula história da fisioterapia-1

  1. 1. A HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA (CORRELAÇÃO COM PRÍNCIPIOS ÉTICOS)
  2. 2. O QUE É FISIOTERAPIA?
  3. 3. CONCEITO “É uma CIÊNCIA, um PROCESSO TERAPÊUTICO e uma PROFISSÃO”. (Castro, 1982)
  4. 4. CONCEITO •Ciência aplicada ao objeto principal de estudo: MOVIMENTO HUMANO •Processo terapêutico com recursos físicos e naturais promove, aperfeiçoa e adapta as condições físicas, psíquicas e sociais. •Profissão com atividades especializadas e vários níveis de atuação: ATENÇÃO À SAÚDE, ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS, PESQUISA E EDUCAÇÃO.
  5. 5. CONCEITO Ciência aplicada, cujo objetivo principal de estudo é o movimento humano em toda as suas formas de expressão e potencialidades, quer nas alterações patológicas, cinético-funcionais, quer nas suas repercussões psíquicas e orgânicas, objetivando preservar, desenvolver, restaurar a integridade de órgãos e sistemas.
  6. 6. FISIOTERAPEUTA?
  7. 7. CONCEITO É o profissional habilitado técnica- cientificamente para desenvolver as habilidades inerentes à Fisioterapia, tendo o dever de zelar pela saúde das pessoas a ele confiadas, buscando prevenir, curar ou reabilitar, sempre que possível, os problemas de saúde que possam acometê- las.
  8. 8. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA •Homem primitivo (traumas e massagens) •Aplicação dos recursos naturais (sol e água) •O uso dos recursos naturais com intuito terapêutico = processo terapêutico
  9. 9. • Preocupação com as “diferenças incômodas” (doenças já estabelecidas; mal; deformidade) HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA ANTIGUIDADE (4000 a.C a 395 d.C)
  10. 10. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO •Tratamento das “diferenças incômodas”: - Utilização dos agentes físicos (peixe elétrico para dor) - Criação da ginástica curativa (diversas formas de movimento) ANTIGUIDADE (4000 a.C a 395 d.C)
  11. 11. •Ginástica Curativa - 2698 a. C. imperador chinês Hoong-Ti criou exercícios respiratórios e para evitar obstrução de órgãos. - 130 a 199 d.C. Cláudio Galeno criou ginástica planificada para tronco e pulmões para corrigir tórax deformado. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO ANTIGUIDADE (4000 a.C a 395 d.C)
  12. 12. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO ANTIGUIDADE (4000 a.C a 395 d.C) Preocupação com a cura e não com a prevenção de doenças.
  13. 13. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO IDADE MÉDIA (Sec. IV a Sec. XV) •Sociedade estabelecida por “organização providencial” (definida no plano divino): - Clero (cristianismo): serviço divino - Nobreza: guerra - Camadas populares (camponês) : trabalho
  14. 14. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO IDADE MÉDIA (Sec. IV a Sec. XV) •Fenômenos naturais – decisão divina •Eventos negativos – ação demoníaca •Interrupção dos avanços na ciência e também na área de saúde (corpo físico como algo “inferior”) •Valorização da alma e menosprezo ao corpo.
  15. 15. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO IDADE MÉDIA (Sec. IV a Sec. XV) •Doentes eram tratados em “sala dos enfermos”; não possuíam espaços para exercícios físicos. •Uso da atividade física como “curativa” foi interrompida. •Piora das condições de saúde.
  16. 16. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO IDADE MÉDIA (Sec. IV a Sec. XV) •Exercícios passaram ser utilizados para aumento da potencia corporal ou diversão.
  17. 17. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO RENASCIMENTO (Séc. XV e XVI) •Valorização do corpo e beleza física •Decadência dos conceitos morais rígidos •Avanço dos estudos e origem das universidades: busca da compreensão do mundo e conhecimentos
  18. 18. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO RENASCIMENTO (Séc. XV e XVI) • Retorno dos estudos sobre o cuidado com o corpo. •Mercurialis - princípios básicos para a ginástica médica: - Exercícios para conservar um estado saudável já existente - Regularidade no exercício. - Exercícios para indivíduos enfermos cujo estado pode exacerbar-se. - Exercícios individuais especiais para convalescentes. - Exercícios para pessoas com ocupações sedentárias.
  19. 19. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO RENASCIMENTO (Séc. XV e XVI) Preocupação com o tratamento da doença e manutenção das “condições normais” existentes.
  20. 20. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO PERÍODO DE TRANSIÇÃO ( Entre o Renascimento e a Industrialização) •1864 – Sociedade Médica de Berlim diferencia a ginástica de indivíduos sãos e dos enfermos (exercícios curativos x exercícios para manutenção da saúde). •Diferenças das ações profissionais conforme o estado de saúde da população atendida (doente x não doente) •Fisioterapia: atende indivíduos lesados
  21. 21. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO INDUSTRIALIZAÇÃO (Séc. XVIII a XIX) •Transformação social com produção em grande escala mediante utilização de máquinas. •Proliferação de doenças devido a jornada de trabalho estafante, condições sanitárias precárias e alimentares insatisfatórias.
  22. 22. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO INDUSTRIALIZAÇÃO (Séc. XVIII a XIX) •Epidemias de cólera, tuberculose pulmonar, alcoolismo, acidentes de trabalho, trabalho infantil etc. •Utilização da metodologia científica em escolas de medicina para estudo das novas patologias. •Busca das “causas” nos próprios indivíduos (não observação dos aspectos sociais, higiene ou ambiente de trabalho).
  23. 23. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA RETROSPECTIVA SOBRE O OBJETO DE TRABALHO INDUSTRIALIZAÇÃO (Séc. XVIII a XIX) •Atenção ao indivíduo doente: surge o atendimento hospitalar e as especialidades médicas. • Preocupação com a cura, recuperação e reabilitação.
  24. 24. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NASCIMENTO DA FISIOTERAPIA COMO PROFISSÃO Avanço Científico, Tecnológico e as Necessidades Sociais “ NASCE COMO FRUTO DA LÓGICA DOS ABSURDOS” •Altos índices de acidentes de trabalho • Disfunção orgânica • Más condições ambientais e de trabalho • As guerras
  25. 25. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NASCIMENTO DA FISIOTERAPIA COMO PROFISSÃO Avanço Científico, Tecnológico e as Necessidades Sociais Reabilitação para reinserção do indivíduo em uma vida social e produtiva.
  26. 26. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL •No Brasil a Fisioterapia se implantou como “solução” para reabilitar as vítimas das guerras, de acidentes de trabalho e outras doenças . •Objetivo: assistência curativa e reabilitadora. 1879 – Início da Fisioterapia no Brasil: Serviço de eletricidade médica e serviço de hidroterapia no Rio de Janeiro 1884 – 1º serviço de Fisioterapia da América do Sul, no Hospital de Misericórdia do Rio de Janeiro
  27. 27. •1919 – Departamento de Eletricidade médica em São Paulo •1929 – Serviço de Fisioterapia do Instituto do Radium Arnaldo Vieira de Carvalho. Na Santa Casa de Misericórdia em São Paulo, criado por Dr. Waldo Rolim de Moraes que depois organizou o Serviço de Fisioterapia do Hospital das Clínicas. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL
  28. 28. Década de 1950 - surto de poliomielite (sequelas motoras). Ocorrência de acidentes de trabalhos – maior índice da América Sul. •1951 – 1º Curso de formação de técnicos em Fisioterapia (USP) – Novos profissionais que surgiram como “auxiliares médicos”. Até 1956. Duração de 02 anos. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL
  29. 29. •1959 – Instituto Nacional de Reabilitação, fundado por médicos. Local onde formavam-se fisioterapeutas. Fisioterapia = Reabilitação HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL
  30. 30. LEGISLAÇÃO Parecer nº 388/63 do Conselho Federal de Educação •Primeiro documento relativo à criação e a regulamentação da profissão no Brasil. • Define os profissionais de Fisioterapia como “auxiliares médicos” que realizam tarefas de caráter terapêutico. Nesse mesmo documento aparece a denominação desses profissionais como técnicos em fisioterapia, embora o mesmo parecer declare a pretensão de “formar profissionais de nível superior”.
  31. 31. •Em 1969 – havia seis escolas de formação para técnicos em Fisioterapia. •Decreto Lei 938 de 13 de outubro de 1969 - a profissão foi legalmente regulamentada. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL
  32. 32. LEGISLAÇÃO •Decreto Lei 938/69. Definições: •Reafirma que o fisioterapeuta é um profissional de nível superior. •Estabelece como funções privativas do fisioterapeuta a execução de métodos e técnicas para restaurar, desenvolver e conservar a capacidade física do paciente. •Pode exercer cargos de direção e assessoria técnica em estabelecimentos públicos e particulares. •Pode exercer o magistério no nível superior e médio. •Pode supervisionar trabalhos de outros profissionais/ alunos nos aspectos técnico e prático
  33. 33. 13DE OUTUBRO DIA DO FISIOTERAPEUTA
  34. 34. •Lei 6316, 17 de dezembro de 1975 cria o Conselho Federal e Conselhos Regionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. •Todo Fisioterapeuta deve ser inscrito no conselho e ter sua carteira de identidade profissional. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL
  35. 35. LEGISLAÇÃO Os documentos oficiais relativos ao profissional fisioterapeuta, foram elaborados sob a ótica da concepção “saúde-doença”, pois em nenhum momento citam ou deixam transparecer a atuação que esse profissional poderia ou deveria exercer na “assistência” às condições de saúde de um indivíduo ou de uma comunidade.
  36. 36. HISTÓRIA DA FISIOTERAPIA NO BRASIL •Existem no Brasil, aproximadamente, 300 cursos de Fisioterapia •Mais de 55.000 profissionais no Brasil, 50% atuando como fisioterapeutas
  37. 37. •Na Bahia o primeiro curso de Fisioterapia foi ministrado no IBR (Instituto Baiano de Reabilitação), passando posteriormente para a EBMSP. Curso de pequena duração. •Em 1990, criou-se o Curso de Fisioterapia da UCSal , após 10 anos sem vestibular. •Hoje, na Bahia, existem 33 cursos de Fisioterapia sendo 19 (dezenove) na Capital e 14 (quatorze) no interior. FISIOTERAPIA NA BAHIA
  38. 38. •No Brasil há 55 mil fisioterapeutas. •Na Bahia: +/- 4.000 fisioterapeutas formados, a maioria nos últimos 5 anos. •OMS prevê como ideal a relação de 1.500 hab. para 1 fisioterapeuta o que projeta um mercado, no Brasil de 110 mil fisioterapeutas. FISIOTERAPIA MERCADO DE TRABALHO:

×