SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
CONCORDÂNCIA VERBAL E 
NOMINAL
Música - Samba do Arnesto 
O Arnesto nos convidou 
Prum samba ele mora no brás 
Nóis fumos e num econtremos 
ninguém 
Nóis vortemos cum uma baita 
de uma reiva 
Da outra veiz, nóis num vai 
mais 
Nóis não semos tatu! 
O Arnesto nos convidou 
Prum samba ele mora no brás 
Nóis fumos e num econtremos 
ninguém 
Nóis vortemos cum uma baita 
de uma reiva 
Da outra veiz, nóis num vai 
mais 
Noutro dia encontremo com o 
Arnesto 
Que pediu discurpas mais 
nóis não aceitemos 
Isso não si faiz Arnesto, nóis 
não si importa 
Mas você devia ter ponhado 
um recado na porta 
O Arnesto nos convidou 
Prum samba ele mora no brás 
Nóis fumos e num econtremos 
ninguém 
Nóis vortemos cum uma baita 
duma reiva 
Da outra veiz, nóis num vai 
mais 
Noutro dia encontrem o com o 
Arnesto 
Que pediu discurpa mais nóis 
não aceitemos 
Isso não si faiz Arnesto, nóis 
não si importa 
Mas você devia ter ponhado 
um recado na porta 
Um recado Anssim ói: "Ói, 
turma, num deu prá 
esperá 
A duvido que isso num faz 
mar, num tem 
importância, 
Assinado em cruz porque não 
sei escrever: Arnesto" 
Fonte: 
http://vagalume.uol.com. 
br/adoniran-barbosa/ 
samba-do-arnesto. 
html Acesso: 05 
de outubro de 2009 
VAMOS OUVIR DUAS MÚSICAS 
APESAR DE VOCÊ 
Hoje você é quem manda 
Falou, tá falado 
Não tem discussão, não. 
A minha gente hoje anda 
Falando de lado 
E olhando pro chão, viu 
Você que inventou esse estado 
E inventou de inventar 
Toda a escuridão 
Você que inventou o pecado 
Esqueceu-se de inventar 
O perdão 
(Apesar de você) 
Fonte: http://vagalume.uol.com.br/chico-buarque/ 
apesar-de-voce.html Acesso: 04 de 
outubro de 2009 
CD: Chico Buarque, Chico Buarque, 1978.
A CONCORDÂNCIA É A COMBINAÇÃO DAS PALAVRAS NA FRASE E O 
QUE CHAMAMOS DE "CONCORDÂNCIA VERBAL" É A COMBINAÇÃO ENTRE 
VERBO E SUJEITO 
A G R A F I T E = S U J E I T O S U J E I T O = N Ó S
Regras 
Sujeito composto anteposto ao verbo = verbo no plural. A moça e o rapaz chegaram tarde. 
Sujeito composto posposto ao verbo = verbo no plural ou concorda com o núcleo mais próximo. 
Falarão o garoto e a garota. 
Falará o garoto e a garota. 
Sujeito composto de diferentes pessoas= o verbo vai para o plural na pessoa gramatical de número mais 
baixo (1a,2a,3a).Eu, tu e ele vamos sair. (1a pessoa do plural =nós = é mais baixa que 2a ou 3a). 
Sujeito coletivo 
-com coletivo = verbo no singular - O bando chegou com fome. 
-com coletivo anteposto ao verbo e seguido de adjunto adnominal no plural = verbo pode ir para o plural 
A multidão de jovens avançavam. 
-com coletivo, mas com verbo distante, este pode ir para o plural 
A multidão, apesar de tudo, gritavam muito.
ATENÇÃO COM CASOS ESPECIAIS 
Sujeito formado por nomes 
próprios que só tem plural 
-com artigo = verbo no plural 
-sem artigo = verbo no 
singular. 
Os Estados Unidos ficaram 
mais poderosos. 
Vassouras é uma cidade 
bonita. 
verbo fica no singular: 
1. quando os sujeitos apresentam gradação de 
ideias. 
Os paulistanos, o Brasil, o mundo chorou a 
morte do atleta. 
Um olhar, um gesto, um aceno faz falta na 
partida. 
2. quando os núcleos do sujeito são sinônimos. 
O rancor e o ódio não conduz a boa coisa. 
3. quando o sujeito é formado por infinitivos 
desacompanhados de artigo. 
Amar e odiar faz parte na vida. 
Andar e nadar faz bem à saúde. 
Observação: Quando o sujeito é formado por 
infinitivos determinados pelo artigo, teremos o 
uso do plural: 
O amar e o odiar fazem parte da vida. 
O comer e o beber são necessários.
CONCORDÂNCIA DO VERBO “SER” 
-o sujeito e o predicativo são nomes de coisas, o 
verbo vai preferencialmente para o plural, 
mas é possível concordar com o termo que 
se quer destacar; 
As plantas são a paixão dela. 
-o sujeito ou o predicativo são nomes de pessoas 
ou pronome pessoal, a concordância é com 
a pessoa gramatical; 
Ele era as esperanças dos pais. 
José era as esperanças dos pais. 
-o sujeito é um dos pronomes tudo, isso, isto, 
aquilo, o verbo concorda com o predicativo; 
Tudo eram flores, no começo. 
-quando houver indicação de hora e distância, o 
verbo concorda com o predicativo; 
É uma hora./São cinco horas. 
É um metro./ São cinco metros. 
Dois metros é muito para a roupa 
-com as expressões é muito, é pouco, é tanto, é 
mais de, é menos de, o verbo fica 
invariável; 
Dois quilos é pouco 
Três pacotes é suficiente 
-nas indicações de dia do mês, o verbo pode 
ficar no singular ou no plural. 
É (dia) cinco de maio./São cinco (dias) de maio.
CONCORDÂNCIA NOMINAL - Os vocábulos determinantes (o adjetivo, o 
pronome adjetivo, o artigo, o numeral adjetivo ou o particípio) concordam em gênero e em número com os vocábulos 
determinados (o substantivo ou o pronome substantivo) a que se referem. 
Observe: 
As nossas duas melhores alunas saíram do 
colégio. 
 Se o adjetivo estiver posposto (colocado 
após os substantivos): 
Estudo a língua e a literatura portuguesa. 
 o adjetivo poderá ir para o plural, 
conservando o gênero dos substantivos 
(sendo estes do mesmo gênero) ou 
receberá a flexão do masculino (se os 
substantivos foram de gêneros diferentes): 
Flores e mesas despedaçadas. 
Tapetes e flores despedaçados. 
 se os substantivos forem antônimos, o 
adjetivo irá ao plural obrigatoriamente. 
Amor e ódio eternos. 
Dias e noites frios. 
 Se o adjetivo (ou a palavra com 
função de adjetivo) estiver anteposto 
(= antes) aos substantivos, ele 
concordará com o substantivo mais 
próximo. 
Você escolheu má hora e lugar. 
Você escolheu mau lugar e 
hora. 
 Observação:Adjetivo anteposto 
a nomes próprios de pessoas 
ou a títulos deverá ir para o 
plural. 
As estudiosas Camila e Patrícia 
estão na mesma classe.
Anteposto ao sujeito, a concordância poderá ser feita com o todo ou 
apenas com o núcleo do sujeito mais próximo. 
Estava calado o professor e a aluna. 
Estavam calados a aluna e o professor. 
-Observação: Essas mesmas regras valem para o adjetivo na função de 
predicativo do objeto. 
Quando há dois ou mais adjetivos determinando um único substantivo, 
temos os seguintes casos: 
• substantivo precedido de artigo singular: coloca-se o artigo em 
todos os adjetivos. 
O exército inglês, o chinês, o japonês e o brasileiro. 
A bandeira amarela, a vermelha, a azul e a roxa. 
• substantivo precedido de artigo plural: não se coloca artigo nos 
adjetivos. 
Os exércitos inglês, chinês, japonês e brasileiro. 
As bandeiras amarela, vermelha, azul e roxa. 
Casos Especiais 
Um e outro / Nem um nem outro. 
Exigem o substantivo no singular e, se houver, adjetivo no plural: 
Havia na escola somente um e outro aluno aplicados. 
Não comprei nem uma nem outra fruta maduras. 
Numerais ordinais acompanhando substantivo: 
1. se os numerais vêm precedidos de artigo, o substantivo fica no 
singular ou vai ao plural: 
O sexto e o sétimo andar (ou andares) do edifício. 
A primeira e a segunda série (ou séries) do segundo grau. 
2. se não houver repetição do artigo, o plural será obrigatório: 
A primeira e segunda séries do segundo grau. 
O sexto e sétimo andares do edifício. 
3. o plural também será obrigatório se o substantivo vier 
anteposto aos numerais: 
As séries primeira e segunda do segundo grau. 
Mesmo, próprio, só (equivalente a sozinho), leso, anexo, junto, 
obrigado, quite, nenhum concordam normalmente com o 
nome a que se referem.
CASOS ESPECIAIS 
Mesmo, próprio, só (equivalente a sozinho), leso, anexo, junto, obrigado, quite, nenhum concordam normalmente com 
o nome a que se referem. 
Ela mesma, nós mesmos / Eles próprios, elas próprias. 
Eles viajaram sós. 
Crime de leso-carnaval, de lesa-pátria. 
Segue anexo o bilhete; Segue anexa a foto. Inclusa envio a carta. 
Segue junto o recibo. Segue junta a nota fiscal. 
Eles voltaram juntos. Elas permaneceram juntas. 
Ela disse muito obrigada. Elas disseram muito obrigadas. 
Eu estou quite com o imposto de renda. Nós estamos quites. 
Vocês não são nenhuns coitados e nenhumas criaturas. 
Observações: 
1) mesmo = de fato é advérbio, não varia: Eles irão mesmo. 
2) só = somente é advérbio, não varia: Só as mulheres entraram. 
3) junto é invariável quando é parte da locução prepositiva: junto a, junto com, junto de: Junto às mães ficavam as 
filhas. 
4) a expressão em anexo é invariável. 
É preciso / É necessário / É bom. Essas expressões (ou semelhantes) não variam quando acompanhadas de 
substantivos que exprimem ideia genérica, indeterminada. 
É bom cautela. 
É necessário atenção à noite. 
É preciso paciência com o Brasil. Locuções formadas por verbo ser mais adjetivo: 
.
CASOS ESPECIAIS 
Locuções formadas por verbo ser mais adjetivo: 
. 
1. sem determinante antecedente não variam. 
Cerveja é bom. 
Entrada é proibido. 
Cenoura é bom para a pele. 
2. com determinante antecedente variam. 
Esta cerveja é boa. 
A entrada é proibida. 
A cenoura é boa para a pele. 
Caro, bastante, meio, barato 
1. essas palavras variam quando ligadas a um substantivo. 
Blusa cara - carros caros. 
Bastantes alunos. 
Comi meia maçã. 
É meio-dia e meia (hora). 
Brinquedos baratos. 
2. ligadas a verbo, a adjetivo ou a advérbio, não variam. 
Elas estão bastante alegres. 
Eles falaram bastante. 
Ela está meio rouca. 
Esta camisa custa caro. 
Aquela calça custa barato. 
Menos, pseudo, alerta, exceto são invariáveis. 
Os bombeiros estavam alerta. 
Desejamos menos tarefas
PROFESSORA MARIA GLÁUCIA 
NOVEMBRO DE 2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Orações adjetivas
Orações adjetivasOrações adjetivas
Orações adjetivas
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Exercícios sobre concordância verbal e nominal, 09
Exercícios sobre concordância verbal e nominal, 09Exercícios sobre concordância verbal e nominal, 09
Exercícios sobre concordância verbal e nominal, 09
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Concordância nominal slides
Concordância nominal slidesConcordância nominal slides
Concordância nominal slides
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
 
Adjunto adverbial
Adjunto adverbialAdjunto adverbial
Adjunto adverbial
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.Pronomes Relativos.
Pronomes Relativos.
 

Destaque

Estudo de gramática 6°ano – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos
Estudo de gramática   6°ano  – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos Estudo de gramática   6°ano  – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos
Estudo de gramática 6°ano – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos Luiza Collet
 
Exercícios sobre concordância verbal e nominal
Exercícios sobre concordância verbal e nominalExercícios sobre concordância verbal e nominal
Exercícios sobre concordância verbal e nominalma.no.el.ne.ves
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAline Alves
 
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBALmaria edineuma marreira
 

Destaque (7)

Estudo de gramática 6°ano – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos
Estudo de gramática   6°ano  – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos Estudo de gramática   6°ano  – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos
Estudo de gramática 6°ano – 2°trimestre – maio profa. vanessa dos santos
 
Exercícios sobre concordância verbal e nominal
Exercícios sobre concordância verbal e nominalExercícios sobre concordância verbal e nominal
Exercícios sobre concordância verbal e nominal
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
 
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL
100 EXERCÍCIOS DE REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL
 

Semelhante a CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL

Concordâncias nominal e verbal.pptx
Concordâncias nominal e verbal.pptxConcordâncias nominal e verbal.pptx
Concordâncias nominal e verbal.pptxAnaCarolina853021
 
Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordânciaWalter Mendes
 
concordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdfconcordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdfLeneAntonya
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - pptVilmar Vilaça
 
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalSintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalJosi Santos
 
Concordancia Verbal
Concordancia VerbalConcordancia Verbal
Concordancia Verbalguest927573a
 
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdfGizelyaMorais
 
Concordância verbal slide share
Concordância verbal slide shareConcordância verbal slide share
Concordância verbal slide shareCaroline Indayara
 

Semelhante a CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (20)

Concordância (tudo)
Concordância (tudo)Concordância (tudo)
Concordância (tudo)
 
Concordâncias nominal e verbal.pptx
Concordâncias nominal e verbal.pptxConcordâncias nominal e verbal.pptx
Concordâncias nominal e verbal.pptx
 
Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
concordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdfconcordancia-verbal.pdf
concordancia-verbal.pdf
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
 
Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
 
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalSintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
 
Concordancia Verbal
Concordancia VerbalConcordancia Verbal
Concordancia Verbal
 
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf
03.09.2022 - CONCORDÂNCIA NOMINAL.pdf
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Thayssa
ThayssaThayssa
Thayssa
 
Concordância verbal
Concordância verbal Concordância verbal
Concordância verbal
 
Concordância Verbal
Concordância Verbal Concordância Verbal
Concordância Verbal
 
Concordância verbal slide share
Concordância verbal slide shareConcordância verbal slide share
Concordância verbal slide share
 
1 concordância verbal
1   concordância verbal1   concordância verbal
1 concordância verbal
 
Colocação Pronominal
Colocação PronominalColocação Pronominal
Colocação Pronominal
 

Mais de MGLAUCIA /LÍNGUA PORTUGUESA (11)

Dicas para o ENEM e outros vestibulares
Dicas para o ENEM e outros vestibularesDicas para o ENEM e outros vestibulares
Dicas para o ENEM e outros vestibulares
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Enunciação e discurso jurídico completo
Enunciação e discurso jurídico completoEnunciação e discurso jurídico completo
Enunciação e discurso jurídico completo
 
O parágrafo e a redação jurídica for slide share
O parágrafo e a redação jurídica for slide shareO parágrafo e a redação jurídica for slide share
O parágrafo e a redação jurídica for slide share
 
2012 blog final
2012 blog final2012 blog final
2012 blog final
 
Realismo /Naturalismo /Iaia Garcia - Machado de Assis
Realismo /Naturalismo /Iaia Garcia - Machado de AssisRealismo /Naturalismo /Iaia Garcia - Machado de Assis
Realismo /Naturalismo /Iaia Garcia - Machado de Assis
 
Tecnologia na Educação
Tecnologia na Educação Tecnologia na Educação
Tecnologia na Educação
 
Tecnologia na Educação / Uso em sala de aula
Tecnologia na Educação / Uso em sala de aulaTecnologia na Educação / Uso em sala de aula
Tecnologia na Educação / Uso em sala de aula
 
Alemanha walinson 2º51v 10
Alemanha walinson 2º51v 10Alemanha walinson 2º51v 10
Alemanha walinson 2º51v 10
 
Unid1 ativ3mg
Unid1 ativ3mgUnid1 ativ3mg
Unid1 ativ3mg
 
Gestão de Tecnologias na escola
Gestão de Tecnologias na escolaGestão de Tecnologias na escola
Gestão de Tecnologias na escola
 

Último

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 

Último (20)

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 

CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL

  • 2. Música - Samba do Arnesto O Arnesto nos convidou Prum samba ele mora no brás Nóis fumos e num econtremos ninguém Nóis vortemos cum uma baita de uma reiva Da outra veiz, nóis num vai mais Nóis não semos tatu! O Arnesto nos convidou Prum samba ele mora no brás Nóis fumos e num econtremos ninguém Nóis vortemos cum uma baita de uma reiva Da outra veiz, nóis num vai mais Noutro dia encontremo com o Arnesto Que pediu discurpas mais nóis não aceitemos Isso não si faiz Arnesto, nóis não si importa Mas você devia ter ponhado um recado na porta O Arnesto nos convidou Prum samba ele mora no brás Nóis fumos e num econtremos ninguém Nóis vortemos cum uma baita duma reiva Da outra veiz, nóis num vai mais Noutro dia encontrem o com o Arnesto Que pediu discurpa mais nóis não aceitemos Isso não si faiz Arnesto, nóis não si importa Mas você devia ter ponhado um recado na porta Um recado Anssim ói: "Ói, turma, num deu prá esperá A duvido que isso num faz mar, num tem importância, Assinado em cruz porque não sei escrever: Arnesto" Fonte: http://vagalume.uol.com. br/adoniran-barbosa/ samba-do-arnesto. html Acesso: 05 de outubro de 2009 VAMOS OUVIR DUAS MÚSICAS APESAR DE VOCÊ Hoje você é quem manda Falou, tá falado Não tem discussão, não. A minha gente hoje anda Falando de lado E olhando pro chão, viu Você que inventou esse estado E inventou de inventar Toda a escuridão Você que inventou o pecado Esqueceu-se de inventar O perdão (Apesar de você) Fonte: http://vagalume.uol.com.br/chico-buarque/ apesar-de-voce.html Acesso: 04 de outubro de 2009 CD: Chico Buarque, Chico Buarque, 1978.
  • 3. A CONCORDÂNCIA É A COMBINAÇÃO DAS PALAVRAS NA FRASE E O QUE CHAMAMOS DE "CONCORDÂNCIA VERBAL" É A COMBINAÇÃO ENTRE VERBO E SUJEITO A G R A F I T E = S U J E I T O S U J E I T O = N Ó S
  • 4. Regras Sujeito composto anteposto ao verbo = verbo no plural. A moça e o rapaz chegaram tarde. Sujeito composto posposto ao verbo = verbo no plural ou concorda com o núcleo mais próximo. Falarão o garoto e a garota. Falará o garoto e a garota. Sujeito composto de diferentes pessoas= o verbo vai para o plural na pessoa gramatical de número mais baixo (1a,2a,3a).Eu, tu e ele vamos sair. (1a pessoa do plural =nós = é mais baixa que 2a ou 3a). Sujeito coletivo -com coletivo = verbo no singular - O bando chegou com fome. -com coletivo anteposto ao verbo e seguido de adjunto adnominal no plural = verbo pode ir para o plural A multidão de jovens avançavam. -com coletivo, mas com verbo distante, este pode ir para o plural A multidão, apesar de tudo, gritavam muito.
  • 5. ATENÇÃO COM CASOS ESPECIAIS Sujeito formado por nomes próprios que só tem plural -com artigo = verbo no plural -sem artigo = verbo no singular. Os Estados Unidos ficaram mais poderosos. Vassouras é uma cidade bonita. verbo fica no singular: 1. quando os sujeitos apresentam gradação de ideias. Os paulistanos, o Brasil, o mundo chorou a morte do atleta. Um olhar, um gesto, um aceno faz falta na partida. 2. quando os núcleos do sujeito são sinônimos. O rancor e o ódio não conduz a boa coisa. 3. quando o sujeito é formado por infinitivos desacompanhados de artigo. Amar e odiar faz parte na vida. Andar e nadar faz bem à saúde. Observação: Quando o sujeito é formado por infinitivos determinados pelo artigo, teremos o uso do plural: O amar e o odiar fazem parte da vida. O comer e o beber são necessários.
  • 6. CONCORDÂNCIA DO VERBO “SER” -o sujeito e o predicativo são nomes de coisas, o verbo vai preferencialmente para o plural, mas é possível concordar com o termo que se quer destacar; As plantas são a paixão dela. -o sujeito ou o predicativo são nomes de pessoas ou pronome pessoal, a concordância é com a pessoa gramatical; Ele era as esperanças dos pais. José era as esperanças dos pais. -o sujeito é um dos pronomes tudo, isso, isto, aquilo, o verbo concorda com o predicativo; Tudo eram flores, no começo. -quando houver indicação de hora e distância, o verbo concorda com o predicativo; É uma hora./São cinco horas. É um metro./ São cinco metros. Dois metros é muito para a roupa -com as expressões é muito, é pouco, é tanto, é mais de, é menos de, o verbo fica invariável; Dois quilos é pouco Três pacotes é suficiente -nas indicações de dia do mês, o verbo pode ficar no singular ou no plural. É (dia) cinco de maio./São cinco (dias) de maio.
  • 7. CONCORDÂNCIA NOMINAL - Os vocábulos determinantes (o adjetivo, o pronome adjetivo, o artigo, o numeral adjetivo ou o particípio) concordam em gênero e em número com os vocábulos determinados (o substantivo ou o pronome substantivo) a que se referem. Observe: As nossas duas melhores alunas saíram do colégio.  Se o adjetivo estiver posposto (colocado após os substantivos): Estudo a língua e a literatura portuguesa.  o adjetivo poderá ir para o plural, conservando o gênero dos substantivos (sendo estes do mesmo gênero) ou receberá a flexão do masculino (se os substantivos foram de gêneros diferentes): Flores e mesas despedaçadas. Tapetes e flores despedaçados.  se os substantivos forem antônimos, o adjetivo irá ao plural obrigatoriamente. Amor e ódio eternos. Dias e noites frios.  Se o adjetivo (ou a palavra com função de adjetivo) estiver anteposto (= antes) aos substantivos, ele concordará com o substantivo mais próximo. Você escolheu má hora e lugar. Você escolheu mau lugar e hora.  Observação:Adjetivo anteposto a nomes próprios de pessoas ou a títulos deverá ir para o plural. As estudiosas Camila e Patrícia estão na mesma classe.
  • 8. Anteposto ao sujeito, a concordância poderá ser feita com o todo ou apenas com o núcleo do sujeito mais próximo. Estava calado o professor e a aluna. Estavam calados a aluna e o professor. -Observação: Essas mesmas regras valem para o adjetivo na função de predicativo do objeto. Quando há dois ou mais adjetivos determinando um único substantivo, temos os seguintes casos: • substantivo precedido de artigo singular: coloca-se o artigo em todos os adjetivos. O exército inglês, o chinês, o japonês e o brasileiro. A bandeira amarela, a vermelha, a azul e a roxa. • substantivo precedido de artigo plural: não se coloca artigo nos adjetivos. Os exércitos inglês, chinês, japonês e brasileiro. As bandeiras amarela, vermelha, azul e roxa. Casos Especiais Um e outro / Nem um nem outro. Exigem o substantivo no singular e, se houver, adjetivo no plural: Havia na escola somente um e outro aluno aplicados. Não comprei nem uma nem outra fruta maduras. Numerais ordinais acompanhando substantivo: 1. se os numerais vêm precedidos de artigo, o substantivo fica no singular ou vai ao plural: O sexto e o sétimo andar (ou andares) do edifício. A primeira e a segunda série (ou séries) do segundo grau. 2. se não houver repetição do artigo, o plural será obrigatório: A primeira e segunda séries do segundo grau. O sexto e sétimo andares do edifício. 3. o plural também será obrigatório se o substantivo vier anteposto aos numerais: As séries primeira e segunda do segundo grau. Mesmo, próprio, só (equivalente a sozinho), leso, anexo, junto, obrigado, quite, nenhum concordam normalmente com o nome a que se referem.
  • 9. CASOS ESPECIAIS Mesmo, próprio, só (equivalente a sozinho), leso, anexo, junto, obrigado, quite, nenhum concordam normalmente com o nome a que se referem. Ela mesma, nós mesmos / Eles próprios, elas próprias. Eles viajaram sós. Crime de leso-carnaval, de lesa-pátria. Segue anexo o bilhete; Segue anexa a foto. Inclusa envio a carta. Segue junto o recibo. Segue junta a nota fiscal. Eles voltaram juntos. Elas permaneceram juntas. Ela disse muito obrigada. Elas disseram muito obrigadas. Eu estou quite com o imposto de renda. Nós estamos quites. Vocês não são nenhuns coitados e nenhumas criaturas. Observações: 1) mesmo = de fato é advérbio, não varia: Eles irão mesmo. 2) só = somente é advérbio, não varia: Só as mulheres entraram. 3) junto é invariável quando é parte da locução prepositiva: junto a, junto com, junto de: Junto às mães ficavam as filhas. 4) a expressão em anexo é invariável. É preciso / É necessário / É bom. Essas expressões (ou semelhantes) não variam quando acompanhadas de substantivos que exprimem ideia genérica, indeterminada. É bom cautela. É necessário atenção à noite. É preciso paciência com o Brasil. Locuções formadas por verbo ser mais adjetivo: .
  • 10. CASOS ESPECIAIS Locuções formadas por verbo ser mais adjetivo: . 1. sem determinante antecedente não variam. Cerveja é bom. Entrada é proibido. Cenoura é bom para a pele. 2. com determinante antecedente variam. Esta cerveja é boa. A entrada é proibida. A cenoura é boa para a pele. Caro, bastante, meio, barato 1. essas palavras variam quando ligadas a um substantivo. Blusa cara - carros caros. Bastantes alunos. Comi meia maçã. É meio-dia e meia (hora). Brinquedos baratos. 2. ligadas a verbo, a adjetivo ou a advérbio, não variam. Elas estão bastante alegres. Eles falaram bastante. Ela está meio rouca. Esta camisa custa caro. Aquela calça custa barato. Menos, pseudo, alerta, exceto são invariáveis. Os bombeiros estavam alerta. Desejamos menos tarefas
  • 11. PROFESSORA MARIA GLÁUCIA NOVEMBRO DE 2014