DepressãO Infantil

4.557 visualizações

Publicada em

faltadeamor faltadecarinho faltadetratamento faltadejesus

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.557
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
171
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DepressãO Infantil

  1. 1. DEPRESSÃO INFANTO - JUVENIL AUTOMÁTICO
  2. 2. Quase todas as pessoas conhecem a depressão – se não a tiveram, possue um parente ou amigo que já atravessou ou enfrenta este drama.
  3. 3. A depressão é um estado de ânimo caracterizado por sentimento de tristeza,desamparo, desesperança. O problema é considerado clinicamente significativo quando esses sentimentos são intensos e persistentes
  4. 4. É um sentimento que pode ser confundido com outras situações – como a de luto, por exemplo, que ocorre em conseqüência da perda de alguém ou de algo importante, e é limitado no tempo, algo que dura de dois a quatro meses,no entanto pode ser diagnosticado como depressão.
  5. 5. No caso dos adultos, a depressão é caracterizada quando o paciente apresenta pelo menos cinco destes sintomas: -Humor depressivo ou irritadiço; --diminuição no interesse ou perda do prazer pela maioria das atividades; --perturbação do sono;
  6. 6. -alteração do peso ou perturbação de apetite; -ideação suicida ou pensamentos sobre a morte; -agitação ou lentificação; -fadiga ou perda de energia; -sentimentos de inutilidade ou culpa inapropriada.
  7. 7. Embora muitos acreditem que a infância é o melhor período na vida de uma pessoa, nem sempre isso é verdade. Crianças também sofrem de depressão.O diagnóstico, no entanto, é muito difícil, pois muitas vezes nem as próprias crianças sabem explicar o que...
  8. 8. ...sentem, ou não conseguem perceber que há algo errado. Não existem testes para saber se a criança está com depressão ou não. O diagnóstico deve ser feito com muita precaução e sem alarmismos. Alguns sintomas podem ser;
  9. 9. -tristeza freqüente e persistente, choro; -falta de interesse nas atividades; -baixa auto- estima;sentimento de culpa; -sensibilidade extrema rejeição ou erros; -irritabilidade,raiva; -dificuldades nos relacionamentos;
  10. 10. -faltas freqüentes na escola ou mau rendimento escolar; -Intenção ou tentativa de fugir de casa; --pensamentos sobre morte(mórbidos); -- medo de diversas coisas ou situações. -Assim como no caso dos adultos, para se caracterizar a depressão todos os sintomas devem ...
  11. 11. ...ser persistentes. Casos isolados de tédio, choro,ou irritação, por exemplo, são normais. Contudo, uma vez percebidos estes sintomas na criança,a doença pode ser tratada com ajuda de um psicólogo, que indicará psicoterapia, medicamentos, orientação da criança/adolescente e orientação dos pais. Esses tratamentos podem ser utilizados isoladamente ou ...
  12. 12. ...em conjunto com o objetivo de obter melhora dos sintomas depressivos e o restabelecimento do bem estar do paciente. Apesar de eventuais dificuldades no diagnóstico, o que pode efetivamente ajudar a descobrir se a criança ou adolescente tem depressão é o estabelecimento de um bom vínculo afetivo.
  13. 13. Deve-se estimular o paciente a nomear seus sentimentos (raiva, tristeza,desânimo) e ajudá-lo com exemplos de situações semelhantes às que está vivendo. Por outro lado, crianças e adolescentes que costumam ter maior dificuldade em expressar seus sentimentos e pais com tendência de minimizar ou
  14. 14. ...supervalorizar o sofrimento da criança podem ser obstáculos que dificultam na descoberta da doença. Portanto, a melhor arma ainda é a informação: pais de crianças com depressão devem procurar saber o máximo possível a respeito da doença e, assim, tomar a melhor decisão para que a intervenção seja mais breve possível.
  15. 15. Você observou o quanto é importante esta mensagem. Pois bem, passe para as mães que tem filhos nesta situação. OK? Um Abraço Autor:Paula Renata Brasil dos Santos Psicóloga. Formatação:José Varreis Mota E-Mail:josevarreis@hotmail.com

×