SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
ÁreadeProjecto Métodos contraceptivos(barreiras)  Trabalho elaborado por: Domingos nº5 Fábio nº Rui nº16 Sérgio nº20
Métodos Barreiras Os métodos de barreira impõem um obstáculo físico para dificultar ou impedir o movimento dos espermatozóides em direcção ao trato reprodutivo feminino. São denominados métodos de barreira aqueles que evitam a gravidez através do impedimento da ascensão dos espermatozóides ao útero. São métodos que colocam obstáculos mecânicos ou químicos à penetração dos espermatozóides no canal cervical.Actualmente, com a crescente incidência das doenças sexualmente transmissíveis (DST), em particular a AIDS, houve uma revalorização do uso dos métodos de barreira (preservativos). Eles são pouco difundidos em nosso meio, devido à influência sócio culturais. O sucesso de seu emprego depende da motivação, da aceitação e da confiança para usá-lo. O método de barreira mais popular é o preservativo masculino.
 Preservativo masculino O que é? É um fino invólucro de borracha (látex)  com o qual se envolve o pénis antes do acto sexual. O preservativo é descartável o que significa que deve ser utilizado uma  só vez. Para que serve? Impede o lançamento de espermatozóides para a vagina e protege contra doenças sexualmente transmissíveis. É dos métodos mais eficazes na contracepção e o único que pode ser utilizado na prevenção de infecções sexualmente  transmissíveis.
Preservativo feminino O que é? É um método relativamente novo de contracepção. Este é feito de um tubo de borracha fina, mas tem um anel em cada extremidade. Um destes anéis é fechado e inserido na vagina, de modo a tapar o colo do útero, como se fosse um diafragma.A outra extremidade é aberta e ajusta-se em volta da abertura da vagina e da vulva. Para que serve? O preservativo feminino protege as mulheres das doenças sexualmente transmissíveis. Evita a entrada dos espermatozóides no útero. É ainda eficaz na protecção contra as doenças sexualmente transmissíveis. Este método  não está ainda a ser comercializado em Portugal.
Preservativo feminino Vantagens: - Protege contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis, inclusive a Sida; - Não é necessário receita médica;- Pode ser inserido em qualquer altura e em qualquer local;- Medicamente seguro, sem efeitos secundários;- Permite que as mulheres tenham o controlo.- Previne de doenças do colo do útero;- Não faz mal à saúde;- É mais resistente que o preservativo masculino;- Pode ser utilizado com lubrificante;- Não afecta a amamentação;- Não interfere com o coito (pode ser inserido até oito horas antes). Desvantagens:  - Diminui a sensação vaginal;- Necessita de ser planeado com antecedência;- Pode ser difícil de inserir;- Custo alto (o seu preço é o triplo do preservativo masculino) e mais difícil deadquirir que os preservativos masculinos;- Pode fazer barulhos durante o acto sexual;- Demora-se algum tempo para adquirir a prática de o colocar;- A eficácia anticoncepcional depende da determinação de seguir as
Dispositivo intra-uterino O que é? É um aparelho metálico ou de plástico que é inserido no útero por um médico especialista, sendo eficaz durante cerca de 3 a 5 anos. Para que serve? O seu mecanismo de acção depende da interferência com a migração dos espermatozóides, com o transporte do óvulo e com a fertilização. Ele impede o processo de nidação, onde o óvulo se fixa no endométrio. Pode estimular ainda uma reacção inflamatória no útero, que também é contraceptiva. Pode ter diversos formatos, e alguns dispositivos libertam hormonas para aumentar sua eficácia, logo que possa excluir uma gravidez. É eficaz durante 3 a 5 anos (variável). Deve ser sempre vigiado pelo médico e embora não seja comum, pode ser aplicado a mulheres que nunca tenham tido filhos. É um método muito seguro, mas pode ter alguns efeitos secundários, pois pode agravar as dores menstruais, provocar períodos menstruais muito abundantes e pode, por vezes, facilitar o aparecimento de infecções intra-uterinas, pelo que se deve usar sempre o preservativo. Não é aconselhado a adolescentes, pois existe o risco de provocar infecções que podem conduzir à esterilidade.
Diafragma O que é? O diafragma é um pequeno anel flexível recoberto por uma película de borracha ou silicone que é colocado pela mulher dentro da vagina até cinco horas antes da relação sexual. Para que serve? Impede que os espermatozóides entrem no útero. É pouco contra as doenças sexualmente transmissíveis. Ultimamente, é pouco utilizado. Só poderá ser retirado cerca de seis horas após a relação sexual.
Conclusão:    Adoramos fazer este trabalho porque ficamos a saber mais sobre métodos para que servem e para aplicar quando formos maiores. Foi uma forma divertida para percebermos mais sobre este assuntos.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Métodos Anticoncepcionais
Métodos AnticoncepcionaisMétodos Anticoncepcionais
Métodos Anticoncepcionaisfabiozb
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosAulas Biologia
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisAntónio Luís
 
CN - METODOS CONTRACEPTIVOS
CN - METODOS CONTRACEPTIVOSCN - METODOS CONTRACEPTIVOS
CN - METODOS CONTRACEPTIVOSLuís Ferreira
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosCarlos Priante
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoNTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Apresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionaisApresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionaisjoao11batista
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisap3bmachado
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosmartins1977
 
métodos contracetivos
 métodos contracetivos métodos contracetivos
métodos contracetivosIsabel Lopes
 
Métodos Contraceptivos Hormonais ou Químicos
Métodos Contraceptivos Hormonais ou QuímicosMétodos Contraceptivos Hormonais ou Químicos
Métodos Contraceptivos Hormonais ou QuímicosInês Lucas
 
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...guestfcb1d
 
Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)Lucas Fontes
 
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOSsandranascimento
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos ContraceptivosMéTodos Contraceptivos
MéTodos Contraceptivosveronicasilva
 
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)Patricia de Rossi
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivospetehunttoons
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivosRazvan Balaci
 

Mais procurados (20)

Métodos Anticoncepcionais
Métodos AnticoncepcionaisMétodos Anticoncepcionais
Métodos Anticoncepcionais
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturaisMétodos contraceptivos de barreira e naturais
Métodos contraceptivos de barreira e naturais
 
CN - METODOS CONTRACEPTIVOS
CN - METODOS CONTRACEPTIVOSCN - METODOS CONTRACEPTIVOS
CN - METODOS CONTRACEPTIVOS
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
 
Apresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionaisApresentação metodos anticoncepcionais
Apresentação metodos anticoncepcionais
 
Métodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturaisMétodos contraceptivos naturais
Métodos contraceptivos naturais
 
ContracepçãO Geral
ContracepçãO   GeralContracepçãO   Geral
ContracepçãO Geral
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
métodos contracetivos
 métodos contracetivos métodos contracetivos
métodos contracetivos
 
Métodos Contraceptivos Hormonais ou Químicos
Métodos Contraceptivos Hormonais ou QuímicosMétodos Contraceptivos Hormonais ou Químicos
Métodos Contraceptivos Hormonais ou Químicos
 
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...
Grupo 2 Causas De Infertilidade E T%C3%A9cnicas De Reprodu%C3%A7%C3%A3o Assis...
 
Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)Sistema reprodutor (masculino e feminino)
Sistema reprodutor (masculino e feminino)
 
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
5- MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
 
Metodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos speMetodos contraceptivos spe
Metodos contraceptivos spe
 
MéTodos Contraceptivos
MéTodos ContraceptivosMéTodos Contraceptivos
MéTodos Contraceptivos
 
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)
Anticoncepção hormonal (métodos contraceptivos hormonais)
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 

Semelhante a Métodos contraceptivos(barreiras)

Métodos Físicos
Métodos FísicosMétodos Físicos
Métodos FísicosDarkWolf
 
Métodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanosMétodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanosClécio Bubela
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Angela Boucinha
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosPeses Ourique
 
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02Luiz Vicente Gargiulo
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Pelo Siro
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivosTânia Reis
 
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Pelo Siro
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointAngela Boucinha
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosJoana Calado
 
Métodos contraceptivos e dsts
Métodos contraceptivos e dstsMétodos contraceptivos e dsts
Métodos contraceptivos e dstspiefprofessoras
 
Fecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosFecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosluizinhovlr
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivosemrcja
 

Semelhante a Métodos contraceptivos(barreiras) (20)

Métodos Físicos
Métodos FísicosMétodos Físicos
Métodos Físicos
 
Métodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanosMétodos contraceptivos humanos
Métodos contraceptivos humanos
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
Planeamentofamiliaremtodoscontracetivos 120612033258-phpapp02
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
Mtodos contraceptivos-1199534859604562-3
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
Met cont-de-barreira-1212330337212827-8
 
Métodos 8°b
Métodos 8°bMétodos 8°b
Métodos 8°b
 
Métodos 8°b
Métodos 8°bMétodos 8°b
Métodos 8°b
 
Apresenta..(1)
Apresenta..(1)Apresenta..(1)
Apresenta..(1)
 
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_pointB+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
B+írbara bernardo 332 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Ciências
CiênciasCiências
Ciências
 
Métodos contraceptivos e dsts
Métodos contraceptivos e dstsMétodos contraceptivos e dsts
Métodos contraceptivos e dsts
 
Fecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosFecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivos
 
Pu chen 809 pu-chen
Pu chen 809 pu-chenPu chen 809 pu-chen
Pu chen 809 pu-chen
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 

Mais de ap3bmachado

Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveisap3bmachado
 
Recursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveisRecursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveisap3bmachado
 
Recurso natural novo
Recurso natural novoRecurso natural novo
Recurso natural novoap3bmachado
 
Efeito de estufa
Efeito de estufaEfeito de estufa
Efeito de estufaap3bmachado
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreap3bmachado
 
Poluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasPoluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasap3bmachado
 
Trabalho final de a.p.1.9
Trabalho final de a.p.1.9Trabalho final de a.p.1.9
Trabalho final de a.p.1.9ap3bmachado
 
Trabalho final de a.p.14.15
Trabalho final de a.p.14.15Trabalho final de a.p.14.15
Trabalho final de a.p.14.15ap3bmachado
 
Doenças cardiovasculares
Doenças cardiovascularesDoenças cardiovasculares
Doenças cardiovascularesap3bmachado
 
Métodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosMétodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosap3bmachado
 
Métodos contraceptivos químicos
Métodos contraceptivos   químicosMétodos contraceptivos   químicos
Métodos contraceptivos químicosap3bmachado
 
Anorexia e bulimia
Anorexia e bulimiaAnorexia e bulimia
Anorexia e bulimiaap3bmachado
 
Poster criminologia
Poster criminologiaPoster criminologia
Poster criminologiaap3bmachado
 
Poster engenharia mecanica
Poster engenharia mecanicaPoster engenharia mecanica
Poster engenharia mecanicaap3bmachado
 

Mais de ap3bmachado (20)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
Buraco do ozono
Buraco do ozonoBuraco do ozono
Buraco do ozono
 
Recursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveisRecursos naturais nao renovaveis
Recursos naturais nao renovaveis
 
Recurso natural novo
Recurso natural novoRecurso natural novo
Recurso natural novo
 
Efeito de estufa
Efeito de estufaEfeito de estufa
Efeito de estufa
 
Al gore
Al goreAl gore
Al gore
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
 
Poluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidasPoluicao do ar e chuvas acidas
Poluicao do ar e chuvas acidas
 
Trabalho final de a.p.1.9
Trabalho final de a.p.1.9Trabalho final de a.p.1.9
Trabalho final de a.p.1.9
 
Trabalho final de a.p.14.15
Trabalho final de a.p.14.15Trabalho final de a.p.14.15
Trabalho final de a.p.14.15
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying ap
Bullying apBullying ap
Bullying ap
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 
Doenças cardiovasculares
Doenças cardiovascularesDoenças cardiovasculares
Doenças cardiovasculares
 
Métodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicosMétodos cirúrgicos
Métodos cirúrgicos
 
Métodos contraceptivos químicos
Métodos contraceptivos   químicosMétodos contraceptivos   químicos
Métodos contraceptivos químicos
 
Anorexia e bulimia
Anorexia e bulimiaAnorexia e bulimia
Anorexia e bulimia
 
Poster criminologia
Poster criminologiaPoster criminologia
Poster criminologia
 
Poster engenharia mecanica
Poster engenharia mecanicaPoster engenharia mecanica
Poster engenharia mecanica
 

Métodos contraceptivos(barreiras)

  • 1. ÁreadeProjecto Métodos contraceptivos(barreiras) Trabalho elaborado por: Domingos nº5 Fábio nº Rui nº16 Sérgio nº20
  • 2. Métodos Barreiras Os métodos de barreira impõem um obstáculo físico para dificultar ou impedir o movimento dos espermatozóides em direcção ao trato reprodutivo feminino. São denominados métodos de barreira aqueles que evitam a gravidez através do impedimento da ascensão dos espermatozóides ao útero. São métodos que colocam obstáculos mecânicos ou químicos à penetração dos espermatozóides no canal cervical.Actualmente, com a crescente incidência das doenças sexualmente transmissíveis (DST), em particular a AIDS, houve uma revalorização do uso dos métodos de barreira (preservativos). Eles são pouco difundidos em nosso meio, devido à influência sócio culturais. O sucesso de seu emprego depende da motivação, da aceitação e da confiança para usá-lo. O método de barreira mais popular é o preservativo masculino.
  • 3. Preservativo masculino O que é? É um fino invólucro de borracha (látex) com o qual se envolve o pénis antes do acto sexual. O preservativo é descartável o que significa que deve ser utilizado uma só vez. Para que serve? Impede o lançamento de espermatozóides para a vagina e protege contra doenças sexualmente transmissíveis. É dos métodos mais eficazes na contracepção e o único que pode ser utilizado na prevenção de infecções sexualmente transmissíveis.
  • 4. Preservativo feminino O que é? É um método relativamente novo de contracepção. Este é feito de um tubo de borracha fina, mas tem um anel em cada extremidade. Um destes anéis é fechado e inserido na vagina, de modo a tapar o colo do útero, como se fosse um diafragma.A outra extremidade é aberta e ajusta-se em volta da abertura da vagina e da vulva. Para que serve? O preservativo feminino protege as mulheres das doenças sexualmente transmissíveis. Evita a entrada dos espermatozóides no útero. É ainda eficaz na protecção contra as doenças sexualmente transmissíveis. Este método não está ainda a ser comercializado em Portugal.
  • 5. Preservativo feminino Vantagens: - Protege contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis, inclusive a Sida; - Não é necessário receita médica;- Pode ser inserido em qualquer altura e em qualquer local;- Medicamente seguro, sem efeitos secundários;- Permite que as mulheres tenham o controlo.- Previne de doenças do colo do útero;- Não faz mal à saúde;- É mais resistente que o preservativo masculino;- Pode ser utilizado com lubrificante;- Não afecta a amamentação;- Não interfere com o coito (pode ser inserido até oito horas antes). Desvantagens: - Diminui a sensação vaginal;- Necessita de ser planeado com antecedência;- Pode ser difícil de inserir;- Custo alto (o seu preço é o triplo do preservativo masculino) e mais difícil deadquirir que os preservativos masculinos;- Pode fazer barulhos durante o acto sexual;- Demora-se algum tempo para adquirir a prática de o colocar;- A eficácia anticoncepcional depende da determinação de seguir as
  • 6. Dispositivo intra-uterino O que é? É um aparelho metálico ou de plástico que é inserido no útero por um médico especialista, sendo eficaz durante cerca de 3 a 5 anos. Para que serve? O seu mecanismo de acção depende da interferência com a migração dos espermatozóides, com o transporte do óvulo e com a fertilização. Ele impede o processo de nidação, onde o óvulo se fixa no endométrio. Pode estimular ainda uma reacção inflamatória no útero, que também é contraceptiva. Pode ter diversos formatos, e alguns dispositivos libertam hormonas para aumentar sua eficácia, logo que possa excluir uma gravidez. É eficaz durante 3 a 5 anos (variável). Deve ser sempre vigiado pelo médico e embora não seja comum, pode ser aplicado a mulheres que nunca tenham tido filhos. É um método muito seguro, mas pode ter alguns efeitos secundários, pois pode agravar as dores menstruais, provocar períodos menstruais muito abundantes e pode, por vezes, facilitar o aparecimento de infecções intra-uterinas, pelo que se deve usar sempre o preservativo. Não é aconselhado a adolescentes, pois existe o risco de provocar infecções que podem conduzir à esterilidade.
  • 7. Diafragma O que é? O diafragma é um pequeno anel flexível recoberto por uma película de borracha ou silicone que é colocado pela mulher dentro da vagina até cinco horas antes da relação sexual. Para que serve? Impede que os espermatozóides entrem no útero. É pouco contra as doenças sexualmente transmissíveis. Ultimamente, é pouco utilizado. Só poderá ser retirado cerca de seis horas após a relação sexual.
  • 8. Conclusão: Adoramos fazer este trabalho porque ficamos a saber mais sobre métodos para que servem e para aplicar quando formos maiores. Foi uma forma divertida para percebermos mais sobre este assuntos.
  • 9. Fim