Apresentação | Campanha Nacional de Doação de Órgãos

3.236 visualizações

Publicada em

Apresentação e balanço dos transplantes. O Ministério da Saúde realiza hoje evento para apresentar a Campanha Nacional de Doação de Órgãos e o balanço de transplante do primeiro semestre deste ano. O Brasil é referência mundial no campo na área. Atualmente, 95% das cirurgias no país são realizadas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.236
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação | Campanha Nacional de Doação de Órgãos

  1. 1. De 23 a 27 de setembro
  2. 2. Sistema Nacional de Transplantes  O Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo – responsável por 90% dos procedimentos O SUS oferece atenção integral ao paciente:  Exames preparatórios para a cirurgia;  Procedimento cirúrgico;  Acompanhamento do paciente;  Medicamentos pós-transplantes.
  3. 3. Estrutura no Sistema Único de Saúde 27 Centrais de notificação, captação e distribuição de órgãos  11 câmaras técnicas nacionais  748 serviços distribuídos em 467 centros  1.047 equipes de transplantes  71 Organizações de Procura por Órgãos (OPOs) em 17 estados – em 2010 eram 12 OPOs
  4. 4. 59.728 54.023 43.089 38.759 2010 2011 2012 2013 Redução da Lista de Espera Redução de 35% em três anos (*) Projeção para junho Ativos + Semiativos
  5. 5. Evolução do transplante de córnea 7.556 8.394 9.970 10.382 11.419 12.825 12.723 12.923 14.838 15.141 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2012 2010 2011 2012 Cirurgias dobraram em nove anos
  6. 6. Evolução do transplante de córnea  Quatro estados (SP, PE, PR e RS), além do DF, acabaram com fila de espera  7 estados reduziram a lista de espera (AC, MT, MS, ES, MG, SE e RN)  Córnea é responsável por quase 60% de todos os transplantes realizados no SUS
  7. 7. UF Coração 2010 2013 MG 2 3 MS 1 PE 2 3 PI 1 RN 1 2 SE 1 SP 13 15 UF Fígado 2010 2013 AM 1 DF 2 MG 2 7 PA 1 SC 2 3 NOVOS CENTROS DE TRANSPLANTES
  8. 8. Evolução dos transplantes de órgãos sólidos Coração / Fígado / Pâncreas / Pulmão / Rim Aumento de 74% em nove anos 4.194 4.584 4.293 4.374 4.447 4.718 5.999 6.422 6.827 7.300 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
  9. 9. Evolução dos transplantes de órgãos sólidos 1.404 1.496 1.576 167 159 227 60 49 81 2010 2011 2012 Fígado Coração Pulmão Aumento de 35% Aumento de 35% Aumento de 12%
  10. 10. Evolução de transplantes Órgão 2012 2013 Variação Coração 108 124 +14,8% Fígado 801 860 +7,4% Pâncreas 20 22 +10% Pâncreas/Rim 55 65 +18,2% Pulmão 30 64 +113,3% Rim 2.689 2.707 +0,7% Órgãos sólidos 3.703 3.842 +3,8% Córnea 7.777 6.781 -13% Medula óssea 862 974 +13% Total 12.342 11.569 -6% Dados relativos ao 1º semestre de 2012 e 2013
  11. 11. 6,5 7,7 5,8 6 5,8 8 10 9,9 11,6 12,8 13,5 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Evolução de doadores (Partes p or Milh ão d a Pop u lação ) * * Projeção para o ano
  12. 12. Aumento dos investimentos 2010 2011 2012 2013 R$ 1,1 R$ 1,1 R$ 1,4 R$ 1,4 (Em bilhões)
  13. 13. Ações do Ministério da Saúde  Em 2012, o Ministério da Saúde implantou novas regras para ampliar o número de transplantes:  Hospitais que fazem quatro ou mais tipos de transplantes - incentivo de até 60%.  Hospitais que fazem três tipos de transplantes, 50% a mais.  E nos locais onde são feitos um ou dois tipos de transplantes é pago 30% e 40% acima do valor, respectivamente.
  14. 14. Ações do Ministério da Saúde  Portaria institui o Plano Nacional de Apoio às Centrais de Transplante  Ministério da Saúde destinará entre R$ 100 mil e R$ 200 mil para estruturação, funcionamento e qualificação das 27 centrais, além de recursos para custeio.  Aumento do teto financeiro para cadastramento de doadores no Redome (Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea)  Ministério da Saúde disponibiliza R$ 50 milhões para a realização de exames. Objetivo é ampliar as possibilidades de identificação de doadores geneticamente compatíveis.
  15. 15. Campanha publicitária Início da campanha: 27 de setembro Meios: TV Rádio Revista Jornal Mídia DOOH Internet Cartaz Filipeta
  16. 16. Campanha publicitária Filme http://bit.ly/doacaodeorgaos

×