Apresentação de Resultados do 3T15

689 visualizações

Publicada em

Apresentação de Resultados do 3T15

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
689
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
404
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação de Resultados do 3T15

  1. 1. Resultados 3T15
  2. 2. 2 1. Destaques 2. Informações Financeiras Agenda
  3. 3. 3 Destaques
  4. 4. 4 Comunicado ao Mercado, 03 de setembro de 2015 A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia”), companhia aberta registrada na CVM sob o nº 2149-0, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que sua coligada, a Transnorte Energia S.A. (“TNE”), protocolou na Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, requerimento para rescisão amigável do Contrato de Concessão 003/2012 – ANEEL. Vale esclarecer que a TNE é uma empresa formada pela parceria da Companhia (detentora de 51% das ações) com a Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. (detentora de 49% das ações) para implantação da Linha de Transmissão Lechuga – Equador 500 kV e Equador – Boa Vista 500 kV e Subestações Equador 500 kV e Boa Vista 500/230 kV. Conforme divulgações anteriores feitas pela Companhia, após inúmeras tratativas, inclusive com órgãos públicos, até a presente data não foi possível obter o licenciamento ambiental da Linha de Transmissão, haja vista que a FUNAI não apresentou manifestação conclusiva quanto à viabilidade ambiental do projeto. Tal ausência, por sua vez, impossibilita o IBAMA de expedir as respectivas licenças ambientais, embora a análise de tal órgão aponte no sentido de viabilidade ambiental do projeto. Decorridos 3 anos, sem que fosse apresentada uma solução à TNE, esta optou por discutir amigavelmente a rescisão do Contrato de Concessão. A Alupar reitera que manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados quanto ao desdobramento das negociações com a ANEEL. TNE | Rescisão amigável do Contrato de Concessão 003/2012 – ANEEL
  5. 5. 5 Fato Relevante, 31 de agosto de 2015 Conclusão da alienação do Complexo Fortim para FurnasConclusão da alienação do Complexo Fortim para FurnasConclusão da alienação do Complexo Fortim para FurnasConclusão da alienação do Complexo Fortim para Furnas Energia dos Ventos V, VI, VII, VIII e IX A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia” ou “Alupar”), companhia aberta, registrada na CVM sob o nº 2149-0, em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358, de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, finalizou o processo de alienação para Furnas Centrais Elétricas S.A. da totalidade das participações societárias detidas pela Companhia nas empresas Energia dos Ventos V S.A.; Energia dos Ventos VI S.A; Energia dos Ventos VII S.A; Energia dos Ventos VIII S.A e Energia dos Ventos XI S.A – Complexo Fortim, conforme deliberado na reunião do Conselho de Administração realizada em 10 de outubro de 2014. A operação de compra e venda envolveu o valor total de R$ 51.410.676,17. Com a conclusão da operação aqui descrita e, ainda, a aquisição pela Companhia das ações da Energia dos Ventos I S.A.; Energia dos Ventos II S.A.; Energia dos Ventos III S.A.; Energia dos Ventos IV S.A. e Energia dos Ventos X S.A - Complexo Aracati, anteriormente detidas por Furnas Centrais Elétricas S.A. e finalizada em 02 de março de 2015, encerra-se a parceria estabelecida com esta empresa no Leilão ANEEL A-5 nº 007/2011.
  6. 6. 6 Fato Relevante, 16 de outubro de 2015 Aquisição de participação em Foz do Rio ClaroAquisição de participação em Foz do Rio ClaroAquisição de participação em Foz do Rio ClaroAquisição de participação em Foz do Rio Claro A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia” ou “Alupar”), companhia aberta, registrada na CVM sob o nº 2149-0, em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358, de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em razão da celebração, em 05 de setembro de 2008, do Instrumento Particular de Outorga de Opção de Venda de Ações Preferenciais de emissão de sua controlada Foz do Rio Claro Energia S.A. (“Foz do Rio Claro”) entre a Alupar e o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (“FI-FGTS”), adquiriu 1.639.672 (um milhão, seiscentas e trinta e nove mil, seiscentas e setenta e duas) ações preferenciais de emissão de Foz do Rio Claro, detidas pelo FI-FGTS, correspondentes a 4% (quatro por cento) da totalidade das ações preferenciais emitidas, pelo valor de R$ 3.133.175,44 (três milhões, cento e trinta e três mil, cento e setenta e cinco reais e quarenta e quatro centavos). Em razão de tal aquisição, a Companhia passou a deter 52,01% (cinquenta e dois vírgula zero um por cento) do capital social total da Foz do Rio Claro.
  7. 7. 7 Destaques Financeiros
  8. 8. 8 Destaques Financeiros Transmissão - Combinado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 3T15 3T14 Var.% 9M15 9M14 Var.% Receita Líquida Ajustada 300,8 288,0 4,4% 910,7 853,1 6,8% Custos Operacionais Ajustados* (21,4) (20,9) 2,5% (59,6) (60,3) (1,2%) Depreciação / Amortização (2,0) (1,8) 11,1% (7,9) (5,2) 51,9% Despesas Operacionais (8,9) (8,0) 11,5% (28,7) (27,5) 4,3% EBITDA (CVM 527) 270,5 259,1 4,4% 822,4 765,2 7,5% Margem Ebitda Ajustada 89,9% 90,0% (0,1 p.p) 90,3% 89,7% 0,6 p.p Resultado Financeiro (63,9) (42,0) 52,3% (171,3) (109,5) 56,5% Lucro Líquido 172,4 257,7 (33,1%) 538,0 612,8 (12,2%) Dívida Líquida** 1.900,5 2.167,2 (12,3%) 1.900,5 2.167,2 (12,3%) Div. Líquida / EBITDA*** 1,8 2,1 1,7 2,1 Principais Indicadores "REGULATÓRIO" R$ MM 3T15 3T14 Var.% 9M15 9M14 Var.% Receita Líquida 297,6 275,0 8,2% 852,7 786,0 8,5% Custos Operacionais (18,9) (19,1) (0,9%) (55,5) (58,2) (4,6%) Depreciação / Amortização (31,4) (29,2) 7,6% (94,8) (88,2) 7,5% Despesas Operacionais (8,8) (8,0) 10,3% (28,6) (27,5) 4,0% EBITDA (CVM 527) 269,9 248,0 8,8% 768,5 700,3 9,7% Margem Ebitda 90,7% 90,2% 0,5 p.p 90,1% 89,1% 1,0 p.p Resultado Financeiro (63,9) (42,0) 52,3% (171,3) (109,5) 56,5% Lucro Líquido 147,1 177,7 (17,2%) 417,1 444,1 (6,1%) Dívida Líquida** 1.900,5 2.167,2 (12,3%) 1.900,5 2.167,2 (12,3%) Div. Líquida / EBITDA*** 1,8 2,2 1,9 2,3 *Custos Operacionais Ajustados: Excluindo o custo de infraestrutura ** Considera Títulos e Valores Mobiliários do Ativo Não Circulante ***Ebitda Anualizado
  9. 9. 9 Destaques Financeiros Transmissão - Combinado 853,1 910,7 288,0 300,8 9M14 9M15 3T14 3T15 Receita Líquida Ajustada (R$ milhões) 612,8 538,0 257,7 172,4 9M14 9M15 3T14 3T15 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 765,2 822,4 259,1 270,5 89,7% 90,3% 90,0% 89,9% 9M14 9M15 3T14 3T15 EBITDA (R$ milhões) e Margem (1) (%) (1) Margem Ebitda Ajustada Informações Societárias Informações Regulatórias 786,0 852,7 275,0 297,6 9M14 9M15 3T14 3T15 Receita Líquida (R$ milhões) 444,1 417,1 177,7 147,1 9M14 9M15 3T14 3T15 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 700,3 768,5 248,0 269,9 89,1% 90,1% 90,2% 90,7% 9M14 9M15 3T14 3T15 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%)
  10. 10. 10 Destaques Financeiros Geração - Combinado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 3T15 3T14 Var.% 9M15 9M14 Var.% Receita Líquida 94,7 43,2 119,5% 249,3 159,7 56,1% Custos Operacionais (19,8) (8,5) 133,0% (50,0) (23,0) 117,4% Depreciação / Amortização (18,0) (8,4) 115,7% (51,5) (24,9) 107,0% Compra de Energia (48,1) (26,9) 79,3% (66,0) (41,0) 60,8% Despesas Operacionais (8,0) (5,0) 59,5% (19,9) (12,4) 61,0% EBITDA (CVM 527) 18,8 2,8 - 113,4 83,3 36,2% Margem Ebitda 19,9% 6,5% 13,4 p.p 45,5% 52,2% (6,7 p.p) Resultado Financeiro (34,8) (10,4) 235,6% (76,4) (30,6) 150,1% Lucro Líquido / Prejuízo (22,6) (13,9) 62,4% (9,5) 22,5 - Dívida Líquida* 1.500,9 1.175,6 27,7% 1.500,9 1.175,6 27,7% Dívida Líquida / EBITDA** 19,9 104,5 9,9 10,6 * Considera Títulos e Valores Mobiliários do Ativo Não Circulante **EBITDA Anualizado
  11. 11. 11 Destaques Financeiros Geração - Combinado 159,7 249,3 43,2 94,7 9M14 9M15 3T14 3T15 Receita Líquida (R$ milhões) 22,5 (9,5) (13,9) (22,6) 9M14 9M15 3T14 3T15 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 83,3 113,4 2,8 18,8 52,2% 45,5% 6,5% 19,9% 9M14 9M15 3T14 3T15 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) Formação do Lucro – 3T15 (13,9) (22,6)(9,6) 9,4 Lucro Líquido 3T14 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL Lucro Líquido 3T15 Formação do Lucro 3T15 (R$ MM) (24,4) 16,0
  12. 12. 12 480,6 464,2 663,7 676,7 529,5 466,7536,2 438,9 399,4 1T15 2T15 3T15 Impacto GSF (GWh) Contrato Venda de Energia Garantia Física Sazonalizada Garantia Física Sazonalizada Líquida GSF: 86% 90,6 Garantia Física Glosada pelo GSF 197,0 67,3 Exposição GSFExposição Sazonalização Sazonalização – Impacto GSF 140,5 140,5 GWh da sazonalização glosado pelo GSF no 1T15 140,5 X R$ 380,83 = R$ 53,5 MM; 90,6 GWh da sazonalização glosado pelo GSF no 2T15 90,6 X R$ 292,05 = R$ 26,5 MM; Impacto de 67,3 GWh no 3T15 em função do GSF Impacto de R$ 14,9MM; Impacto do GSF em função da liminar de terceiros Impacto R$ 2,8 MM. GSF: 79% GSF: 81%
  13. 13. 13 Destaques Financeiros Geração (Desconsiderando GSF) 159,7 249,3 329,3 80,0 9M14 9M15 Ajuste GSF 9M15 Ajustado Receita Líquida (R$ milhões) 22,5 (9,5) 69,178,6 9M14 9M15 Ajuste GSF 9M15 Ajustado Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 83,3 113,4 211,1 97,7 9M14 9M15 Ajuste GSF 9M15 Ajustado EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) 52,2% 45,5% 64,1% 253,4%
  14. 14. 14 Destaques Financeiros – Consolidado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 3T15 3T14 Var.% 9M15 9M14 Var.% Receita Líquida Ajustada 372,4 306,6 21,4% 1.076,4 947,6 13,6% EBITDA (CVM 527) 274,1 240,9 13,8% 872,3 787,3 10,8% Margem Ebitda Ajustada 73,6% 78,6% (5,0 p.p) 81,0% 83,1% (2,1 p.p) Resultado Financeiro (116,3) (60,1) 93,6% (303,7) (168,1) 80,6% Lucro Líquido consolidado 121,4 220,5 (45,0%) 425,1 557,7 (23,8%) Minoritários Subsidiárias 71,7 116,0 (38,2%) 258,0 309,6 (16,7%) Lucro Líquido Alupar 49,7 104,5 (52,5%) 167,1 248,1 (32,6%) Lucro Líquido por UNIT (R$)* 0,24 0,50 (52,5%) 0,80 1,19 (32,6%) Dívida Líquida** 3.869,7 3.208,9 20,6% 3.869,7 3.208,9 20,6% Dív. Líquida / Ebitda*** 3,5 3,3 3,3 3,1 Principais Indicadores "REGULATÓRIO" R$ MM 3T15 3T14 Var.% 9M15 9M14 Var.% Receita Líquida 383,9 304,7 26,0% 1.063,0 906,2 17,3% EBITDA (CVM 527) 281,7 246,8 14,1% 843,0 751,8 12,1% Margem Ebitda 73,4% 81,0% (7,6 p.p) 79,3% 83,0% (3,7 p.p) Resultado Financeiro (116,3) (60,1) 93,6% (303,7) (168,1) 80,6% Lucro Líquido consolidado 102,0 156,7 (34,9%) 322,1 418,5 (23,0%) Minoritários Subsidiárias 63,4 90,3 (29,8%) 211,5 244,7 (13,6%) Lucro Líquido Alupar 38,6 66,4 (41,8%) 110,6 173,7 (36,4%) Lucro Líquido por UNIT (R$)* 0,19 0,32 (41,8%) 0,53 0,83 (36,4%) Dívida Líquida** 3.869,7 3.208,9 20,6% 3.869,7 3.208,9 20,6% Dív. Líquida / Ebitda*** 3,4 3,3 3,4 3,2 *Lucro Líquido / Units Equivalentes (208.300.600) ** Considera TVM do Ativo Não Circulante ***Ebitda Anualizado.
  15. 15. 15 Destaques Financeiros Consolidados 947,6 1.076,4 306,6 372,4 9M14 9M15 3T14 3T15 Receita Líquida Ajustada (R$ milhões) 248,1 167,1 104,5 49,7 9M14 9M15 3T14 3T15 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 787,3 872,3 240,9 274,1 83,1% 81,0% 78,6% 73,6% 9M14 9M15 3T14 3T15 EBITDA (R$ milhões) e Margem (1) (%) (1) Margem Ebitda Ajustada Informações Societárias Informações Regulatórias 906,2 1.063,0 304,7 383,9 9M14 9M15 3T14 3T15 Receita Líquida (R$ milhões) 173,7 110,6 66,4 38,6 9M14 9M15 3T14 3T15 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 751,8 843,0 246,8 281,7 83,0% 79,3% 81,0% 73,4% 9M14 9M15 3T14 3T15 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%)
  16. 16. 16 Destaques Financeiros Consolidados Informações Societárias Informações Regulatórias 104,5 49,7 33,1 44,3 (9,4) (56,2) (66,7) Lucro Líquido 3T14 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 3T15 Formação do Lucro 3T15 (R$ MM) 66,4 38,6 34,8 26,9 (11,3) (56,2) (22,0) Lucro Líquido 3T14 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 3T15 Formação do Lucro 3T15 (R$ MM)
  17. 17. 17 Endividamento - Controladora 908,0 594,6 313,4 Dívida Bruta Disponibilidades Dívida Líquida Dívida Total 3T15 14% 86% Perfil da Dívida (%) Curto Prazo Longo Prazo Composição Dívida Total por Indexador (%) Composição da Divida Total (Em milhares de R$) 25,3% 71,2% 3,4% CDI IPCA Pré-fixada 876,7 31,3 Debêntures Finep
  18. 18. 18 Endividamento - Consolidado 4.548,7 3.869,7 679,0 Dívida Bruta Disponibilidades Dívida Líquida Dívida Total 3T15 Composição Dívida Total por Indexador (%) Composição da Divida Total (Em milhares de R$) 21% 79% Perfil da Dívida (%) Curto Prazo Longo Prazo 39,8% 23,6% 11,1% 5,7% 19,7% CDI TJLP Pré-fixada Cesta de moedas IPCA 1.318,8 270,223,4 262,2 2.674,1 BNDES (TJLP / IGP-M) Outros Bancos de Desenvolvimento Outros Moeda Local Moeda Estrangeira Debêntures
  19. 19. 19 Endividamento - Consolidado Corporativo (escala nacional) AA+ 365,6 132,6 501,4 521,3 414,9 366,9 276,3 954,2 313,4 99,0 28,9 129,1 72,4 17,6 165,4 395,6 Disponibilidades out.15- dez.15 2016 2017 2018 2019 2020 Após 2020 Cronograma de Amortização da Dívida (R$ milhões) Subsidiárias Controladora 471,0 Bridges 2,1
  20. 20. 20 Disclaimer As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis e as normas emitidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), conjugadas com a legislação específica emanada pela Agencia Nacional de Energia Elétrica - ANEEL. A ANEEL, enquanto órgão regulador, tem poderes para regular as concessões. Os resultados serão apresentados em ambos os formatos, o formato IFRS e o formato “Regulatórios”, para permitir a comparação com outros exercícios. Vale ressaltar que os resultados no formato “Regulatório” não são auditados. A declaração de dividendos da ALUPAR é feita com base nos resultados auditados (IFRS). As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento da ALUPAR são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da diretoria sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, do desempenho da economia brasileira, do setor e dos mercados internacionais e, portanto, sujeitas à mudanças sem aviso prévio.
  21. 21. 21 Contato RI José Luiz de Godoy Pereira Luiz Coimbra Kassia Orsi Amendola Tel.: (011) 4571-2400 ri@alupar.com.br

×