SlideShare uma empresa Scribd logo

Apresentação Corporativa 4T14

A
AluparRI

Apresentação Corporativa 4T14

1 de 25
Baixar para ler offline
Resultados 4T14
2
1. Destaques
2. Exposição Geração
3. Informações Financeiras
Agenda
3
Destaques
4
Fato Relevante, 02 de março de 2015
Conclusão do processo de aquisição da participação societária no Complexo Aracati
COMPLEXO ARACATI
Energia dos Ventos I S.A
Energia dos Ventos II S.A
Energia dos Ventos III S.A
Energia dos Ventos IV S.A
Energia dos Ventos X S.A
Antes
T 50,99%
Atual
COMPLEXO ARACATI
Energia dos Ventos I S.A
Energia dos Ventos II S.A
Energia dos Ventos III S.A
Energia dos Ventos IV S.A
Energia dos Ventos X S.A
T 99,99%
Aracati
 Aquisição de 33.839.400 ações ordinárias
 Valor total da operação: R$ 47,5 milhões
5
Comunicado ao Mercado, 17 de dezembro de 2014
Antecipação da segunda unidade geradora da UHE Ferreira Gomes
A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia”), companhia aberta registrada na CVM
sob o nº 2149-0, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que sua
controlada, a Ferreira Gomes Energia S.A. (“Ferreira Gomes”) obteve, nesta data,
autorização para início de operação comercial da segunda unidade geradora da UHE
Ferreira Gomes (“UG2”), de 84 MW (oitenta e quatro megawatts) de potência,
totalizando, conjuntamente com a UG1 garantia física de 119,8 MW médios (cento e
dezenove vírgula oito megawatts médios), conforme Despacho da ANEEL nº 4.815
publicado no Diário Oficial datado de hoje, antecipando em 73 dias a entrada em
operação comercial em relação à data estimada no Contrato de Concessão, prevista
para 28 de fevereiro de 2015.
A UG2 encontrava-se em testes desde o dia 03 de dezembro de 2014, fornecendo
energia ao Sistema Interligado Nacional (SIN) desde 04 de dezembro de 2014,
sendo remunerada pelo Preço de Liquidação das Diferenças – PLD (Submercado
Norte) sobre a energia efetivamente gerada neste período.
6
Fato Relevante, 11 de dezembro de 2014
Venda de ações de SINOP
A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia” ou “Alupar”), companhia aberta,
registrada na CVM sob o nº 2149-0, em atendimento ao disposto na Instrução da
Comissão de Valores Mobiliários nº 358, de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada,
e conforme Fato Relevante divulgado em 29 de agosto de 2013 e Comunicados ao
Mercado divulgados em 12 de setembro de 2014 e 17 de novembro de 2014,
comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, concretizou os
trâmites necessários à sua retirada do empreendimento UHE SINOP, mediante
venda à Usina Termelétrica Norte Fluminense S.A. da totalidade das ações detidas na
Companhia Energética SINOP S.A.

Recomendados

Apresentação de Resultados do 3T13
Apresentação de Resultados do 3T13Apresentação de Resultados do 3T13
Apresentação de Resultados do 3T13AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 4T13
Apresentação de Resultados do 4T13Apresentação de Resultados do 4T13
Apresentação de Resultados do 4T13AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 3T15
Apresentação de Resultados do 3T15Apresentação de Resultados do 3T15
Apresentação de Resultados do 3T15AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 3T14
Apresentação de Resultados do 3T14Apresentação de Resultados do 3T14
Apresentação de Resultados do 3T14AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15Apresentação de Resultados do 1T15
Apresentação de Resultados do 1T15AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13Apresentação de Resultados do 2T13
Apresentação de Resultados do 2T13AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 2T14
Apresentação de Resultados do 2T14Apresentação de Resultados do 2T14
Apresentação de Resultados do 2T14AluparRI
 
Apresentação de Resultados do 1T13
Apresentação de Resultados do 1T13Apresentação de Resultados do 1T13
Apresentação de Resultados do 1T13AluparRI
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação de Resultados do 1T14
Apresentação de Resultados do 1T14Apresentação de Resultados do 1T14
Apresentação de Resultados do 1T14AluparRI
 
Apresentação dos Resultados do 4T09
Apresentação dos Resultados do 4T09Apresentação dos Resultados do 4T09
Apresentação dos Resultados do 4T09Celesc
 
Cteep apresentação 2 t14
Cteep apresentação 2 t14Cteep apresentação 2 t14
Cteep apresentação 2 t14Cteep_ri
 
Apresentação 3T13
Apresentação 3T13Apresentação 3T13
Apresentação 3T13Cteep_ri
 
Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10Celesc
 
2014 05-15 - 1 t14-call
2014 05-15 - 1 t14-call2014 05-15 - 1 t14-call
2014 05-15 - 1 t14-callForjasTaurus
 
Apresentação_2013
Apresentação_2013Apresentação_2013
Apresentação_2013Cteep_ri
 
Apresentação dos Resultados 3T14
Apresentação dos Resultados 3T14Apresentação dos Resultados 3T14
Apresentação dos Resultados 3T14ForjasTaurus
 
Apresentação dos Resultados 2T14
Apresentação dos Resultados 2T14Apresentação dos Resultados 2T14
Apresentação dos Resultados 2T14ForjasTaurus
 
2015 04-02 - 2014 call - base ca. - sem anexos - cópia
2015 04-02 - 2014 call  - base ca. - sem anexos - cópia2015 04-02 - 2014 call  - base ca. - sem anexos - cópia
2015 04-02 - 2014 call - base ca. - sem anexos - cópiaForjasTaurus
 
Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08Celesc
 
Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Cteep
 
Apresentação dos Resultados do 4T08
Apresentação dos Resultados do 4T08Apresentação dos Resultados do 4T08
Apresentação dos Resultados do 4T08Celesc
 
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities DayApresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities DayCelesc
 
Apresentação dos Resultados do 3T09
Apresentação dos Resultados do 3T09Apresentação dos Resultados do 3T09
Apresentação dos Resultados do 3T09Celesc
 
Apimec 2014
Apimec 2014Apimec 2014
Apimec 2014Cteep_ri
 
Apresentação dos Resultados do 3T08
Apresentação dos Resultados do 3T08Apresentação dos Resultados do 3T08
Apresentação dos Resultados do 3T08Celesc
 

Mais procurados (19)

Apresentação de Resultados do 1T14
Apresentação de Resultados do 1T14Apresentação de Resultados do 1T14
Apresentação de Resultados do 1T14
 
Apresentação dos Resultados do 4T09
Apresentação dos Resultados do 4T09Apresentação dos Resultados do 4T09
Apresentação dos Resultados do 4T09
 
Cteep apresentação 2 t14
Cteep apresentação 2 t14Cteep apresentação 2 t14
Cteep apresentação 2 t14
 
Apresentação 3T13
Apresentação 3T13Apresentação 3T13
Apresentação 3T13
 
Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10Apresentação dos Resultados do 1T10
Apresentação dos Resultados do 1T10
 
2014 05-15 - 1 t14-call
2014 05-15 - 1 t14-call2014 05-15 - 1 t14-call
2014 05-15 - 1 t14-call
 
Apresentação_2013
Apresentação_2013Apresentação_2013
Apresentação_2013
 
Março 2010
Março 2010Março 2010
Março 2010
 
Apresentação dos Resultados 3T14
Apresentação dos Resultados 3T14Apresentação dos Resultados 3T14
Apresentação dos Resultados 3T14
 
Apresentação dos Resultados 2T14
Apresentação dos Resultados 2T14Apresentação dos Resultados 2T14
Apresentação dos Resultados 2T14
 
2015 04-02 - 2014 call - base ca. - sem anexos - cópia
2015 04-02 - 2014 call  - base ca. - sem anexos - cópia2015 04-02 - 2014 call  - base ca. - sem anexos - cópia
2015 04-02 - 2014 call - base ca. - sem anexos - cópia
 
Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08Apresentação dos Resultados do 1T08
Apresentação dos Resultados do 1T08
 
Apresentação 2T12
Apresentação 2T12Apresentação 2T12
Apresentação 2T12
 
Apresentação dos Resultados do 4T08
Apresentação dos Resultados do 4T08Apresentação dos Resultados do 4T08
Apresentação dos Resultados do 4T08
 
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities DayApresentação a Investidores - BTG Utilities Day
Apresentação a Investidores - BTG Utilities Day
 
Apresentação dos Resultados do 3T09
Apresentação dos Resultados do 3T09Apresentação dos Resultados do 3T09
Apresentação dos Resultados do 3T09
 
Apimec 2014
Apimec 2014Apimec 2014
Apimec 2014
 
Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11
 
Apresentação dos Resultados do 3T08
Apresentação dos Resultados do 3T08Apresentação dos Resultados do 3T08
Apresentação dos Resultados do 3T08
 

Semelhante a Apresentação Corporativa 4T14

Cteep Apresentação 2T14
Cteep Apresentação 2T14Cteep Apresentação 2T14
Cteep Apresentação 2T14Cteep_ri
 
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010Marfrig release port_1_t10_13.05.2010
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010BeefPoint
 
Resultados 2 t09
Resultados 2 t09Resultados 2 t09
Resultados 2 t09SiteriCR2
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 portEquatorialRI
 
Cteep apresentação 1_t14
Cteep apresentação 1_t14Cteep apresentação 1_t14
Cteep apresentação 1_t14Cteep
 
Apresentação SABE Invest
Apresentação SABE InvestApresentação SABE Invest
Apresentação SABE InvestMarcelo Dias
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 portEquatorialRI
 
018376000101011 (15).pdf
018376000101011 (15).pdf018376000101011 (15).pdf
018376000101011 (15).pdfRenandantas16
 
1 t14 divulgação de resultados apresentação
1 t14 divulgação de resultados apresentação1 t14 divulgação de resultados apresentação
1 t14 divulgação de resultados apresentaçãobrproperties
 
Call 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_finalCall 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_finalArteris S.A.
 
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinalApresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinalCPFL RI
 
Teleconferência 4T14
Teleconferência 4T14Teleconferência 4T14
Teleconferência 4T14ItauRI
 
Teleconferência 4T09
Teleconferência 4T09Teleconferência 4T09
Teleconferência 4T09Profarma
 

Semelhante a Apresentação Corporativa 4T14 (20)

Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de RelatóriosApresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
Apresentação FINANCE - Exemplos de Relatórios
 
Cteep Apresentação 2T14
Cteep Apresentação 2T14Cteep Apresentação 2T14
Cteep Apresentação 2T14
 
Apresentação 3T08 PT
Apresentação 3T08 PTApresentação 3T08 PT
Apresentação 3T08 PT
 
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010Marfrig release port_1_t10_13.05.2010
Marfrig release port_1_t10_13.05.2010
 
021490000101011.pdf
021490000101011.pdf021490000101011.pdf
021490000101011.pdf
 
Alupar.pdf
Alupar.pdfAlupar.pdf
Alupar.pdf
 
Resultados 2 t09
Resultados 2 t09Resultados 2 t09
Resultados 2 t09
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
 
Cteep apresentação 1_t14
Cteep apresentação 1_t14Cteep apresentação 1_t14
Cteep apresentação 1_t14
 
Apresentação SABE Invest
Apresentação SABE InvestApresentação SABE Invest
Apresentação SABE Invest
 
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
Institucional 2 q14 padrão 2014   portInstitucional 2 q14 padrão 2014   port
Institucional 2 q14 padrão 2014 port
 
018376000101011 (15).pdf
018376000101011 (15).pdf018376000101011 (15).pdf
018376000101011 (15).pdf
 
3T14
3T143T14
3T14
 
1 t14 divulgação de resultados apresentação
1 t14 divulgação de resultados apresentação1 t14 divulgação de resultados apresentação
1 t14 divulgação de resultados apresentação
 
Apresentação 4T14 e 2014 - CCR
Apresentação 4T14 e 2014 - CCRApresentação 4T14 e 2014 - CCR
Apresentação 4T14 e 2014 - CCR
 
Call 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_finalCall 1 t14_port v_final
Call 1 t14_port v_final
 
Apresentação 3T14
Apresentação 3T14Apresentação 3T14
Apresentação 3T14
 
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinalApresentação de resultados 4 t14 vfinal
Apresentação de resultados 4 t14 vfinal
 
Teleconferência 4T14
Teleconferência 4T14Teleconferência 4T14
Teleconferência 4T14
 
Teleconferência 4T09
Teleconferência 4T09Teleconferência 4T09
Teleconferência 4T09
 

Mais de AluparRI

3Q15 Results Presentation
3Q15 Results Presentation3Q15 Results Presentation
3Q15 Results PresentationAluparRI
 
1Q15 Results Presentation
1Q15 Results Presentation1Q15 Results Presentation
1Q15 Results PresentationAluparRI
 
4Q14 Results Presentation
4Q14 Results Presentation4Q14 Results Presentation
4Q14 Results PresentationAluparRI
 
3Q14 Results Presentation
3Q14 Results Presentation3Q14 Results Presentation
3Q14 Results PresentationAluparRI
 
2Q14 Results Presentation
2Q14 Results Presentation2Q14 Results Presentation
2Q14 Results PresentationAluparRI
 
1Q14 Results Presentation
1Q14 Results Presentation1Q14 Results Presentation
1Q14 Results PresentationAluparRI
 
4Q13 Results Presentation
4Q13 Results Presentation4Q13 Results Presentation
4Q13 Results PresentationAluparRI
 
3Q13 Results Presentation
3Q13 Results Presentation3Q13 Results Presentation
3Q13 Results PresentationAluparRI
 
2Q13 Results Presentation
2Q13 Results Presentation2Q13 Results Presentation
2Q13 Results PresentationAluparRI
 
1Q13 Results Presentation
1Q13 Results Presentation1Q13 Results Presentation
1Q13 Results PresentationAluparRI
 

Mais de AluparRI (10)

3Q15 Results Presentation
3Q15 Results Presentation3Q15 Results Presentation
3Q15 Results Presentation
 
1Q15 Results Presentation
1Q15 Results Presentation1Q15 Results Presentation
1Q15 Results Presentation
 
4Q14 Results Presentation
4Q14 Results Presentation4Q14 Results Presentation
4Q14 Results Presentation
 
3Q14 Results Presentation
3Q14 Results Presentation3Q14 Results Presentation
3Q14 Results Presentation
 
2Q14 Results Presentation
2Q14 Results Presentation2Q14 Results Presentation
2Q14 Results Presentation
 
1Q14 Results Presentation
1Q14 Results Presentation1Q14 Results Presentation
1Q14 Results Presentation
 
4Q13 Results Presentation
4Q13 Results Presentation4Q13 Results Presentation
4Q13 Results Presentation
 
3Q13 Results Presentation
3Q13 Results Presentation3Q13 Results Presentation
3Q13 Results Presentation
 
2Q13 Results Presentation
2Q13 Results Presentation2Q13 Results Presentation
2Q13 Results Presentation
 
1Q13 Results Presentation
1Q13 Results Presentation1Q13 Results Presentation
1Q13 Results Presentation
 

Último

Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brBolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brPatriciagomes889620
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...assedlmoi
 
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Henry Quaresma
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024dlalicia08
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024dlalicia08
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024dlalicia08
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...sdl192405
 
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...sdl192405
 
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024dlp391622
 
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024Dl assessoria 21
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024leonardodl361
 
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024miladlasse
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024dlp391622
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024dlp391622
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024leonardodl361
 
apresentação............................
apresentação............................apresentação............................
apresentação............................Judite Silva
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024dlalicia08
 
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...mariaclarinhaa2723
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...dl assessoria9
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...assedlmoi
 

Último (20)

Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.brBolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
Bolsa de Valores Simples - www.bolsadevaloressimples.com.br
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
Comércio Exterior de Santa Catarina em 2023
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - IFPC - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
Quando planejamos uma aula, estamos pensando em todo o processo que envolve e...
 
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - METODOLOGIA DA ALFABETIZAÇÃO - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024ATIVIDADE 1 - DIDÁTICA - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
 
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024
MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024MAPA - SAÚDE COLETIVA - 51/2024
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
 
apresentação............................
apresentação............................apresentação............................
apresentação............................
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT) A Organização Racional do Trabalho (OR...
 
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
A prescrição de exercícios físicos deve ser realizada de forma correta e base...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 

Apresentação Corporativa 4T14

  • 2. 2 1. Destaques 2. Exposição Geração 3. Informações Financeiras Agenda
  • 4. 4 Fato Relevante, 02 de março de 2015 Conclusão do processo de aquisição da participação societária no Complexo Aracati COMPLEXO ARACATI Energia dos Ventos I S.A Energia dos Ventos II S.A Energia dos Ventos III S.A Energia dos Ventos IV S.A Energia dos Ventos X S.A Antes T 50,99% Atual COMPLEXO ARACATI Energia dos Ventos I S.A Energia dos Ventos II S.A Energia dos Ventos III S.A Energia dos Ventos IV S.A Energia dos Ventos X S.A T 99,99% Aracati  Aquisição de 33.839.400 ações ordinárias  Valor total da operação: R$ 47,5 milhões
  • 5. 5 Comunicado ao Mercado, 17 de dezembro de 2014 Antecipação da segunda unidade geradora da UHE Ferreira Gomes A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia”), companhia aberta registrada na CVM sob o nº 2149-0, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que sua controlada, a Ferreira Gomes Energia S.A. (“Ferreira Gomes”) obteve, nesta data, autorização para início de operação comercial da segunda unidade geradora da UHE Ferreira Gomes (“UG2”), de 84 MW (oitenta e quatro megawatts) de potência, totalizando, conjuntamente com a UG1 garantia física de 119,8 MW médios (cento e dezenove vírgula oito megawatts médios), conforme Despacho da ANEEL nº 4.815 publicado no Diário Oficial datado de hoje, antecipando em 73 dias a entrada em operação comercial em relação à data estimada no Contrato de Concessão, prevista para 28 de fevereiro de 2015. A UG2 encontrava-se em testes desde o dia 03 de dezembro de 2014, fornecendo energia ao Sistema Interligado Nacional (SIN) desde 04 de dezembro de 2014, sendo remunerada pelo Preço de Liquidação das Diferenças – PLD (Submercado Norte) sobre a energia efetivamente gerada neste período.
  • 6. 6 Fato Relevante, 11 de dezembro de 2014 Venda de ações de SINOP A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia” ou “Alupar”), companhia aberta, registrada na CVM sob o nº 2149-0, em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358, de 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, e conforme Fato Relevante divulgado em 29 de agosto de 2013 e Comunicados ao Mercado divulgados em 12 de setembro de 2014 e 17 de novembro de 2014, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, concretizou os trâmites necessários à sua retirada do empreendimento UHE SINOP, mediante venda à Usina Termelétrica Norte Fluminense S.A. da totalidade das ações detidas na Companhia Energética SINOP S.A.
  • 7. 7 Comunicado ao Mercado, 28 de novembro de 2014 Aprovação do Ato de Concentração nº 08700.009463/2014-65 pelo CADE A ALUPAR INVESTIMENTO S.A. (“Companhia”), companhia aberta registrada na CVM sob o nº 2149-0, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi publicado, nesta data, no Diário Oficial da União o Despacho do Superintendente-Geral Nº 1.541 no qual o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (“CADE”) aprova o Ato de Concentração nº 08700.009463/2014-65 entre as requerentes Alupar Investimento S.A. e Furnas Centrais Elétricas S.A., sem restrições, para compra e venda das participações societárias detidas pelas requerentes nos Complexos “Aracati” (composto pelas empresas Energia dos Ventos I S.A., Energia dos Ventos II S.A., Energia dos Ventos III S.A., Energia dos Ventos IV S.A. e Energia dos Ventos X) e “Fortim” (composto pelas empresas Energia dos Ventos V S.A., Energia dos Ventos VI S.A., Energia dos Ventos VII S.A., Energia dos Ventos VIII S.A. e Energia dos Ventos IX). Alienação de participação societária no Complexo Fortim para Furnas Centrais Elétricas S.A., foi formalizada através da celebração de contrato de compra e venda de ações na data de 23 de dezembro de 2014, o qual está sujeito à condição suspensiva de eficácia de obtenção de anuência prévia por parte do Departamento de Coordenação e Controle das Empresas Estatais-DEST. Caso o DEST não se manifeste favoravelmente à aquisição da participação societária, Furnas deverá realizar Chamada Pública para adquirir, de forma indireta, as referidas ações no prazo de 60 dias.
  • 9. 9 Fonte: CCEE Exposição Geração 19,03 28,88 67,3 96,99 135,29 38,74 69,99 29,46 166,64 262,54 688,89 378,22 822,83 822,83 822,83 806,97 412,65 592,54 709,53 728,95 776,88 804,54 601,21 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 mai-14 jun-14 jul-14 ago-14 set-14 out-14 nov-14 dez-14 (R$ milhões) Total de Compra Energia Valores Contabilizados 1T14 2T14 3T14 4T14 (-) GSF R$ 25,7 R$ 1,4 R$ 6,4 R$ 9,6 R$ 8,3 (-) Sazonalização R$ 17,1 - R$ 1,7 R$ 8,1 R$ 7,3 (-) 7 MWm R$ 23,4 - R$ 3,3 R$ 10,0 R$ 10,1 (-) Swap R$ 1,5 R$ 1,5 - - (+) Crédito de Pis/Cofins R$ 2,0 R$ 0,1 R$ 0,9 R$ 1,0 Compra de Energia Total R$ 65,7 R$ 2,8 R$ 11,3 R$ 26,9 R$ 24,6 PLD médio de  R$ 688,89/MWh em 2014  R$ 726,68/MWh no 4T14 GSF  90,63% em 2014  88,53% no 4T14
  • 11. 11 Destaques Financeiros – Consolidado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 2014 2013 Var.% 4T14 4T13 Var.% Receita Líquida Ajustada 1.343,5 1.206,4 11,4% 392,4 321,1 22,2% EBITDA (CVM 527) 1.088,9 1.001,1 8,8% 301,6 249,3 20,9% Margem Ebitda Ajustada 81,0% 83,0% (2,0 p.p) 76,9% 77,7% (0,8 p.p) Resultado Financeiro (242,6) (182,2) 33,1% (74,5) (44,9) 65,7% Lucro Líquido consolidado 751,7 655,0 14,8% 193,9 164,4 18,0% Minoritários Subsidiárias 388,9 365,1 6,5% 79,3 96,4 (17,8%) Lucro Líquido Alupar 362,8 289,9 25,2% 114,6 68,0 68,6% Lucro Líquido por UNIT (R$)* 1,74 1,39 25,2% 0,55 0,33 68,6% Dívida Líquida** 3.350,9 2.405,9 39,3% 3.350,9 2.405,9 39,3% Dív. Líquida / Ebitda*** 3,1 2,4 2,8 2,4 Principais Indicadores "REGULATÓRIO" R$ MM 2014 2013 Var.% 4T14 4T13 Var.% Receita Líquida 1.297,8 1.111,1 16,8% 388,1 292,3 32,7% EBITDA (CVM 527) 1.055,6 909,1 16,1% 303,8 234,2 29,7% Margem Ebitda 81,3% 81,8% (0,5 p.p) 78,3% 80,1% (1,8 p.p) Resultado Financeiro (242,6) (182,2) 33,1% (74,5) (44,9) 65,7% Lucro Líquido consolidado 592,2 493,3 20,1% 173,8 136,5 27,3% Minoritários Subsidiárias 304,5 280,9 8,4% 59,8 82,2 (27,3%) Lucro Líquido Alupar 287,7 212,4 35,5% 114,0 54,3 109,8% Lucro Líquido por UNIT (R$)* 1,38 1,02 35,5% 0,55 0,26 109,8% Dívida Líquida** 3.350,9 2.405,9 39,3% 3.350,9 2.405,9 39,3% Dív. Líquida / Ebitda*** 3,2 2,6 2,8 2,6 *Lucro Líquido / Units Equivalentes (208.300.600) ** Considera TVM do Ativo Não Circulante ***Ebitda Anualizado.
  • 12. 12 Destaques Financeiros Consolidados - IFRS 249,3 301,6 77,7% 76,9% 4T13 4T14 EBITDA (R$ milhões) e Margem (1) (%) 68,0 114,6 4T13 4T14 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 321,1 392,4 4T13 4T14 Receita Líquida Ajustada (R$ milhões) 1.206,4 1.343,5 2013 2014 Receita Líquida Ajustada (R$ milhões) 289,9 362,8 2013 2014 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 1.001,1 1.088,9 83,0% 81,0% 2013 2014 EBITDA (R$ milhões) e Margem (1) (%) (1) Margem Ebitda Ajustada
  • 13. 13 Destaques Financeiros Consolidados - IFRS 289,9 362,8 87,8 72,4(3,2) (60,4) (23,8) Lucro Líquido 2013 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 2014 Formação do Lucro 2014 (R$ MM) 68,0 114,6 52,2 9,5 17,1(2,7) (29,5) Lucro Líquido 4T13 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 4T14 Formação do Lucro 4T14 (R$ MM)
  • 14. 14 Destaques Financeiros Consolidados - Regulatório 234,2 303,8 80,1% 78,3% 4T13 4T14 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) 54,3 114,0 4T13 4T14 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 292,3 388,1 4T13 4T14 Receita Líquida (R$ milhões) 1.111,1 1.297,8 2013 2014 Receita Líquida (R$ milhões) 909,1 1.055,6 81,8% 81,3% 2013 2014 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) 212,4 287,7 2013 2014 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões)
  • 15. 15 Destaques Financeiros Consolidados - Regulatório 212,4 287,7 146,5 22,9 (10,0) (60,4) (23,6) Lucro Líquido 2013 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 2014 Formação do Lucro 2014 (R$ milhões) 54,3 114,0 69,6 1,8 22,4 (4,7) (29,5) Lucro Líquido 4T13 EBITDA Depreciação / Amortização Resultado Financeiro IR e CSLL % Minoritários Lucro Líquido 4T14 Formação do Lucro 4T14 (R$ milhões)
  • 16. 16 Destaques Financeiros Transmissão - Combinado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 2014 2013 Var.% 4T14 4T13 Var.% Receita Líquida Ajustada 1.147,9 1.111,5 3,3% 291,4 290,1 0,5% Custos Operacionais Ajustados* (87,0) (91,3) (4,7%) (23,4) (35,8) (34,7%) Depreciação / Amortização (7,1) (5,8) 22,4% (1,9) (1,6) 21,1% Despesas Operacionais (42,0) (39,2) 7,3% (14,5) (13,3) 8,8% EBITDA (CVM 527) 1.018,9 981,0 3,9% 253,6 241,0 5,2% Margem Ebitda Ajustada 88,8% 88,3% 0,5 p.p 87,0% 83,1% 3,9 p.p Resultado Financeiro (164,0) (119,3) 37,4% (54,5) (31,2) 74,8% Lucro Líquido 781,4 726,2 7,6% 168,6 178,5 (5,5%) Dívida Líquida** 2.187,4 1.439,9 51,9% 2.187,4 1.439,9 51,9% Div. Líquida / EBITDA*** 2,1 1,5 2,2 1,5 Principais Indicadores "REGULATÓRIO" R$ MM 2014 2013 Var.% 4T14 4T13 Var.% Receita Líquida 1.062,6 995,3 6,8% 273,2 257,7 6,0% Custos Operacionais (83,5) (75,6) 10,5% (22,0) (20,0) 10,0% Depreciação / Amortização (119,0) (112,7) 5,6% (30,8) (28,5) 8,1% Despesas Operacionais (42,0) (39,1) 7,4% (14,4) (13,3) 8,6% EBITDA (CVM 527) 937,1 880,6 6,4% 236,8 224,4 5,5% Margem Ebitda 88,2% 88,5% (0,3 p.p) 86,7% 87,1% (0,4 p.p) Resultado Financeiro (164,0) (119,3) 37,4% (54,5) (31,2) 74,8% Lucro Líquido 582,9 550,6 5,9% 138,8 148,4 (6,5%) Dívida Líquida** 2.187,4 1.439,9 51,9% 2.187,4 1.439,9 51,9% Div. Líquida / EBITDA*** 2,3 1,6 2,3 1,6 *Custos Operacionais Ajustados: Excluindo o custo de infraestrutura ** Considera Títulos e Valores Mobiliarios do Ativo Não Circulante ***Ebitda Anualizado
  • 17. 17 Destaques Financeiros Transmissão - Combinado 1.111,5 1.147,9 290,1 291,4 2013 2014 4T13 4T14 Receita Líquida Ajustada (R$ milhões) 995,3 1.062,6 257,7 273,2 2013 2014 4T13 4T14 Receita Líquida (R$ milhões) 550,6 582,9 148,4 138,8 2013 2014 4T13 4T14 Lucro Líquido (R$ milhões) Informações Societárias Informações Regulatórias 726,2 781,4 178,5 168,6 2013 2014 4T13 4T14 Lucro Líquido (R$ milhões) 981,0 1.018,9 241,0 253,6 88,3% 88,8% 83,1% 87,0% 2013 2014 4T13 4T14 EBITDA (R$ milhões) e Margem (1) (%) 880,6 937,1 224,4 236,8 88,5% 88,2% 87,1% 86,7% 2013 2014 4T13 4T14 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) (1) Margem Ebitda Ajustada
  • 18. 18 Destaques Financeiros Geração - Combinado Principais Indicadores "SOCIETÁRIO (IFRS)" R$ MM 2014 2013 Var.% 4T14 4T13 Var.% Receita Líquida 288,9 181,3 59,4% 129,0 49,4 161,1% Custos Operacionais (35,9) (27,4) 30,7% (12,6) (4,2) 201,4% Depreciação / Amortização (35,6) (33,4) 6,4% (10,7) (8,4) 28,1% Compra de Energia (65,7) (28,3) 132,1% (24,6) (3,6) - Despesas Operacionais (19,1) (12,9) 48,7% (6,8) (4,1) 64,2% EBITDA (CVM 527) 168,3 112,7 49,3% 85,0 37,6 126,4% Margem Ebitda 58,3% 62,2% (3,9 p.p) 65,9% 76,0% (10,1 p.p) Resultado Financeiro (41,4) (45,6) (9,0%) (10,9) (11,1) (2,3%) Lucro Líquido / Prejuízo 82,2 29,0 184,0% 59,7 15,4 286,9% Dívida Líquida* 1.213,1 1.114,8 8,8% 1.213,1 1.114,8 8,8% Dívida Líquida / EBITDA** 7,2 9,9 3,6 7,4 * Considera Títulos e Valores Mobiliários do Ativo Não Circulante **EBITDA Anualizado
  • 19. 19 Destaques Financeiros Geração - Combinado 49,4 129,0 4T13 4T14 Receita Líquida (R$ milhões) 181,3 288,9 2013 2014 Receita Líquida (R$ milhões) 37,6 85,0 76,0% 65,9% 4T13 4T14 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) 15,4 59,7 4T13 4T14 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões) 112,7 168,3 62,2% 58,3% 2013 2014 EBITDA (R$ milhões) e Margem (%) 29,0 82,2 2013 2014 Lucro Líquido Alupar (R$ milhões)
  • 20. 20 Endividamento - Controladora 622,9 298,9 324,0 Dívida Bruta Disponibilidades Dívida Líquida Dívida Total 4T14 23% 77% Perfil da Dívida (%) Curto Prazo Longo Prazo 37,3% 56,2% 6,5% CDI IPCA Pré-fixada Composição Dívida Total por Indexador (%) 582,8 40,1 Debêntures Finep Composição da Divida Total (Em milhares de R$)
  • 21. 21 Endividamento - Consolidado 3.977,0 3.350,8 626,2 Dívida Bruta Disponibilidades Dívida Líquida Dívida Total 4T14 Composição Dívida Total por Indexador (%) Composição da Divida Total (Em milhares de R$) 14% 86% Perfil da Dívida (%) Curto Prazo Longo Prazo 42,0% 28,3% 13,6% 1,7% 14,4% CDI TJLP Pré-fixada Cesta de moedas IPCA 1.382,4 292,3 15,2 66,3 2.220,9 BNDES (TJLP / IGP-M) Outros Bancos de Desenvolvimento Outros Moeda Local Moeda Estrangeira Debêntures
  • 22. 22 Endividamento - Consolidado  Corporativo (escala nacional) AA+ 63,0 302,2 395,8 472,8 509,6 383,5 322,0 260,9 946,5324,0 145,1 24,0 136,5 79,9 24,9 25,0 187,5 Disponibilidades 2015 2016 2017 2018 2019 2020 Após 2020 Cronograma de Amortização da Dívida (R$ milhões) Subsidiárias Controladora 62,5 0,5 Bridges
  • 23. 23 Dividendos Em 15 de setembro de 2014, o Conselho de Administração da Companhia aprovou, à distribuição de dividendos intermediários no valor de R$ 99.984.288,00 referente à conta de reserva de lucros existentes no balanço de 31 de dezembro de 2013, devidamente ratificado pelos acionistas, através de Assembleia Geral Extraordinária realizada em 02 de outubro de 2014. Adicionalmente em 05 de março de 2015, o Conselho recomendou a distribuição de R$ 249.960.720,00 do lucro do exercício de 2014, que deverá ser deliberado em Assembleia Geral Ordinária a ser realizada em 15 de abril de 2015. Assim, considerando a distribuição de dividendos deliberada na reunião do conselho de administração de 15 de setembro de 2014, (os quais não foram imputados ao dividendo mínimo obrigatório estatutário relativo aos exercício social encerrado em 31.12.2014) bem como a recomendação do Conselho de Administração da Companhia, para distribuição de dividendos no montante de R$ 249.960.720,00 do lucro do exercício de 2014, o total de proventos atingirá R$ 350 milhões, equivalente a R$ 1,68 por Unit. 29,7 82,1 29,1 47,8 47,6 104,7 350,0 350,0 0,0 50,0 100,0 150,0 200,0 250,0 300,0 350,0 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Histórico de Dividendos Declarados (R$ milhões) e Payout Ratio (%) 101,6% 88,6% 25,0%25,0% 25,0% 50,0% 100,0% 127,1%
  • 24. 24 Disclaimer As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis e as normas emitidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), conjugadas com a legislação específica emanada pela Agencia Nacional de Energia Elétrica - ANEEL. A ANEEL, enquanto órgão regulador, tem poderes para regular as concessões. Os resultados serão apresentados em ambos os formatos, o formato IFRS e o formato “Regulatórios”, para permitir a comparação com outros exercícios. Vale ressaltar que os resultados no formato “Regulatório” não são auditados. A declaração de dividendos da ALUPAR é feita com base nos resultados auditados (IFRS). As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento da ALUPAR são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da diretoria sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, do desempenho da economia brasileira, do setor e dos mercados internacionais e, portanto, sujeitas à mudanças sem aviso prévio.
  • 25. 25 Contato RI José Luiz de Godoy Pereira Diretor de Relações com Investidores Luiz Coimbra Coordenador de Relações com Investidores Kassia Orsi Amendola Analista de Relações com Investidores Tel.: (011) 4571-2400 ri@alupar.com.br