Concordância nominal

622 visualizações

Publicada em

estudos gramaticais

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
622
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Concordância nominal

  1. 1. CONCORDÂNCIA NOMINAL Acordo com o qual toda palavra variável referente ao substantivo deve se flexionar (alterar a forma) para se adaptar a ele.
  2. 2. EXEMPLO:  As nossas duas irmãs pequenas estão aqui. Irmãs: substantivo (fem./pl.) As: artigo (fem./pl.) Nossas: pronome(fem./pl.) Duas: numeral(fem./pl.) Pequenas: adjetivo(fem./pl.)
  3. 3. CONCORDÂNCIA DO ADJETIVO COM MAIS DE UM SUBSTANTIVO A concordância de um só adjetivo com mais de um substantivo é influenciada por três fatores:  A posição do adjetivo: antes ou depois dos substantivos;  O gênero (masc./fem.) e o número (sing./plural) dos substantivos com os quais o adjetivo concorda;  A função sintática do adjetivo: adjunto adnominal ou predicativo.
  4. 4. ADJETIVO APÓS VÁRIOS SUBSTANTIVOS  Se os substantivos são do mesmo gênero → o adjetivo pode concordar com o último substantivo ou ir para o plural. Casa e igreja antiga / antigas  Se os substantivos são de gêneros diferentes → o adjetivo pode concordar com o último substantivo ou ir para o masculino plural. Prédio e casa antiga / antigos
  5. 5. ADJETIVO ANTES DE VÁRIOS SUBSTANTIVOS  O adjetivo só pode concordar com o primeiro substantivo. Velha casa e prédio Velho prédio e casa Ele tem bom plano e ideias Ele tem boas ideias e plano.
  6. 6. OBSERVAÇÕES: Se o adjetivo exercer função sintática de predicativo:  O irmão e o primo dela são pequenos. (sempre plural)  O seu argumento e a sua razão eram justos. (sempre masculino plural)  Ficou irritada a plateia e o cantor.  Ficaram irritados a plateia e o cantor.
  7. 7. CASOS PARTICULARES  MESMO a) Na função de pronome, concorda com a palavra a que se refere. Elas mesmas irão lá. b) Na função do advérbio (=realmente) é invariável. Elas irão mesmo lá.
  8. 8. ANEXO E INCLUSO  Concorda com a palavra a que se refere. As cartas irão anexas ao contrato.  A locução em anexo é invariável. As cartas irão em anexo ao contrato.
  9. 9. BASTANTE  Na função de pronome indefinido, concorda com a palavra a que se refere (podendo, portanto, ter plural). Eles fizeram bastantes críticas ao projeto. (= muitas)  Na função de advérbio é invariável. Todos estão bastante irritados. (= muito)
  10. 10. MEIO  Na função de numeral (= metade), concorda com a palavra a que se refere. O trem trouxe duas meias toneladas de pedra.  Na função de advérbio (= um pouco), é invariável. A criança ficou meio cansada.
  11. 11. É BOM, É PROIBIDO, É NECESSÁRIO + SUBSTANTIVO  Se o substantivo está acompanhado de artigo ou pronome → bom, necessário, proibido etc. concordam com o substantivo. É proibida a entrada de crianças.  Se o substantivo não está acompanhado de artigo ou pronome → bom, necessário, proibido etc. ficam no masculino e no singular. É proibido entrada de crianças.
  12. 12. ALERTA e MENOS  ALERTA é invariável, não tem plural. Os vigilantes estavam alerta.  MENOS é invariável, não tem feminino. No jogo de ontem havia menos pessoas.
  13. 13. SÓ – A SÓS  Como advérbio equivale a somente, ficando invariável. Todos concordam, só eles não.  Como adjetivo equivale a sozinho, sendo variável. As crianças permaneciam sós.  A expressão a sós é invariável. Ficaram a sós por um longo tempo. Fiquei a sós por um longo tempo.
  14. 14. POSSÍVEL  Invariável, quando usada em expressões superlativas com o artigo no singular. Ela deixou as portas o mais bem fechadas possível.  Variável, quando o artigo dessas expressões aparece no plural. As costuras eram as mais perfeitas possíveis.
  15. 15. CONCORDÂNCIA VERBAL Princípio gramatical que determina como o verbo deve flexionar-se (variar de forma) para se ajustar ao sujeito da oração.
  16. 16. REGRA GERAL  O verbo concorda com o núcleo do sujeito simples em número e pessoa. Nós jamais criticamos tuas atitudes. Molhava a rua uma chuvinha fina e fria. Correram ao local do acidente muitos curiosos. O ritmo lento das obras irritou-nos.
  17. 17. A maior parte de, uma porção de + nome no plural  verbo no singular ou no plural. A maior parte dos animais escapou / escaparam. A maioria dos pássaros fugiu / fugiram do viveiro.
  18. 18. MAIS DE, MENOS DE, PERTO DE + NUMERAL  O verbo concorda com o numeral. Mais de um animal escapou. Mais de dez animais escaparam. Observação: Se a expressão mais de um for sujeito de um verbo que indica reciprocidade, o verbo vai para o plural. Mais de um vereador se acusaram mutuamente.
  19. 19. PRONOMES DE TRATAMENTO  Quando o sujeito é representado por pronome de tratamento (Vossa Senhoria, Vossa Excelência etc.), o verbo fica na 3ª pessoa. Vossa excelência enganou seus eleitores. E não: Vossa Excelência enganastes...
  20. 20. NOME PRÓPRIO NO PLURAL  Se o nome próprio apresenta artigo → o verbo assume o número (singular ou plural) do artigo. Os Estados Unidos não aceitaram o acordo comercial. O Amazonas impressiona pelo seu grande volume de águas.  Se o nome não apresenta artigo → verbo no singular. Canoas localiza-se no Rio Grande do Sul.
  21. 21. PRONOMES RELATIVOS QUE E QUEM  QUE → o verbo concorda com o antecedente desse pronome. Foram os professores que pediram as explicações.  QUEM → o verbo pode ficar na 3ª pessoa do singular (concordância recomendável) ou concordar com o antecedente. Foram os funcionários quem reivindicou / reivindicaram o aumento.
  22. 22. VERBO + SE  Quando o se é pronome apassivador, o verbo concorda com o sujeito (que está na frase). Alugaram-se alguns caminhões. Alguns caminhões foram alugados.  Quando o se é índice de indeterminação do sujeito, o verbo fica na 3ª pessoa do singular. Precisou-se de bons reforços.
  23. 23. COM SUJEITO COMPOSTO  Antes do verbo → verbo no plural. O navio e a lancha voltaram.  Depois do verbo → verbo no plural ou concordando com o núcleo mais próximo. Voltaram/voltou o navio e a lancha.
  24. 24.  Pessoas gramaticais diferentes Com 1ª pessoa (eu/nós) → verbo na 1ª pessoa do plural. Ela, tu e eu partiremos. Sem 1ª pessoa → verbo na 2ª ou 3ª do plural. Ela e tu partirão/partireis.  Núcleos do sujeito ligados por OU Exclusão: verbo no singular. Marcos ou Cláudio se casará com Simone. Não indica exclusão: verbo no plural. A beleza ou a verdade sempre o emocionam.
  25. 25. VERBO SER  Quando o sujeito e o predicativo são de números diferentes (um singular e outro plural), o verbo ser pode ficar tanto no singular como no plural, embora o plural seja mais usual. A vida são/é projetos sem fim.  Quando o sujeito ou o predicativo referem-se a pessoa, o verbo ser só pode concordar com essa pessoa. O velhinho doente era as angústias da família. Nossa maior alegria são os amigos.
  26. 26. VERBO SER INDICANDO HORAS, DISTÂNCIAS E DATAS  Na indicação de horas e distâncias, o verbo ser concorda com a expressão numérica. Agora são seis horas da tarde. Quando ele chegou, já era uma e vinte.  Na indicação de datas, o verbo ser concorda com a palavra dia(s), que pode estar expressa ou subentendida na frase. Hoje é dia 14 de maio. Hoje são 14 (dias) de março.
  27. 27. VERBOS IMPESSOAIS  HAVER, no sentido de existir ou acontecer → é impessoal; fica no singular (tanto sozinho quanto em locução verbal) Não haverá outros interessados? Não poderá haver outros interessados?  FAZER, indicando tempo transcorrido ou a transcorrer → é impessoal; fica no singular (tanto sozinho quanto em locução verbal) Ontem fez dois meses que ele morreu. Amanhã vai fazer um ano que eu a conheci.
  28. 28.  Nessas expressões, que indicam quantidade (preço, peso, medida etc.), o verbo ser fica sempre no singular. Dois mil reais foi muito pouco para pagar a dívida. Vinte toneladas é muito peso para esse caminhão. Expressões É muito, é pouco, é demais

×