SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 1 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
NA OPERAÇÃO DE MÁQUINA
PÁ CARREGADEIRA
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 2 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
1. OBJETIVO
Estabelecer normas e orientar os colaboradores sobre os procedimentos de Segurança do
Trabalho na operação de máquinas no ambiente da PREDICON Construções Civis Ltda.
2. ASPECTO LEGAL
- NR-1/NR-6/ NR-11/Lei n. 6.514/77, NormasRegulamentadorasNR´saprovadaspelaPortarian.
3.214/78, que assimse estabelece.
- O operadordeverápossuir habilitaçãoemcategorias“C”,“D” ou “E” e ter qualificaçãoprofissional
para operar o equipamento.
3. AMPLITUDE
Atinge todos os funcionários da empresa PREDICON CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA, que trabalham
nesta atividade.
4. COMPETÊNCIA
Competem aos Gerentes, Supervisores e Encarregados a orientação, programação e também a
fiscalização deste Procedimento e da Ordem de Serviço aos seus subalternos designados pela
empregadora.
5. RISCOS A SAÚDE
- Perda auditiva;
- Contusão;
- Lombalgia;
- Fraturas.
6. INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA
a. – Equipamento de ProteçãoIndividual – EPI´s
Os profissionais que trabalham na operação de máquinas e equipamentos têm a
obrigatoriedade do uso desses equipamentos a falta deles pode resultar em “ADVERTÊNCIA
POR INDISCIPLINA” por descumprimento do Art. 158 da lei n. 6.514/77, Capitulo II das
Normas de segurança e de Medicina do Trabalho – Consolidação das leis do Trabalho – CLT.
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 3 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
b. PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA
- Durante o trabalhoou transporte é permitidasomenteapermanênciadoOperadorna máquina;
- Nãopermitaque crianças brinquempróximoousobre amáquina,estando àmesmaem operação,
transporte ouarmazenada;
- Em viase rodoviassótrabalhe emáreasdevidamentesinalizadase protegidascontrapossíveis
acidentesenvolvendoterceiros(população);
- Tenhao completoconhecimentodoterrenoantesde iniciarotrabalho.Façaa demarcação de locais
perigososoude obstáculos;
- Utilize velocidadeadequadacomascondiçõesdoterrenooudos caminhosapercorrer;
- Utilize equipamentosde proteçãoindividual;
- Utilize roupase calçadosadequados.Evite roupaslargasoupresasao corpo, que podemse enroscar
nas partesmóveisdamáquina;
- Tenhacuidadoao efetuaramontagemao trator;
- É expressamente proibidaacaronade pessoasneste equipamento;
- Verifique comatençãoalargura de transporte emlocaisestreitos;
- Nuncatente alteraras regulagens,limparoulubrificaramáquinaemmovimento;
- Abaixe ogarfoou concha até o solodesligue omotore retire a chave,antesde deixaroassentodo
trator;
- Observara capacidade de carga descritano equipamentoe nãoexcederopesoindicado;
- Toda a vezque desacoplar o garfoou concha, no pátioougalpão,faça-oem local planoe firme.
Certifique-se que amesmaestejadevidamenteapoiada;
- Nãopermitaque pessoasouanimaispassemsobogarfo ou concha emmomentoalgum;
- Sigacorretamente asdicasde segurançadomanual da máquinafornecidopelorevendedorautorizado,
o POPSda empresae cumpra as determinaçõesque constamnaO.Sda sua atividade.
7. DIMENSÕES DA MÁQUINA
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 4 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
7. PROCEDIMENTO DE TRABALHO
Passos Perigo e tipo de acidente Medidas de eliminação/ neutralização
1 - Mobilizaçãode equipamentoaté‚ as
frentes de serviço
1 - Colisãoatropelamentoabalroamento
por veículo /equipamento
1. Respeitar as normas de trafegonointerior da
obra, vias e/ourodovias;
2. A velocidade máxima permitida para
qualquer equipamentomóvel ousemimóvel ‚
de 30 km por hora;
3. Trafegar somente nas viasde acesso
permitidopara máquinas;
4. Quandoo transporte da máquina ou
equipamento for sobcarretas, a mesma
dever ser guiada por batedor.
2. Posicionar corretamente o equipamento para
execução dos trabalhos.
2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s
recomendados p/a operaçãodo equipamento;
2 - Posicionamento de Equipamento 1. Colisãoatropelamentoabalroamento
por veículo/equipamento
1. Isolamento da área;Atençãoaomanobrar o
equipamento; evitar manobrasbruscas;
2. Posicionar corretamente o equipamento para
execução dos trabalhos;verificar as condições
do terrenoantes de posicionar a máquina;
2. Exposiçãoaoruído. 1 - Uso do protetor auditivo e os EPI´s
recomendados p/a operaçãodo equipamento;
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 5 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
Continuação (...)
Passos Perigo e tipo de acidente Medidas de eliminação/ neutralização
3 - Execução da escavação
3- Execução da Escavação
1 - Colisãoatropelamentoabalroamento
por veículo /equipamento
1. Isolamento da área. Atençãoao manobrar o
equipamento;
2. Posicionar o caminhãode maneira segura,
evitandoas bordasde taludes;
3. Conhecer as condições doterreno antes de
posicionar o veiculo
2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s
recomendados p/a operaçãodo equipamento;
3 – Exposição à poeira particulada 1. Uso dos óculos de proteção;Se necessário
usar mascara descartável
4. Desabamentooudesmoronamento. 1. Avaliar o local da escavação;Ter o máximode
atençãoa qualquer modificaçãodo terreno;Em
dias chuvosos, solicitar a presença de um
encarregadopara avaliar o local.
5. Deslizamentode material e Talude. 1. Nunca depositar material próximoa talude e
escavações.
4 – Retirada de terra e despejoem
caminhões basculantes
1. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s
recomendados p/a operaçãodo equipamento.
2 – Exposição à poeira particulada 1. Uso dos óculos de proteção;Se necessário
usar mascara descartável
3. Desabamentooudesmoronamento. 1. Avaliar o local da escavação;Ter o máximode
atençãoa qualquer modificaçãodo terreno;Em
dias chuvosos, solicitar a presença de um
encarregadopara avaliar o local.
5 - Desmobilizaçãode máquinas e
equipamentos
1 - Colisãoatropelamentoabalroamento
por veículo/equipamento
1. Atençãoaoefetuar as manobrasde saídas
das máquinas e caminhões;
2. Obedecer às sinalizações de segurança;
3. Trafegar somente nas viasde acessopara
máquinas.
2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s
recomendados p/a operaçãodo equipamento.
6 - Liberaçãoda área
1. Queda de pessoa comdiferença de
nível
1. Após ter terminadoa escavaçãoe a retirada
das máquinas, manter a sinalização, para evitar
o acesso de pessoas ao local.
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS
Assunto:
SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA
Data emissão
XXXXXXXXXX
Comunicaçãonúmero
POP-IST – 001.1/2010
Tipode Comunicação:
INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Substitui N˚._________
Pág.___de___/___/___
Página 6 de 6
Empresa:
PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA
CNPJ/MF
00.000.000/0001-00
CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa
Local:____________
Data:___/___/_____ ____________________
8. EQUIPAMENTOSDE PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Em cumprimento aos Art. 157 e Art. 158, NR-6 da Portaria n. 3.214/78, os profissionais desta
área deverão fazer uso dos seguintes EPI´s:
ORDEM TIPO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS FINALIDADE
001 Botina de Segurança Botina de segurança com Elástico. Calçados
de segurança, confeccionado em vaqueta
relax, curtida ao cromo, com elástico, forro
interno, palmilha antimicrobiana, solado em
poliuretano expandido (PU), com biqueira de
aço ou sembiqueira deaço.
Botina de segurança com solado
poliuretano (PU), é resistente a óleos,
graxas e lubrificantes, para uso geral,
com desenho de solado antiderrapante,
indicado para proteção dos pés do
usuário em locais em que não haja risco
de queda de materiais e/ou objetos
pesados sobre os artelhos,sem biqueira
de aço e em locais em que haja risco de
queda de materiais e/ou objetos
pesados sobreos artelhos.
002 Óculos deSegurança Óculos de proteção e segurança com lente
de Policarbonato de alta resistência a
impactos. Apoio nasal maleável para
oferecer conforto ao usuário. Hastes tipo
espátula com ajuste de comprimento para
atender os diferentes usuários. Proteção
UVAe UVB. Leves e confortáveis.
As finalidades deaplicação do óculos de
segurança é a de proteção eficaz e
eficiente ao órgão da visão do
trabalhador nos diversos seguimentos
industriais, entre eles, na operação de
máquinas, equipamentos e no uso de
ferramentas manuais.
003 Luvas de segurança Luva de malha tricotada em fios de algodão
em peça única, sem costura com
acabamento em overloque, anatômica,
confeccionada com 04 (quatro) fios, com
palma pigmentada, com bolinhas ou
desenhohexagonalemlátex nitrílico.
As luvas de malha tricotada previnem
contra riscos mecânicos: proteção das
mãos contra produtos abrasivos
escoriou maior resistência à corte ou
que contenha rebarbas, onde se
necessite boa aderência, além de evitar
que os operadores de máquinas e
ferramentas tenham mais firmeza ao
operá-las.
004 Abafadores de Ruído Protetor auditivo (Abafador de ruídos tipo
concha), tipo concha, constituído de duas
conchas de material plástico, com bordas
almofadadas em espuma revestidas com
capa de PVC, que dão ótimo conforto ao
usuárioe arcotensor dealta resistência.
Tem a Finalidade de proteger os
trabalhadores da perda auditiva por
executam operação de máquinas e
equipamentos que produzam ruídos
acima dos estabelecidos na NR-15.
Observar sempre os limites de
tolerância do ambiente e a pressão
sonora para adequar o atenuador
correto.
8. INFORMAÇÕESGERAIS
O não cumprimento destas instruções implicará em sanções disciplinares em lei Art. 482 da CLT
(Demissão por Justa Causa).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo   relatório de inspeção de segurança do trabalhoModelo   relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalhoanairdaatosc
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMateus Borges
 
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalhoquantizar
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizRosaneLopes14
 
Apr trabalho com solda eletrica
Apr   trabalho com solda eletricaApr   trabalho com solda eletrica
Apr trabalho com solda eletricaGleuciane Rocha
 
Check list-de-cabos-e-cintas
Check list-de-cabos-e-cintasCheck list-de-cabos-e-cintas
Check list-de-cabos-e-cintasAndre Cruz
 
Treinamento de munck
Treinamento de munckTreinamento de munck
Treinamento de munckJupira Silva
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxbreno90
 
Plano emergencia modelo
Plano emergencia modeloPlano emergencia modelo
Plano emergencia modeloMarlon Gatti
 

Mais procurados (20)

Permissão para trabalho
Permissão para trabalhoPermissão para trabalho
Permissão para trabalho
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo   relatório de inspeção de segurança do trabalhoModelo   relatório de inspeção de segurança do trabalho
Modelo relatório de inspeção de segurança do trabalho
 
Capacitação nr 12
Capacitação nr 12Capacitação nr 12
Capacitação nr 12
 
Apr montagem de andaime
Apr montagem de andaimeApr montagem de andaime
Apr montagem de andaime
 
Treinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeiraTreinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeira
 
Ordem de serviços motoristas
Ordem de serviços   motoristasOrdem de serviços   motoristas
Ordem de serviços motoristas
 
Dds ergonomia
Dds   ergonomiaDds   ergonomia
Dds ergonomia
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
 
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho28 modelos de ordens de servicos   mega seguranca do trabalho
28 modelos de ordens de servicos mega seguranca do trabalho
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratriz
 
Apr trabalho com solda eletrica
Apr   trabalho com solda eletricaApr   trabalho com solda eletrica
Apr trabalho com solda eletrica
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
 
Check list-de-cabos-e-cintas
Check list-de-cabos-e-cintasCheck list-de-cabos-e-cintas
Check list-de-cabos-e-cintas
 
Treinamento de munck
Treinamento de munckTreinamento de munck
Treinamento de munck
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
Plano emergencia modelo
Plano emergencia modeloPlano emergencia modelo
Plano emergencia modelo
 
APR industrial
APR industrialAPR industrial
APR industrial
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
 

Semelhante a Procedimento operacional padrão de segurança para operação de pá carregadeira

APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxLrian1
 
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docx
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docxPO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docx
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docxRodrigoLakdeSouzadaC
 
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docxssuser518843
 
Mod ficha fornecimento epi
Mod ficha fornecimento epiMod ficha fornecimento epi
Mod ficha fornecimento epiMarcio Alves
 
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do Trabalho
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do TrabalhoEspaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do Trabalho
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do TrabalhoJaquiel26
 
Plano emergencia ambiental obra ip
Plano emergencia ambiental obra ipPlano emergencia ambiental obra ip
Plano emergencia ambiental obra ipmarcosdrz
 
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptx
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptxTREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptx
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptxEngenheiroSlavattori
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docLeandrodeSouzaBarros
 
JSA02_Produção de bens alimentares.pdf
JSA02_Produção de bens alimentares.pdfJSA02_Produção de bens alimentares.pdf
JSA02_Produção de bens alimentares.pdfJESUSBASILIOANTONIO
 
NR6 Treinamento atualizado de equipamento
NR6 Treinamento atualizado de equipamentoNR6 Treinamento atualizado de equipamento
NR6 Treinamento atualizado de equipamentoDiegoMenezes36
 
Aplicação correta do dds
Aplicação correta do ddsAplicação correta do dds
Aplicação correta do ddsVagner Silveira
 
Pae plano de atendimento emergencial
 Pae plano de atendimento emergencial Pae plano de atendimento emergencial
Pae plano de atendimento emergencialMarco Faria
 
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.docRussoOliveira
 
ANEXO III - CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...
ANEXO III -  CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...ANEXO III -  CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...
ANEXO III - CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...LucianaFernandes219481
 
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.pptRAONNEBRAZ1
 

Semelhante a Procedimento operacional padrão de segurança para operação de pá carregadeira (20)

APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docxAPR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
APR 33 - TERRAPLENAGEM.docx
 
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docx
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docxPO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docx
PO 05 - Transporte de máquinas - Ok.docx
 
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
12 - APR ESCAVAÇÃO MANUAL E MECANICA.docx
 
Mod ficha fornecimento epi
Mod ficha fornecimento epiMod ficha fornecimento epi
Mod ficha fornecimento epi
 
APR MANUTENO MECNICA.doc
APR MANUTENO MECNICA.docAPR MANUTENO MECNICA.doc
APR MANUTENO MECNICA.doc
 
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do Trabalho
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do TrabalhoEspaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do Trabalho
Espaços confinados trabalho curso Técnico em Segurança do Trabalho
 
O.s. aux
O.s. auxO.s. aux
O.s. aux
 
Plano emergencia ambiental obra ip
Plano emergencia ambiental obra ipPlano emergencia ambiental obra ip
Plano emergencia ambiental obra ip
 
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptx
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptxTREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptx
TREINAMENTO DE PROTEÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS - 2.pptx
 
Ppra
Ppra  Ppra
Ppra
 
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.docConstrução de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
Construção de parede externa do Tandque 254 - DC - 02.doc
 
ORDEM DE SERVIÇO TST
ORDEM DE SERVIÇO TST ORDEM DE SERVIÇO TST
ORDEM DE SERVIÇO TST
 
JSA02_Produção de bens alimentares.pdf
JSA02_Produção de bens alimentares.pdfJSA02_Produção de bens alimentares.pdf
JSA02_Produção de bens alimentares.pdf
 
NR6 Treinamento atualizado de equipamento
NR6 Treinamento atualizado de equipamentoNR6 Treinamento atualizado de equipamento
NR6 Treinamento atualizado de equipamento
 
Aplicação correta do dds
Aplicação correta do ddsAplicação correta do dds
Aplicação correta do dds
 
Pae plano de atendimento emergencial
 Pae plano de atendimento emergencial Pae plano de atendimento emergencial
Pae plano de atendimento emergencial
 
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc
379025795-Apr-205-Atividades-Com-Rocadeira.doc
 
ANEXO III - CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...
ANEXO III -  CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...ANEXO III -  CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...
ANEXO III - CONJUNTO DE REQUISITOS DE SEGURANCA_ MEIO AMBIENTE E SAUDE PARA ...
 
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
 
Nr12 2
Nr12 2Nr12 2
Nr12 2
 

Mais de Régis Pinheiro Martins Bezerra (10)

Treinamento brigada
Treinamento brigadaTreinamento brigada
Treinamento brigada
 
Treinamento sobre-epis
Treinamento sobre-episTreinamento sobre-epis
Treinamento sobre-epis
 
Esquema de requisitos para o uso de respiradores
Esquema de requisitos para o uso de respiradoresEsquema de requisitos para o uso de respiradores
Esquema de requisitos para o uso de respiradores
 
Condições de teste de filtros
Condições de teste de filtrosCondições de teste de filtros
Condições de teste de filtros
 
Como os seus pulmões trabalham
Como os seus pulmões trabalhamComo os seus pulmões trabalham
Como os seus pulmões trabalham
 
Fator de proteção atribuído
Fator de proteção atribuídoFator de proteção atribuído
Fator de proteção atribuído
 
Procedimentos de-seguranca-para-trabalhos-em-altura
Procedimentos de-seguranca-para-trabalhos-em-alturaProcedimentos de-seguranca-para-trabalhos-em-altura
Procedimentos de-seguranca-para-trabalhos-em-altura
 
0001
00010001
0001
 
Ergonomia do Trabalho
Ergonomia do TrabalhoErgonomia do Trabalho
Ergonomia do Trabalho
 
Treinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndioTreinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndio
 

Último

AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASArtthurPereira2
 
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.ppt
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.pptParasitosesDeformaResumida.finalissima.ppt
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.pptAlberto205764
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfGustavoWallaceAlvesd
 
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdf
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdfO mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdf
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdfNelmo Pinto
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgeryCarlos D A Bersot
 
Primeiros Socorros - Sinais vitais e Anatomia
Primeiros Socorros - Sinais vitais e AnatomiaPrimeiros Socorros - Sinais vitais e Anatomia
Primeiros Socorros - Sinais vitais e AnatomiaCristianodaRosa5
 
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptAlberto205764
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOMayaraDayube
 
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástrico
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástricoAnatomopatologico HU UFGD sobre CA gástrico
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástricoMarianaAnglicaMirand
 

Último (10)

AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
 
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.ppt
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.pptParasitosesDeformaResumida.finalissima.ppt
ParasitosesDeformaResumida.finalissima.ppt
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
 
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdf
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdfO mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdf
O mundo secreto dos desenhos - Gregg M. Furth.pdf
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
 
Primeiros Socorros - Sinais vitais e Anatomia
Primeiros Socorros - Sinais vitais e AnatomiaPrimeiros Socorros - Sinais vitais e Anatomia
Primeiros Socorros - Sinais vitais e Anatomia
 
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
 
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãosAplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
Aplicativo aleitamento: apoio na palma das mãos
 
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástrico
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástricoAnatomopatologico HU UFGD sobre CA gástrico
Anatomopatologico HU UFGD sobre CA gástrico
 

Procedimento operacional padrão de segurança para operação de pá carregadeira

  • 1. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 1 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO NA OPERAÇÃO DE MÁQUINA PÁ CARREGADEIRA
  • 2. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 2 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ 1. OBJETIVO Estabelecer normas e orientar os colaboradores sobre os procedimentos de Segurança do Trabalho na operação de máquinas no ambiente da PREDICON Construções Civis Ltda. 2. ASPECTO LEGAL - NR-1/NR-6/ NR-11/Lei n. 6.514/77, NormasRegulamentadorasNR´saprovadaspelaPortarian. 3.214/78, que assimse estabelece. - O operadordeverápossuir habilitaçãoemcategorias“C”,“D” ou “E” e ter qualificaçãoprofissional para operar o equipamento. 3. AMPLITUDE Atinge todos os funcionários da empresa PREDICON CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA, que trabalham nesta atividade. 4. COMPETÊNCIA Competem aos Gerentes, Supervisores e Encarregados a orientação, programação e também a fiscalização deste Procedimento e da Ordem de Serviço aos seus subalternos designados pela empregadora. 5. RISCOS A SAÚDE - Perda auditiva; - Contusão; - Lombalgia; - Fraturas. 6. INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA a. – Equipamento de ProteçãoIndividual – EPI´s Os profissionais que trabalham na operação de máquinas e equipamentos têm a obrigatoriedade do uso desses equipamentos a falta deles pode resultar em “ADVERTÊNCIA POR INDISCIPLINA” por descumprimento do Art. 158 da lei n. 6.514/77, Capitulo II das Normas de segurança e de Medicina do Trabalho – Consolidação das leis do Trabalho – CLT.
  • 3. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 3 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ b. PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA - Durante o trabalhoou transporte é permitidasomenteapermanênciadoOperadorna máquina; - Nãopermitaque crianças brinquempróximoousobre amáquina,estando àmesmaem operação, transporte ouarmazenada; - Em viase rodoviassótrabalhe emáreasdevidamentesinalizadase protegidascontrapossíveis acidentesenvolvendoterceiros(população); - Tenhao completoconhecimentodoterrenoantesde iniciarotrabalho.Façaa demarcação de locais perigososoude obstáculos; - Utilize velocidadeadequadacomascondiçõesdoterrenooudos caminhosapercorrer; - Utilize equipamentosde proteçãoindividual; - Utilize roupase calçadosadequados.Evite roupaslargasoupresasao corpo, que podemse enroscar nas partesmóveisdamáquina; - Tenhacuidadoao efetuaramontagemao trator; - É expressamente proibidaacaronade pessoasneste equipamento; - Verifique comatençãoalargura de transporte emlocaisestreitos; - Nuncatente alteraras regulagens,limparoulubrificaramáquinaemmovimento; - Abaixe ogarfoou concha até o solodesligue omotore retire a chave,antesde deixaroassentodo trator; - Observara capacidade de carga descritano equipamentoe nãoexcederopesoindicado; - Toda a vezque desacoplar o garfoou concha, no pátioougalpão,faça-oem local planoe firme. Certifique-se que amesmaestejadevidamenteapoiada; - Nãopermitaque pessoasouanimaispassemsobogarfo ou concha emmomentoalgum; - Sigacorretamente asdicasde segurançadomanual da máquinafornecidopelorevendedorautorizado, o POPSda empresae cumpra as determinaçõesque constamnaO.Sda sua atividade. 7. DIMENSÕES DA MÁQUINA
  • 4. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 4 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ 7. PROCEDIMENTO DE TRABALHO Passos Perigo e tipo de acidente Medidas de eliminação/ neutralização 1 - Mobilizaçãode equipamentoaté‚ as frentes de serviço 1 - Colisãoatropelamentoabalroamento por veículo /equipamento 1. Respeitar as normas de trafegonointerior da obra, vias e/ourodovias; 2. A velocidade máxima permitida para qualquer equipamentomóvel ousemimóvel ‚ de 30 km por hora; 3. Trafegar somente nas viasde acesso permitidopara máquinas; 4. Quandoo transporte da máquina ou equipamento for sobcarretas, a mesma dever ser guiada por batedor. 2. Posicionar corretamente o equipamento para execução dos trabalhos. 2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s recomendados p/a operaçãodo equipamento; 2 - Posicionamento de Equipamento 1. Colisãoatropelamentoabalroamento por veículo/equipamento 1. Isolamento da área;Atençãoaomanobrar o equipamento; evitar manobrasbruscas; 2. Posicionar corretamente o equipamento para execução dos trabalhos;verificar as condições do terrenoantes de posicionar a máquina; 2. Exposiçãoaoruído. 1 - Uso do protetor auditivo e os EPI´s recomendados p/a operaçãodo equipamento;
  • 5. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 5 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ Continuação (...) Passos Perigo e tipo de acidente Medidas de eliminação/ neutralização 3 - Execução da escavação 3- Execução da Escavação 1 - Colisãoatropelamentoabalroamento por veículo /equipamento 1. Isolamento da área. Atençãoao manobrar o equipamento; 2. Posicionar o caminhãode maneira segura, evitandoas bordasde taludes; 3. Conhecer as condições doterreno antes de posicionar o veiculo 2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s recomendados p/a operaçãodo equipamento; 3 – Exposição à poeira particulada 1. Uso dos óculos de proteção;Se necessário usar mascara descartável 4. Desabamentooudesmoronamento. 1. Avaliar o local da escavação;Ter o máximode atençãoa qualquer modificaçãodo terreno;Em dias chuvosos, solicitar a presença de um encarregadopara avaliar o local. 5. Deslizamentode material e Talude. 1. Nunca depositar material próximoa talude e escavações. 4 – Retirada de terra e despejoem caminhões basculantes 1. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s recomendados p/a operaçãodo equipamento. 2 – Exposição à poeira particulada 1. Uso dos óculos de proteção;Se necessário usar mascara descartável 3. Desabamentooudesmoronamento. 1. Avaliar o local da escavação;Ter o máximode atençãoa qualquer modificaçãodo terreno;Em dias chuvosos, solicitar a presença de um encarregadopara avaliar o local. 5 - Desmobilizaçãode máquinas e equipamentos 1 - Colisãoatropelamentoabalroamento por veículo/equipamento 1. Atençãoaoefetuar as manobrasde saídas das máquinas e caminhões; 2. Obedecer às sinalizações de segurança; 3. Trafegar somente nas viasde acessopara máquinas. 2. Exposiçãoaoruído 1. Uso do protetor auditivoe os EPI´s recomendados p/a operaçãodo equipamento. 6 - Liberaçãoda área 1. Queda de pessoa comdiferença de nível 1. Após ter terminadoa escavaçãoe a retirada das máquinas, manter a sinalização, para evitar o acesso de pessoas ao local.
  • 6. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO DE SEGURANÇA - POPS Assunto: SEGURANÇA NA OP. PÁ CARREGADEIRA Data emissão XXXXXXXXXX Comunicaçãonúmero POP-IST – 001.1/2010 Tipode Comunicação: INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Substitui N˚._________ Pág.___de___/___/___ Página 6 de 6 Empresa: PREDICON COSNTRUÇÕES CIVIS LTDA CNPJ/MF 00.000.000/0001-00 CorpoTécnico – SESMT/ Emitente doDOC. Aprovação AssinaturaResp.Empresa Local:____________ Data:___/___/_____ ____________________ 8. EQUIPAMENTOSDE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Em cumprimento aos Art. 157 e Art. 158, NR-6 da Portaria n. 3.214/78, os profissionais desta área deverão fazer uso dos seguintes EPI´s: ORDEM TIPO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS FINALIDADE 001 Botina de Segurança Botina de segurança com Elástico. Calçados de segurança, confeccionado em vaqueta relax, curtida ao cromo, com elástico, forro interno, palmilha antimicrobiana, solado em poliuretano expandido (PU), com biqueira de aço ou sembiqueira deaço. Botina de segurança com solado poliuretano (PU), é resistente a óleos, graxas e lubrificantes, para uso geral, com desenho de solado antiderrapante, indicado para proteção dos pés do usuário em locais em que não haja risco de queda de materiais e/ou objetos pesados sobre os artelhos,sem biqueira de aço e em locais em que haja risco de queda de materiais e/ou objetos pesados sobreos artelhos. 002 Óculos deSegurança Óculos de proteção e segurança com lente de Policarbonato de alta resistência a impactos. Apoio nasal maleável para oferecer conforto ao usuário. Hastes tipo espátula com ajuste de comprimento para atender os diferentes usuários. Proteção UVAe UVB. Leves e confortáveis. As finalidades deaplicação do óculos de segurança é a de proteção eficaz e eficiente ao órgão da visão do trabalhador nos diversos seguimentos industriais, entre eles, na operação de máquinas, equipamentos e no uso de ferramentas manuais. 003 Luvas de segurança Luva de malha tricotada em fios de algodão em peça única, sem costura com acabamento em overloque, anatômica, confeccionada com 04 (quatro) fios, com palma pigmentada, com bolinhas ou desenhohexagonalemlátex nitrílico. As luvas de malha tricotada previnem contra riscos mecânicos: proteção das mãos contra produtos abrasivos escoriou maior resistência à corte ou que contenha rebarbas, onde se necessite boa aderência, além de evitar que os operadores de máquinas e ferramentas tenham mais firmeza ao operá-las. 004 Abafadores de Ruído Protetor auditivo (Abafador de ruídos tipo concha), tipo concha, constituído de duas conchas de material plástico, com bordas almofadadas em espuma revestidas com capa de PVC, que dão ótimo conforto ao usuárioe arcotensor dealta resistência. Tem a Finalidade de proteger os trabalhadores da perda auditiva por executam operação de máquinas e equipamentos que produzam ruídos acima dos estabelecidos na NR-15. Observar sempre os limites de tolerância do ambiente e a pressão sonora para adequar o atenuador correto. 8. INFORMAÇÕESGERAIS O não cumprimento destas instruções implicará em sanções disciplinares em lei Art. 482 da CLT (Demissão por Justa Causa).