SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
OS MITOS
Colégio Pedro II – Campus Centro
Disciplina: Filosofia
Prof. Ana Carolina Rigoni
1ª.série do Ensino Médio 2017
DEFINIÇÃO
 Os mitos são histórias, que
possuem a participação de deuses e
seres sobrenaturais (monstros,
heróis e outros).
 São inicialmente contados
oralmente, sendo escritos
posteriormente (alguns se perdem
com o tempo).
 Acontecem sempre num passado
distante...
Deusa Atena
SIGNIFICADO DA PALAVRA MITOLOGIA
 MITO vem do grego
mythos, significa:
narrativa, palavra
proferida, mensagem que
se expressa, notícia que se
espalha.
LOGIA vem do grego
lógos, que significa
ordem, lógica, discurso
articulado, organização
racional.
AS INÚMERAS VERSÕES DOS MITOS
 Cada mito possui várias versões, que
apresentam mudanças discretas nos
personagens ou em alguns
acontecimentos.
 As versões sempre preservam a
essência do mito, sua mensagem.
MOTIVOS:
 Registros escritos posteriores;
 Versões em diferentes regiões do
pais;
 Características pessoais de quem
escreveu/contou a história.
FUNÇÕES DOS MITOS
 Explicam a origem do mundo, do homem e
de suas características.
 Revelam modelos de comportamento aos
humanos.
As histórias trazem lições, a partir da relação
entre os deuses e demais personagens.
Medusa
RITUAIS
São modos de comunicação entre homens e
deuses.
Algumas vezes, os rituais são uma repetição da
narrativa mítica, atualizando-a, trazendo o mito
para o presente.
Os rituais existem em todas as culturas e religiões.
Imagem de um sacrifício
oferecido aos deuses
TEMPLO DE
APOLO EM
DELFOS, GRÉCIA
CONHEÇA OS PRINCIPAIS DEUSES GREGOS
(DEUSES DO OLIMPO)
 Zeus - deus de todos os deuses, senhor do Céu.
 Afrodite- deusa do amor, sexo e beleza.
 Poseidon - deus dos mares
 Hades- deus das almas dos mortos, dos cemitérios e do
subterrâneo.
 Hera - deusa dos casamentos e da maternidade.
 Apolo - deus da luz e das obras de artes.
 Ártemis- deusa da caça e da vida selvagem.
 Ares - divindade da guerra.
 Atena - deusa da sabedoria e da serenidade. Protetora da
cidade de Atenas.
 Cronos- deus da agricultura que também simbolizava o
tempo.
 Hermes- mensageiro dos deuses, representava o
comércio e as comunicações.
 Hefesto – divindade do fogo e do trabalho
OS DEUSES
Os deuses gregos são
antropomórficos e
apresentam sentimentos
contraditórios, tais quais os
seres humanos (ódio, amor,
raiva, compaixão, etc).
Poseidon
MITO E FILOSOFIA
Os gregos acreditavam
nos mitos como única
forma de explicação de
mundo, antes da Filosofia
surgir.
 Com o nascimento da Filosofia,
surgiu uma nova maneira de
explicar a origem do mundo e o
funcionamento da natureza. Estes
são os temas dos primeiros
filósofos, chamados de Pré-
Socráticos.
AINDA EXISTEM MITOS NA
ATUALIDADE?
 Sim! Toda sociedade tem seus mitos.
 Tendemos a acreditar que os mitos antigos são
“falsos” e os atuais, verdadeiros. Entretanto
todos são igualmente válidos quando
acreditamos neles.
 Os mitos nos explicam sobre os
acontecimentos e nos confortam. Pelo seu
papel fundamental, se perpetuam na cultura.
POR QUE ACREDITAMOS EM MITOS
HOJE?
QUAIS SÃO OS SEUS MITOS?
É possível conciliar fé e razão, acreditar
em mitos tendo um pensamento crítico
sobre eles?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Mito e Lenda
Mito e LendaMito e Lenda
Mito e Lenda
 
Flexão do Substantivo
Flexão do SubstantivoFlexão do Substantivo
Flexão do Substantivo
 
Realismo e naturalismo
Realismo e naturalismoRealismo e naturalismo
Realismo e naturalismo
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
 
Conto social 9º
Conto social 9ºConto social 9º
Conto social 9º
 
Figuras de linguagem completo
Figuras de linguagem completoFiguras de linguagem completo
Figuras de linguagem completo
 
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe AssunçãoAtividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
 
Conto Fantástico
Conto FantásticoConto Fantástico
Conto Fantástico
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Fábulas
FábulasFábulas
Fábulas
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVADISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
 

Destaque

Filosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoFilosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoLuanna Karolyne
 
Passagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPassagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPedro Almeida
 
Slides mitos e lendas
Slides mitos e lendasSlides mitos e lendas
Slides mitos e lendasSolangecss
 
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologiaTrabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologiaSamuel Araújo
 
A passagem do mito para razão
A passagem do mito para razãoA passagem do mito para razão
A passagem do mito para razãoGabi Evaristo
 
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à RazãoIntrodução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à RazãoDiego Sampaio
 
MITOS E LENDAS
MITOS E LENDASMITOS E LENDAS
MITOS E LENDASPedugf
 
A lenda e o mito
A lenda e o mitoA lenda e o mito
A lenda e o mito7f14_15
 
Apresentação lendas
Apresentação lendasApresentação lendas
Apresentação lendasVdunder
 
Material de filosofia i (1)
Material de filosofia i (1)Material de filosofia i (1)
Material de filosofia i (1)gabriela_eiras
 
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃO
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃOAVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃO
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃOUmberto Neves
 

Destaque (20)

Mito e mitologia
Mito e mitologiaMito e mitologia
Mito e mitologia
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Mitos e lendas
Mitos e lendasMitos e lendas
Mitos e lendas
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Filosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoFilosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razão
 
Passagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPassagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofia
 
Slides mitos e lendas
Slides mitos e lendasSlides mitos e lendas
Slides mitos e lendas
 
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologiaTrabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
 
A passagem do mito para razão
A passagem do mito para razãoA passagem do mito para razão
A passagem do mito para razão
 
Do mito ao logos
Do mito ao logosDo mito ao logos
Do mito ao logos
 
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à RazãoIntrodução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
 
MITOS E LENDAS
MITOS E LENDASMITOS E LENDAS
MITOS E LENDAS
 
A lenda e o mito
A lenda e o mitoA lenda e o mito
A lenda e o mito
 
Lendas E Mitos
Lendas E MitosLendas E Mitos
Lendas E Mitos
 
Mitos e Lendas indígenas
Mitos e Lendas indígenasMitos e Lendas indígenas
Mitos e Lendas indígenas
 
Apresentação lendas
Apresentação lendasApresentação lendas
Apresentação lendas
 
Mito e mitologia
Mito e mitologiaMito e mitologia
Mito e mitologia
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Material de filosofia i (1)
Material de filosofia i (1)Material de filosofia i (1)
Material de filosofia i (1)
 
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃO
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃOAVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃO
AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA: EXPERIÊNCIA DO SAGRADO E RELIGIÃO
 

Semelhante a Os mitos

Semelhante a Os mitos (20)

A consciência mítica (aula 1ano)
A consciência mítica (aula 1ano)A consciência mítica (aula 1ano)
A consciência mítica (aula 1ano)
 
Apostila de filosofia
Apostila de filosofiaApostila de filosofia
Apostila de filosofia
 
Mitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferençasMitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferenças
 
Mito e-razão
Mito e-razãoMito e-razão
Mito e-razão
 
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
 
Aula sobre mito
Aula sobre mitoAula sobre mito
Aula sobre mito
 
Mito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptxMito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptx
 
Mitos
Mitos   Mitos
Mitos
 
A passagem: do Mito à Razão em Filosofia.ppt
A passagem: do Mito à Razão em Filosofia.pptA passagem: do Mito à Razão em Filosofia.ppt
A passagem: do Mito à Razão em Filosofia.ppt
 
Mitologia grega
Mitologia gregaMitologia grega
Mitologia grega
 
Episteme do mito a razão
Episteme do mito a razãoEpisteme do mito a razão
Episteme do mito a razão
 
Os mitos
Os mitos Os mitos
Os mitos
 
PASSAGEM DO MITO AO LOGOS 1º ANO-combinado.pdf
PASSAGEM DO MITO AO LOGOS 1º ANO-combinado.pdfPASSAGEM DO MITO AO LOGOS 1º ANO-combinado.pdf
PASSAGEM DO MITO AO LOGOS 1º ANO-combinado.pdf
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Apo atropologia
Apo atropologiaApo atropologia
Apo atropologia
 
Antropologia da religião 4 mito, rito, magia,
Antropologia da religião 4 mito, rito, magia,Antropologia da religião 4 mito, rito, magia,
Antropologia da religião 4 mito, rito, magia,
 
Mito pdf
Mito pdfMito pdf
Mito pdf
 
Mitologia e Filosofia
Mitologia e FilosofiaMitologia e Filosofia
Mitologia e Filosofia
 
A mitologia e a filosofia grega
A mitologia e a filosofia gregaA mitologia e a filosofia grega
A mitologia e a filosofia grega
 
Aula 2 - Origens da Filosofia
Aula 2 - Origens da FilosofiaAula 2 - Origens da Filosofia
Aula 2 - Origens da Filosofia
 

Último

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 

Último (20)

HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 

Os mitos

  • 1. OS MITOS Colégio Pedro II – Campus Centro Disciplina: Filosofia Prof. Ana Carolina Rigoni 1ª.série do Ensino Médio 2017
  • 2. DEFINIÇÃO  Os mitos são histórias, que possuem a participação de deuses e seres sobrenaturais (monstros, heróis e outros).  São inicialmente contados oralmente, sendo escritos posteriormente (alguns se perdem com o tempo).  Acontecem sempre num passado distante... Deusa Atena
  • 3. SIGNIFICADO DA PALAVRA MITOLOGIA  MITO vem do grego mythos, significa: narrativa, palavra proferida, mensagem que se expressa, notícia que se espalha. LOGIA vem do grego lógos, que significa ordem, lógica, discurso articulado, organização racional.
  • 4. AS INÚMERAS VERSÕES DOS MITOS  Cada mito possui várias versões, que apresentam mudanças discretas nos personagens ou em alguns acontecimentos.  As versões sempre preservam a essência do mito, sua mensagem. MOTIVOS:  Registros escritos posteriores;  Versões em diferentes regiões do pais;  Características pessoais de quem escreveu/contou a história.
  • 5. FUNÇÕES DOS MITOS  Explicam a origem do mundo, do homem e de suas características.  Revelam modelos de comportamento aos humanos. As histórias trazem lições, a partir da relação entre os deuses e demais personagens. Medusa
  • 6. RITUAIS São modos de comunicação entre homens e deuses. Algumas vezes, os rituais são uma repetição da narrativa mítica, atualizando-a, trazendo o mito para o presente. Os rituais existem em todas as culturas e religiões. Imagem de um sacrifício oferecido aos deuses
  • 8. CONHEÇA OS PRINCIPAIS DEUSES GREGOS (DEUSES DO OLIMPO)  Zeus - deus de todos os deuses, senhor do Céu.  Afrodite- deusa do amor, sexo e beleza.  Poseidon - deus dos mares  Hades- deus das almas dos mortos, dos cemitérios e do subterrâneo.  Hera - deusa dos casamentos e da maternidade.  Apolo - deus da luz e das obras de artes.  Ártemis- deusa da caça e da vida selvagem.  Ares - divindade da guerra.  Atena - deusa da sabedoria e da serenidade. Protetora da cidade de Atenas.  Cronos- deus da agricultura que também simbolizava o tempo.  Hermes- mensageiro dos deuses, representava o comércio e as comunicações.  Hefesto – divindade do fogo e do trabalho
  • 9. OS DEUSES Os deuses gregos são antropomórficos e apresentam sentimentos contraditórios, tais quais os seres humanos (ódio, amor, raiva, compaixão, etc). Poseidon
  • 10. MITO E FILOSOFIA Os gregos acreditavam nos mitos como única forma de explicação de mundo, antes da Filosofia surgir.  Com o nascimento da Filosofia, surgiu uma nova maneira de explicar a origem do mundo e o funcionamento da natureza. Estes são os temas dos primeiros filósofos, chamados de Pré- Socráticos.
  • 11. AINDA EXISTEM MITOS NA ATUALIDADE?  Sim! Toda sociedade tem seus mitos.  Tendemos a acreditar que os mitos antigos são “falsos” e os atuais, verdadeiros. Entretanto todos são igualmente válidos quando acreditamos neles.  Os mitos nos explicam sobre os acontecimentos e nos confortam. Pelo seu papel fundamental, se perpetuam na cultura.
  • 12. POR QUE ACREDITAMOS EM MITOS HOJE? QUAIS SÃO OS SEUS MITOS? É possível conciliar fé e razão, acreditar em mitos tendo um pensamento crítico sobre eles?