Mitos
“ O mito é o nada que é tudo. O mesmo sol que abre os céus é um mito brilhante e mudo”. (Fernando Pessoa)
“ ...uma ideologia, por mais distanciada que esteja das necessidades biológicas mais prementes, é na prática biológicament...
O que é um Mito? Um  mito  é uma  narrativa tradicional com caráter explicativo e/ou simbólico , procurando explicar os pr...
Prometeu é um titã grego , Roubou o fogo divino de Zeus para dá-lo aos homens, que assim puderam evoluir e distinguirem-se...
“ O mito tem como finalidade acomodar e tranqüilizar o ser humano, que vive num mundo inseguro, assustador e muitas vezes ...
A explicação mítica é  contrária  à explicação filosófica.  A Filosofia procura, através de discussões, reflexões e argume...
Mito x Filosofia <ul><li>O mito (mythos) “narra” a “gera” (gonia) fatos imemoriáveis, longínquos e fabulosos . </li></ul><...
Gêneros  Mito  – algo que nunca houve, mas que sempre é. Saga  – (contado) narrativa sobre um fato, real ou fictício, cont...
1 Mito e Religião 2 Mito e Sociedade 3 Mito e Psicologia 4 Mito e Literatura 5 Mito e Arte 6 Mitos Modernos  Desenvolvendo...
Em certas religiões, os mitos formam um corpo doutrinal e estão estreitamente relacionados com os rituais religiosos. “ O ...
<ul><ul><li>“ Quando no alto  não se nomeava o céu, e em baixo a terra não tinha nome, do oceano primordial (Apsu), seu pa...
<ul><li>Cosmogonias : mitos de origem  </li></ul><ul><li>Escatológicos,  mitos de origem e destruição.  </li></ul><ul><li>...
Mitos e Sociedade Como forma de  comunicação humana , o mito está obviamente relacionado com questões de linguagem e també...
“ ...os mitos seriam, segundo a nova perspectiva proposta,  uma expressão simbólica dos sentimentos e atitudes inconscient...
Pelo caráter simbólico que reveste, o mito pode ser considerado manifestação artística e geradora de arte  Mitos e Arte Ze...
O mito é originalmente uma narração oral espontânea que se cristaliza ao longo de gerações. A literatura tende a explicar,...
Mitos Modernos
O homem moderno, tanto quanto o antigo, não é só razão, mas também afetividade e emoção. Hoje em dia, os meios de comunica...
Herói  é uma figura  arquetípica  que reúne em si os atributos necessários para superar de forma excepcional um determinad...
 
Quem estes dois heróis representam, qual a mensagem subliminar?
Que mensagem esse herói transmite?
FILOSOFIA NO CINEMA?
Morfeu era o deus dos sonhos na mitologia Grega . De acordo com algumas fontes anciãs - como o poeta romano Ovídio - ela e...
Em &quot;The Matrix Reloaded&quot;, torna-se bastante mais transparente a  analogia  entre o Morfeu Grego e aquele interpr...
  Morfeu é também uma  personificação do pensamento filosófico  nous , que significa inteligência, intelecto, como parte d...
Será que estamos preparados intelectualmente para assumir um mundo sem a necessidade de mitos?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mitos

28.959 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
28.959
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.451
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
395
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mitos

  1. 1. Mitos
  2. 2. “ O mito é o nada que é tudo. O mesmo sol que abre os céus é um mito brilhante e mudo”. (Fernando Pessoa)
  3. 3. “ ...uma ideologia, por mais distanciada que esteja das necessidades biológicas mais prementes, é na prática biológicamente útil, ou seja, favorável a sobrevivência da espécie humana”. (Von Gordon Child)
  4. 4. O que é um Mito? Um mito é uma narrativa tradicional com caráter explicativo e/ou simbólico , procurando explicar os principais acontecimentos da vida, os fenômenos naturais, as origens do Mundo e do Homem. Pode-se dizer que o mito é uma primeira tentativa de explicar a realidade
  5. 5. Prometeu é um titã grego , Roubou o fogo divino de Zeus para dá-lo aos homens, que assim puderam evoluir e distinguirem-se dos outros animais.
  6. 6. “ O mito tem como finalidade acomodar e tranqüilizar o ser humano, que vive num mundo inseguro, assustador e muitas vezes hostil”.
  7. 7. A explicação mítica é contrária à explicação filosófica. A Filosofia procura, através de discussões, reflexões e argumentos, saber e explicar a realidade com razão e lógica enquanto que o mito não explica racionalmente a realidade, procura interpretá-la . Mito x Filosofia
  8. 8. Mito x Filosofia <ul><li>O mito (mythos) “narra” a “gera” (gonia) fatos imemoriáveis, longínquos e fabulosos . </li></ul><ul><li>O mito a origem por meio de genealogias, disputas, alianças entre seres sobrenaturais. </li></ul><ul><li>O mito não se importa com contradições e ou incompreensível, afinal ele é endossado por uma tradição religiosa. </li></ul>A filosofia explica o como e o por que, no passado, presente e futuro. A filosofia explica a produção natural das coisas por elementos naturais. A filosofia ao contrário não admite contradições. A explicação deve ser coerente, lógica e racional. A autoridade não e pessoal, mas impessoal – a razão.
  9. 9. Gêneros Mito – algo que nunca houve, mas que sempre é. Saga – (contado) narrativa sobre um fato, real ou fictício, contada e recontada oralmente e posteriormente foi redigida. Lenda – variante da saga, porém caracteriza pelo santo e inimitável. A lenda de Aquiles – herói semi-divino. Leônidas (família dos Ágidas) se diziam descendentes de Hércules. Permaneceu como símbolo de heroísmo e alimentou a imagem segundo a qual seus concidadãos nunca se rendiam
  10. 10. 1 Mito e Religião 2 Mito e Sociedade 3 Mito e Psicologia 4 Mito e Literatura 5 Mito e Arte 6 Mitos Modernos Desenvolvendo o Tema
  11. 11. Em certas religiões, os mitos formam um corpo doutrinal e estão estreitamente relacionados com os rituais religiosos. “ O mito, portanto, é uma linguagem apropriada para a religião”. Mitos e Religião
  12. 12. <ul><ul><li>“ Quando no alto não se nomeava o céu, e em baixo a terra não tinha nome, do oceano primordial (Apsu), seu pai; e da tumultuosa Tiamat, a mãe de todos, as águas se fundiam numa , e os campos não estavam unidos uns com os outros, nem se viam os canaviais; quando nenhum dos deuses tinha aparecido, nem eram chamados pelo seu nome, </li></ul></ul><ul><ul><li>nem tinham qualquer destino fixo, </li></ul></ul><ul><ul><li>foram criados os deuses no seio das águas &quot;. </li></ul></ul><ul><li>(Enuma Elish) </li></ul><ul><li>Século XII a.C </li></ul>No princípio existiam as águas do caos , Nun. Um dia uma colina de lodo chamada Ben-Ben levantou-se dessas águas, tendo no seu cimo Atum, o primeiro deus. Atum tossiu e expeliu Shu (deus do ar) e Tefnut (deusa da humidade). Shu e Tefnut tiveram dois filhos, Geb, deus da terra e Nut, a deusa do céu. Shu ergueu o corpo de Nut, colocando-o acima de Geb, e esta tornou-se a abóboda do céu. Nut e Geb tiveram por sua vez quatro filhos: Osíris, Isís, Seth e Nephthys. (Enéade de Heliópolis) Século XV a.C. “ No princípio, Deus criou os céus e a terra. E a terra estava desordenada e vazia , e as trevas estavam sobre a superfície do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a superfície das águas . E disse Deus: Seja a luz: e a luz foi feita” (Gênesis 1:1-2) Século a.C <ul><li>Elementos Semelhantes: </li></ul><ul><li>Caos </li></ul><ul><li>Águas </li></ul><ul><li>Natureza </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Cosmogonias : mitos de origem </li></ul><ul><li>Escatológicos, mitos de origem e destruição. </li></ul><ul><li>Soteriológicos : de salvadores e heróis. </li></ul><ul><li>Teogonias , mitos sobre deuses e seus descendentes </li></ul>Tipos de Mitos Religiosos
  14. 14. Mitos e Sociedade Como forma de comunicação humana , o mito está obviamente relacionado com questões de linguagem e também da vida social 1 do homem, uma vez que a narração dos mitos é própria de uma comunidade e de uma tradição comum . Semiologia; ciência que estuda os sistemas de signos, verbais ou não, dos fenômenos culturais. Tem por objeto, além da língua, os ritos, imagens, gestos, vestuários e outros sistemas de significação que ampliam a comunicação verbal. Afrodite
  15. 15. “ ...os mitos seriam, segundo a nova perspectiva proposta, uma expressão simbólica dos sentimentos e atitudes inconscientes de um povo , de forma perfeitamente análoga ao que são os sonhos na vida do indivíduo”. (Freud) “ ...os mitos seriam uma das manifestações dos arquétipos que surgem do inconsciente coletivo da humanidade e que constituem a base da psique humana”. ( Carl Gustav Jung ) Mitos e Psicologia Aquiles
  16. 16. Pelo caráter simbólico que reveste, o mito pode ser considerado manifestação artística e geradora de arte Mitos e Arte Zeus e Hera
  17. 17. O mito é originalmente uma narração oral espontânea que se cristaliza ao longo de gerações. A literatura tende a explicar, a clarificar e desenvolver o mito que havia nascido de forma fragmentária e, por vezes, pouco coerente. Mitos e Literatura Homero – autor de Ilíada e Odisséia Os poemas (mitos) de Homero, Virgílio, Ovídeo entre outros enriqueceram a cultura greco-romana.
  18. 18. Mitos Modernos
  19. 19. O homem moderno, tanto quanto o antigo, não é só razão, mas também afetividade e emoção. Hoje em dia, os meios de comunicação de massa trabalham em cima dos desejos e anseios que existem na nossa natureza inconsciente e primitiva <ul><li>justiça </li></ul><ul><li>amor </li></ul><ul><li>segurança </li></ul><ul><li>conhecimento </li></ul><ul><li>sexo </li></ul><ul><li>entre outros </li></ul>
  20. 20. Herói é uma figura arquetípica que reúne em si os atributos necessários para superar de forma excepcional um determinado problema de dimensão épica.
  21. 22. Quem estes dois heróis representam, qual a mensagem subliminar?
  22. 23. Que mensagem esse herói transmite?
  23. 24. FILOSOFIA NO CINEMA?
  24. 25. Morfeu era o deus dos sonhos na mitologia Grega . De acordo com algumas fontes anciãs - como o poeta romano Ovídio - ela era o filho de Hypnos, o deus do Sono . Morfeu aparece brevemente na obra de Ovídio &quot;Metamorfose&quot;: &quot;Deus Sono era o pai de mil filhos - deveras uma tribo - e de todos eles, aquele que ele escolheu foi Morfeu, que tinha a habilidade de imitar  qualquer forma humana . Nenhum outro Sonho consegue igualar a sua arte em copiar homens: a sua voz, o seu modo de andar, o seu rosto - o seu temperamento; e além disso imita exatamente as suas vestimentas e as palavras que usam mais frequentemente. Mas ele imita apenas homens...&quot; Ovídio sugere assim que ele apenas envia imagens de humanos em sonhos ou visões. Domina com os seus irmãos o reino dos sonhos.  
  25. 26. Em &quot;The Matrix Reloaded&quot;, torna-se bastante mais transparente a analogia entre o Morfeu Grego e aquele interpretado por Lawrence Fishburne, porque é este o personagem que leva os seus sonhos, as suas convicções e esperança a todos os humanos de Zion . A frase de redenção da personagem é proferida no final de &quot;Matrix Reloaded&quot; quando Morfeu, perante a explosão do Nebuchadnezzar diz: &quot;Eu tinha um sonho e agora esse sonho desapareceu...&quot;.  
  26. 27.   Morfeu é também uma personificação do pensamento filosófico nous , que significa inteligência, intelecto, como parte da tríade Neo, Morfeu e Trinity. O princípio intelectual que a rege é que o nous é separado da massa sobre a qual atua (entenda-se, a influência que Morfeu tem sobre Neo e a sua ligação para formar um todo). O nous opera como uma função ordenadora e conhece todas as coisas, o passado, o presente e o futuro e aqui temos que nos remeter ao universo Matrix, porque se o nous/Morfeu não actua sobre si mesmo e apenas sobre algo/Neo então percebemos porque razão Neo recebe o poder de profetizar e intuir, ou seja, recebe-o, inconscientemente, não da Oráculo mas de Morpheus. Utilizando a linguagem do Matrix, isto significa que sendo Neo e Morfeu programas, Neo recebe da interação com Morfeu e Trinity (a tríade) constantes updates ao seu programa que lhe permitem ter novos poderes, são por isso um todo único.
  27. 28. Será que estamos preparados intelectualmente para assumir um mundo sem a necessidade de mitos?

×