PERFIL PROFISSIONAL do PLATAFORMISTA:
O Trabalho de Todos os Que Atuam em
Plataformas Offshore é Confinado e, Por Isso
Mes...
Considerando-se Que a Petrobrás Não
Absorve Toda Mão de Obra Disponível
no Mercado, as Milhares de Empresas
Que Prestam Se...
A¹) Na Área Livre – Auxiliar o
Controlador da Sonda na Medição
dos Tubos e Comandos; Gabaritar
os Tubos e Retirar os Prote...
D) PERFURAÇÃO – Colocar o Tubo
no “Buraco do Rato” Conectando-
os ou Não; Reirar Protetores de
Rosca e Não Permanecer Próx...
F¹) Descida de Revestimento
(Durante) – Operar a Chave
Hidráulica Aplicando o Torque Ideal
Para Cada Junta; Abastecer a Co...
Classificação Dos
Poços de Petróleo
1) Quanto à Sua Finalidade:
A) Estratigráficos: São Descobertos nas
Bacias Sedimentare...
2) Quanto à Sua
Profundidade:
A) Poços Rasos: Profundidade
Máxima Até Mil Metros
B) Poços Médios: Profundidade
Máxima Até ...
SISTEMA de CIRCULAÇÃO
Permite Introduzir o Fluido de
Perfuração no Poço, Através da
Coluna Até a Broca e Retornar Pelo
Esp...
Bomba de LamaÉ o Principal Equipamento do Sistema
de Circulação Cuja Função Principal é
Bombear o Fluido de Perfuração
Atr...
Mangueiras e
Mangotes
A Mangueira de Injeção é Feita de
Borracha, Sendo Encontrada Entre
o Tubo Bengala e a Cabeça de
Inje...
Coluna de Perfuração
É o Conjunto de Tubos Que Penetra no
Poço, Cuja Extremidade é a Broca e o
Seu Comprimento Tem a Mesma...
Perfil profissional dos Plataformistas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Perfil profissional dos Plataformistas

356 visualizações

Publicada em

Atribuições, Perfil e Responsabilidades de Todos Aqueles Que Trabalham Embarcados

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
356
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perfil profissional dos Plataformistas

  1. 1. PERFIL PROFISSIONAL do PLATAFORMISTA: O Trabalho de Todos os Que Atuam em Plataformas Offshore é Confinado e, Por Isso Mesmo, Exige-se Capacidade de Trabalhar em Turnos de 14 Dias, Até 12 Horas/Dia e Com Intervalos Para Descanso / Alimentação a Cada 3 Horas À Exemplo de Todos os Outros Profissionais Que Trabalham Embarcados em Navios, o Trabalho do Plataformista Oferece Riscos Eminentes e, Por Isso Mesmo, Existem Rígidas Normas de Segurança Que Devem Ser Cumpridas MERCADO de TRABALHO Mesmo Com a Descoberta do Pré-Sal Ainda em Desenvolvimento, o RJ Produz 80% de Todo Petróleo e Gás do Brasil e Isso Significa Que Ele é o Principal Mercado de Trabalho Para Profissionais Offshore Quase 90% das Empresas do Setor Estão no RJ (a Grande Maioria na Bacia de Campos) Nas Cidades de Macaé e Rio Das Ostras e, Assim Como a Petrobrás, Grandes Empresas Mundiais se Instalaram Lá.
  2. 2. Considerando-se Que a Petrobrás Não Absorve Toda Mão de Obra Disponível no Mercado, as Milhares de Empresas Que Prestam Serviços Para a Estatal Estão Sempre Buscando Esses Pretendentes Muitos Candidatos São Atraídos Para Essas Empresas Porque, Além de Exigirem Escolaridade Média e/ou Técnica, Elas Oferecem Salários Razoáveis Para Muitas Funções Principais Atribuições do Plataformista: A) Passagem do Serviço – Informar ao Seu Substituto Tudo o Que Estiver Ocorrendo na Operação Realizada Até o Momento, Alertando-o Para os Riscos Envolvidos Assim Como as Condições das Ferramentas e Equipamentos Usados na Operação
  3. 3. A¹) Na Área Livre – Auxiliar o Controlador da Sonda na Medição dos Tubos e Comandos; Gabaritar os Tubos e Retirar os Protetoras Dos Tubos de Revestimentos A²) Na Sala de Bombas – Participar dos Reparos, da Manutenção ou Substituição de Peças; Auxiliar o Operador de Torre Na Abertura e Fechamento Das Válvulas A³) No Deck de Perfuração - Manutenção Dos Equipamentos Auxiliares; Manter a Plataforma Limpa e Arrumada e As Rotas de Fuga Desobstruídas B) Manobra Antes – Inspecionar as Condições dos Cabos de Segurança; Na Mesa Rotativa, Manter as Peças Afastadas Para Que Não Caiam no Poço; Manobrar Para Abastecer o Poço e Acoplar o Freio Para Abastecimento do Poço
  4. 4. D) PERFURAÇÃO – Colocar o Tubo no “Buraco do Rato” Conectando- os ou Não; Reirar Protetores de Rosca e Não Permanecer Próximo às Linhas de Alta PressãoE) Peneira de Lama – Ligá-la ou Desligá-la Quando Necessário, Retirar Amostra de Calha Para Geologia e Evitar Contaminação do Fluido de Perfuração F) Descida de Revestimento (Antes) – Retirar Buchas da Mesa Rotativa, Preparar Linha de Abastecimento de Fluido e Posicionar Mesa Auxiliar de Revestimento Para Operação Com a Chave Hidráulica C) Manobra Durante – Operar Chave de Enroscar Tubos; Conectar e Desconectar Tubos e Comandos e Observar o Abastecimento do Poço
  5. 5. F¹) Descida de Revestimento (Durante) – Operar a Chave Hidráulica Aplicando o Torque Ideal Para Cada Junta; Abastecer a Coluna de Revestimento Com Fluido Quando Necessário e Trabalhar Com o Torrista Para Centralizar os Tubos no Seu Enroscamento G) Operações na Torre – JAMAIS Subir na Torre Sem o Cinto de Segurança, Ajudar o Torrista Quando Necessário e Observar as Condições da Mangueira (e do Cabo) a Fim de Evitar Desconexão H) Cabeça Dos Poços – Retirar as Tampas de Proteção, Ancorar os Revestimentos Descidos e Instalar Equipamentos e Acessórios I) Tanques de Lama – Auxiliar o Operador de Torre na Fabricação do Fluido de Perfuração, na Substituição das Válvulas e na Limpeza dos Próprios Tanques (Quando Solicitado)
  6. 6. Classificação Dos Poços de Petróleo 1) Quanto à Sua Finalidade: A) Estratigráficos: São Descobertos nas Bacias Sedimentares Através de Mapeamento Em Áreas Previamente Estudadas B) Pioneiros: São os Primeiros a Serem Perfurados e Podem Dar Origem a Outros C) Adjacentes: São Perfurados em Locais Próximos Aos Pioneiros D) Desenvolvimentos: São Poços Perfurados Após Constatada a Viabilidade Econômica da Área Estudada E) Extensão: O Objetivo é Delimitar o Reservatório Já Descoberto F) Especiais: São Direcionados Para Combater um “Blow Out” (Injeção de Água Excessiva)
  7. 7. 2) Quanto à Sua Profundidade: A) Poços Rasos: Profundidade Máxima Até Mil Metros B) Poços Médios: Profundidade Máxima Até 2.500 Metros C) Poços Profundos: Profundidade Acima de 2.500 Metros 3) Quanto ao Seu Percurso: Poços Verticais Poços Direcionais Poços Horizontais Poços
  8. 8. SISTEMA de CIRCULAÇÃO Permite Introduzir o Fluido de Perfuração no Poço, Através da Coluna Até a Broca e Retornar Pelo Espaço Entre o Poço e o Diâmetro Externo da Coluna de Perfuração O Sistema de Circulação Tem a Finalidade de Manter a Pressão Equilibrada Dentro do Poço, fazer Reboco nas Suas Paredes e Trazer os Cascalhos Cortados Pela Boca Até a Superfície Seus Equipamentos Permitem o Deslocamento do Fluido de Perfuração , Tratando-o e Armazenando-o Os Equipamentos São Classificados Como: ESSENCIAIS AUXILIARES
  9. 9. Bomba de LamaÉ o Principal Equipamento do Sistema de Circulação Cuja Função Principal é Bombear o Fluido de Perfuração Através da Coluna Até a Broca e Fazê- lo Retornar Até a Superfície Normalmente Usam-se Duas Bombas de Lama a Fim de Não Interromper o Bombeio, em Caso de Reparos BOMBA CENTRÍFUGA Utilizada a Fim de Auxiliar a Mistura (ou Agitação) dos Fluidos Para Abastecer os Desareadores Desareador – Caixa Intercalada Num Tubo a Fim de Provocar o Depósito de Areias (ou Outras Partículas) Essas Bombas Também São Usadas Como Centrífugas de Pré-Carga da Bomba de Lama
  10. 10. Mangueiras e Mangotes A Mangueira de Injeção é Feita de Borracha, Sendo Encontrada Entre o Tubo Bengala e a Cabeça de Injeção Os Mangotes São Mangueiras Curtas (Também de Borracha) Resistentes às Mesmas Pressões e, Normalmente, São Usadas Nas Extremidades dos Tubos Condutores de Lama a Fim de Tornar as Curvas Flexíveis Normas de Segurança A Mangueira Não Deve Ser Amarrada Com Cabos de Aço Para Não Danificá-laNunca Pendure Uma Mangueira Pelo Meio e Jamais Arraste-a Sobre Madeiras Após Ligar a Mangueira no Tubo de Lama, Deve-se Verificar a Posição da Faixa de Alinhamento Antes de Apertar a Conexão, a Fim de Evitar Torção
  11. 11. Coluna de Perfuração É o Conjunto de Tubos Que Penetra no Poço, Cuja Extremidade é a Broca e o Seu Comprimento Tem a Mesma Profundidade do Poço PRINCIPAIS FUNÇÕES: Proporciona Elasticidade Entre a Cabeça de Injeção e a Broca Aumenta (ou Diminui) o Seu Próprio Comprimento, Dependendo do Acréscimo (ou da Retirada) dos Elementos Que a Compõem Transmite o Movimento de Rotação da Mesa Rotativa à Broca Serve de Condutor Para o Fluido de Perfuração Pelo Seu Interior

×