Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil

23.394 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto interdisciplinar fundamentos da educação infantil

  1. 1. Projeto Interdisciplinar IAVM – 2010.2 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL
  2. 2. Por Um Desenvolvimento Sustentável Por um Desenvolvimento Sustentável Tema Gerador: Por um Desenvolvimento Sustentável
  3. 3. Pesquisa de Campo - Entrevista - 1 Nome da Escola: Creche Irmãs Batista Rua Siqueira Campos, nº 132- Copacabana. Faixa Etária: alunos entre 3 e 4 anos. Descrição da Turma: A turma é composta por 21 crianças, sendo 10 meninos e 11 meninas. São crianças que apresentam um desenvolvimento compatível com a faixa etária em que se encontram, sendo respeitada a capacidade individual de cada uma. Visto que numa turma heterogênea, o aprendizado e a assimilação de conhecimento são diferenciados. Docente: Petrina Aparecida Rocha.
  4. 4. Perguntas: 1- Quais recursos pedagógicos você utiliza? Livros, revistas, jogos, vídeo, aparelho de som, tinta, papel diversificado, giz de cera, etc. 2- O seu espaço é adequado para atividades, ou você acha que falta alguma coisa... Em relação às atividades de sala de aula, considero o ambiente adequado, porém para atividades que requer espaços abertos como recreação não; isso porque os pátios que temos são pequenos, limitando assim a movimentação das crianças. 3- Como é o planejamento? Semestral, semanal, diário? O planejamento é feito semanalmente com um tema e duração predeterminada. 4- A direção/coordenação pedagógica auxilia na preparação do planejamento? Sempre; temos uma PA (Professora Pedagógica) que auxilia na construção e realização de nosso planejamento. 5- Como é feita a avaliação? A observação é diária? Você faz algum tipo de anotação, relatório para acompanhar o desenvolvimento da criança? A avaliação é diária e a mesma acontece através de anotações, que além da avaliação facilita a construção do relatório de desenvolvimento de cada criança; esse relatório é feito duas vezes no ano e entregue aos pais. 6- Caso a criança não se desenvolva como o esperado, qual a sua atitude? Analisamos em conjunto na sala, tentamos descobrir onde está a dificuldade e juntos os educadores da turma promovem atividades que abordem o tema e de forma agradável repetimos a mesma, até que essa dificuldade seja superada.
  5. 5. 7- Você muda todo o seu planejamento em função de uma criança? Sinceramente não, mas procuro incluir atrativos que possam de uma forma ou de outra fazer que os objetivos sejam alcançados. Ex: Uma criança não consegue manter sua atenção por muito tempo quando ouve história, mas gosta muito de vídeo ou músicas; então procuramos o mesmo tema em filmes e músicas, mas não mudamos o nosso planejamento, de qualquer forma o tema será apresentado e aceito por todos. 8- Você faz uma atividade diferenciada para essa criança que não acompanha bem a turma? Não, procuro atividades que todos possam participar junto, inclusive a criança citada. É preciso incluir a criança e não alimentar exclusão desde tão cedo. Não sabe, não consegue, então muda pra mim; isso favorece a acomodação e baixa estima. 9- Como você age em relação àquelas que são mais rápidas no seu aprendizado? É preciso deixá-la sempre ocupada, pois poderá atrapalhar as outras. Uma forma adequada para essa situação é promover atividades de circuito ou rodízio, onde terminou uma passa pra outra. 10- A direção/coordenação pedagógica dá suporte/incentivo para que sejam feitas atividades diferenciadas? No circuito sim.
  6. 6. 11- Qual a compreensão integrada aplicada nesta turma para desenvolver aspectos sustentáveis como: ecológicos, psicológicos, sociais, econômicos, culturais, científicos e éticos? Cite exemplos. O tema desse mês é biodiversidade, o que favorece muito trabalhar o tema relacionado acima; cuidados necessários com a vida de um modo geral, se faz necessário e não importa a idade para conhecê-los, quanto mais cedo melhor. Exemplos: 1º Numa roda de conversa, apresentamos uma figura, onde um peixe aparece com pedaços de plásticos preso no rabo, perguntamos primeiramente o que é isso? Por que esse plástico está ali? Se isso é certo ou errado? E quem fez isso, está cuidando do nosso planeta? 2º Na hora do banho aproveitar o momento para alertar sobre o gasto indevido de água doce. 3º Construir com as crianças objetos através da reciclagem, mostrando que podemos aproveitar mais e sujar menos, etc.
  7. 7. Considerações do Grupo: * A sala de aula é grande, com bastante espaço para as crianças se movimentarem e executarem diferentes atividades. Pouco espaço externo, limitando as atividades de recreação que requerem uma maior movimentação. * O professor é participativo, tem controle da turma, e consegue se fazer presente na maior parte do tempo. * Por coincidência, o tema que está sendo trabalhado este mês é o da biodiversidade, dando ao professor oportunidade de trabalhar vários conceitos relacionados à necessidade de um desenvolvimento sustentável, de forma ética, em vários de seus aspectos. * As atividades propostas começam “devagar”, para que as crianças cheguem à sala e se ambiente. Após o café, já com toda a turma reunida, começam efetivamente, as atividades relacionadas ao tema. Existe uma pausa para o almoço, sono, e novamente começam as atividades. * Ao longo do dia, o professor aproveita momentos como o do banho, para falar sobre o desperdício da água, por exemplo. O conteúdo do tema é passado às crianças não só nos momentos de “estudo” como durante as rodinhas de leitura, mas também nos momentos do cotidiano. Dessa maneira o tema é contextualizado dentro da vida da criança, deixando de ser apenas algo teórico.
  8. 8. Pesquisa de Campo - Entrevista – 2 Nome da Escola: CETOP – Centro Educacional Topázio Rua dos Topázios, 396 – Rocha Miranda. Faixa Etária: alunos entre 4 e 5 anos. Descrição da turma: a turma é formada por 19 alunos sendo assistida por uma professora e uma auxiliar; em sala de aula os hábitos para consciência ecológica devem ser enfatizados diariamente e o momento da rodinha é a melhor maneira de comunicar, expressar, surpreender, interagir e aprender sobre o mundo que o cercam transformando idéias em novos saberes. Docente: Flávia Patrícia Queiroz de Mattos.
  9. 9. 1- Contexto Sociocultural em que estão inseridas: É importante conhecer os alunos e suas características, sua família, como eles vivem, como é a relação com os pais e os irmãos, catalogando através de uma ficha. A criança é um ser em desenvolvimento e o exemplo do professor ao lidar com ela e os colegas, contribuirão muito com sua formação. 2- Qual o planejamento de como poderão reconstruir conhecimentos e desenvolver a socialização e construir suas identidades nas atividades, de forma significativa e sustentável; há eixo temático? A educação pré-escolar, visando ao desenvolvimento global e harmônico da criança de acordo com suas necessidades físicas e psicológicas, tem objetivos próprios para a faixa etária a que se destina e adequadas às solicitações do meio físico, social, econômico e cultural, no qual vive a criança. Nosso olhar atual deve estar voltado para a preservação ambiental e nossas atitudes conscientes que são importantíssimas para a concretização desses objetivos. Conscientizá-los que não temos como deixar de produzir lixo; mas podemos reduzir o desperdício reutilizando-os; por exemplo: A caixa plástica dos óculos antigo poderá ser utilizada como porta lápis, separar os materiais recicláveis para coleta seletiva (vidros, metal, papel e plástico). A maioria do que jogamos fora ainda não está totalmente sujo, fica sujo quando misturamos na lixeira.
  10. 10. Considerações do Grupo: * O espaço físico é grande e os móveis são adequados; o mural possui temas atuais e datas comemorativas que são feitos semanalmente com o auxílio dos alunos; há brinquedos lúdicos, espaço para sucatas e reaproveitamento de sobras de papéis e demais materiais das atividades. * A mediação da professora é feito em tom de voz baixo e é extremamente paciente. Ouve mais do que fala e espera o aluno terminar a fala não o interrompendo. Com seu gesto afetivo e acolhedor reflete uma educação de qualidade, de sensibilidade e respeito aos educandos, pois cada criança possui uma natureza singular que a caracteriza como ser que sente e pensa o mundo, de um jeito muito próprio. * Houve um tema proposto e uma sequencia de atividades: Tema: “ O lugar do lixo não é o chão que pisamos”. 1) Desenhar lixeiras com papel pardo e escrever: papel, plástico, vidro, metal e orgânico. 2) Levar os alunos para a quadra ou outro espaço similar e recortar imagens (usando revistas, jornais e catálogos) e colar nas lixeiras desenhadas, cada lixo ao seu destino. 3) Explicar porque não podemos sujar as praias e rios, pois ocasionam doenças, enchentes e vida nestes ambientes, e os animais precisam sobreviver.
  11. 11. 4) Construir um grande cartaz com paisagem de uma praia e os alunos farão peixe com dobraduras e colarão na água e na areia, figuras de lixo que a poluem. Para incentivá-los, cantar a música - “como pode um peixe vivo...” 5) Expor tipos de lixo e seu tempo de decomposição no meio ambiente. 6) Convidar a comunidade escolar para visitar e deixar que os alunos expliquem o que está sendo exposto. Importante! Mostrar os tipos de lixo: Plástico: garrafas, isopor, capa de chuva, copo descartável, creme dental, embalagens, banheira de bebê, etc. Papel: jornal, revistas, livros, catálogos, caixas de papelão, envelopes e etc. Vidros: garrafas de bebidas, remédios, cosméticos, louças, bolas de gude, lâmpadas, espelhos, óculos de grau, etc. Metal: latas de alumínio, grampos de cabelo, chave, spray, panelas, etc. Orgânico: restos de alimento como carnes, vegetais, frutas, osso, casca de ovo, sobras de madeiras das serrarias, entre outros.
  12. 12. * Avaliação da Atividade Proposta: Pelas estratégias utilizadas percebemos que a professora oportunizou a esta turma da pré-escola, fazer descobertas a respeito do seu ambiente; através das indagações e reflexões para a construção dos conceitos relacionados aos conhecimentos: natural, social e lógico, por uma linguagem diversificada, trabalhando a emoção, a imaginação, as sensações e valores essenciais; também proporcionou o envolvimento para a conscientização crítica cidadã da comunidade escolar e da comunidade externa.
  13. 13. <ul><li>Considerações Finais </li></ul><ul><li>Sobre a Entrevista 1: </li></ul><ul><li>As práticas utilizadas pela Creche Irmãs Batista, trabalham de forma adequada os elementos norteadores para a educação infantil. </li></ul><ul><li>O professor consegue utilizar o tempo e espaço de forma a traduzir rotina e o dinamismo necessários para o crescimento da criança, favorecendo o seu desenvolvimento em vários aspectos, como na utilização de jogos, a linguagem da música, das artes, o da palavra, e a percepção da natureza e sociedade; na qual cria no aluno, a visão de sustentabilidade no dia a dia dele, provocando a produção e a reflexão de cada ato vivido dentro e fora de sala de aula. </li></ul><ul><li>Dessa forma, o professor terá claro que o conhecimento será consolidado com o decorrer das construções feitas na sua vida educacional, refletindo e desenvolvendo a curiosidade, </li></ul><ul><li>a crítica e percebendo </li></ul><ul><li>de forma mais clara </li></ul><ul><li>o mundo em que vive. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Sobre a Entrevista 2: </li></ul><ul><li>O projeto pedagógico do Centro Educacional Topázio ao trabalhar com a turma, as questões do lixo e a reciclagem; colocará a criança como interlocutora dessa experiência, principalmente para seus familiares e amigos da sua convivência. Ao vivenciar esta atividade em sala, as crianças serão conduzidas a pensar em mudanças significativas para o seu contexto educacional e para a transformação do mundo; já que nos remete a codificação do espaço escolar na perspectiva de uma prática integradora e dinâmica, cuja a prioridade é despertar a construção de conceitos e valores, para o desenvolvimento cognitivo, social e cultural, como também construir verdadeiros cidadãos capacitados em transformar coletivamente o mundo. </li></ul>
  15. 15. Projeto Interdisciplinar – IAVM – 2010.2 Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Professora: Maria Aparecida Gialluisi da Silva Sá Ferreira Alunas: *Aline Garotti Castro Calvão *Eliana Marçal dos Santos *Maria Estefânia Queiroz Bezerra *Nely Monteiro dos Santos de Carvalho *Vanise Zema Ribeiro dos Santos

×