Romantismo I

19.000 visualizações

Publicada em

Romantismo: contexto histórico e autores principais.
Encontrei esses slides na internet e modifiquei um pouco para a minha aula sobre Romantismo. Aproveitem!

Publicada em: Educação
4 comentários
23 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.000
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7.919
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.547
Comentários
4
Gostaram
23
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Romantismo I

  1. 1. Romantismo
  2. 2. Se o século RomantismoXVIII foimarcado pelaobjetivid o início ade, século pelo XIX éIluminis marcad mo, e o pelo pela lirismo, Razão pela subjeti vidade, pela emoção e pelo eu.Arcadismo
  3. 3. Observe o que há em comum nessasimagens:
  4. 4. “O Romantismo transpirava rebeldia egosto pela liberdade, foi uma fasevoltada para os assuntoscontemporâneos e para o cotidiano dohomem burguês do século XIX. Essevalorizava o homem emotivo, intuitivoe psicológico, e por isso desprezava oracionalismo dos iluministas.”
  5. 5. Contexto histórico O Romantismo surgiu na Europa numa época em que o ambiente intelectual era de grande rebeldia. Na política, caíam os sistemas de governo despótico e surgia o liberalismo político. No campo social imperava o inconformismo e no campo artístico o repúdio às regras. A Revolução Francesa é o climax desse século de oposição.
  6. 6. A Liberdade guiando o Povo - Eugène Delacroix (1830)
  7. 7. A Revolução belga – E. Gustave Wappers (1834)
  8. 8. Os fanáticos de Tangiers - Eugène Delacroix (1838)
  9. 9. No Brasil No Brasil, o romantismocoincidiu com a independência política em1822, com o 2º Reinado, a guerra do Paraguai e a campanha abolicionista.
  10. 10. O Grito do Ipiranga – Pedro Américo (1888)
  11. 11. A pintura romântica Gustave CourbetWilliam Blake Jacques-Louis David Goya
  12. 12. William Blake Blake escreveu e ilustrou mais de vinte livros, incluindo "O livro de Jó" da Bíblia, "A Divina Comédia" de Dante Alighieri - trabalho interrompido pela sua morte - além de títulos de grandes artistas britânicos de sua época. Muitos de seus trabalhos foram marcados pelos seus fortes ideais libertários, principalmente nos poemas do livro Songs of Innocence and of Experience ("Canções da Inocência e da Experiência"), onde ele apontava a igreja da Inglaterra e a alta sociedade como exploradores dos fracos.
  13. 13. Gustave Courbet Um dos primeiros representantes dessa nova perspectiva artística na pintura francesa foi Gustave Coubert, cuja obra é marcada pela constante representação de figuras de extração popular.
  14. 14. Jacques-Louis David
  15. 15. Goya Goya buscava explorar a face destrutiva e obscura da natureza humanaSaturno devorando seu filho (1824)
  16. 16. O fuzilamento de 3 de maio – Goya (1814)
  17. 17. GoyaO sonho da razão produz monstros
  18. 18. Música romântica As primeiras evidências do romantismo na música aparecem com Beethoven . Suas sinfonias revelam uma música com temática profundamente pessoal e interiorizada.
  19. 19. Chopin Tchaikovsky Liszt Levaram adiante o ideal romântico de Beethoven, deixando o rigor formal para escreverem músicas mais de acordo com suas emoções.Mendelssohn Brahms
  20. 20. Romantismo na literatura
  21. 21. Vertentes mundiais do Romantismo NacionalismoIndividualismo O nacionalismoO homem burguês romântico floresce edeu livre expressão Fuga da realidade propaga a ideia dea seus sentimentos A insatisfação com o que cada povo é e emoções mais mundo leva o romântico a único e criativo e íntimos fugir: fuga para a expressa seu gênio natureza, para o passado, na arte e tradições para o interior de si populares. mesmo, para o lado noturno da vida, para o misticismo, para o sobrenatural, o sonho, a loucura ou a própria morte.
  22. 22. Individualismo Uma vertente, focada no individualismo, traz consigo o culto do egocentrismo, vazado de melancolia e pessimismo (mal do século). Pelo apego ao intimismo e a valores extremados, foram chamados de Ultra-Românticos: Byron, Musset e Álvares de Azevedo
  23. 23. Fuga da realidade O romantismo é um movimento que vai contra o avanço da modernidade em termos da intensa racionalização e mecanização. É uma crítica à perda das perspectivas que fogem àquelas correlacionadas à razão.
  24. 24. Nacionalismo/historicismo O historicismo está representado nas obras de Walter Scott (Inglaterra), Victor Hugo (França),Almeida Garrett (Portugal), José de Alencar (Brasil). São resgates históricos apaixonados e saudosos ou observações sobre o momento histórico que atravessava-se.
  25. 25. Atualizando o vocabulário... O termo romântico refere-se ao movimento estético ou, num sentido mais amplo, à tendência idealista ou poética de alguém que carece de sentido, objetivo.
  26. 26. A nova FORMA do Romantismo O Romantismo renega as formas rígidas da literatura,como versos de métrica exata. O romance se torna o gênero narrativo preferencial, em oposição à epopéia.
  27. 27. O Romantismo na AlemanhaOs autores alemães procuraram renovar sua literatura atravésdo retorno à natureza e à essência humana, mergulhados noSentimentalismo. Goethe, Johan Wolfgan von. Os Sofrimentos do Jovem Werther (1774)
  28. 28. Romantismo na Inglaterra Walter Scott Ivanhoé (1819)
  29. 29. Romantismo na França Victor Hugo Os miseráveis (1862)
  30. 30. Romantismo na Itália Giácomo Leopardi (Poeta) “Natureza nobre é aquela que tem coragem de olhar nos olhos o destino comum, e que com franca língua, sem subtrair nada da verdade, confessa o mal que nos foi dado como destino e a condição baixa e frágil do homem.”
  31. 31. Romantismo em Portugal Almeida GarretProduziu o marco inicial do romantismo em Portugal, o poema épico“Camões” (1825). Viagens na minha terra
  32. 32. Alexandre Herculano Euríco, o Presbítero
  33. 33. Camilo Castelo Branco Amor de Perdição
  34. 34. Júlio Dinis As pupilas do senhor reitor
  35. 35. Romantismo no Brasil José de Alencar Iracema (1865)
  36. 36. Filmografia indicada
  37. 37. Romantismo nos dias de hoje
  38. 38. Fontes http://www.slideshare.net/clauheloisa http://www.suapesquisa.com/romantismo/romantismo.htm http://www.brasilescola.com/literatura/romantismo.htm http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/romantismo/ro mantismo-1.php CEREJA, Willian Roberto, MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: linguagens – volume 2.
  39. 39. Até a próxima semana!!!

×