Sinasefe 2011 sst riscos e cargas no trabalho

4.499 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
326
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
194
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sinasefe 2011 sst riscos e cargas no trabalho

  1. 1. Segurança e Saúde do Trabalhador Facilitador: ÉLCIO AMARAL Arquiteto, Professor do IFPA, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Mestre em Educação Brasileira pela UFC
  2. 2. <ul><li>“ Despertando a sociedade para a prevenção de acidentes do trabalho, promoção da Saúde e qualidade de vida do Trabalhador em Educação” </li></ul><ul><li>POR UM TRABALHO DECENTE, </li></ul><ul><li>SEGURO E SAUDÁVEL </li></ul>
  3. 3. Seus efeitos na saúde do trabalhador e trabalhadora <ul><li>RISCOS E CARGAS NO TRABALHO </li></ul>
  4. 4. <ul><li>É um processo consciente pelo qual o homem se apropria da natureza para transformar seus materiais em elementos úteis para vida. </li></ul><ul><li>O QUE É TRABALHO? </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Social, de cooperação, solidariedade, conflitos, interesses opostos. </li></ul><ul><li>O TRABALHO É UMA RELAÇÃO </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A capacidade e limites do corpo. </li></ul><ul><li>Destreza/habilidade (agilidade das mãos e movimentos) </li></ul><ul><li>Sensibilidade; </li></ul><ul><li>Inteligência; </li></ul><ul><li>Criatividade. </li></ul><ul><li>O TRABALHO DESENVOLVE E MOBILIZA </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O indivíduo entra em contato consigo mesmo. (corpo, mente, subjetivo, pessoal). </li></ul><ul><li>ATRAVÉS DO TRABALHO </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Atividade onde o HOMEM: </li></ul><ul><li>se transforma; </li></ul><ul><li>se auto produz; </li></ul><ul><li>se relaciona com outras pessoas; </li></ul><ul><li>estabelece relações sociais; </li></ul>ESTAMOS FALANDO DO TRABALHO COMO...
  9. 9. <ul><li>ATO DE LIBERDADE; </li></ul><ul><li>OPORTUNIDADE DE AUTO-EXPRESSÃO; </li></ul><ul><li>AUTO-ESTIMA; </li></ul><ul><li>E PRAZER. </li></ul>ESTAMOS FALANDO DO TRABALHO COMO...
  10. 10. <ul><li>Dois aspectos devem ser observados: </li></ul><ul><li>Organização do Trabalho </li></ul><ul><li>Condições de Trabalho </li></ul>NESSA RELAÇÃO DE SAÚDE E TRABALHO
  11. 11. CONCEITOS DE SAÚDE Senso comum: Saúde é não estar doente <ul><li>Segundo a OMS - É o completo bem estar físico, social e mental, não é apenas a ausência de doença. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Depende de alimentação, moradia, saneamento básico, higiene, transporte, escola, salário, esporte, posse da terra, acesso aos serviços de saúde e lazer. </li></ul><ul><li>PORTANTO SAÚDE </li></ul>
  13. 13. <ul><li>A fome, poluição, jornada excessiva de Trabalho, salário injusto, desemprego, assédio moral, só nos trazem doenças e preocupações. </li></ul><ul><li>LOGO </li></ul>
  14. 14. <ul><li>É importante levar em consideração todos esses aspectos biopsicosociais . </li></ul><ul><li>PENSAR EM SAÚDE DO TRABALHADOR </li></ul>
  15. 15. <ul><ul><li>DOENÇA RELACIONADA AO TRABALHO </li></ul></ul><ul><li>Adquirida/desencadeada em função de condições ambientais em que o trabalho é realizado. </li></ul><ul><li>LER/DORT – trabalhos repetitivos, posturas; </li></ul><ul><li>CÂNCER DE PELE – exposição ao sol; </li></ul>
  16. 16. <ul><ul><li>DOENÇA PROFISSIONAL </li></ul></ul><ul><li>Produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a uma determinada atividade. </li></ul><ul><li>PAIR – trab. som, casas noturnas, trio elétrico; </li></ul><ul><li>SILICOSE - cerâmicas, vidros; </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Cinco categorias de riscos </li></ul><ul><li>Físicos; </li></ul><ul><li>Químicos; </li></ul><ul><li>Biológicos; </li></ul><ul><li>Ergonômicos; </li></ul><ul><li>Mecânicos ou de acidentes; </li></ul>
  18. 18. Estuda os riscos ambientais, identificando, reconhecendo, avaliando e adotando medidas de controle dos agentes agressivos a saúde dos trabalhadores, tornando-os SAUDÁVEIS/SALUBRES. HIGIENE DO TRABALHO - CONCEITO
  19. 19. <ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul><ul><ul><li>Ruído: Contínuo e impacto </li></ul></ul><ul><ul><li>surdez temporária ou permanente; </li></ul></ul><ul><ul><li>interferência na comunicação oral; </li></ul></ul><ul><ul><li>dificuldades mentais e emocionais; </li></ul></ul><ul><ul><li>irritabilidade, nervosismo; </li></ul></ul><ul><ul><li>hipertensão, gastrites. </li></ul></ul>
  20. 20. <ul><ul><li>Vibrações: Generalizadas e localizadas </li></ul></ul><ul><ul><li>problemas circulatórios; </li></ul></ul><ul><ul><li>enjôo, náuseas; </li></ul></ul><ul><ul><li>artrose do cotovelo; </li></ul></ul><ul><ul><li>doença dos dedos brancos; </li></ul></ul><ul><ul><li>alteração na sensibilidade tátil; </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  21. 21. <ul><ul><li>Temperaturas extremas – Frio </li></ul></ul><ul><ul><li>feridas e rachaduras na pele; </li></ul></ul><ul><ul><li>problemas pulmonares; </li></ul></ul><ul><ul><li>reumatismos, morte celular da pele; </li></ul></ul><ul><ul><li>congelamento/resfriamento do corpo; </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  22. 22. <ul><ul><li>Temperaturas extremas – Calor </li></ul></ul><ul><ul><li>catarata; </li></ul></ul><ul><ul><li>fadiga, esgotamentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>erros de percepção e raciocínio; </li></ul></ul><ul><ul><li>insolação, desidratação, cãibras, desmaios; </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  23. 23. <ul><ul><li>Radiações não ionizantes: Infravermelha e ultravioleta </li></ul></ul><ul><ul><li>queimadura na pele; </li></ul></ul><ul><ul><li>cataratas, conjuntivite, lesões na retina; </li></ul></ul><ul><ul><li>intoxicação; </li></ul></ul><ul><ul><li>problemas respiratórios, etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  24. 24. <ul><ul><li>Radiações ionizantes: Raio X, alfa , beta </li></ul></ul><ul><ul><li>catarata; </li></ul></ul><ul><ul><li>diminuição dos glóbulos brancos; </li></ul></ul><ul><ul><li>anemia, leucemia; </li></ul></ul><ul><ul><li>câncer da tireóide, de pele; </li></ul></ul><ul><ul><li>Efeitos genéticos como: </li></ul></ul><ul><ul><li>aníridia (ausência da íris dos olhos), </li></ul></ul><ul><ul><li>surdo-mudez, c ertos tipos de cataratas . </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  25. 25. <ul><ul><li>Pressões anormais - altas e baixas </li></ul></ul><ul><ul><li>aumento brusco de pressão ( ruptura do tímpano ); </li></ul></ul><ul><ul><li>surgem dores, problemas respiratórios ( tosse ); </li></ul></ul><ul><ul><li>obstruções/ruptura dos vasos sanguíneos; </li></ul></ul><ul><ul><li>provoca embolia pulmonar. </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  26. 26. <ul><ul><li>Umidade - Atividades com presença de água </li></ul></ul><ul><ul><li>provoca reumatismo; </li></ul></ul><ul><ul><li>gripes; pneumonias; </li></ul></ul><ul><ul><li>problemas respiratórios; </li></ul></ul><ul><ul><li>agrava as doenças da pele, ferimentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS FÍSICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  27. 27. <ul><ul><li>Substâncias químicas presentes nos ambientes de trabalho com poder de contaminação. </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS QUIMICOS: CONCEITO </li></ul></ul>
  28. 28. <ul><ul><li>Líquida: </li></ul></ul><ul><ul><li>Névoa, Neblina, substâncias químicas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Sólida: </li></ul></ul><ul><ul><li>Fumos, Poeiras </li></ul></ul>Gasosa: Gases, Vapores <ul><ul><li>RISCOS QUIMICOS: </li></ul></ul><ul><ul><li>FORMAS DE APRESENTAÇÃO </li></ul></ul>
  29. 29. <ul><ul><li>doença pulmonar, pneumoconiose ; </li></ul></ul><ul><ul><li>febre; </li></ul></ul><ul><ul><li>intoxicação; </li></ul></ul><ul><ul><li>irritação no nariz; </li></ul></ul><ul><ul><li>dor de cabeça; </li></ul></ul><ul><ul><li>náuseas, sonolência, convulsões; </li></ul></ul><ul><ul><li>ação depressiva; </li></ul></ul><ul><ul><li>coma e até a morte. </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS QUIMICOS: EFEITOS NA SAÚDE </li></ul></ul>
  30. 30. <ul><ul><li>Microorganismos invisíveis presentes no ambiente de trabalho que causam danos à saúde. </li></ul></ul><ul><ul><li>vírus, bactérias, parasitas, fungos, bacilos. </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCOS BIOLÓGICOS: CONCEITO </li></ul></ul>
  31. 31. enfermeiros médicos coletores de lixo açougueiro laboratoristas peixeiro <ul><ul><li>RISCOS BIOLÓGICOS: EXPOSIÇÃO </li></ul></ul>
  32. 32. <ul><ul><li>RISCOS BIOLÓGICOS PODEM PROVOCAR: </li></ul></ul><ul><ul><li>tuberculose; </li></ul></ul><ul><ul><li>leptospirose; </li></ul></ul><ul><ul><li>hepatite; </li></ul></ul><ul><ul><li>intoxicação alimentar; </li></ul></ul><ul><ul><li>malária, febre amarela, </li></ul></ul><ul><ul><li>brucelose; </li></ul></ul><ul><ul><li>gripes, resfriados. </li></ul></ul>
  33. 33. Estudos de prevenção e controle dos riscos decorrentes dos processos operacionais, que podem comprometer a saúde e integridade física dos trabalhadores. SEGURANÇA DO TRABALHO:
  34. 34. RISCOS ERGONÔMICOS <ul><li>Esforço físico intenso; </li></ul><ul><li>Exigência de posturas inadequadas; </li></ul><ul><li>Controle rígido da produtividade; </li></ul><ul><li>Imposição de ritmos excessivos; </li></ul><ul><li>Monotonia e repetividade; </li></ul>
  35. 35. <ul><li>Trabalho em turno e noturno; </li></ul><ul><li>Jornadas de trabalho prolongadas; </li></ul><ul><li>Levantamento/transp. manual de pesos; </li></ul><ul><li>Situações de stress físico e/ou psíquico; </li></ul>RISCOS ERGONÔMICOS
  36. 36. CONSEQUÊNCIAS DO RISCO <ul><li>Alto índice de erros; </li></ul><ul><li>Dor de cabeça, fadiga física e mental; </li></ul><ul><li>Baixa produtividade; </li></ul><ul><li>Acidentes e Doenças; </li></ul><ul><li>Absenteismos; </li></ul><ul><li>Lombalgias, dor nas costas; </li></ul><ul><li>Doenças psicosomáticas - hipertensão arterial, gastrites; </li></ul>
  37. 37. <ul><ul><li>RISCOS MECÂNICOS (de acidentes) </li></ul></ul><ul><li>Arranjo físico inadequado; </li></ul><ul><li>Máquinas e equipamentos sem proteção; </li></ul><ul><li>Ferramentas inadequadas / defeituosas; </li></ul><ul><li>Iluminação inadequada; </li></ul><ul><li>Eletricidade; </li></ul>
  38. 38. <ul><li>Probabilidade de incêndio ou explosão; </li></ul><ul><li>Armazenamento inadequado; </li></ul><ul><li>Animais peçonhentos; </li></ul><ul><li>Situações de ocorrência de acidentes. </li></ul><ul><ul><li>RISCOS MECÂNICOS (de acidentes) </li></ul></ul>
  39. 39. <ul><ul><li>RISCOS MECÂNICOS (de acidentes) </li></ul></ul><ul><li>DEPENDENDO, PODEM PROVOCAR: </li></ul><ul><li>Cortes; </li></ul><ul><li>Amputações; </li></ul><ul><li>Fraturas; </li></ul><ul><li>Queimadura; </li></ul><ul><li>Contusões; </li></ul><ul><li>Eletrocussão; </li></ul><ul><li>Mutilações, poli-traumatismos, morte. </li></ul>
  40. 40. Amputação de membros, choque elétrico e morte
  41. 41. <ul><li>Incorpora as dimensões físicas, mental/cognitiva e psíquica do ser humano. </li></ul><ul><li>Carga Física – Efeitos da atividade entre o corpo, sua tarefa e meio ambiente. </li></ul><ul><li>Ex: O esforço físico, as posturas, os efeitos do ruído, do calor, da iluminação, poeiras, etc. </li></ul><ul><li>Carga Cognitiva/mental – processos mentais envolvendo: percepção, informação, concentração, conhecimento, tomada de decisão, uso da memória. </li></ul>
  42. 42. <ul><li>Carga psíquica - Componentes negativos desencadeados/agravados pelo trabalho. </li></ul><ul><li>ansiedade frente a riscos elevados, </li></ul><ul><li>medo dos mecanismo de controle, </li></ul><ul><li>assédio moral; </li></ul><ul><li>efeitos psíquicos e danos mentais; </li></ul><ul><li>tarefas vazias, monótonas, </li></ul><ul><li>atividades repetitivas </li></ul>
  43. 43. <ul><li>Agentes prejudicais à saúde do trabalhador no ambiente de trabalho. </li></ul>Riscos e Cargas no trabalho estão interligadas.
  44. 44. <ul><li>Riscos invisíveis, menos aparentes, incluindo os componentes psíquicos, afetivos, vinculados à organização do trabalho, interagindo com outros fatores de riscos agressivos. </li></ul>
  45. 45. <ul><li>Devem ser estudas entendendo o ser humano como um todo, dentro e fora do trabalho </li></ul>
  46. 46. <ul><ul><li>EDUCAÇÃO EM SST </li></ul></ul>“ Fator primordial na sensibilização das pessoas para as questões de Segurança e Saúde do Trabalhador e Trabalhadora dentro e fora do trabalho” OBRIGADO.
  47. 47. IPÊ AMARELO PARA REFLETIR “ ... Saúde para cada homem, mulher ou criança é possuir meios de traçar um caminho pessoal e original, em direção ao bem-estar físico, psíquico e social.” Viver não é apenas não Morrer! Dejour
  48. 48. Prof. Élcio Amaral Coordenador SINASEFE-PA e-mail: [email_address] [email_address] Telefones: Sinasefe: (91) 32663033 Celular: (91) 81428001 Residência: (91) 3243 2962 Site: www.sinasefe.org.br Blog: sinasefepa.wordpress.com ENDEREÇOS PARA CONTATOS:

×