Instrumentação para avaliação dos agentes ambientais

4.483 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
87
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Instrumentação para avaliação dos agentes ambientais

  1. 1. Instrumentação para Avaliação dos AgentesAmbientaisConteúdo Programático Avaliação de ruído O que é dose? O que é Lavg? O que é NEN? NR 15 Fala em dose? Ou medição pontual? Como deve ser a escolha do avaliado? O que é dose projetada? Como fazer? Quais configurações utilizadas para os equipamentos medidores de Pressão Sonora? Técnicas de avaliação com Dosímetro e Decibelímetro? Como deve ser feita a aferição do equipamento? Quais as normas que os equipamentos devem atender? Como deve ser a Certificação dos equipamentos? Aula prática com dosímetro, decibelímetro e como interpretar os resultados obtidos. Avaliação de iluminância O que é luxímetro? Técnicas de avaliação. NBR- 5413, do que trata esta norma? Avaliação de agentes químicos Técnicas de avaliação. O que as NHO’s/ACGIH abordam sobre o assunto?
  2. 2. Quando e como avaliar estes agentes? As condições climáticas podem interferir na avaliação? Como deve ser a escolha do avaliado? Demonstração prática do uso e calibração das bombas de amostragem. Tipos de coletores utilizados na avaliação.Avaliação calor O que é IBUTG? Quando devemos avaliar? O que diz a legislação sobre este assunto? Como calcular o IBUTG? Como é realizado o cálculo quando o local de descanso for diferente do local de trabalho? IBUTG interno e externo qual a diferença? Quais os equipamentos utilizados na avaliação? Calculo de calor efetivo para fins de conforto. Como interpretar os resultados obtidos? Demonstração prática de avaliação de calor.
  3. 3. Higiene Ocupacional - 26/11/2012Duração: 20 h 5 dias de curso - 26 à 30 de Novembro de 2012 (TurmaPrevista) De:18 hs ás 22 hs Valor: R$150,00 Público Alvo: Engenheiros eTécnicos de Segurança do Trabalho, Médicos do Trabalho, Enfermeiros eTécnicos de Enfermagem do Trabalho, Fonoaudiólogos, Técnicos em MeioAmbiente, Higienistas Ocupacionais, Estudantes e demais profissionaisinteressados na qualidade de vida do trabalho. Objetivo: Capacitar osparticipantes em metodologia e estratégia de amostragem de riscos físicos (calor,ruído) e químicos (gases, vapores, fumos metálicos, poeiras) Habilitá-los nomanuseio adequado dos instrumentos em situações reais de campo paraelaboração de laudos técnicos (PPRA, LTCAT, PGR, Insalubridade, EspaçosConfinados dentre outros). O curso engloba demonstração e utilização de váriosinstrumentos de avaliação ambiental, incluindo dosímetros de ruído, bombas deamostragem de ar e detectores de gases para espaços confinados. O curso seráfundamentado na utilização prática de instrumentos de avaliação ambiental emcampo. Conteúdo Programático: Definição de Higiene Ocupacional; Etapas deum programa de Higiene Ocupacional; NHO – Norma de Higiene Ocupacionalda Fundacentro; Limites de Tolerância; Tipos de Limites de Exposição segundoa ACGIH e NR – 15; Nível de Ação; Estratégia de Amostragem; Definições,Técnicas de Avaliação; Manuseio e Calibração de Instrumentos; Ajuste e Testede Respostas com Cilindro de Gás; Medições Reais de Campo dos AgentesFísicos: Ruído e Calor Agentes Químicos: Gases, Vapores, Poeira, FumosMetálicos, etc. Conforto Térmico NR-17 – Iluminância e Umidade

×