Métodos contraceptivos químicos

8.000 visualizações
7.560 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.000
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
63
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos contraceptivos químicos

  1. 1. Métodos Contraceptivos - Químicos<br />Trabalho elaborado por:<br />- Luana Catarina nº 7<br />- Maria João nº9<br />- Rita Coelho nº14<br />- Sara Catarina nº17<br />- Susana Daniela nº19<br />
  2. 2. Índice:<br />Introdução;<br />O que são espermicidas;<br />Espermicidas;<br />O que é a pílula;<br />Pílula vantagens e desvantagens;<br />Pílulas contraceptivas;<br />Pílula do dia seguinte;<br />O adesivo contraceptivo;<br />Anel vaginal;<br />Conclusão.<br />
  3. 3. Introdução<br />Realizamos este trabalho a pedido da professora Tânia Pinto para a disciplina de Área de Projecto.<br />Neste trabalho vamos tentar explicar-vos de uma forma clara e simples, o nosso tema.<br />Esperemos que gostem.<br />
  4. 4. O que são espermicidas?<br />Substancias que funcionam como barreira química, pois colocadas na vagina destroem os espermatozóides.<br />
  5. 5. Espermicidas<br />Cremes, geleias ou espumas ( natureza química ) utilizados antes da relação sexual cuja finalidade é destruir os espermatozóides. A sua taxa de sucesso é baixa, pelo que são utilizados em conjunto com outros métodos. <br />
  6. 6. O que e a pílula?<br />É um dos métodos contraceptivos mais seguros e consiste na administração de hormonas que impedem a ovulação. Funciona por meio da ingestação de um comprimido diário, preferencialmente sempre á mesma hora, durante três semanas consecutivas, a que se seguem uma semana de repouso durante a qual haverá uma hemorragia mais ligeira do que o fluxo menstrual. Apresenta alguns efeitos secundários e a sua utilização não esta isenta de riscos para a saúde, pelo que devera ser prescrita pelo medico.<br />
  7. 7. Pílula<br />Vantagens: <br /> - Elevada taxa de sucesso; regularizada os ciclos menstruais.<br />Desvantagens:<br /> - Tem de ser tomada diariamente e não protege contra as infecções sexualmente transmissíveis.<br />
  8. 8. Pílulas Contraceptivas<br />Comprimidos constituídos por Hormonas femininas ( estrogenios e progesterna – pílula combinada ou apenas com progestagenio -minipílula) sintéticas.<br />Estas hormonas alteram o ciclo sexual normal e impedem a ocorrência de ovulação e podem alterara a consistência de muco cervical. Têm uma taxa de sucesso elevado: no cauto, sempre que houver necessidade de tomar o medicamento, convêm referir ao médico que se toma a pílula, pois o efeito pode diminuir. Também se deve ter em atenção que basta um esquecimento para que o efeito contraceptivo sofra alterações. <br />
  9. 9. Existe também a chamada contracepção de emergência, mais conhecida como pílula do dia seguinte, utilizada perante a falha de algum outro método ( rompimento do preservativo, esquecimento de tomar a pílula ) ou na sequência de uma relação sexual não protegida. <br />Não se trata de uma pílula abortiva ( se já tiver ocorrido a niclação, não actual ). Deve ser tomado o mais cedo possível, no máximo até 72 horas após a relação sexual. <br />Só deve ser usado com casos excepcionais. <br />
  10. 10. Adesivo contraceptivo<br />Adesivo que liberta hormonas através da pele. Coloca-se o adesivo durante três semanas e á quarta semana aparece a menstruação.<br />Vantagens:<br /> -Elevada a taxa do sucesso, regulariza os ciclos menstruais e evita a toma diária de um comprimido.<br />Desvantagens:<br /> -Não protege contra as infecções sexualmente transmissíveis. <br />
  11. 11. Anel vaginal<br />Pequeno anel de plástico flexível que é introduzido no fundo da vagina durante essas três semanas, ao fim das quais o anel e retirado e aparece a menstruação.<br />Vantagens:<br /> -Elevada taxa de sucesso, regula os ciclos menstruais, evita o esquecimento ao tema do comprimido e pode ser retirado durante o acto sexual.<br />Desvantagens:<br /> -Não protege contra as infecções sexualmente transmissíveis. <br />
  12. 12. Conclusão:<br />Adoramos realizar este trabalho porque ficamos a conhecer e a saber mais sobre o tema (métodos contraceptivos químicos).<br />Esperemos que tenham gostado e que tenham ficado a perceber um pouco mais sobre o tema.<br />Fim<br />

×