riscos no meio ambiente por Rogério Caribé

304 visualizações

Publicada em

como elabora mapa de risco

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

riscos no meio ambiente por Rogério Caribé

  1. 1. MAPA DE RISCOS Solicitado por professora Ceciliana Técnicos do Meio Ambiente CAMILA S. S. ADRIANO ROGÉRIO F. CARIBÉ REGIANE BRITO
  2. 2. 14 – ESTRATÉGIAS E METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO A estratégia e respectiva forma de atuação deverão ser desenvolvidas por meio de reuniões de planejamento, confrontação de relatos e dos dados de avaliações ambientais. Na metodologia de avaliação dos agentes ambientais, quando necessárias, deverão ser utilizadas as normas da Fundacentro e da ABNT usadas em Higiene do Trabalho. A priorização de avaliações quantitativas para os contaminantes atmosféricos e agentes físicos do ponto de vista do Programa de Prevenção de Risco Ambientais podem ser definidas conforme a tabela abaixo, partindo-se sempre do nível do Grau de Risco identificado para a definição da prioridade das avaliações quantitativas a serem realizadas
  3. 3. 3 Alto ou Sério Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um risco para a saúde e integridade física do trabalhador, cujos valores ou importâncias estão notavelmente próximos dos limites regulamentares. 4 Muito Alto ou Crítico Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um risco para a saúde e integridade física do trabalhador, com uma probabilidade de acidente ou doença, elevada.
  4. 4. GRAU DE RISCO PRIORIDADE DESCRIÇÃO 0 e 1 Baixa Não é necessária a realização de avaliações quantitativas das exposições 2 Média A avaliação quantitativa pode ser necessária porém não é prioritária. Será prioritária somente se for necessário para verificar a eficácia das medidas de controle e demonstrar que os riscos estão controlados 3 Alta Avaliação quantitativa prioritária para estimar as exposições e verificar a necessidade ou não de melhorar ou implantar medidas de controle 4 Baixa Alta Avaliação quantitativa não é prioritária, não é necessária a realização de avaliações quantitativas para se demonstrar a exposição excessiva e a necessidade de implantar ou melhorar as medidas de controle A avaliação quantitativa somente será prioritária para o grau de risco 4 quando for relevante para planejamento das medidas de controle a serem adotadas ou para registro da exposição
  5. 5. Grupo Riscos Cor de identificação Descrição 1 Físicos Verde Ruído, calor, frio, pressões, umidade, radiações ionizantes e não ionizantes, vibrações, etc. 2 Químicos Vermelho Poeiras, fumos, gases, vapores, névoas, neblinas, etc. 3 Biológicos Marrom Fungos, vírus, parasitas, bactérias, protozoários, insetos, etc. 4 Ergonômicos Amarelo Levantamento e transporte manual de peso, monotonia, repetitividade, responsabilidade, ritmo excessivo, posturas inadequadas de trabalho, trabalho em turnos, etc. 5 Acidentes Azul Arranjo físico inadequado, iluminação inadequada, incêndio e explosão, eletricidade, máquinas e equipamentos sem proteção, quedas e animais peçonhentos. etc.
  6. 6. / / Rogério Freitas Caribé Serra/ES Praça de Serra ES Ruído, calor, frio, umidade, vibrações, etc. Poeiras, fumos, gases, vapores, etc. Fungos, vírus, parasitas, bactérias, protozoários, insetos, etc. Levantamentoetransportemanual depeso, monotonia, repetitividade, ritmoexcessivo, posturasinadequadas, trabalhoemturnos, etc. Arranjo físico inadequado, iluminação inadequada, eletricidade, máquinas e equipamentos semproteção, quedas e animais peçonhentos. etc. 1 2 3 4 3 Não a epis obrigatorios eserto para funcionarios EPI´s 1 - risco baixo 2 - risco medio 3 - risco alto 4 - risco baixo alto NIVES DE RISCOS 4 4 3 4 4 3
  7. 7. MEDIDAS Deve ser adotadas medidas para melhoria do ambiente ,podendo ser: construção de uma Passarela com a finalidade de evitar acidentes como atropelamento, coleta seletiva do lixo e conscientização da população que frequenta assiduamente estes locais evitando contaminação de vírus e bactérias no solo e Proliferação dos roedores e mosquitos, tratamento constante da agua no local como fontes luminosas e remoção de excesso das Impurezas como folhas e outros dejetos, estudo dos insetos para evitar os de origem peçonhentas como aranhas etc..., fiscalização constante dos profissionais envolvidos sobre o uso dos EPI´s no uso de ferramentas como cortadores de gramas e os coletores de lixo com proteção adequada.
  8. 8. FONTES: Foto da praça da serra ES internet Partes dos níveis de riscos http://segurancadotrabalhonwn.com/

×